Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Clique aqui

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''dieta''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Hipertrofia
    • Venda de Suplementos
    • Nutrição e Suplementação
    • Treinamento
    • Esteróides Anabolizantes
    • Geral
    • Diário de Treino
    • Saúde e Qualidade de Vida
    • Academia em Casa
    • Área Feminina
    • Assuntos Acadêmicos
    • Entrevistas
    • Arquivo
  • Assuntos gerais
    • Off-Topic
    • Mixed Martial Arts
    • Fisiculturismo, Powerlifting e Outros
  • Fisiculturismo
  • Multimídia
    • Vídeos de Fisiculturismo e Strongman
    • Fotos Fisiculturismo
    • Fotos de Usuários
  • Fórum
    • Críticas, Sugestões e Suporte ao Fórum
    • Lixeira
  • Off-Topic

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Peso


Altura


Idade

Conteúdo continua após a publicidade.

Encontrado 2.343 registros

  1. Seguinte galera eu sou falso magro, eu tô querendo fazer uma dieta de déficit calórico negativo, manter a gordura e a proteína fixa e fazer uma pirâmide decrescente de carbos ( ex: começar com 3g kg e ir diminuindo 0,2g por semana). Porém eu estou com o colesterol e o triglicéris ambos então um pouco altos, devido a ma alimentação falta de exercícios e também estou tomando um remédio que tende aumentar ele ( Nome do remédio: isotretinoína). Eu gostaria de saber se mesmo com o colesterol e triglicéris altos, eu posso consumir uma quantidade de gorduras ajustada pra quem faz treino de hipertrofia. Estou querendo fazer os seguintes macros 160g de proteína, 63g de gordura e começar com 230g de carbo e ir baixando ao longo das semanas, somente o carbo. Meu medo é essa quantidade de gorduras prejudicar ainda mais meu colesterol, porém a diferença é que agora vai ser gorduras de boa qualidade e com exercícios tanto musculação quanto aeróbico.
  2. Fala Galera do Fórum, beleza? Preciso de uma ajuda de vocês. To em dúvida entre fazer um cutting ou bulking. Eu treino há menos de 1 ano, com idas e vindas nesse período, porém sempre quis colocar a musculação como prioridade, pois a mesma mudou a minha vida. Tenho 20 anos, 175cm, 84Kg e acredito que sou Endomorfo, pois nesse período na academia eu conseguir mudar demais me corpo em relação ao ganho de massa, porém o peso da balança não mudou de forma significativa. Quando eu comecei a treinar, tinha quase 25% de bf pois era aquele falso magro que não tinha nada de músculo e ainda por cima tinha aquela barriguinha e teta de cadela prenha. Hoje minhas medidas são: Cintura: 87 cm Pescoço: 42cm Braço: 36cm BF:17,2% Vocês acham melhor começar um cutting ou tentar ganhar mais massa muscular, visto que eu ainda sou "iniciante" e diminui muito meu bf com o ganho de massa. Eu tenho medo de começar um cutting e perder a massa muscular adquirida. Valeu!
  3. Olá, Com o excesso de tópicos perguntando "Devo fazer cutting ou bulking ?", o nosso moderador Helbão me deu a idéia de criar um tópico oficial sobre o assunto. Assim eliminando a necessidade de criar tópicos (que muitas vezes se tornam desnecessários) sobre o assunto. Tem dúvidas se você deveria fazer um cutting ou bulking ? Poste sua foto aqui e deixe os usuários avaliarem
  4. Salve galera tranquilo? Acompanho o fórum há um tempo, mas apenas recentemente criei uma conta para poder interagir. Comecei esse diário para compartilharmos ideias, experiências e dicas (sempre bem vindas), pois acredito que sempre podemos melhorar. Segue breve relato sobre minha pessoa: Treino de maneira consistente há 6 anos e sempre fiz tudo (treinos e dieta) por conta própria, pois infelizmente no começo trombei aqueles instrutores que só davam atenção para as gostosas. Comecei com míseros 50kgs e consegui uma boa evolução, chegando aos 84kgs com 16,68% de BF. Em julho desse ano comecei um bulking com acompanhamento de uma nutricionista esportiva e tive uma pequena, mas animadora, evolução que direi a seguir. Medidas (pré bulking e entre parênteses o resultado após um mês) – “protocolo Pollock”: Peso: 84kg (86,7kg) MM: 69,99kg (72,49kg) BF: 16,68% (16,45%) Torax: 106 (110) Abdomen: 85 (86) Quadril: 105 (107) Braço D relaxado: 37 (38) Braço E relaxado: 37 (38) Coxa D: 63 (65) Coxa E: 63 (65) Panturrilha D: 39 (40) Panturrilha E: 39 (40) Treino: Meu “”ciclo/periodização”” de treino não costuma seguir o padrão que costumamos ver, eu o divido em 8 semanas, cada uma com uma ênfase especifica: SEG TER QUA QUI SEX SAB DOM Deficits Rest semana 1 Peito / Ombro Quadriceps / Panturra Braço completo Dorsal / Trapezio Femoral / Panturra ABS / Ombro # semana 2 Compostos Biceps / Antebraço (flexores) Compostos Triceps / Antebraço (extensores) Compostos ABS # semana 3 Upper (força) Lower (força) ABS Upper (hiper) Lower (hiper) ABS / Ombro # semana 4 Peito /Triceps/Ombro (lat.) Costas / Biceps / Antebraço Perna completa Peito / Triceps/ Ombro (lat.) Costas /Biceps /Antebraço ABS / Panturrilha # semana 5 AEJ / Quadriceps / Femoral Peito / Costas AEJ / Panturra / Antebraço Ombro / Trapezio AEJ / Biceps / Triceps ABS / Lombar / R.Femoral # semana 6 Dorsal / Lombar AEJ / Quadriceps Triceps AEJ / Ombro Antrebraço ABS / Peito (miolo) # semana 7 AEJ / Peito Femoral AEJ / Biceps Trapezio AEJ /Panturra ABS / Costas # semana 8 (M) Peito / (N) Ombro (M) Panturra / (N) Quadriceps (M) Triceps / (N) Biceps / Antebraço (M) Trapézio / (N) Dorsal (M) Panturra / (N) Femoral ABS / Manguito # Utilizo os sábados para dar um up em pontos que considero mais fracos. Dieta: Para simplificar colocarei apenas os números, mas caso queiram posso abrir a dieta: 3.400kcal/dia 515g (carbo) 294g (proteína) 114g (gordura) 5l (água) Pretendo atualizar a cada novo treino, mudança na dieta, evolução, participação de vcs etc etc...é isso, bons ganhos a todos, tmj!!!!!! (Ps.: logo mais atualizo de uma vez o treino que fiz essa semana e coloco foto do shape)
  5. Fala aê seus monstros, tudo certo? Depois de ficar 1 ano em blast, e relatando todo protocolo, não ia aguentar ficar sem relatar nada, então vamos relatar agora tudo, não só os "CICLOS", mas tudo, minha vida, meus treinos, meu cruise, a p**** TODA! Entrei com os hormônios em dezembro de 2017, com um coach. Falei que queria competir, e então dei inicio a essa vida obscura linda dos AES. Foram 4~5 anos natural, até atingir a idade "aconselhável" pra usar AES. (21 anos) Depois de maio, não tive mais condições de permanecer com consultoria e segui sozinho. Com muitos estudos, e sendo cobaia, fui montando dietas e protocolos conforme o objetivo. Sigo sozinho e sempre estudando e me estudando, vendo o que dá certo e o que não dá. Nesse exato momento (14/12/2018) sigo em Cruise, com 200mg de Cipionato 2x na semana. Vou deixar minhas informações aqui, e vamos começar esse diário! THIS IS MY FUC**** LIFE! - Idade: 22 - Altura: 177cm - Peso: 80kg - Medidas(braço,peito etc): (relaxado) -Antebraço: 29,5cm -Braço: 35cm -Tórax: 95cm -Perna: 60cm -Panturrilha: 39cm  - Percentual de gordura(BF): ~10% - Tempo de treino: 6 anos -Tipo de Treino: ABCDEF -Fotos mais atuais (saindo do cutting):
  6. O que é cetose? Cetose é o resultado da alteração na proporção dos hormônios insulina/glucagon e indica a mudança generalizada de um metabolismo baseado em glicose para um baseado em gorduras. A cetose ocorre em alguns estados fisiológicos, incluindo jejum (cetose de jejum), a partir de um consumo elevado de gorduras (cetose dietética) e imediatamente após exercícios (cetose pós-exercício). Todos os estados cetogênicos ocorrem basicamente pelas mesmas razões. A primeira é a redução dos níveis hormonais de insulina e aumento do glucagon – ambos dependentes da depleção do glicogênio hepático. A segunda é um aumento na disponibilidade de gorduras (ácidos graxos livres) na corrente sanguínea, seja por meio de gorduras a partir da dieta ou provenientes dos estoques de gordura do corpo. Fontes de energia do organismo As principais fontes de energia são: glicose, proteínas, gorduras e cetonas. O principal determinante do combustível utilizado pelo organismo é a disponibilidade de carboidratos. Portanto, a ingestão de carboidratos é importante pra determinar qual será o combustível utilizado primariamente. Glicose é o combustível preferido pela maioria dos tecidos. O coração é a principal exceção, pois usa uma mistura de glicose, gorduras e cetonas. A maioria dos tecidos pode usar gorduras (ácidos graxos livres), se estas estiverem disponíveis. Estão incluídos músculo esquelético, coração e a maioria dos órgãos. Entretanto, existem outros tecidos como o cérebro, medula espinhal e fibras musculares do tipo II, que não podem usar gorduras. Apesar do cérebro usar preferencialmente glicose como fonte de energia, caso haja disponibilidade, é possível a utilização de cetonas. Na verdade, após um período de adaptação, até 75% da energia do cérebro pode vir de corpos cetônicos. Assim como gordura e glicose, a utilização de cetonas é relacionada a sua disponibilidade. Em condições normais, cetonas tem uma concentração tão baixa que a sua utilização como energia é desprezível. Entretanto, caso a concentração de corpos cetônicos aumente, a maioria dos tecidos passará a utilizá-los para suprir parte de sua demanda energética. A partir do terceiro dia de cetose, todo o combustível não proteico advirá de cetonas e gorduras. A partir da terceira semana, a maioria dos tecidos que pode usar corpos cetônicos como combustível deixarão de fazê-lo. Nesse momento, a energia destes tecidos será obtida a partir da quebra de ácidos graxos livres. Acredita-se que esta adaptação serve para garantir níveis adequados de cetonas para o cérebro. Quebra e transporte de triglicerídeos Quando os triglicerídeos são quebrados, são formadas uma cadeia de glicerol e três de ácidos graxos livres. Os ácidos graxos livres viajam pela corrente sanguínea presos a uma proteína chamada de albumina. Uma vez que os ácidos graxos livres estejam na corrente sanguínea, podem ser utilizados como fonte de energia pela maioria dos tecidos, com exceção do cérebro e alguns outros. Os ácidos graxos que não forem utilizados pelos outros tecidos chegarão ao fígado, onde serão oxidados (queimados). Se existirem ácidos graxos suficientes e o fígado estiver preparado para a produção de cetonas, as mesmas serão produzidas. As células adiposas são um regulador importante da formação de cetonas, já que a ausência de uma quantidade adequada de ácidos graxos livres vai impedir a produção de corpos cetônicos pelo fígado. Ou seja, mesmo que o fígado esteja em modo cetogênico, a falta de ácidos graxos livres vai impedir o desenvolvimento da cetose. Glicogênio hepático A quantidade de glicogênio hepático é que vai determinar se o fígado vai produzir cetonas. Após aproximadamente 12-16 horas sem ingestão de carboidratos – a depender da atividade -, as reservas de glicogênio hepático estarão praticamente esgotadas. Nesse momento a cetogênese aumenta rapidamente. Na verdade, após a depleção do glicogênio hepático, o fator determinante para a produção de corpos cetônicos será a disponibilidade de ácidos graxos livres na corrente sanguínea. Além da produção de corpos cetônicos, o fígado (os rins também desempenham essa função) produzem glicogênio, na ausência de carboidratos, a partir de glicerol, lactato/pirovirato e dos aminoácidos glutamina e alanina - num processo conhecido como gliconeogênese. Adaptações da cetose As principais adaptações são na utilização de glicose e proteína. As fontes primárias de energia passam a ser cetonas e gorduras. Além disso, o cérebro tem uma mudança grande nesse processo de adaptação, quando sua necessidade de glicose sai de cerca de 100 gramas por dia para aproximadamente 40 gramas – sendo 18g vindas do glicerol e cerca de 25g de proteínas -, após 3 semanas. Com isso, a quebra de proteínas musculares para produção de glicose reduz significativamente - os aminoácidos principais nesse processo são glutamina e alanina, que são utilizados pelo fígado e pelos rins para produção de glicose. Desta forma, a cetose traz consigo um efeito protetor de massa muscular. Macronutrientes e cetose Para entrar em cetose é importante praticar uma ingestão adequada de macronutrientes. Carboidratos são 100% anti-cetogênicos, gorduras são 90% cetogênicas (10% podem ser utilizados para produção de glicose, a partir de glicerol) e proteínas são 46% anti-cetogênicas e 58% cetogênicas. Assim, fica claro que é importante limitar a ingestão de carboidratos e, em menor escala, de proteínas, ao mesmo tempo em que se aumenta o consumo de gorduras. Uma boa forma de saber se uma refeição é ou não cetogênica é utilizar a equação/razão cetogênica. Razão cetogênica Para uma refeição ser cetogênica, esta deve ter o coeficiente K/AK > 1,5. Uma boa forma de garantir que o coeficiente vai ser maior que 1,5 é manter uma proporção (em gramas) de gorduras/proteínas/carboidratos em algo parecido com 5:3:1 (ou até mesmo 4:3:1). Outra forma de se pensar em relação a essa razão é manter proporção de calorias de gorduras/proteínas/carboidratos em 70/25/5 – é possível chegar até ~10% de carboidratos, mantendo a cetose, ou até mais dependendo de outros fatores. Manutenção de massa muscular (prevenção de perda de nitrogênio) Nas semanas iniciais o cérebro precisa de 100g de glicose. Deste valor, 18g serão produzidos a partir de glicerol - este valor representa 10% do valor de gordura catabolizado em um dia por um indivíduo médio. Os 82g restantes devem ser obtidos a partir de proteínas e/ou carboidratos. Levando-se em consideração que 58% de toda a proteína ingerida vai aparecer na corrente sanguínea como glicose, há a necessidade de uma ingestão de ~150g de proteínas para evitar a utilização de proteína dos músculos. Caso se ingira carboidratos, esta ingestão pode ser menor. A partir da terceira semana, quando a demanda de glicose pelo cérebro cai para cerca de 40g, a necessidade de proteínas para a manutenção de massa muscular também reduz pra aproximadamente 40 gramas – 58% de 40 gramas equivalem a 23g, que somados aos 18g obtidos do glicerol resultam nos pouco mais de 40g de glicose necessária para o cérebro. Portanto, uma ingestão de ao menos 150g de proteínas deve garantir a manutenção de massa muscular, mas deve ser acompanhada de uma maior ingestão de gorduras e menor de carboidratos, para se manter uma proporção adequada – e a razão cetogênica acima de 1,5. Uma menor ingestão de proteínas pode preservar massa muscular, mas nesse caso é necessário consumir mais carboidratos, que são 100% anti-cetogênicos (o que pode aumentar a necessidade de gorduras para se atingir a cetose). Refeeds estruturados Periodicamente pode ser interessante realizar refeeds estruturados, que são recargas das reservas de glicogênio a partir da ingestão de carboidratos. Estas recargas retirarão o corpo temporariamente da cetose, mas não são suficientes para reverter completamente as adaptações metabólicas. Os refeeds de carboidratos tem alguns objetivos: (1) repletar glicogênio muscular; (2) normalizar hormônios como grelina, leptina, insulina...; (3) "resetar" a TMB; (4) reverter a condição catabólica do corpo; (5) dar uma folga mental pra dieta. Importante notar que um aumento na ingestão de proteínas e gorduras não tem o mesmo efeito que os carboidratos em relação aos itens 1 e 2. Além disso, há algumas discussões acerca da eficácia de refeeds curtos - um dia ou menos - quanto aos itens 2 e 3. Segue tabela associando as quantidades de carboidratos e a duração dos refeeds: Duração do Refeed Quantidade de Carboidratos 5 horas 3-6 g/kg de massa magra 1 dia 8-12 g/kg de massa magra 2 dias 4-6 g/kg de massa magra OBS1: Vale ressaltar que durante o refeed a ingestão de gordura deve ficar abaixo de 50g por dia (ou ~15% da ingestão calórica). Isso faz muita diferença visualmente, visto que um refeed com pouca gordura e frutose tende a deixar o físico mais definido e com os músculos mais preenchidos e maiores. OBS2: As fibras não entram na contagem dos carboidratos pra efeito de cetose, nem tampouco pra reposição de glicogênio.portanto usem apenas os net carbs (carbos totais menos fibras) nas contas para esses fins. O tópico Vamos conversar sobre carboidratos tem alguns números que podem ajudar a ter uma ideia de quanto se precisa de glicogênio para as atividades físicas, sobretudo aquelas de alta intensidade, o que pode ajudar a determinar o tamanho do refeed. Uma coisa interessante sobre o refeed, é que esta é uma das poucas situações onde é possível queimar gordura em um superávit calórico. Isso acontece, pois os carboidratos (que devem representar o grosso da ingestão calórica nesse processo) são direcionados pra repor os estoques de glicogênio. Entretanto, para que isso ocorra, é importante limitar a ingestão de gorduras (em 50g ou 15% das calorias), pois estas continuam sendo a forma de energia preferida. Assim, durante as primeiras 24h (ou até que os estoques de glicogênio atinjam seus níveis normais), o corpo continua queimando gordura, mesmo que se esteja em um superávit calórico. Pra quem duvida, sugiro a leitura desse post. Qual a vantagem desse tipo de abordagem quanto à composição corporal? A resposta curta é: nenhuma. Um estudo recente de Kevin Hall em câmara metabólica mostrou - como diversos outros estudos anteriores - que não houve diferença na composição corporal. Entretanto, esse estudo trouxe algo interessante: houve aumento no gasto calórico em repouso, em cerca de 100kcal, nos primeiros 7-10 dias. O estudo é esse. Portanto, é possível esperar um aumento inicial no curto prazo no gasto calórico, mas esse aumento se dissipa em pouco mais de uma semana - em todo caso, resulta em cerca de 1000 calorias a mais no gasto, sem grande esforço adicional. Das vantagens, me parece que a saciedade é o aspecto mais relevante, além da perda inicial de peso, por conta da perda de líquido. Além disso, há uma menor retenção com esse tipo de dieta, o que tende a ser bastante positivo psicologicamente. No final das contas é uma questão de preferência pessoal. Conclusão Os corpos cetônicos são sempre produzidos pelo organismo. O estado de cetose também é bastante comum e pode acontecer a partir de um jejum mais prolongado, por exemplo, não dependendo de abordagens dietéticas mais complexas. Por outro lado, para se obter um estado de adaptação pleno à cetose são necessárias ao menos 3 semanas, praticando uma ingestão alta de gorduras e limitada em termos de proteínas e sobretudo carboidratos. Nesse estado cetogênico, a necessidade de glicose do organismo será inferior a 50g, que poderão advir de gorduras e proteínas, e a maioria dos órgãos utilizará apenas cetonas e sobretudo gorduras como combustível. Links e referências A principal referência é o livro The Ketogenic Diet, do Lyle McDonald. Sugiro a leitura do tópico Vamos conversar sobre carboidratos, para melhor entendimento da função dos carboidratos e dos estoques de glicogênio e sua relação com a performance, bem como as quantidades necessárias. Além disso, pra entender mais sobre refeeds, refeições do lixo e fulldiet breaks, vale a leitura do tópico Protocolo Rapid Fat Loss. Pra finalizar, recomendo demais a leitura do guia do Ricardo, que ensina a calcular o gasto calórico (coisa que a maioria não sabe fazer), no tópico [Guia] Estimando seu GCD, Turma 101 - é importante deixar claro que a abordagem cetogênica não traz nenhum resultado mágico, portanto a perda de peso ainda vai ser o resultado das calorias gastas menos as consumidas, por isso a importância de saber estimar o GCD corretamente. Abraços, Lucas
  7. Salve, pessoal. Malho há 9 anos já, porém sem comprometimento algum, sempre me alimentei porcamente, alto consumo de alcóol, malhava uma semana e faltava dez dias, sempre fiz o basicão do ABC 2x, 3 séries de 10 e pronto... enfim, meu corpo deu uma mudada legal, mas a partir de agora quero seguir uma dieta para poder ter um shape legal, decente. Meu intuito inicialmente é abaixar o BF, pois estou com certo acúmulo de gordura na barriga e no famoso ''culote''. Pretendo ficar no cutting por aproximadamente um mês, e, a depender dos resultados, partir para um bulking limpo ou fazer mais um tempo de cutting pra poder crescer seco. CARACTERÍSTICAS Sexo: Masculino Peso: 82kg Altura: 185cm Idade: 24 anos Taxa Metabólica Basal: 3024 calorias Objetivo: Perda de gorduta – cutting (3024 – 500 = 2524 calorias) QUANTIDADE DE MACROS Quantidade média de calorias por refeição: 2524 / 6 = 420,6 calorias Proteínas (peso corporal x 2): 164g por dia / 6 refeições = 27,3g por refeição Gorduras (1g por kg corporal): 82g de gordura Carboidratos: até completar a quantidade de calorias necessárias DESJEJUM (07:30h ~ 08:00h): Multivitamínico – Growth Suplements - 1 banana (considerando a banana com 80g; 78,6 cal; 20,8g de carbo; 1g de prot) - 200 ml de leite integral (113 cal; 8,8g de carbo; 6g de proteína; 4g de gordura) - 2 colheres de sopa de Aveia (aproximadamente 30g; 104 kcal; 17g de carbo; 4,3g de prot) - 1 colher de pasta de amendoim (10g; 63,3 kcal; 1,7 de carbo; 2,9g de prot; 5,5g de gordura) - 2 ovos mexidos (199 cal; 1,96g de carbo; 13,1g de prot; 15,1g de gordura) Total = 557,9 cal / 50,26g de carbo / 27,3g de prot / 24,6g de gord ALMOÇO (12:00h – 13h) - 150g Arroz (192,4 cal; 42,1g de carboidratos, 3,8g de prot) - 150g Feijão (114 cal; 20,4g carbo; 7,2g prot) - 150 g de Frango (238,8 cal; 48,1g proteína, 1,4g gordura) - Salada a vontade (tomate, alface, cebola, brócolis...) Total = 545,2 cal / 62,5g de carbo / 59,1g de prot / 1,4g de gordura LANCHE DA TARDE (15:00h – 15:30h) - 100g Batata doce (76 cal; 18,4g de carbo) - 100g de Frango (187,3 cal; 28g de prot; 2,1g gordura) - 1 colher de pasta de amendoim (10g; 63,3 kcal; 1,7 de carbo; 2,9g de prot; 5,5g de gordura) Total = 326,6 cal / 30,9g de prot / 20,1g de carbo / 7,6g de gordura PRÉ-TREINO (18:00h – 18:30h) - 150g Batata doce (115 cal; 27,6g carbo; 1g prot) - 150 g de Frango (238,8 cal; 48,1g proteína, 1,4g gordura) Total = 353,8 cal / 49,1g de prot / 27,6g de carbo / 1,4g de gordura PÓS-TREINO (20:30h – 21:00h) - 1 banana (considerando a banana com 80g; 78,6 cal; 20,8g de carbo; 1g de prot) - 200 ml de leite integral (113 cal; 8,8g de carbo; 6g de proteína; 4g de gordura) - 2 colheres de sopa de Aveia (aproximadamente 30g; 104 kcal; 17g de carbo; 4,3g de prot) - 30g de Whey da Growth (114 cal; 4,5g carbo; 24g proteína) Total = 409,6 cal / 51,1 g de carbo / 35,3g de prot / 4g de gordura CEIA (23:00h – 00:00h) - 3 ovos mexidos (299 cal; 2,9g de carbo; 19,5g de prot; 22,8g de gordura) TOTAL DE CALORIAS = 2492 TOTAL DE PROTEINAS = 221,2 TOTAL DE CARBOIDRATOS = 214,46 TOTAL DE GORDURAS = 61,8 Não consegui bater exatamente a quantidade de calorias e as de proteínas estabelecidas, pois se retiro algum alimento acabaria por diminuir na quantidade de calorias, e ficar mais abaixo ainda do cálculo realizado. A proteína tinha estabelecido que deveria ser 2g/kg, mas acabou passando pra 2,6 aproximadamente, mas por se tratar de cutting, creio que não irá ter problemas. O que acharam da dieta?
  8. Prezados, bom dia. Estou com uma dúvida recentemente e, apesar de algumas pesquisas, não consegue sanar. Sou o famoso "falso magro". Na ultima avaliação (20 dias) esses foram os resultados: Peso 75kg Altura 177 21.3% bf Massa Livre de Gordura 59kg Somatorio de Dobras 154mm Minha dúvida é em relação a dieta. Apesar de um alto % de gordura, há pouca massa magra. Neste caso, vale a pena trabalhar em Bulk por um tempo visando o aumento da MM e depois partir pro Cutting ? Imagino que um cutting agora não resolveria esse problema do BF sem me deixar esquelético.
  9. Boa noite, galera, tudo bem? Gostaria que vcs dessem uma ajuda com a minha dieta de ~3000 calorias que foi receitada por nutricionista para ganhar massa magra da forma mais limpa possível... Os meus dados são os seguintes: Idade: 27 anos Altura: 1,74 Peso: 75kg Tempo de treino: 7 anos Medidas: Braço contraído - 38cm Antebraço - 29cm Tórax - 103cm Ombros - 120cm Cintura - 77cm Abdômen - 80cm Quadril - 96cm Coxa medial - 55cm Panturrilha - 37cm Porcentagem de gordura: 12% (Protocolo Jackson & Pollock 1978 - 9 dobras) Objetivo: Ganho de massa magra o mais limpo possível Lembrando que eu vou iniciar o meu 1º ciclo, que provavelmente será esse: 1-8: Deposteron - 200mg a cada 5 dias 1-8: Oxandrolona - 40mg/dia (1 cápsula de 20mg a cada 12 horas) A dieta abaixo está correta? Eu achei que tem excesso de proteína e falta de carboidrato. O que vocês acham? Obs.: para chegar à quantidade de macros de cada alimento, eu usei a média de 2 ou 3 sites, então não sei se está certo. Qualquer ajuda é bem-vinda... Obrigado!
  10. Galera, estou na academia a 2 meses. Mas eu ja tenho um costume em fazer dieta pois eu era obeso e perdi bastante peso, porem como eu nao tinha nocao de macro nutrientes eu so pensava que tinha que ficar passando fome oque me fez perder muito peso e nisso a pouca massa muscular foi junto, mas consegui ir melhorando a medida que o tempo foi passando, fui melhorando e testando as dietas que funcionaram comigo, agora eu estou com 77kg 17.8%bf e estou focado em da uma secada e crescer ja que sou iniciante na musculacao, fiz a avaliacao fisica na academia e o resultado foi que eu tenho uma TMB de 1825 e um gasto calorico estimado de 3824 total, fiz um teste e fiquei uns 12 dias comendo 3k a 3.2k cal divido em 40% carbo 35% proteina e 25% gordura, e percebi que eu ganhei 1,2kg provavelmente de massa nao senti um ganho de gordura atraves do espelho, mas tambem nao fiz a avaliacao fisica ainda, a minha duvida e a seguinte agora estou comendo 2600cal com 50% carbo 25 proteina e 25 gordura, na opniao de voces vale a pena para secar? sei que a melhor pessoa para dividr a dieta pra mim era um nutricionista mas infelismente nao tenho condicoes de pagar no momento, desde ja agradeco a atencao.
  11. Fala galera, então moçada, já não sou mais iniciante no mundo dos AES, mas venho aqui hoje para compartilhar um ciclo que estou pensado em fazer, para pedir a avaliação dos senhores. Sei que não é o ideal, mas estou fazendo um ciclo um pouco mais puxado pois quero estar em uma condição bastante considerável daqui a 10 semanas...então vou passar todo o meu protocolo aqui para os senhores Idade: 27 anos Altura: 1,78 Peso: 102 kg atualmente Esteróides: Sustanon 250mg 3x na semana (SEG-QUAR-SEX) Masteron 100mg dsdn Stanozolol 100mg dsdn Acetato de trembo 100mg dsdn Tamox 20mg e Anastrozol 1mg - todos os dias Termogenicos: Lipo 6 Black (importado) 1 cap antes de faze AEJ Clembuterol 2 ml antes do treino Venom (para quando bate aquele desanimo de ir treinar) Dieta: Refeição 1 Quantidade g Calorias kcal Carboidratos g Gordura g Proteína g Pasta de amendoim 30 160 7 13 6 Banana Nanica 100 92 24 0 1 Whey Blend 45 162 10 1 28 Aveia 30 104 17 2 4 Glifage XR 500 mg Total 518 58 16 39 Refeição 2 Batata Doce Cozida 200 154 37 0 1 Frango Cozido 150 245 0 5 47 Picolinato de Cromo 200 mg Selenio 200mg Total 399 37 5 48 Refeição 3 (Pré – Treino) Arroz branco cozido 180 234 50 1 5 Tilápia crua 180 159 0 4 32 Multivitamínico 1 comp. Vitamina D 5000 ui Total 393 50 5 37 Refeição 4 (Pós liquido) Whey 45 178 3 3 34 Palatinose 10 40 10 0 0 Creatina 6 ZMA 2 comp. Coenzima Q10 100mg Total 218 13 3 34 Refeição 5 Tilápia Crua 180 159 0 4 32 Batata Doce Cozida 100 86 20 0 2 Glifage XR 500mg Total 245 20 4 34 Refeição Pasta de Amendoim 30 160 7 13 6 Frango Cozido 150 245 0 5 47 Vitamina C 500 mg Total 405 7 18 53 Total 2.178 185 51 245 A distribuição como não consegui configurar aqui, se dá da seguinte forma, Quantidade, Calorias, Carboidratos, Gordura, Proteína.
  12. Altura:1,80cm Peso:70kg Idade:15 anos BF:13~15% OBJETIVO DE BF: 8~10% TMB: 2200 KCAL DURANTE O MINI CUTTING: 1800 Duração: 1 mês Fala galera, tava querendo fazer um mini cutting, porque acabei exagerando durante o bulking e acabei acumulando muita gordura, principalmente no abdômen e no peito e me sinto muito desconfortável com a ''pochete''. Enfim, a dieta consiste em: 7:00 Café da manhã: 200mg de cafeína 8:00 Desjejum: 15g de pasta de amendoim, 120g de pão integral de canela com passas 12:00 Almoço: 165g de arroz parboilizado cozido(eu queria usar o arroz integral, mas no momento não há dinheiro para tal e não sou muito fã de batata doce), 130g de filé de peito de frango 17:00 Pós treino: 100g de pão plus vita integral, 120g de filé de peito de frango, 4 ovos mexidos, 60g de ricota 20:00 Janta: 60g de aveia quaker em flocos finos, 47 g de amendoim, 10g de fibra TOTAL Carboidratos: 184,87g Proteínas: 140g Gorduras: 70g Fibras: 25g Sódio: 1434mg TREINO ABC2X + CARDIO 3X NA SEMANA (AEJ) E 3L DE ÁGUA
  13. Confira cinco combinações de alimentos que você deve evitar Comer frutas durante as refeições pode atrapalhar o sistema digestivo e água só deve ser ingerida uma hora depois A união faz a força? No caso dos alimentos, nem sempre. Você sabia que, durante o processo de digestão, alguns nutrientes competem entre si pela mesma porta de entrada para o organismo? Essa disputa está relacionada à biodisponibilidade, isto é, a capacidade da substância ser absorvida pela célula e exercer sua função. "Isso significa que, se um determinado nutriente está em maior quantidade, ele terá preferência em ser absorvido e o outro, em menor quantidade, será pouco absorvido", explica a nutricionista Isabel Jereissati. Além da competição pelo mesmo sítio, os complexos formados pelas substâncias também determinam se as interações nutricionais são negativas ou benéficas, as quais favorecem a absorção, o transporte e a utilização do outro nutriente, potencializando a sua ação. Essa é uma das razões pelas quais pensar sobre as combinações dos alimentos que colocamos no prato é tão importante quando escolher cada componente da refeição. "O principal motivo para nos alimentarmos várias vezes ao dia – de três em três horas - é para garantir melhor aproveitamento dos alimentos que ingerimos. O ser humano absorve de 20% a 30% do que come", afirma Isabel Jereissati, destacando que as boas escolhas alimentares ajudam a evitar desequilíbrios no organismo e a predisposição a doenças. Confira algumas combinações de alimentos que devem ser evitadas: Frutas nas refeições A fruta passa rapidamente pelo estômago e segue para o intestino. Quando você combina frutas com alimentos que levam mais tempo para digerir, estes, como carne e grãos, acabam sofrendo fermentação, graças ao efeito do açúcar. Coma frutas de 30 a 60 minutos antes das refeições. Quando a fruta é ingerida sozinha com o estômago vazio antes de uma refeição, ela prepara o sistema digestivo para o que está por vir. A água contida na fruta lava e hidrata o sistema digestivo, suas fibras e enzimas ativam o processo químico da digestão. Depois de uma refeição, espere pelo menos três horas antes de comer frutas, para não misturar a outros alimentos e provocar a fermentação. Proteína animal + alimentos ricos em amido Carne e batatas, frango e massa, sanduíche de peru. Se uma proteína animal é consumida junto com alimentos ricos em amido, os diferentes sucos gástricos anulam a eficácia uns dos outros. A proteína vai apodrecer e o carboidrato vai fermentar. As enzimas desses diferentes alimentos, no mesmo espaço e ao mesmo tempo, resultam em gás e flatulência no sistema. Se a única opção que tiver é essa combinação, adicione vegetais e folhas verdes para minimizar os efeitos colaterais negativos. Gordura + outros alimentos Azeitonas com pão, atum com maionese, bife de carne frito em óleo vegetal. Grandes quantidades de gordura associados à proteína retardam a digestão. Se combinada com alimentos corretamente, a gordura ajuda na produção do combustível que facilita o transporte dos alimentos para o fígado. Líquido durante as refeições A água passa pelo estômago em cerca de 10 minutos. O suco leva de 15 a 30 minutos. Já os refrigerantes, de forma geral, são ricos em fósforo e quando consumidos junto a alimentos ricos em magnésio, como espinafre, aveia, beterraba e nozes, reduzem a absorção deste nutriente. Qualquer líquido no estômago dilui as enzimas que o corpo precisa para digerir proteínas, carboidratos e gorduras. Para perder esse vício, beba mais água do que você deseja pelo menos 10 minutos antes de comer. Depois de comer, espere cerca de uma hora para ingerir qualquer tipo de líquido. Duas fontes concentradas de proteína Bacon e ovos, nuts e iogurte. A combinação de duas fontes concentradas de proteína na mesma refeição deve ser evitada. Proteínas concentradas levam muito tempo para se decompor, prejudicando a digestão e esgotando a energia do sistema. É por isso que a Medicina Ayurveda condena a combinação de diferentes carnes ou de carnes de peixe. Fonte: http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/confira-cinco-combinacoes-de-alimentos-que-voce-deve-evitar.htm
  14. Então pessoal, faz um tanto que estou me programando para ir para academia mas, ainda não tinha conseguido por problemas financeiros, tempo etc, mas agora já estou pronto. Já até fiz um post em relação a isso, mas enfim. Queria uma ajuda para montar um treino e uma dieta para mim se possível, pois realmente não tenho experiência nenhuma nisso, mas posso dizer que meus objetivos de imediato são ganhar o máximo de massa muscular possível e ir definindo aos poucos, ao momento que perco massa gorda. Eu comprei alguns suplementos pra me auxiliar nesse processo: Creatina, Whey Protein e Maltodextrina. Desde já, agradeço a atenção de todos
  15. Oi atualmente tenho 18 anos, comecei a treinar desde Setembro desse ano onde eu estava com 81kg e 18% de bf , atualmente peso 73,6kg, altura: 1,76 o bf atual eu n sei mas ainda tenho aquela pochetezinha na região inferior do abdome e um grande volume da cintura as coxas e venho fazendo uma dieta low carb onde o consumo de carbo só ocorre no almoço e na refeição de pré treino porém como meu objetivo é secar estive pensando se seria uma boa ideia montar com a ajuda de um profissional uma dieta cetogênica e após chegar no resultado que eu espero fazer bulking. Also gostaria de saber se eu deveria aumentar o nível do meu cardio já que eu faço pelo menos 20 min de esteira ou corro 3,75 km na rua. Aceito sugestões de exercícios também. Agradeço a ajuda e sugestão de vcs. 😁
  16. Primeiramente bom dia/tarde/noite, já fiz um tópico de dieta(Maio) aqui porém ta arquivado não pude editar nem deletar. Acabei não seguindo a dieta que planejei no outro tópico e tava fazendo dieta flexível desde então, porém tava me consumindo muito tempo e ficava comendo lixo toda semana. Por isso decidi tentar fazer uma dieta mais regrada segue o perfil: Altura: 178cm Idade: 20 Peso: 100,4kg Cintura: 91,2cm BF: 28,5% se minha balança estiver certa Medições acima foram feitas dia 06/12/19 TMB: 2894kcal, como é um cutting vou cortar 20% das calorias então meu consumo vai ser de aproximadamente 2315kcal Jogando os dados no site "tdeecalculator.net", botando atividade moderada. Treino: >Segunda à Sabado: Musculação 2xABC >Segunda à Sexta: Aula de Muay Thai(1h) >Todos os dias: Aeróbico em Jejum(5km) Alimentação: Total: Proteína Animal: 160g; Proteína Vegetal: 32,7g; Carbo: 230g; Gordura: 64g; 2261Kcal, as calorias restantes eu deixo pra alguma salada qualquer quando tiver. Quando sem vontade de comer acabo trocando os 4 Ovos de uma refeição por uma dose de Whey. Obs.:To utilizando protocolo Lean Gains, então a 1a refeição é feita às 8h e a ultima às 16h Então é isso, aceito qualquer sugestão de substituição de alimento, macros, gasto calórico e etc vou ir atualizando meu peso e cintura na medida do possível.
  17. Olá galera do forum de hipertrofia! Gostaria que vcs me ajudassem principalmente com conhecimento. Estou há 5 meses numa combinação de dieta+treino hipertrofia e meu objetivo maior é ter aquele bom e velho tanquinho FJKLSAHKDJFSK. A penultima vez que fiz avaliação física meu percentual de gordura estava 26% o que pra mim é muito elevado... mas não esperava estar tão alto assim. Comecei com 65kg e agora estou estagnada em 58kg. Fui na nutricionista mês passado e ela me passou a seguinte dieta pra GANHO DE MASSA. Meu peso no dia da avaliação foi pra 55,5kg acredito porque eu fui pedalando por uns 8km porque geralmente fica entre 57kg e 58kg. Altura: 1,59cm Peso: 57kg (ultima vez que pesei) Treino 3 vezes na semana hipertrofia e faço 20min de esteira pós-treino na velocidade 8.0 e também ando de bicicleta pelo menos 1 vez na semana até a faculdade (distância de 18km) Faço uso do termogênico da growth a base de café que começarei a tomar no pré-treino que é cafeína (210mg), 3g creatina da growth Cortei manteiga, margarina, óleo... faço grelhado ou adiciono água pro cozimento Cortei açúcar também Tenho também L-leucina da military trail, mas não faço uso dela Vamos ao que interessa: O que vocês acham dessa dieta? vet ofertado: 1600 à 1665kcal proteina: 95,11g carboidrato: 192,94g gordura: 51,21g "dieta hipercalorica, normoglicidica, normolipidica, hiperproteica" CAFÉ DA MANHÃ 9:00h 200ml de café sem açúcar (10 gotas adoçante) 2 pão integral OU 190g cuscuz de milho com coco ralado 30g queijo minas frescal OU 2 ovos cozidos ALMOÇO 13:00h 60g tomates cortados 100g arroz integral (quando tem feijão eu não como arroz) 80g feijão (todo o tipo e sempre que como feijão e + BANANA MÉDIA) OU 130g de carne moída 150g peixe assado OU 1 porção de purê de batata-doce LANCHE 16:00h 120g batata-doce 30g queijo minas ou repito o que comi no café da manhã JANTAR 20:00h 3 colheres de sopa de goma de tapioca OU 140g cuscuz de milho com coco ralado OU 150g inhame OU 150g batata-doce 3/2 ovos cozidos na água 100g arroz integral 200ml café sem açúcar Quando eu fazia cutting por conta própria, meus macros eram: vet ofertado: 1500kcal proteina: 148g carboidrato: 106g gordura: 46g Aceito sugestões, ajuda... algumas fotos do meu físico (não sei meu biotipo) https://www.imagemhost.com.br/image/PZpaE https://www.imagemhost.com.br/image/PZbZY 3 meses de academia X 5 meses de academia https://www.imagemhost.com.br/image/PZPeS https://www.imagemhost.com.br/image/PZLgI essa pochete na região do umbigo me incomoda muito e até hoje tá foda tirar https://www.imagemhost.com.br/image/PZNVy OBS: SOU MULHER kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  18. Boa noite, amigos. Treinei por 4 anos e parei por 8 meses, e retornei aos treinos há 5 meses atrás. Atualmente meu BF tá em torno de 20~25%. Gostaria de vocês avaliassem minha dieta: Sexo: Masculino Peso: 104 kg Altura: 188 cm Idade: 27 anos Equação de Harris Benedict: TMB = 66 + (13,7 x peso em KG) + ( 5 x Altura em CM) - (6,8 x idade em anos) TMB = 66 + (13,7 x peso em KG) + ( 5 x Altura em CM) - (6,8 x idade em anos) TMB = 66 + (1424) + (940) - (184) 3874 Taxa Metabólica Basal: 3874 calorias Objetivo: Perda de gorduta – cutting (3874 – 1000 = 2874 calorias)
  19. Bom pessoal, tentando ir direto ao ponto eu estou desempregado e por conta disso fica difícil bancar uma dieta que seja eficiente(Com todas as proteínas e afins) Meu objetivo era hipertrofia, mas ai que tá, eu não sei se vale a pena eu continuar treinando(pesado) sem ter uma dieta boa(porque aquilo de 2g/kg de proteína eu não consigo atingir) Me aconselharam parar de treinar e esperar arrumar um emprego pra então começar a treinar de novo, daí queria saber a opinião de vocês sobre isso.
  20. Olá, após algumas pesquisas devo dizer que estou um pouco confuso em relação ao jeito certo de montar uma dieta. Queria ter ajuda pra fazer os cálculos necessários e onde ver o valor nutricional dos alimentos (e como fazer pra olhar também), a fim de construir uma dieta, agradeço desde já.
  21. Bom dia amigos. Alguém poderia me ajudar em relação a dieta Cutting e Macros? Sei que tem vários videos e canais por aí, mas o meu caso é um pouco mais especifico, se alguém tiver paciencia de ler, eu ficaria muito grato. ☺️ Eu pesava 110kg em Abril deste ano, quando comecei academia + dieta. Não tinha e ainda não tenho condições de consultar Nutricionista (desempregado, a graninha que pinga de biquinhos pago academia e dividas, é uma coisa ou outra). Fiz dieta por conta própria no escuro, restringindo comida. Acabei perdendo em torno de uns 20kg kg em uns 3 meses, ou até menos, óbvio, agua etc etc. Depois desse tempo conheci a dieta de baixo carboidratos e comecei ela, comia em torno de menos de 30g de carboidratos liquidos por dia. Fazia um dia livre por semana, perdi mais uns 10kg. Só que não estou perdendo gordura de maneira eficaz ao que parece, ainda tenho bastante acumulada na barriga (cerca de 90cm, estava com 105). Meu BF está em torno de 23%. O problema é que não consigo, desses três meses para cá seguir mais essa dieta, não sei se pela restrição, ou porque parei de ter resultados, enfim. O único resultado é que, sabado e domingo enfio o pé na jaca e como compulsivamente, especialemte DOCES, coisa que nem na época que eu era obeso, eu fazia questão. Na semana eu faço tudo de maneira controlada, <30g de carboidratos fibrosos, 2g kg de proteina animal, 1g de gordura (ás vezes nem chega nisso). Aï chega o FDS.. vixi. Não estou engordando, meu peso se mantem depois que o inchaço vai embora. Mas enfim meus amigos, a conta chegou, não tenho mais resultados e ainda tenho barriga. Estou querendo fazer um Cutting direitinho, regrado e decente, mas a minha dúvida é como eu vou começar. Andei pesquisando sobre fazer Refeed de carboidratos ( High por uma semana, depois ir descendo ) mas não acho que eu precise, justamente por esses fins de semana de esbornia alimentar. E apesar disso, eu creio que a minha insulina esteja controlada, porém que meu metabolismo esteja totalmente bagunçado e enroscado. Se alguém puder me ajudar dando um norte. Pensei em começar com 2g kg de carboidratos (888 kcal) + 1,5g de proteínas (480 Kcal) + 0,8g de gorduras (576 Kcal). Total de aproximadamente 1900 Kcal diários, e assim, ir descendo os carboidratos diáriamente + um protocolo de JI de 16/8 que já faço naturalmente + AEJ que também já faço diariamente, junto com a musculação. O que vocês acham? Será que irei engordar de novo no começo por conta desses carboidratos? Ah, eu peso atualmente 80kg , tenho 1,74m de altura e o BF de 23% ( Medido daquela maneira pescoço e cintura ). Usei uma calculadora aqui do HIpertrofia e deu que meu Gasto Calórico DIário é de 2500Kcal + ou - .
  22. Altura:1.71 peso: entre 72 e 73 idade:32 % de gordura: entre 15 a 20% 2600 calorias dia de treino 2100 dia off Tempo de treino: 4 anos Dieta 1° 07:00 whey 30 gramas glutamina 5 gramas castanhas 20 gramas arginina 500 ml café 150 ml 2° 10:00 banana,maçã ou 2 fatias pão de forma com manteiga e 200ml leite desnatado com café 3° 12:00 pré treino:macarrão integral 100 gramas, filé de frango 100 gramas. 4° 14:40 pós treino: whey 30 gramas 2 fatias de pão de forma 5° 17:00 macarrão integral 80 gramas Filé de frango 100 gramas 6° 21:00 omelete 5 ovos com gema,(faço com óleo de coco)*alface tomate* vária as vezes azeite de oliva uma colher de sopa cheia, glutamina e melatonina. no final de semana acabo comendo bem menos que isso, e acho que como pouca proteína no final de semana. https://ibb.co/bPkz3jv Não consegui colocar a foto
  23. Boa noite galera! Bora relatar a experiência com o uso depois de anos na dúvida de mandar ou não... Já estou no começo da 3ª semana, por enquanto: Colaterais: Nenhum Resultados: Baixei o peso na primeira semana pra 107 e hoje estou com 110 novamente, mas acredito que seja por conta do ajuste na dieta. Aplicações: Tudo tranquilo, sem dores/inflamações. Altura: 1.91 Peso: 110 Idade: 30 Percentual de gordura: 15% Medidas: Braço esquerdo: 42 (Relaxado) e 45 (Contraído) Braço Direito: 43 (Relaxado) e 46 (Contraído) Peito: 113 Coxa esquerda: 65 Coxa direita: 67 Cintura: 96 Tempo de treino: 11 anos - Entre idas e vindas Objetivo: Ganho de massa/perca de gordura Estrutura do ciclo: Enantato de Testosterona 1 - 10 500mg/sem - Terça e Sexta Anastrozol DSDN durante o ciclo TPC: 30 dias após a última aplicação: Tamoxifeno - 40g dia de 1 - 2 semanas e 20g dia de 2 - 4 semanas. Todas as drogas em mãos e exame realizado pra ver se a testo vai bater mesmo (King Pharma). Fiz uma cirurgia de LCA no joelho esquerdo a exatos um ano. (Por isso a boa diferença de uma coxa pra outra). Voltei a treinar legal em Março desse ano. Vou repetir os exames na segunda semana de Novembro. Quanto ao treino, faço ABCDE e ta bem puxado. Montei uma estrutura nova com um personal amigo meu e ta muito foda. Quanto ao cardio volto da academia a pé todos os dias, coisa de 3.5Km. Suplementação: Whey - Creatina - Cafeína - Ioimbina - Multivitamínico - Vitamina D3 - Vitamina C e Coenzima Q10. Fotos Dieta Exames
  24. Fala galera, blz? Depois de 6 anos, recuperei minha conta, e pretendo voltar com um diário pra tentar me manter motivado.. kkk Bom.. minha história é a seguinte, treinei por um período e cheguei a criar um diário aqui >> LINK Já treinei por vários períodos, mas nunca muito longos, a última vez foi justamente nos relatos do diário anterior (em 2014). Voltei a treinar em Agosto deste ano depois de tomar um baita susto, me pesei e estava com 97,4kg 😲 Se leram o relato (ou não), eu comecei com 89kg e baixei pra 70kg que foi quando eu casei (não lembro se registrei isso, estava mantendo 72kg e nas últimas 2 semanas lembro que consegui manter os 70kg). Enfim, no meio do ano fui me pesar e estava quase chegando nos 3 dígitos, embora a saúde estivesse boa (pois eu havia feito alguns exames de sangue e estava tudo ok), mas o susto foi grande e resolvi voltar a treinar, e defini uma meta, quero estar com menos de 80kg até o fim do ano. Eu morava em Santos e trabalho em SP, a correria do dia a dia não me deixava manter uma boa qualidade de sono e horários corretos de alimentação (isso é culpa minha.. kkk). Agora morando aqui, tenho acesso a academia no prédio, e estou lá por enquanto, a fim de economizar com mensalidade e pela facilidade de acesso. Meu foco ainda é aumento de força, resistência e definição, pensando a longo prazo. Colocarei alguns dados abaixo, meu treino e a dieta que estou seguindo. Mas pretendo modificar algumas coisas e incluir medidas, talvez algumas fotos, e possíveis correções ortográficas. Dados pessoais: Dieta - IIFYM (TMB atual - 2570cal - Minha dieta tem cerca de 1900cal, ou seja, estou em déficit de 670cal) Treino - ABCAB: Estou voltando de leve e pretendo passar no nutrólogo no começo de Novembro, não estou suplementando nada, mas penso em começar com os itens abaixo. Bom pessoal é isso, pretendo atualizar aqui entre 3~4 vezes por semana, não garanto ser diário, mas próximo disso.. kkkkkk Aceito sugestão de alimentação e suplementação, quanto ao treino aceito sugestões também, mas pretendo periodizar em breve. Relacionado ao treino, eu mantenho a rotina de ir até o metrô caminhando, como relatado na seção de dieta e volto no mesmo percurso. Além disso, pela manhã eu desço do 9º andar de escada para iniciar o AEJ, e na volta subo e desço para o treino pela escada também. A fim de compensar e estimular o corpo.
  25. Oi pessoal!!!!!!!!!!! Depois de algum tempo acompanhando o fórum, resolvi criar meu diário a fim de manter meus registros e tbm manter a motivação em dia. Vez ou outra tento ajudar o pessoal com as dietas dando meus pitacos, hehe. Fui uma criançinha bem magrela, e depois bem gordinha pq só gostava de comer besteira, qnd adolescente, resolvi mudar de vida e emagreci, nessa época, comecei a treinar......Fiquei com aquela coisa de nunca mais querer engordar, sabe?! Nessa vibe, passei muito tempo só fazendo dietas pra me manter slim, secar e secar e secar achando que assim ia ficar definida (quanta ilusão) e acabei sacrificando muita massa magra. Ora treinava, ora parava...não tinha aquela disciplina..... Pois bem, comecei a me achar super magrela, meço 1,65 e tava com 52, 50kg secando cada vez mais... Tava com a cara chupada, usando roupas tamanho PP e que as vezes ficavam largas Enfim, acordei pra vida e resolvi começar a ralar pra encher o shape e ganhar massa magra, afinal eu tava pesando 50kg, mas com um bf de 25% #chora Sempre fui interessada em alimentação e tudo mais, sempre prourei ajudar os outros, sempre soube montar uma dieta bacaninha, mas tinha receio de aplicar a minha teoria em mim e engordar....Trauma de criança que já foi gorda é foda.....rs Criei coragem, montei uma dieta e ainda meio medrosa, comecei a comer um pouco mais e melhor......e nada acontecida, a balança não subia nem a pau..... Busquei acompanhamento profissional e resolvi me entregar a dieta sem medo de engordar... No início foi foda, era muita comida......ficava empanzinada o dia inteiro... tinha que acordar cedo pra conseguir comer tudo planejado pro meu dia e não ir pros treinos com a barriga cheia, rsrs. Muitas vezes acordava, comia e voltava a dormir, hehe. Fiz um ciclo de oxandrolona durante 30 dias. Foram 30 dias no céu e no inferno, que doideira, uma guerra entre o físico e o psicológico......rsrs Fiz tudo que podia pra coisa andar 100% a todo momento, não fácil....e finalmente as coisas começaram a andar.......consegui ganhar um cado de massa e baixar um cado a gordura.... Nunca abri mão dos cardios, vcs não tem idéia como eu tenho horror a ficar gorda..... rsrs Na maioria dos dias, treino por volta das 13, 14 e as 18, 19h faço meu cardio. Hoje peso 55kg, com 20% bf... Faz quase 1 mês que terminei o ciclo, mantenho os treinos e a dieta hipercalórica....Em breve volto a doc pra apresentar meus exames e bolar novos planos. Quero ciclar de novo com oxan. Pretendo continuar em bulking pelo menos até o final do ano, sem pressa.........quero encher essa carcacinha de massa magra e com muita dieta, treino e fé irei conseguir kkkkkkkkk
×
×
  • Criar Novo...