Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Clique aqui

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''tpc''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Hipertrofia
    • Venda de Suplementos
    • Nutrição e Suplementação
    • Treinamento
    • Esteróides Anabolizantes
    • Geral
    • Diário de Treino
    • Saúde e Qualidade de Vida
    • Academia em Casa
    • Área Feminina
    • Assuntos Acadêmicos
    • Entrevistas
    • Arquivo
  • Assuntos gerais
    • Off-Topic
    • Mixed Martial Arts
    • Fisiculturismo, Powerlifting e Outros
  • Fisiculturismo
  • Multimídia
    • Vídeos de Fisiculturismo e Strongman
    • Fotos Fisiculturismo
    • Fotos de Usuários
  • Fórum
    • Críticas, Sugestões e Suporte ao Fórum
    • Lixeira
  • Off-Topic

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Peso


Altura


Idade

Conteúdo continua após a publicidade.

Encontrado 149 registros

  1. Boa tarde, gostaria de uma orientação com a galera sobre o ciclo que estou fazendo. Treino a cerca de 8 anos e resolvi ciclar para ganho de massa muscular. Tenho 1,87m e estou com 95kg. BF em torno de 14% Conversando com amigos e professores, me indicaram a fazer o uso de deposteron por cerca de 12 semanas da seguinte maneira: 1 semana - 1 ampola de 200mg. ( do qual já fiz a aplicação ) 2 semana - 1 ampola de 200mg 3 a 10 semana - 2 ampolas de 200mg 11 a 12 semana - 1 ampola de 200mg. OBS. aplicações semanais todo domingo. Comprei o medicamento na farmacia. Minha maior duvida é em relação ao TPC. Sei que a cigla se trata de uma terapia apos o ciclo, porem, nao devo tomar nada durante o período em que estou utilizando a testo ? Meu maior medo é atrofia testicular e perda de libido.
  2. - Idade: 30 anos - Altura: 183 cm - Peso: 102 kg - Medidas(braço,peito etc): não tive tempo de tirar ainda - Percentual de gordura(BF): 20% - Tempo de treino: 5 anos (5 meses ininterrupto) - Objetivo: cutting (diminuir o % de gordura e manter o máximo de massa possível) - Estrutura do ciclo(dosagens, semanas etc): Ciclo: Semanas 1 a 12: Fenilpropionato de nandrolona - 200mg a cada 3 dias. Semanas 1 a 12: Masteron - 100mg a cada 3 dias. 7 (Sete) dias após a última aplicação: Semanas 1 a 4: DHEA - 50mgdia. Semanas 1 a 4: Proviron - 25mgdia. Terapia pós-ciclo: 14 dias depois da última aplicação. 1º Dia HCG - 2500ui - Aplicação Intramuscular. 4º Dia HCG - 2500ui - Aplicação Intramuscular. Semanas 1 a 4: Exemestano – 25mgdia. Semanas 1 a 2: Tamoxifeno – 40mgdia. Semanas 3 a 5: Tamoxifeno – 20mgdia. A partir da Semana 6, Clomifeno (Indux) 50mg/dia por 10 dias. Se puderem avaliar, e me informar quais seriam as taxas de testosteronas (total e livre) esperadas na corrente sanguínea após 15 dias, ficaria grato.
  3. Fala glr,estou pensando em usar o proviron pra dar um up na libido na tpc,alguém já usou e sabe me dizer se quando para o quadro da libido se agrava ou mantém como se tivesse tomando? convém tomar um tamox junto?o proviron aumenta a dht ou só durante o uso
  4. Bom dia pessoal, sou novo no fórum. Já peço desculpas antecipadamente por alguma ignorância q eu possa cometer. Gostaria por favor da opinião de vcs sobre esse ciclo q irei começar. Ciclo 1-10 Durateston 500 mg/sem aplicada 250 mg seg e 250mg qui 1-10 anastrozol 0,5mg dsdn 3-10 sem. HCG 250iu a cada 4 dias A minha dúvida maior é sobre oq usar na TPC?? Tamox e Clomid? Apenas tamox? Devo continuar com o anastrozol até o fim da TPC ou só até o fim do ciclo msm? Tamox 25-30 dias após a última aplicação? Qual a dose? Obs: Homem 36 anos 1,82 / 67 kg (bem seco/definido) Dieta iniciada a 6 meses. Desde já mto obrigado pela atenção de todos e desculpa minha ignorância! Bons treinos
  5. Qual seria mas indicado para tpc 1-2propionato de testosterona 100mg 1-2 trembolona 100mg Vai ser aplicado 2x por semana , 1 ml de cada Durante 3 meses Tpc ?Clomid ou tamoxifeno ?Vitamina E 1000ui
  6. Boa noite galera, tudo bem com vocês? Então, sou novo no fórum, portanto vou pedir a paciência de vocês. Vou deixar meu relato abaixo e peço a ajuda dos senhores. Resumidamente, fiz um ciclo de Durateston + Trembolona (1ml de Dura Terça e Quinta e 1ml de Trembo DSDN), usei anastrozol 1mg TSD no começo, depois mudei pra 1mg DS2DN. Depois de algumas semanas do início do ciclo comecei a usar o HCG 250 ui Segunda e Quinta. Iniciei a TPC um pouco mais de 30 dias do final do ciclo: Tamoxifeno 40mg nos primeiros 15 dias e depois Tamoxifeno 20mg mais 15 dias. Na 3ª semana da tpc, quando comecei a usar 20mg de Tamoxifeno, ai que comecei a sentir alguns colaterais! Primeiro senti a falta de libido, conseguia ficar vários dias sem transar, sem punheta, sem nada, e tranquilão, não sentia falta. Depois comecei a me sentir indisposto pra tudo, arrumar meu quarto, trabalhar, lavar meu carro coisa que faço sempre porque odeio meu carro sujo, pra sair com a namorada, enfim, indisposto pra tudo! Conversando com a galera da academia, um amigo que também já ciclou disse que se pudesse chutar, chutaria estradiol baixo por conta do uso com anastrozol. Eu já tinha feito exames dia 24/05, estava em 2 semanas do início da TPC, porém esses exames vão ficar prontos dia 12/06 (laboratório com demora absurda, to puto até agora). Dai dei um tiro no escuro e comecei a usar HCG 500ui DS3DN e comecei a usar a Primogyna 1mg, para aumentar o estradiol. No dia seguinte já acordei disposto, tudo que eu tava indisposto, melhorou, porém após uns 5 dias de uso com a Primogyna, fiquei mais ferrado de libido e agora to ferrado pra manter ereção. Antes bastava eu pensar que ia transar com minha namorada, que o pau ficava pronto kkkkkkkkk, agora mesmo rolando altas putarias fica difícil fazer o pau ficar duro. TRISTE! Então eu tive uma ideia, voltei no médico, e pedi novos exames, e iria procurar outro laboratório que entregasse antes dos meus exames do dia 12/06, assim iria servir de comparativo e ajudar em qualquer problema que eu pudesse estar tendo com o pós ciclo. Fiz o exame ontem dia 07/06, já tem mais de 2 meses do fim do ciclo, e pelo menos uns 10 dias que terminei o Tamoxifeno, continuei apenas com o HCG e a Primogyna. O resultado saiu hoje, segue abaixo: LH 1,30 mUI/ml - Referencia: de 1,50 a 9,30 mUI/ml FSH 5,91 mUI/ml - Referencia: de 1,40 a 18,10 mUI/ml TSH 1,98 mUI/ml - Referencia: de 0,38 a 5,33 mUI/ml T3 1,29 ng/mL - Referencia: de 0,76 a 1,76 ng/mL T4 9,79 mcg/dL - Referencia: de 6,09 a 12,29 mcg/dL TEST TOTAL 859 ng/dL - Referencia: de 165 a 753 ng/dL TEST LIVRE 18,92 ng/dL - Referencia: de 3,03 a 14,80 ng/dL ESTRADIOL 78,9 pg/mL - Referencia: Menor que 39,8 pg/mL PROLACTINA 10,3 ng/mL - Referencia: de 2,1 a 17,7 ng/mL Já observei que o estradiol está alto, já vou parar com a Primogyna, imagino que fiz merda usando, mas não sei como vou baixar. A prolactina pelo que li em outros tópicos, não seria mal baixar um pouco, mas vou aguardar orientações também. Os níveis de LH, FSH e TSH estão baixos, também não sei se estou correto e o que posso fazer... Galera, poderiam me ajudar na minha situação? @MBD tenho acompanhado o fórum e vejo que você tem conhecimento, poderia me auxiliar também por favor? Abraçossssss
  7. Olá gente, treino sem parar a 3 anos e sempre pesquisei muito sobre anabolizantes porém continuo com receio mas com muita vontade de ciclar. Gostaria de começar com a Oxan de 10 MG. Vocês poderiam me dizer os pós e contras da Oxan, e qual seria o melhor TPC? Seria bom tomar algum preventivo antes de começar a ciclar também? Desde já agradeço.
  8. Fala galera tranquilo? O que venho relatar/compartilhar com vcs aqui é algo que achei um tanto quanto inusitado: Realizei um ciclo de: 1-10 Enantato Testosterona 500mg/semana Foi minha primeira experiência com AEs e posso dizer que no geral foi positiva. Meu único erro foi ter iniciado-o com uma BF um pouco elevada, oq criou um ambiente mais favorável para a aromatização. Tive uma sensibilidade no mamilo e um entumecimento do mesmo mas consegui controlar o efeito do estrogênio com o tamoxifeno intra ciclo. Pois bem, ao termino do ciclo, por tratar-se de enantato, esperei 15 dias para iniciar a TPC, que consistiu de: Tamoxifeno 40/20/20/20 e Clomifeno 75/50/50/50 (Cada numero corresponde a dose diaria durante uma semana) Terminei a TPC e iria esperar 30dias para realizar os exames de sangue para verificar se tudo tinha voltado ao normal. Porém, ao terminar a TPC voltei a sentir a sensibilidade no mamilo e reintroduzi o tamoxifeno, desta vez isolado (sem o clomifeno). A princípio suspeitei do motivo ser a minha testosterona estar baixa (eixo ainda se recuperando) e o estradiol estar sendo responsavel pelo sintoma. Preferi nao ficar na especulação e fiz exames de sangue. Para a minha surpresa, o resultado saiu hoje, e quase 2 meses depois da ultima aplicação minha testo total veio alta 1200 (valores normais: 142-923) e a testo livre alta tambem 0,999 (valores normais: 0,118-0,854). Alguém ja teve essa mesma experiência? Obs: no final das contas a sensibilidade no mamilo é devido a testo alta e consequente aromatização ao invés da baixa de testo que eu inicialmente pensei ser a causadora. Obs2: estradiol veio alto (63), e estou estudando a substituição do tamoxifeno por um inibidor da aromatase para diminuir o nivel plasmático e não só bloquear sua ação. Obs3: Planejo esperar mais 30 dias, controlando o estradiol para depois repetir os exames. Pensando em parar a utilização dos anti-estrogênicos apenas apos a normalização da testo.
  9. Terapia Pós-Ciclo (TPC) Luís Eduardo Brasil Introdução Durante um ciclo com esteróides anabolizantes, sua produção natural de testosterona fica bastante reduzida. Isso acontece, porque seu organismo percebe que a quantidade desse hormônio no sangue está elevado fazendo assim com que diminua sua produção natural. Normalmente, após um ciclo com drogas derivadas da testosterona, sua produção hormonal volta ao normal, porém, essa recuperação pode levar muito tempo, em alguns casos, mais de um ano. Isso é perigoso já que a baixa concentração de testosterona pode ter como conseqüências: diminuição da libido, diminuição da massa muscular, depressão, aumento da massa gordurosa, disfunção erétil e infertilidade pela baixa ou ausência da produção de espermatozóides. É importante lembrar que os níveis de estrogênio e progesterona devem ser controlados durante o ciclo a fim de evitar possíveis efeitos colaterais. Dessa forma, o ideal é recorrer à terapia pós-ciclo (TPC) para estimular a produção natural de testosterona e evitar os problemas citados. Por meio da TPC, podemos reduzir o tempo de recuperação hormonal além de minimizar as perdas de massa magra e força. Após ciclos com drogas hepatotóxicas, a TPC também pode ser utilizada com o objetivo de recuperar os danos causados ao fígado. Como funciona Para compreender melhor a inibição da produção endógena de testosterona, é preciso entender como ela é produzida. Inicialmente, uma região do encéfalo dos mamíferos localizado sob o tálamo, hipotálamo, é responsável por receber uma variedade de informações do organismo, por exemplo, níveis de diversos hormônios. A partir dessas informações, o hipotálamo pode liberar o GnRH (hormônio liberador de gonadotrofina) que é um hormônio que atua numa glândula muito importante em nosso corpo chamada de pituitária ou também conhecida como hipófise. Esta inicia a produção de duas outras substâncias, o LH e o FSH, os quais irão atuar estimulando as gônadas. O FSH (hormônio folículo-estimulante) estimula a produção de espermatozóides, e o LH (hormônio luteinizante) é responsável por informar as células de Leydig (nos testículos) da necessidade de produzir testosterona. Dessa forma, quando se usa esteróides anabolizantes por via externa, nosso hipotálamo diminui a produção do GnRH, diminuindo o FSH e o LH, e, tendo como conseqüência, a redução na produção de testosterona e espermatozóides. Então, os medicamentos usados na TPC devem se ligar a receptores no hipotálamo, permitindo com que a produção do GnRH volte ao estado normal, entretanto isso só é possível se a pessoa não estiver mais com doses elevadas de esteróides anabolizantes em seu corpo. Agora, fica a dúvida, quando começar a TPC? Primeiramente, não existe momento exato para iniciar, mas podemos ter boas aproximações. Existem artigos defendendo que a TPC deve ser iniciada assim que o ciclo é finalizado, porém, isso nem sempre é apropriado, pois os níveis de testosterona no corpo ainda são elevados, ou seja, ainda causam a inibição do eixo HPT (hipotálamo-pituitária-testicular). Logo, a recuperação não será eficiente. Outro problema é começar a TPC muito tarde, pois, além de perder os ganhos do ciclo, poderíamos ter os efeitos colaterais citados anteriormente. Existem vários protocolos para quando iniciar a TPC, o que abordaremos mais adiante. Algumas pessoas começam a terapia após uma meia-vida da droga. Entretanto, diversos artigos defendem que a espera de uma meia-vida não é eficaz em diversas situações, em especial, os que usam drogas de meia-vida longa como é o caso do enantato de testosterona, cipionato de testosterona, decanoato de nandrolona, dentre outros. O motivo disso já foi explicado no parágrafo anterior. Apesar disso, esse período de espera tem se mostrado eficiente em ciclos com drogas de meia-vida curta como propionato de testosterona e stanozolol. Isso ocorre, porque a concentração dessas drogas no corpo diminui rapidamente. Outro protocolo bem conhecido é o de esperar 3 vezes uma meia-vida da droga que tem maior meia-vida. Esse protocolo foi criado por um médico sul-africano apelidado de “Doctari” que participou ativamente de um fórum sul-africano postando diversos artigos de suas pesquisas com usuários de esteróides anabolizantes que recuperaram o eixo HPT após o protocolo sugerido por ele. Esse protocolo é interessante quando se usa drogas com meia-vida longa já que traços de um esteróide podem permanecer ativos em seu corpo em até 7 vezes (ou mais) a sua meia-vida. Já o fisiculturista brasileiro Dudu Haluch defende que a TPC deve ser iniciada com 4 semanas para drogas de meia-vida longa e entre 1 e 2 semanas para drogas injetáveis de meia-vida curta. De acordo com ele, num ciclo apenas com drogas orais (oxandrolona, dianabol, hemogenin, stanozolol, turinabol), a TPC pode ser iniciada no dia seguinte ao fim do ciclo em razão de sua meia-vida curta. Além desses, ainda existem outros protocolos utilizados, como iniciar a TPC após 2 vezes a meia-vida da droga em questão. Apesar de todos esses protocolos serem utilizados, e, em muitos casos, com sucesso, a melhor maneira de saber o momento correto de iniciar (e terminar) a TPC é por meio de exames. Estes devem ser feitos, de preferência, após uma meia-vida da droga utilizada. Vale lembrar, que o início da TPC depende de diversos fatores tais como: tipo de droga, dose utilizada, experiência do usuário, dentre outros. Medicamentos Antes de começar a falar sobre os protocolos de TPC, é importante fazer um breve resumo dos principais medicamentos utilizados durante esse período de recuperação hormonal: 1. Tamoxifeno (Nolvadex): Este medicamento é um dos mais conhecidos e usados numa TPC. É utilizado, normalmente, para o tratamento de câncer de mama e tratamento de infertilidade anovulatória (não ocorre a ruptura folicular com liberação de ovócito). Sua principal função na TPC é evitar a ginecomastia. Vale lembrar que o tamoxifeno não impede a aromatização, ele é, na verdade, um modulador seletivo do receptor de estrógeno (SERM), ou seja, apresenta atividades estrogênicas seletivas em alguns tecidos, e não, um inibidor de aromatase. Desse modo, ele pode produzir ações estrogênicas nos tecidos onde isso é benéfico (ossos, fígado e cérebro) e não ter qualquer atividade ou produzir ação antagônica em tecidos como a mama onde as ações estrogênicas poderiam ser prejudiciais. No endométrio, esse medicamento tem função agonista. Como efeito adicional, ele possui a capacidade de estimular a produção de FSH e LH. O aumento na produção do LH pode estimular as células de Leydig nos testículos, resultando em maior síntese de testosterona. Sua capacidade de competir com o estrogênio ligando-se aos sítios ativos dos tecidos (como a mama) é o que faz com que o tamoxifeno seja eficiente contra a ginecomastia. Quando interrompido muito cedo seu uso, pode favorecer um possível “efeito rebote”, ou seja, os receptores de estrogênio agora “livres” são capazes de absorver o estrogênio presente no sangue. Por esse motivo, em alguns casos, é recomendado o uso de tamoxifeno junto com Proviron, por exemplo. 2. Clomifeno (Clomid): Este é outro medicamento muito comum na TPC. É utilizado, normalmente, para tratamento da infertilidade feminina. De forma similar ao tamoxifeno, compete com o estrogênio nos receptores do hipotálamo, aumentando a secreção de GnRH e dos níveis de LH e FSH. Isso resulta em um aumento da produção de testosterona endógena. O clomid é um estrogênio sintético que também funciona como anti-estrogênio, por isso é muito útil na TPC. Tal como o tamoxifeno, a droga irá reduzir a atividade dos estrógenos, prevenindo a ginecomastia, retenção hídrica e acúmulo de gordura corporal. Apesar disso, ele é bem mais fraco que o tamoxifeno em comparação mg por mg. Vale ressaltar que mesmo sendo um anti-estrógeno, o clomid apresenta uma atividade estrogênica fraca na glândula pituitária, o que não é o ideal quando se tem em mente usá-lo na TPC. Apesar disso, muitos ainda defendem seu uso. Os efeitos colaterais mais relatados por usuários de esteróides anabolizantes a respeito dessa droga são problemas de visão e problemas emocionais. Dessa forma, não é indicado seu uso por pessoas que já sofrem de problemas similares aos efeitos colaterais desse medicamento. 3. hCG (gonadotrofina coriônica humana): É uma glicoproteína hormonal que promove a fertilidade (ovulação) em mulheres com problemas para engravidar. Para usuários de esteróides anabolizantes, o hCG tem, basicamente, a função de agir de forma similar ao LH em seu organismo, ou seja, ele se liga aos receptores nas celulas de Leydig estimulando a síntese e secreção natural de testosterona. Ele pode ser bastante útil durante ciclos longos e de doses elevadas dos esteróides, pois pode evitar a atrofia testicular. Apesar disso, o hCG tem alguns efeitos colaterais bem desagradáveis numa TPC como o aumento da taxa de aromatização provocando possível ginecomastia e retenção hídrica. É importante ressaltar que quando usamos esse medicamento, o hipotálamo pode deixar de produzir GnRH, então, não haverá a produção de LH natural. Isso é suficiente para explicar o motivo que o hCG não deve ser utilizado sozinho numa TPC. Além disso, o hCG, geralmente em doses elevadas, pode causar a dessensibilização das células de Leydig. O ideal é usá-lo com tamoxifeno. 4. Mesterolona (Proviron): É um esteróide anabolizante derivado do DHT (dihidrotestosterona) com propriedade anabólica muito baixa (praticamente inexistente), com propriedade anti-estrogênica e com boa afinidade ao SHBG (globulina ligadora de hormônios sexuais). Além de ser um esteróide com poder anabólico fraco, seus efeitos colaterais são mais suaves em relação aos demais esteróides anabolizantes. Sua toxicidade ao fígado também é fraca. Não é recomendado seu uso para mulheres, pois pode causar virilização. Na TPC, ele é usado para melhorar a libido, evitar a conversão de testosterona em estrogênio, aumentar a testosterona livre e contribuir para rigidez erétil. Apesar disso, pode favorecer a hipertrofia da próstata e a queda de cabelo. Atletas, geralmente, usam esse medicamento em razão de sua capacidade de impedir a aromatização (inibidor de aromatase) e não causar efeito rebote. 5. Testolactona (Teslac): É um agente antineoplásico (medicamento utilizado para destruir células malignas) derivado da progesterona e tem por função o tratamento de câncer de mama em estágio avançado. Teslac é muito utilizado como inibidor de aromatase por usuários de esteróides anabolizantes. Ele também estimula a produção natural de testosterona no organismo de forma similar ao hCG, além disso aumenta os níveis de LH e FSH. Ele não dessensibiliza as células de Leydig tão significantemente como o hCG. Outra vantagem em relação a gonadotrofina coriônica humana é que o Teslac não aumenta o nível de estrogênio. Já foi provado que a testolactona também é eficiente no tratamento de ginecomastia. Alguns usuários utilizam essa droga em conjunto com o proviron. Um dos maiores problemas do Teslac é seu alto preço. 6. Anastrozol (Arimidex), Letrozol e Exemestano (Aromasin): Todos são inibidores de aromatase bem conhecidos. Alguns artigos afirmam que a eficiência dessas drogas na inibição de aromatase é de 80%, 98% e 85%, respectivamente. À primeira vista, esses valores podem ser bastante satisfatórios, entretanto, não se deve levar em consideração apenas isso no momento de escolher algum medicamento a fim de evitar a ação da enzima aromatase, pois se houver pouco estrógeno no organismo masculino (em relação à quantidade normal) pode ser prejudicial à saúde. Além disso, os dois primeiros têm efeito rebote, o exemestano não demonstrou essa característica. Os três medicamentos aumentam o nível de testosterona no organismo. 7. Tadalafila (Cialis): É um inibidor da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5) vendido em forma de pílulas com a função de tratar a disfunção erétil e os sintomas da hiperplasia prostática benigna. Na TPC, essa droga pode ser usada para melhorar a função erétil, aumentar os níveis de testosterona e aumentar a libido. 8. Cabergolina (Dostinex): Antes de falar sobre esse medicamento, devemos explicar o que é prolactina. Esta é um hormônio protéico, diferentemente da testosterona e estrógeno que têm origem lipídica, produzido pela adeno-hipófise que estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias e o aumento das mamas. No homem, o excesso de prolactina pode causar impotência sexual, ginecomastia e problemas relacionados com a produção natural de testosterona. Apesar de bem diferentes, a prolactina tem efeito regulador nos níveis de progesterona no corpo. Já se sabe que durante a gravidez, as altas concentrações de estrogênio aumentam os níveis de prolactina no corpo. Entrentanto, ao mesmo tempo, estrogênio e progesterona inibem a produção de leite (efeito da prolactina), então, uma queda abrupta de estrogênio e progesterona acontece para que a prolactina possa induzir a lactação. Desta forma, os níveis altos de prolactina suprimem a progesterona, e os baixos níveis de progesterona podem, por sua vez, estimular a síntese de prolactina. Hipotireoidismo, anticoncepcionais, determinados antipsicóticos, antidepressivos, tranquilizantes e bloqueadores de histamina, exercícios físicos intensos, câncer na tireóide e até mesmo o stress podem aumentar os níveis de prolactina. Agora, voltando aos esteróides anabolizantes, o uso do dostinex pode ser bastante útil já que algumas drogas são progestinas naturalmente, como é o caso da trembolona, oximetolona (hemogenin) e nandrolona. Esses esteróides agem de forma seletiva nos receptores da progesterona, mas, neste caso, funcionam como antagonistas dos receptores de progesterona do corpo. Com isso, os níveis de progesterona diminuem e os níveis de prolactina aumentam. Essa é uma possível explicação para ginecomastia nos casos em que não ocorre aromatização. Assim, o dostinex é um agonista da dopamina a qual é responsável por inibir a secreção da prolactina pela adeno-hipófise. Dessa forma, esse medicamento irá evitar o aumento da prolactina no corpo e seus efeitos colaterais. Também é possível o uso do dostinex (após o ciclo) para combater os efeitos colaterais que aconteceram durante o ciclo. 9. Finasterida (Proscar/Propecia/Fincar): É um medicamento utilizado para o tratamento da calvície e hiperplasia prostática benigna. É um inibidor tipo 2 da 5-alfa-redutase. A enzima 5-alfa-redutase é responsável em converter testosterona em dihidrotestosterona (DHT) a qual pode trazer problemas como a calvície. Existem relatos de ganhos reduzidos após o uso de finasterida durante um ciclo e problemas relacionados com a função reprodutiva. Apesar de ainda ser comercializado, a finasterida é uma droga perigosa que, de acordo com alguns usuários, possui efeitos colaterais bem persistentes. Algumas reações que esse medicamento pode acarretar: diminuição ou completa perda de libido, disfunção erétil, perda de sensibilidade genital, baixa qualidade do sêmen, curvatura do pênis (doença de Peyronie), ginecomastia, atrofia muscular, problemas de memória, depressão, insônia, dentre outros. Não é difícil encontrar páginas na internet que mostram relatos de ex-usuários que tiveram graves problemas durante o uso desse medicamento (alguns irreversíveis). Então, antes de usar esse medicamento, tenha o devido acompanhamento médico e veja se é realmente necessário seu uso. 10. Silimarina: É extraída do vegetal Carduus marianus e usada como hepatoprotetor antes e após um ciclo com esteróides anabolizantes. Seu uso durante o ciclo não é recomendado já que não irá proteger o fígado convenientemente contra os efeitos das drogas hepatotóxicas. Existem relatos que a silimarina, quando usada durante o ciclo, pode mascarar o resultado das principais enzimas hepáticas (TGO e TGP) no exame de sangue. Isso ocorre, pois a silimarina cria uma espécie de “barreira” em volta dos hepatócitos, impedindo que eles liberem na corrente sanguínea suas enzimas, TGO e TGP, mas isso não indica que seu fígado está saudável. Por esse motivo, alguns médicos evitam dar exclusiva atenção aos exames nos casos em que o paciente apresenta diversos sintomas relacionados com problemas hepáticos e está aparentemente saudável de acordo com o exame de sangue. Durante o ciclo, é recomendado que usuários de tais drogas tomem bastante água e controlem o consumo de alimentos gordurosos. A silimarina, após o ciclo, pode ser utilizada para ajudar na recuperação do fígado. Ela apresenta grande capacidade regeneradora dos hepatócitos e alguns estudos comprovaram seu poder na redução dos níveis de bilirrubinas, redução da esteatose hepática e dos níveis de transaminases. Além disso, ela também possui ação detoxificante. 11. N-acetilcisteína (NAC): É usado como agente mucolítico e no controle da overdose de paracetamol/acetaminofeno. É considerado um medicamento poderoso para prevenir diversos tipos de danos ao fígado causados tanto por abuso de álcool e esteróides anabolizantes. NAC é um precursor para a glutationa, um dos melhores antioxidantes disponíveis no organismo e é muito estável. Alguns estudos indicaram que o NAC é mais eficiente na proteção do fígado em relação à silimarina. Apesar disso, ambos são muito utilizados para ajudar na recuperação do fígado após um ciclo com esteróides anabolizantes. O interessante que o NAC também é utilizado como agente quelante de metais pesados, ou seja, ele se liga a metais pesados tóxicos, como mercúrio e chumbo, e os remove do organismo. 12. Ácido tauroursodesoxicólico (TUDCA): É um ácido biliar hidrofílico o qual é a forma conjugada taurina (ácido 2-aminoetanossulfônico) do ácido ursodesoxicólico (UDCA). Seu benefício mais conhecido é a capacidade de auxiliar na produção e fluxo da bílis no fígado. Isso também pode ajudar no metabolismo do colesterol saudável. TUDCA é considerado um dos melhores para prevenção de colestase (redução do fluxo biliar) e tratamento da toxicidade no fígado causada pelo uso de esteróides anabolizantes, de forma mais específica, derivados 17-alfa-alquilados. Ela também é usada no tratamento de cálculos biliares (pedra no rim), ajuda na quebra da gordura, pode haver efeitos positivos em doenças como Huntington, Parkinson e cirrose. 13. Liv-52: É um produto natural a base das plantas Achillea millefolium, Capparis spinosa, Cassia occidentalis, Cichorium intybus, Ferrum bhasma, Solanum nigrum, Tamarix gallica e Terminalia arjuna. As principais indicações terapêuticas são para melhorar o apetite, ajudar na digestão, melhorar o metabolismo e regenerar o fígado. Diversos estudos já mostraram que ele tem a capacidade de reduzir os efeitos nocivos ao fígado após o uso de esteróides anabolizantes e álcool. Alguns estudos também mostram que o Liv-52 tem efeito regulador na ação do colesterol e promove a regeneração hepatocelular. Ele ajuda na desintoxicação do fígado. 14. Tribulus terrestris: É uma erva daninha que há muito tempo é utilizada para melhorar a libido, o apetite e o desempenho sexual. Vários atletas usam o tribulus terrestris para estimular o aumento nos níveis de testosterona, aumentar a queima de gordura, aumentar a força, massa muscular e a resistência física. O aumento da testosterona é decorrente da estimulação natural da glândula pituitária a qual promove o aumento da secreção do LH. Além disso, ele é utilizado para aumentar a quantidade e a motilidade dos espermatozóides e como hepatoprotetor. Vale lembrar, que esse suplemento pode ser utilizado pela maioria das pessoas, entretanto, não é recomendado seu uso por adolescentes e pessoas hipertensas. Apesar disso, os efeitos do Tribulus terrestris ainda são contraditórios, já que existem diversos estudos mostrando pouco ou nenhum efeito sobre a produção de testosterona. Ainda assim, é um produto muito utilizado por usuários de esteróides anabolizantes. Protocolos Antes de comentar a respeito dos principais protocolos de TPC, é importante lembrar que este artigo é meramente informativo. Não incentivamos, não indicamos e não fazemos apologia ao uso de qualquer substância. Todos os atos executados por leitores são de exclusiva responsabilidade dos mesmos. · TPC – SERMS É provavelmente o protocolo mais conhecido, utilizado e criticado por usuários de esteróides anabolizantes. Consiste no uso de moduladores seletivos do receptor de estrógeno os quais mais utilizados são clomifeno e tamoxifeno. Como foi comentado anteriormente, o melhor tempo para começar a TPC depende de diversos fatores: tipo de droga, dose utilizada, experiência do usuário, dentre outros. Alguns acreditam que a TPC deve ser iniciada assim que acaba a meia-vida da droga utilizada, mas, na verdade, seu início deve ser próximo ao fim da concentração da droga no corpo. Esse tempo é regulado (em média) de acordo com o tipo de droga usada durante o ciclo. A divisão da terapia é: Existe ainda a possibilidade de adicionar vitamina E durante a TPC. Em média, esperar um período entre 2 e 3 semanas para drogas injetáveis de meia-vida longa (durateston, enantato de testosterona, cipionato de testosterona, deca-durabolin, cipionato e undecilinato de boldenona). Para drogas injetáveis de meia-vida curta aproximadamente entre 3 e 7 dias (propionato, fenilpropionato, acetato). Em caso de drogas orais a TPC pode ser iniciada no dia seguinte (oxandrolona, dianabol, hemogenin, stanozolol, turinabol). É importante repetir que isso é apenas uma aproximação e cada caso é uma situação diferente a se analisar. A concentração da droga utilizada no ciclo também é importante para ajustar melhor o período de início da TPC. As principais críticas a respeito da TPC SERMS são: não há provas relevantes que haja sinergia entre clomid e tamoxifeno; é necessário aproximadamente 150 mg de clomid para produzir a mesma eficiência que 20 mg de tamoxifeno com objetivo de apresentar certo aumento hormonal; clomid exibe uma fraca atividade estrogênia na glândula pituitária; tamoxifeno é “mais poderoso” que o clomid e alguns artigos defendem que não há necessidade de se usar tamoxifeno junto com clomid numa TPC já que tem funções bem parecidas. · TPC – Doctari Esse é o protocolo criado por um médico sul-africano que diz ter utilizado essa terapia com sucesso em muitos pacientes. Não é o protocolo mais indicado para iniciantes que usaram doses baixas durante o ciclo. De acordo com esse protocolo, é necessário iniciar a TPC após três vezes uma meia-vida. A tabela abaixo mostra o período de espera recomendado pelo Doctari: OBS: A meia-vida da tabela acima pode estar desatualizada em relação às tabelas mais recentes. No final do artigo, mostraremos tabelas com valores mais atualizados. Agora, já sabemos quando iniciar a TPC, então, basta aprender como o protocolo Doctari será dividido. Caso 1: Este caso é adequado para ciclos de iniciantes contendo apenas um ou dois compostos usados por períodos curtos e baixas dosagens. Um exemplo de um ciclo desse tipo é: Semana 1-4: Dianabol, 30 mg por dia. Semana 1-8: Cipionato de testosterona, 250 – 350 mg por semana. A TPC começará 36 dias após a última injeção de cipionato de testosterona. Ela é dividida: Dia 1-7: Clomid, 50 mg duas vezes ao dia durante 7 dias. Dia 8-37: Tamoxifeno, 20mg por dia durante 30 dias. Caso 2: Este caso é para ciclos um pouco mais pesados em relação ao caso 1. Exemplo: Semana 1-3: Hemogenin, 100mg por dia. Semana 1-10: Sustanon, 500mg por semana. Semana 6-12: Oxandrolona, 60mg por dia. A TPC irá iniciar 54 dias depois da última injeção de Sustanon e sua divisão será: Dia 1-7: Clomid, 50 mg duas vezes ao dia durante 7 dias. Dia 8-37: Tamoxifeno, 20 mg por dia durante 30 dias e hCG 500ui dia sim, dia não (hCG deve ser usado nos dias 8,10,12,14,...,26, após o dia 26 suspende o uso do hCG) Caso 3: Este caso é para ciclos, em geral, altamente supressivos, como nandrolona e trembolona. A TPC é dividida da seguinte maneira: Dia 1-7: Clomid, 50 mg duas vezes ao dia durante 7 dias. Dia 8-37: Tamoxifeno, 20 mg por dia durante 30 dias; exemestano (Aromasin) 20mg por dia durante 30 dias e Ovidrel (é usado invés do hCG para estimular o FSH, LH e TSH simultaneamente) é usado do dia 8 até 30 (duas vezes ao dia) com a concentração de 10 mcg (que equivale a 0,01 mg) usado dia sim, dia não. Após o dia 30, o dia 32 é a última dose de Ovidrel, mas, agora, devemos usá-lo apenas uma vez no dia na concentração de 10mcg. O protocolo deixa claro que não se pode trocar as drogas solicitadas. Sendo assim, não podemos usar outro inibidor de aromatase já que o protocolo deixou fixo o exemestano (Aromasin), da mesma forma, se o protocolo solicitar Ovidrel não podemos substituí-lo por hCG. O artigo sobre o protocolo Doctari pode ser encontrado no site: http://www.anabolicsteroids.co.za/articles/information/9-post-cycle-therapy · TPC – Anthony Roberts De forma simplificada, este protocolo é indicado para iniciantes/intermediários com drogas injetáveis. Diferentemente das duas anteriores, neste caso é recomendado o início da TPC um dia após o uso do esteróide anabolizante em questão. Dessa forma, geralmente, este protocolo de TPC é mais extenso que os demais. Note que a TPC SERMS tem 28 dias, a TPC Doctari tem 37 dias e neste caso irão ser 42 dias (6 semanas). A divisão do ciclo é: As principais críticas a esta TPC são: 3500 ui de hCG por semana é considerado um valor alto, após as 6 semanas de uso de tamoxifeno pode ocorrer efeito rebote, o uso de tamoxifeno e aromasin juntos e a credibilidade do Anthony Roberts é bem questionável. · TPC – Dudu Haluch Em seu site, existe uma sugestão de protocolo que é dividido em duas categorias: TPC para ciclos com ésteres curtos: 1-3 HCG 1000UI 2x na semana 1-6 tamoxifeno 40mg dia 1-6 vitamina E 1000UI dia TPC para ciclos com ésteres meia-vida longa: 1-4 HCG 1000UI 2-3x na semana 1-4 aromasin 25mg dia ou anastrozol 1mg dia 1-8 tamoxifeno 40mg dia 1-8 vitamina E 1000UI dia · TPC – Swifto Essas são as recomendações de TPC por um usuário experiente do fórum forums.steroid.com: Caso 1: Pró-Hormonais: 1 – 4 semanas - Tamoxifeno 20mg/dia ou 1 – 4 semanas Clomid 25mg/dia (50mg/dia na semana 1) Caso 2: Enantato de testosterona/Propionato de testosterona (ciclo que dura 6-14 semanas) 1 – 6 semanas Tamoxifeno 20mg/dia 1 – 6 semanas Tore 60mg/dia (120mg/dia primeiros 14 dias) ou Clomid 25mg/dia (50-100mg/dia primeiros 7-14 dias) *HCG 250ui 2 ou 3 vezes por semana (durante o ciclo) *Aromasin 10mg/dia sim, dia não (durante o ciclo) Caso 3: TPC agressiva (ciclos que em média duram entre 16 e 52+ semanas) 1 – 8 semanas Tamoxifeno 20mg/dia (40mg/dia primeiros 7 dias) 1 – 8 semanas Tore 60mg/dia (120mg/dia primeiros 14 dias, 100mg/dia próximos 7 dias) *HCG 250ui 2 ou 3 vezes por semana (durante o ciclo, a cada 8-10 semanas dá uma pausa por 2-3 semanas) *HCG deve ser aumentado para 500 ui, 14-21 dias antes da TPC. *Aromasin 10mg/dia sim,dia não (durante o ciclo) · TPC – PoWeR (Dr. Michael Scally) Esse protocolo foi desenvolvido pelos médicos do Program for Wellness Restoration (PoWer), que dentre seus pesquisadores estava o renomado médico Michael Scally. Este protocolo foi publicado como parte de um estudo clínico recente, que envolveu 19 homens saudáveis que usavam doses suprafisiológicas (altamente supressiva) de cipionato de testosterona e decanoato de nandrolona por 12 semanas. Seus estudos indicaram que a recuperação do eixo HPT foi bem-sucedido com o uso combinado de hCG, tamoxifeno e clomid, e é provavelmente o único programa documentado de terapia pós-ciclo a ser encontrado na literatura médica. Este programa de TPC começa com uma dose substancial de hCG (2000 ui dia sim, dia não durante 20 dias). Anti-estrógenos também são usados durante este período. Isso é potencialmente importante, pois o hCG pode favorecer a aromatização. Assim, o uso de tamoxifeno e clomid pode minimizar os efeitos colaterais estrogênicos e reduzir a inibição do feedback negativo. As doses dos anti-estrogênicos são citrato de tamoxifeno (20 mg duas vezes ao dia) e citrato de clomifeno (50 mg duas vezes ao dia). Enquanto nas primeiras semanas, os anti-estrogênicos podem não ser muito eficazes, eles devem ser mais importantes do meio para o final do programa. A divisão da terapia é feita da seguinte maneira: Dia 1 – 20: hCG 2000 ui/dia sim, dia não (ou seja, 10 aplicações no total do período). Dia 1 – 30: Clomid 50 mg/dia duas vezes ao dia. Dia 1 – 45: Tamoxifeno 20 mg/dia duas vezes ao dia. O momento para começar a TPC também é muito importante, o período de 20 dias em que o hCG é usado é o mais crítico. Em particular, queremos ter certeza de que hCG está sendo aplicado no período em que a concentração dos esteróides exógenos estão caindo abaixo do limiar de estimulação androgênica fisiológica. No caso da testosterona (a droga mais fácil de entender e explicar), isso será aproximadamente após os níveis sanguíneos desse hormônio sejam inferiores ao nível normal (350 ng/dL). Deve haver uma pequena sobreposição com o período do ciclo, de modo que o hCG tenha um pequeno período para trabalhar antes que os níveis dos esteróides anabolizantes sejam mínimos. O momento exato para que programa de TPC seja iniciado, depende da meia-vida da droga utilizada. Usando testosterona cipionato/enantato ,como exemplo, sabemos que cada injeção tem uma meia-vida de aproximadamente 8 dias. Uma dose de 200 mg/semana, devem produzir níveis no sangue de cerca de 2000-2400 ng/dL após várias semanas de uso. Levaria cerca de 3 meias-vidas (24 dias) para os níveis de testosterona cair para cerca de 250-300 ng/dL. Assim, o programa seria iniciado alguns dias antes de uma semana após a última injeção da testosterona. O programa deve ser adiado com doses mais elevadas. Por exemplo, 500mg/semana de CT/ET deve demorar cerca de 4 meias-vidas (32 dias) para testosterona cair abaixo da faixa normal. Neste caso, a TPC seria iniciada cerca de duas semanas após a última injeção de testosterona. Em ciclos apenas com drogas orais, a TPC é iniciada 7-10 dias antes dos últimos comprimidos do esteróide usado. Para mais informações veja a tabela abaixo: Tabelas 1) Tabela de meia-vida: Fonte: http://www.duduhaluch.com.br/meia-vida-das-drogas-a-verdade/ 2) Tabela de meia-vida: Fonte (Editado): http://www.muscletalk.co.uk/articles/article-steroid-half-life.aspx 3) Início da TPC (média): Anadrol/ Hemogenin: 24 horas após a última administração Deca: 21 dias após a última injeção Dianabol: 24 horas após a última administração Equipoise: 21 dias após a última injeção Fina: 3 dias após a última injeção Primobolan (depot): 14 dias após a última injeção Durateston: 18 dias após a última injeção Cipionato de testosterona: 18 dias após a última injeção Enantato de Testosterona: 14 dias após a última injeção Propionato de testosterona: 3 dias após a última injeção Testosterona Suspensão: 24 horas após a última administração Winstrol: 24 horas após a última administração Fonte: http://forums.steroid.com/pct-post-cycle-therapy/94822-pct-start-times.html 4) Período de detecção: Fonte: http://www.steroid.com/steroid_detection_times.php Referências Anabolic Steroids: A Question of Muscle - Michael Scally Anabolics 10th - William Llewellyn's http://bodybuilding.elitefitness.com/proviron http://drauziovarella.com.br/homem-2/deficiencia-de-testosterona/ http://drauziovarella.com.br/homem-2/doenca-de-peyronie/ http://en.wikipedia.org/wiki/Prolactin http://en.wikipedia.org/wiki/Tauroursodeoxycholic_acid http://fisiculturismo.com.br/forum/topic/96497-tpc-terapia-pós-ciclo-como-funciona-e-importância/ http://fisiculturismo.com.br/forum/topic/98772-ginecomastia-por-prolactina/ http://forums.blackstonelabs.co/showthread.php?879-How-to-implement-AI-s-amp-Serms-into-your-PCT-effectively http://forums.steroid.com/hormone-replacement-therapy-low-testosterone-treatment-anti-aging/507889-nac-aka-n-acetyl-cysteine.html http://forums.steroidal.com/educational-forum/54-liver-aas-induced-hepatotoxicity-liver-protectants.html http://linhasexologia.blogs.sapo.pt/22105.html http://prohormone.webs.com/postcycletherapy.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Síndrome_pós_Finasterida http://riscosdofinasterida.blogspot.com.br/2013/09/pagina-home-atualizada-09092013-termos.html#more http://thinksteroids.com/forum/mens-health-forum/does-tribulus-actually-increase-134288240.html http://thinksteroids.com/forum/steroid-forum/how-serms-aromatize-inhibitors-134335334.html http://thinksteroids.com/steroid-profiles/dostinex/ http://thinksteroids.com/steroid-profiles/teslac/ http://tnation.t-nation.com/free_online_forum/diet_performance_nutrition_supplements/is_tribulus_dangerous http://tnation.t-nation.com/free_online_forum/sports_training_performance_bodybuilding_trt/hcg_aromitization_and_leydig_cell_desensitization http://www.anabolicsteroidsguide.com/steroid-profiles/nolvadex.html http://www.culturismo-online.es/products/liv-52/ http://www.doutolokura.org/tpc/terapia-pos-ciclo/ http://www.duduhaluch.com.br/proviron-perfil-dudu/ http://www.duduhaluch.com.br/recuperacao-do-eixo-hpt-e-da-fertilidade-apos-uso-prolongado-de-esteroides-e-tpc-com-hcg-dudu/ http://www.duduhaluch.com.br/terapia-pos-ciclo-protocolos/ http://www.eronilupatini.com/?p=382 http://www.forumanabolizantes.com/t16582-tudca-o-melhor-protetor-hepatico-atual http://www.forumanabolizantes.com/t43-protecao-do-figado-durante-os-ciclos http://www.gbnstore.com/articles-liver-protection-while-on-steroid-cycle-2787.html http://www.hipertrofia.org/blog/2007/06/17/clomid-evitando-efeitos-colaterais-e-perdas-durante-ciclos-com-anabolizantes/ http://www.hipertrofia.org/forum/topic/7627-tudo-que-voce-quer-saber-sobre-o-tribulus/ http://www.mdsaude.com/2009/12/ast-alt-tgo-tgp.html http://www.medicinanet.com.br/bula/2071/dostinex.htm http://www.mundoanabolico.net/arquivo-20/inibi%E7%E3o-e-recupera%E7%E3o-da-produ%E7%E3o-natural-da-testosterona-7845/ http://www.mundoanabolico.net/arquivo-20/queda-de-cabelo-343/ http://www.musculacaoecia.com.br/clomid-induxcitrato-de-clomifeno/ http://www.plosone.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.pone.0063615 http://www.steroid.com/milkthistle.php http://www.steroid.com/post-cycle-therapy.php http://www.steroid.com/Proviron.php# http://www.steroid.com/Teslac.php http://www.uk-muscle.co.uk/steroid-testosterone-information/102444-famous-power-pct-program-dr-michael-scally.html http://www.uk-muscle.co.uk/steroid-testosterone-information/102444-famous-power-pct-program-dr-michael-scally.html https://www.facebook.com/note.php?note_id=446532975445529 Para quem preferir, disponibilizei o artigo em PDF: Terapia Pós Ciclo.pdf
  10. Fala galera, blza!? ALTURA: 197 cm PESO: 97 KG BF: 18% OBJETIVO: Recomposição corporal e aumento de massa magra Suplementação: Whey BCAA ZMA CREATINA CICLO: Ligandrol LGD-4033 Ostarine MK-2866 Estrutura: Ligandrol: 1-8 10mg/dia Ostarine: 1-8 10mg/dia Anastrozol: 4-12 DSDN 5mg/dia (apenas precaução) TPC: Silimarina: 1-12 Tribulus: 8-12 Alimentação: Cerca de 200g de proteína/dia Cerca de 300g de carbo Cerca de 70g lipídio Começarei na segunda-feira. Irei postando os relatos.
  11. Boa noite meus irmaos, então preciso da ajuda de vocês mais uma vez! Galera estou pra finalizar meu segundo ciclo nessa próxima quinta feira(4/7/2019) um ciclo de deca e dura, tomava 1 ml de deca e dura na segunda e outro na quinta, ciclo de 8 semanas. porém antes desse ciclo fiz um com dianabol e enantato também de 8 semanas, mas não fiz Tpc, fui direto, blast and cruise, agora to querendo fazer novamente assim que esse ciclo de deca e dura acabar, e começar com trembolona e uma testo... qual opinião de vocês? Posso fazer sem tpc? E quando finalizalo faria a tpc já tenho todos os medicamentos, não quero fazer agora pois tenho um evento no final de agosto..... aguardo respostas, muito obrigado pela ajuda e paciência, abraço!!!!! @KINHOS SOUZA @LucaSampa @Alisson Moura
  12. Boa Noite, priemiramente não achei onde seria o lugar exato da pergunta, portanto se estiver errado eu troco. Acho que uma duvida que persegue muitos usuários é de entrar ou não em BxC. Ja realizie alguns ciclo, sendo eles de dura x stano, propi x stano e trembo x enan x masterom, todos de cutting, e na maioria deles após a finalização do ciclo e principalmente na tpc os ganhos foram embora e eu acabei engordando, mesmo executando a tpc de forma correta ( mantive um ganho obvio, mas muito pequeno pro esforço e dinheiro que se gasta). Creio que pra quem esta nesse mundo de fato o melhor se faz um BxC, utilizando baixas doses de testo e se mantendo estável sem perder os ganhos, porém minha duvida e grande pesar é o fato de necessariamente ser eterno, ou seja ate morrer. Hoje eu estou com 22 pra 23 anos e gostaria muito de cair de cabeça nesse meio, nunca tive a intenção de competir nem pretendo, somente estética, treino há cerca de 4 anos e pretendo nunca parar. Gostaria de saber de quem esta em Blast and cruise quais são os principais pontos positivos e negativos, remédios que utilizam para se manter assim, se futuramente pra ter filhos isso se tornaria um problema pra mim e se acham que vale a pena mesmo entrar pra valer.
  13. Então galera olha eu aqui de novo, e agora com um ciclo montado que seria 1-9 Enantato de testo 250mg seg 250mg qui Tenho 18 anos e treino há 2 anos e meio e já está decidido sobre o ciclo, não usarei outra droga pois é o primeiro ciclo e quero ver a reação do meu corpo, porem a minha duvida é em relacao a tpc, utilizaria a Serms porém pesquisei e vi que o Clomid pode causar efeitos colaterais na visão, e eu tenho miopia, vcs acham que só tamoxifeno segura a bronca ou teria algum que substituiria o Clomid?
  14. boa tarde galera, estou pra iniciar um ciclo de enantato+ bold+ stano (oral), com duração de 10 semanas. atualmente estou com 74k e 8% de bf e estou com algumas duvidas desde já obrigado ESTRUTURA DO CICLO 1-10 enantato 500mg semana (segunda e sexta) 1-10 boldenona 600mg semana (segunda e sexta) 6-10 stano oral 40 mg dia TPC TAMOXFENO SILIMARINA TRIBULUS MULTIVITAMÍNICO DUVIDAS: quanto tempo depois posso iniciar o tpc ? quantidade que devo tomar as coisas no tpc ? silimarina intra ciclo começando junto com stano o que acham ?
  15. Bom dia ! Por gentileza alguem pode me passar um TPC completo pra oxandrolona ? Eu quero ele completo, sem se importar que ele é fraco ou nao. Se vai precisar ou nao. Quero um ciclo visando fígado e a queda de testo/libido. Ciclo de 4 semanas.
  16. Boa tarde, Acabo de terminar um ciclo de 12 semanas de enantato de testosterona + oxandrolona e quero iniciar o TPC. Alguém pode me indicar um produto que seja completo para eu fazer a terapia pós ciclo? Onde posso comprar? Encontro algo no Mercado livre? Agradeço demais a quem puder ajudar.
  17. Então eu estava pensando em começar a fazer um ciclo, um amigo meu fez um ciclo com apenas 20mg de oxandrolona por dia e eu achei o resultado muito bom, uns 8 kilo, esse ciclo foi recomendado pra ele por meio de um nutricionista esportivo, que identificou que ele sofria com testosterona baixa, em torno de 100ng, eu n fiz teste e não sei o meu nível de testo(acho que é), mas um ciclo com 20mg de oxan por dia serviria para mim, tendo 20 anos? Eu também pensei em começar com stano, em torno de 10mg por dia, começando com 5mg e apos 3 semanas aumentar pra 10 por 2 semanas e parar. um recycle (tomar o pote inteiro) aguentaria a tpc desses ciclo? (o ciclo da oxan seria 20mg por 8 semanas) E alguém já comprou na smart suplementos, acha que é confiável? a oxandrolona da thunder pharma e, ou o stano da landerlan malho a 2 anos
  18. Boa noite, faço musculação a 9 anos, tenho 26 anos. Parei por um ano devido a uma lesão, fazia powerlifting, rompi 4 ligamentos (joelhos, ombro e tive uma fratura)... O pior foi os meniscos do joelho ferrado... Devido a isso, sai dos meu 82 kg para 68 kg... 1,76 de altura. Porém já fazem 3 anos dessa lesã. Hoje peso 76 kg, com BF de 19%... Já li vários livros de fisiologia do exercício, nutrição e tudo mais. Não sou mais powerlifting por hoje prezar por minhas articulações e qualidade de vida, não realizo mais competições. Sempre fui clean!! 100% limpo. Máximo uma creatina. Antes de mais nada, não me importo com BF. Não quero ter menos de 16% de BF, pois meu objetivo não é bodybuilding! Simples, quero me manter na faixa de 16% a 28% faixa fisiologicamente saudável, onde dietas simples, atuam bem acompanhada de treino! Objetivo é chegar nos 82 a 85 kg!!! Ou seja ganhar 6 a 9 kg!!! Antes que alguém venha dizer que meu BF tá ruim, parça, não quero BF, tenho uma dieta saudável, nada de guloseimas, e quando como alguma guloseima é no café da manhã ttipo um cuscus com ovo, ou uns mistos... Li uns livros e artigos, e todos eles, o treino que mais me adequa, é o mais simples de todo: Semana 1-4: Dianabol 30 mg por dia. Semana 1-10/12: Enantionato ou Cipionato de testosterona em 200 a 400 mg por semana. TPC 30 dias após: Dia 1-7: - Clomifeno é 50 mg 2x/dia Dia 8-30: - Tamoxifeno 20 mg Não tava querendo usar dois, querendo usar dois... por mim era só o cip ou enant de testo, mas lendo aqui, e como não pretendo fazer outro em um universo de 2 a 4 anos, acrescentei o dianabol.... E tbm é claro, é o q é mais usado nos protocolos, que li... Enfim galera, alguém sabe me dizer quais remedios a mais posso tomar para reduzir os efeitos colaterais??? Ou sugestões para modifica?? Objetivo é ganhar peso, subir BF no máximo a 24%... Eu me sinto bem, e sempre prezo o BF de 20%... 1 E ai, tá bom as doses???? 2 Qual a dose?? 250 mg? 3 Qual o mais facil de encontrar enat ou cip de testo? os dois tem basicamente mesma meia vida e efeitos... 4 críticas....
  19. Terminei um ciclo de stano e propianato em dezembro e tomei apenas tribulus após o ciclo. Estava super normal até 5 meses após o ciclo ate que meu libido foi embora. Então tomei 15.000 ui de HCG em 3 semanas clomid 20 dias 1 dia 300 mg 2 ao 10 -100mg 11 ao 20 50mg Fiz exame FSH 1.8 LH 1.5 ESTRADIOL 114.0 Após essa TPC o libido voltou mas continuo com disfunção eretil. A dúvida seria,o problema está claro que é estradiol porém para baixar pode ser somente ANASTROZOL? QUANTOS POR DIA?
  20. Fala pessoal tudo bem? Utilizo 250mg por semana de enantato a 1 ano e já estou cansado, os benefícios são bons mas já me estressa ter que aplicar toda semana, ainda mais que dependo de outro para aplicar, deveria ter aplicado sexta a meia noite mas não consegui aplicar pois supostamente não tinha mais seringa na farmácia do meu amigo e só tava o funcionário pela saco dele. O que me recomendam usar para voltar a produção natural? E quanto tempo tenho que ficar sem aplicar até começar a terapia nesse caso?
  21. Idade: 27 Altura: 1,78 Peso: 82. (Vou começar com 90 kilos Apenas) BF: 15% ( baixar pra 14% antes) Medida: 39cm Biotipo: Meso Objetivo: Maior ganho de massa muscular possível para entrar com um cutting depois da faze de manutenção. Ciclo: 1-10 Enantato de test 500mg – semana - Seg, quinta 1-10 Deca 500mg - semana - Seg, quinta 6-10 Dianabol - 50mg -Tsd 2-10 0,5mg de Anastrozol - Dsdn Desmame: 1~7 dia Anastrozol 0,5mg DS2DN 7-14 dia Anastrozol 0,5mg DS3DN 14-21 dia Anastrozol 0,5mg DS4DN 21-28 dia Anastrozol 0,5mg DS5DN Ponte: 11-13 Diana 20mg - Tsd 14-16 Diana 10mg -Tsd Tpc: Tamoxifeno 14-20, 15 dias 40mg - Tsd, 15 dias 20mg - Tsd Vitamina E Oficial Farma 1000UI dia por 30 dias
  22. Me chamo Diego tenho 29 anos,Galera tudo bem? Bom vamos lá há 6 meses atrás fiz um ciclo de Deca+enantato (primeiro ciclo)não pesquisei nada e fiz muita merda,mandava 1ml de cada a cada 5 dias,marca da landerlan. Enfim quando acabou o "ciclo" eu perdi meu emprego, mulher foi embora de casa kkk resumindo não fiz a TPC só uma caixinha de proviron e anastrozol ,agora arrumei um emprego e fiz uma TPC 5 meses depois da cagada, protocolo Sarms tamoxifeno, problema que não consigo mais ter relações , tenho vontade (libido) mais o menino fica "borraçhao" e também acabou as ereções matinais, podiam me ajudar? Pois moro em uma cidade pequeninha, e o endronico mais próximo fica a mais de 2 horas da minha cidade, e como comecei a trabalhar agora( na experiência) não posso ir até lá ""alguém já passou por isso? E oque fez pra ficar normal ?""" Desde de já meu muito obrigado Desculpe os erros de ortografia Deus abençoe vocês Segue o resultado (achei depois de ter postado, desculpa) Acho que pode ser estradiol, ou DHT Estou com queda de cabelo,cansaço ,falta de ereção matinal e o menino sobe só não mantém kkkk AJUDEM Exame dia 21/03/2019 DHT 728,0 PG/ml (135 a 1365) Vitamina D 31,9 (30,60) Hormônio tiroestimulante TSH 1,5 mui/l (0,45 a 4,5) T4 livre 0,9 ng/dl (0,6 a 1,3) ✓Prolactina 8,4 microg/l (até 24max) Hormônio luteizante LH 10,7 ui/l (até 9,0) Hormônio folic.estinulante FSH 4,1 ui/l (até 10,0 Max) ✓Estradiol 4,2ng/dl (1,1 a 4,3) ✓Testosterona 624ng/dl (240 a 816) Testo livre 537,9 pmol/l (131 a 640) SHBG 26 (18 a 54) Cortisol 24,7 (6,0 a 18,4) ✓triglicerides 63mg/dl (desejável inferior a 150, e aceitável entre 150 e 199) ✓colesterol total 136 mg/dl (desejável inferior a 200) ✓gama-glutamil transferese 17u/l (8 a 61)
  23. Primeiramente boa tarde a todos Estarei finalizando daqui 1 semana um ciclo de esteroides, ciclo bem sucedido ganho de 8.5 Kgs. 22 anos 81Kg 165 de altura 1-8 - Duratesron 500mg/2 vezes na semana 3-8 Stanozolol Oral - 60mg/TDS Estarei iniciando a utilização do Clomid e tamoxifeno 21 dias após a última aplicação de Dura. Minha dúvida é. Estarei utilizando Chorulon 5000ui de uma vez, 2 shots de 2500ui cada lado. A utilização será junto a um IA. Estava pensando jogar esses 5000ui 15 dias após a última aplicação de Dura, alguns dias antes de iniciar os fármacos. Qual opinião de vocês desses 15 dias? Muito, pouco?
  24. - Idade: 22 anos - Altura: 1,70 - Peso: 83,0 kg - (BF): 20% maior concentração no abdômen - Metabolismo: endomorfo - Tempo de treino: 5 anos musculação com pausas e voltas . Voltei a 5 meses com sangue nos olhos. - Objetivo: Bulka igual gordo pra fica grande e depois lapida o Ogro. Treino: ABC 2X Dieta: tentando come o mais limpo possível mais exagero nos finais de semana e como muito por ter uma mulher que adora uma pizza de chocolate e MC' Donalds Ciclo: 1-12 Cipionato de testosterona 400mg semanais. TPC: serms OBS: Já estou na 8° semana e já vi resultados e meus amigos também. Acabando o ciclo posto antes e depois com fotos. Agora vem a pergunta, sei mais ou menos quando começa a TPC mais eu li em alguns fóruns que não a necessidade sé for utilizar mais anabolizantes e se irei como fazer direito a progressão para o próximo ciclo e em quanto tempo tenho que inicia esse próximo ciclo ?
  25. Boa noite galera, acompanho o fórum a muito tempo e resolvi criar uma conta pra relatar um ciclo que vou fazer. Esse será meu primeiro ciclo, li diversos relatos nos fóruns além de pesquisar mais sobre os EA’s que resolvi utilizar. Eu li que não é bom utilizar a silimarina durante o ciclo de Oxandrolona, por isso, decidi dar inicio ao uso nas primeiras duas semanas com o Enantato, como forma de “preparo” para a Oxandrolona e o anastrozol. CICLO ENANTATO + OXANDROLONA * 1-8 Enantato 250ml Seg e Quint * 4-8 Oxandrolona 60mg todo dia IA - *1-2 protetor hepático (150mg de silimarina + 300mg de alcachofra + 300mg de beringela) *3-8 Anastrozol 0,5mg dsdn *8-9 Anastrozol 0,5mg ds2dn *9-10 Anastrozol 0,5mg ds3dn TPC 21 dias depois da ultima aplicação 1-14 Tamoxifeno 40mg 15-28 Tamoxifeno 20mg 1-28 Protetor hepático 1-28 Vit-E 1200ui E aí, o que acharam?
×
×
  • Criar Novo...