Como importar suplementos em 2020 com segurança (e evitar taxas)

Veja nossa guia exclusivo sobre como importar suplementos usando as maneiras mais efetivas para não ser taxado, qual frete escolher, onde comprar e como fazer tudo da forma mais segura (e legal) possível.

Vale a pena importar suplementos em 2020 ?

Importação de suplementos é uma prática antiga (e já muito abusada).

A cada ano que passa a alfândega – órgão que inspeciona as mercadorias que passam pela fronteira – taxa e restringe mais suplementos.

Porém ainda é possível comprar inúmeros suplementos por até metade do preço e tê-los em sua mão, com um pouco de sorte, em cerca de duas semanas.

Enfim, em pleno 2020 ainda vale muito a pena importar suplementos, já que isso abre a possibilidade de ter produtos de alta qualidade, importados e quase sempre mais baratos que os encontrados aqui.

Tudo isso será explicado detalhadamente no texto.

Requerimentos básicos

Além de ter o mínimo de domínio de leitura em inglês, o único requerimento para importar suplementos é um cartão de crédito internacional, ou seja, que permita compras em outras moedas.

A maioria dos cartões de bancos brasileiros já são internacionais ou precisam apenas ser habilitados para realizar compras internacionais.

A forma mais simples para descobrir é simplesmente tentar comprar. Caso ele não seja internacional, simplesmente haverá um erro.

Se você ainda não tem um, minha recomendação é pedir um cartão Nubank (não é link de afiliado). É um cartão internacional sem anuidade ou qualquer tipo de custo escondido.

E muito cuidado. Cartões de bancos convencionais ou pré-pagos possuem anuidade ou custos para recarregar, na maioria das vezes, eles simplesmente não valem a pena.

Impostos (extremamente importante) e como evitar

Todas as compras feitas fora do Brasil estarão sujeitas à fiscalização aduaneira e você poderá ter que pagar impostos.

O imposto de importação é de 60% sobre o valor do pedido e frete (somados), quando o valor total é superior à U$50.

Portanto caso queira evitar os impostos, é recomendável fazer pedidos abaixo de U$50.

E aqui vai uma dica muito importante para evitar problemas:

Muitas pessoas, sabendo desse limite, tentam burlar o sistema ao realizar pedidos acima de U$50, mas informando ao vendedor que faça uma declaração abaixo de U$50, para tentar fugir da taxação.

Evite fazer isso caso queira evitar dores de cabeça.

A fiscalização está ciente disso e quando um pedido claramente não aparenta ter o preço informado, eles simplesmente taxam o produto mesmo assim, e de acordo com o valor que eles acharem melhor.

Ou seja, tentar manipular a receita não só poderá fazer você ser taxado do mesmo jeito, mas em alguns casos, fazer você pagar um valor de imposto maior.

Há a possibilidade dessa prática ainda funcionar, mas não é uma garantia e a cada dia a fiscalização está mais complicada.

Além disso, caso você seja taxado incorretamente, se você fez tudo dentro dos conformes, você terá provas para mostrar (como o valor do pedido real na sua fatura do cartão).

Nesta situação, é possível até recorrer e não pagar os impostos.

Do contrário, se você tentou burlar e foi taxado, não terá como recorrer e o produto será perdido para sempre.

Como recomendação geral, é melhor manter seus pedidos abaixo de U$50 e fazer as coisas da maneira correta para evitar problemas mais tarde.

Como comprar e importar suplementos, passo a passo

Para ser sincero, importar suplementos é tão simples quanto comprar um suplemento em uma loja online brasileira, a única diferença é que teremos que realizar um pequeno procedimento para receber o produto no brasil (mais sobre isso no item 3), além, é claro, da demora maior paro produto chegar.

Para este tutorial iremos usar a loja SameDaySupplements, que é uma loja que eu particularmente uso e que mesmo comparando o preço com várias outras conhecidas, o frete o e o preço acaba sempre sendo menor nela.

Estes são meus últimos pedidos lá e todos chegaram sem problemas.

1 – Escolhendo os produtos

Enfim, para comprar basta entrar no site da loja (aqui) e começar a escolher os produtos que deseja.

Por exemplo: digamos que eu queira comprar o Methyldrene 25 (que é um ótimo termogênico com ephedra), eu vou até a busca (que fica sempre no topo do site) e procuro pelo suplemento.

Ao achar o produto e clicar nele, eu vou me deparar com uma página assim.

Repare nos números e flechas na imagem acima:

  1. “IN STOCK” significa que o produto está em estoque e a loja tem à pronta entrega.
  2. Obviamente, significa o preço. Repare que ele está em reais, para ver os preços em reais mude a moeda no topo esquerdo do site (no smartphone clique neste ícone no topo esquerdo e vá em “Settings” lá terá as moedas; escolha BRL – Real), mas é recomendável manter o preço em dólares para saber a soma total do pedido e assim evitar o problema com impostos.
  3. Qty significa a quantidade, sem segredos.
  4. “Add to cart” significa adicionar ao carrinho.

2 – Fechando o pedido

Simulando que iremos comprar apenas o Methyldrene, agora precisamos adicionar o produto no carrinho, clicando em “add to cart”, em seguida, para fechar o pedido, é preciso clicar no ícone do carrinho, que fica no topo direito do site e em seguida clicar em “Proceed to Checkout”.

Nesta página, se você ainda não possui uma conta no site (não tem problema se você não tem ainda), você será requisitado a preencher alguns dados que após o pedido for feito automaticamente será criado ma conta para você.

Enfim, preencha os dados abaixo corretamente, pois o frete será calculado baseado neles.

Após o devido preenchimento dos dados, você poderá escolher o tipo de frete.

Recomendo escolher o USPS E-Packet, este costuma ser o mais rápido e com bom custo-benefício, além disso não costuma ser pego na alfândega (não costuma, não significa que nunca será pego).

É válido lembrar que nem sempre o USPS E-Packet será o frete mais barato, mas continua sendo o mais recomendável (na imagem acima, ele é o mais barato, mas nem sempre é o caso).

A seguir será o modo de pagamento, recomendo usar o cartão de crédito que é o método mais rápido e na maioria das vezes fará com que despachem seu pedido no mesmo dia.

Há a opção de boleto bancário também, funciona perfeitamente, mas como todo boleto, demorará um dia útil para cair o pagamento.

Por fim, no campo cupom use o cupom 5FREE para receber 5% de desconto na primeira compra.

Agora basta clicar em “Place order” no fim da página.

Você receberá um e-mail dizendo que seu pedido foi feito, o assunto do e-mail será algo como “Your new order was placed”.

Daqui há algum tempo, dentro de 1 dia útil você receberá outro e-mail dizendo que seu pedido foi enviado (“Your order was SHIPPED”).

Neste e-mail você terá acesso ao código de rastreio (como mostrado na imagem abaixo), caso tenha escolhido o método de envio que recomendamos. Anote este código, isso é altamente importante.

3 – Recebendo o produto no Brasil

Após receber o e-mail com o número de rastreio, você poderá rastreá-lo usando o próprio site dos Correios e você deve fazer isso para conseguir receber o produto.

Entre no site dos Correios e logo abaixo você verá um campo para rastrear objetos, coloque o código que você recebeu no e-mail.

Se o pedido acaba de ser enviado, você poderá apenas ver algo como “Objetivo postado” e mais nada, é até possível que você receba um erro, pois o sistema ainda não atualizou.

Porém após algumas horas (no máximo do máximo um dia útil), você deverá ver algo desse tipo quando tentar rastrear o pedido:

Repare no último parágrafo, onde o Correio diz para informar o número do documento (no caso o CPF) para que você possa receber.

Desde o fim de 2019, a política dos Correios e da fiscalização aduaneira mudou, e agora você precisa se identificar para poder receber produtos de fora.

Não há qualquer problema em fazer isso. Clique no link “Minhas importações” e você entrará na página da imagem abaixo, agora faça o cadastro no site dos Correios, caso ainda não tenha.

Cadastre-se usando suas informações reais, pois caso ocorra qualquer problema com os Correios, você poderá ter que mostrar seu documento para comprovar que o pedido é realmente seu.

Após o cadastro e login feito, quando você clicar naquele mesmo link “Minhas importações”, você entrará numa página com um campo no topo para pesquisar encomendas.

Coloque o código do rastreio que você tem aqui. Na página que abrir, você poderá vincular seu CPF ao pedido referente ao código de rastreio, e agora sim ele será processado corretamente quando chegar à alfandega.

A partir de agora você pode rastrear seu pedido pelo site inicial dos Correios para saber onde ele está.

Se por ventura ele for taxado (e você tenha que pagar impostos), aparecerá no próprio rastreio. O pagamento dos impostos é feito pelo próprio portal “Minhas importações”.

O mesmo procedimento pode ser usado para importar suplementos em outros sites, usamos o sameday, pois é um site que conhecemos e não costuma dar problemas para compradores brasileiros.

Este texto ajudou você ?

6 comentários em “Como importar suplementos em 2020 com segurança (e evitar taxas)”

  1. Prezado Fabio,
    ótimo texto!

    Como faço para ter acesso ao guia para importar suplementos?
    Além disso,
    Saberia me dizer se Sameday emite NF de pessoa física para pessoa física?
    A partir de quando o valor para compras internacionais on line passou para $100? Compro bastante da iherb, mas somente até $50,00 (mercadoria mais frete) para evitar ser taxado.

    Obrigado

    Responder

Deixe um comentário

Hipertrofia.org Newsletter

Receba o melhor conteúdo do site direto em seu email (no máximo 2 por semana).