Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Clique aqui

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''exercícios''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Hipertrofia
    • Venda de Suplementos
    • Nutrição e Suplementação
    • Treinamento
    • Esteróides Anabolizantes
    • Geral
    • Diário de Treino
    • Saúde e Qualidade de Vida
    • Academia em Casa
    • Área Feminina
    • Assuntos Acadêmicos
    • Entrevistas
    • Arquivo
  • Assuntos gerais
    • Off-Topic
    • Mixed Martial Arts
    • Fisiculturismo, Powerlifting e Outros
  • Fisiculturismo
  • Multimídia
    • Vídeos de Fisiculturismo e Strongman
    • Fotos Fisiculturismo
    • Fotos de Usuários
  • Fórum
    • Críticas, Sugestões e Suporte ao Fórum
    • Lixeira
  • Off-Topic

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Peso


Altura


Idade

Conteúdo continua após a publicidade.

Encontrado 66 registros

  1. Eu gosto de fazer exercícios físicos em casa com pesos de 4K, Pular corda, Flexões, Barras; Entretanto sempre após fazer exercícios de 1H me sinto mal, sinto uma Depressão/Melancolia com Enjoous, e não so fazendo Exc. em casa; fazendo uma caminhada a Noite de 1H tbm. Quando pequeno sentir isso pela primeira vez fazendo Taekwondo, já tinha feito treinos desgastantes com Capoeira mas nunca sentir isso, surgiu do Nada quando Passei a fazer TKW, claro após um tempo provavelmente de 1h de treino. A Pesar disso tudo não sou de fazer exercícios ou arte marciais so foram momento raros e exercícios faço de vez em quando em casa atualmente, e depois do primeiro dia parei de correr pôs essa Melancolia com Enjoous acabou com minha vontade. .O que pode ser? E não, não tem a ver com problemas Psicologicos com minha estética.
  2. Fala galera, Sou novo no mundo da musculação e gostaria de saber se existe alguns abdominais que poderiam queimar a gordura abdominal de forma mais rápida, ou até mesmo maneiras corretas de se aplicar o exercício, enfim, gostaria de dicas de como alcançar esse objetivo. Já levanto peso em casa, faço alguns exercícios. Tenho 79,5 Kg, e já sou magro no braço (39 cm) e peito (não lembro), somente a barriga fica com o famoso pneu. É isso ae.
  3. Com o objetivo de ganhar e/ou manter massa muscular. Quais seriam?
  4. Abaixo, cada grupo muscular e seu exercício. Para ver a imagem é só clicar no nome do exercício! OBS: O vídeo está no spoiler. Peito Paralelas Supino Reto Supino Reto com Halteres Supino Inclinado Supino Inclinado com Halteres Supino Fechado Supino Declinado Flexão Crucifixo Reto Crucifixo Inclinado Crossover Voador Ombro Elevação Lateral Elevação lateral Curvado Elevação Lateral na Máquina Elevação Lateral na Polia Elevação Lateral Deitado Elevação Frontal na Polia Elevação Frontal com Halteres Elevação Fronta com Barra Elevação Frontal Unilateral Desenvolvimento Girando o Pulso Desenvolvimento Sentado com Halteres Overhead Press Desenvolvimento por Trás Desenvolvimento pela Frente Crucifixo Inverso com Polia Tríceps Tríceps testa com halteres Tríceps testa com barra Tríceps na polia alta Tríceps na polia alta pegada inversa Tríceps no banco Tríceps alternado na polia alta Francesa unilateral com halteres Francesa com halteres Francesa com barra Coice ou patada Costas/Trapézio Barra Fixa - Pull'up Barra Fixa - Chin'up Pull Down Pullover com Halter Pullover com Barra Remada Curvada (pendlay) Remada Unilateral com Halteres Kroc Rows Remada Baixa Remada Alta Remada Alta 2 Puxador Frontal Puxador Atrás Puxador com Triângulo Cavalinho Extensão de Lombar Voador Inverso Encolhimento com Halteres Encolhimento com Barra Bíceps/Antebraço Rosca Martelo Rosca Inversa Rosca Direta Rosca Concentrada Rosca Alternada Rosca Scott Rosca na Polia Baixa Rosca na Polia Alta Pernas / Glúteos Levantamento Terra Levantamento Terra Sumô Agachamento Agachamento Frontal Agachamento Búlgaro Agachamento (técnica) Afundo Avanço RDL Good Morning Hack Bulgarian Split Squat Legpress 45 Extensora Extensão do Quadril na Polia Baixa Extensão do Quadril na Máquina Extensão de Quadril no Solo Elevação Pélvica Flexora Mesa Flexora Flexão de Coxa com Halteres Flexor em Pé Adutor Adutor na Polia Baixa Abdutor Abdução do Quadril no Aparelho Abdução do Quadril em Pé Abdução do Quadril Deitado Panturrilha Sentado Panturrilha em Pé Panturrilha em Pé com Corpo Inclinado Quem quiser, fica aqui o link do download de tudo: https://drive.google.com/file/d/0B6DzmM-qBKr3b3dpUXl3WmVUYjA/edit?usp=sharing Se alguém tiver algum que não está aí, me mande por MP. Abraços!
  5. O teste de eletromiografia mostra quais os exercícios que ativam mais fibras musculares para cada grupo muscular específico. Confira! Entre centenas de possibilidades, não é fácil saber quais os melhores exercícios para cada grupo muscular. Mas a ciência está aí para nos ajudar. Graças a uma tecnologia conhecida como “análise eletromiográfica”, ou simplesmente EMG, é possível determinar os melhores exercícios para cada grupo muscular. Isso porque o EMG utiliza um equipamento que consegue medir mesmo as menores correntes elétricas geradas pelos músculos sob a pele, o que permite determinar qual a porcentagem de fibras musculares ativadas a cada exercício. Assim, o EMG é uma forma eficiente de determinar quais os melhores exercícios para cada grupo muscular, e é isso que mostraremos abaixo. Só é importante frisar: não é para levar ao pé da letra, como se fossem os únicos exercícios que você deve fazer. Não é só o quanto o músculo é ativado que faz um bom exercício – é preciso levar vários outros aspectos em consideração. Por isso, o ideal é conversar com um profissional de educação física para saber como usar esse conhecimento no seu treino. --- Galera, achei interessante e resolvi compartilhar com vocês. Acho que vale para informação e talvez uma boa discussão. Abraços!
  6. Ola pessoal quero ajuda de vocês estou treinando a 4 meses queria ajuda de vocês pq do lado da minha bunda tem um buraco um de cada lada não e celulite tem uma pesquisada e não achei muita coisa vem em um luga que disse que e falta de gordura o que vocês me diz para preenche esse buraco Meu treino e esse Idade: 19 anos Altura: 1,58 Peso:51.20kg Objetivo do treino: hipertorfia Treino: AB descanso AB (A=perna, B=superior) Atualmente, meu treino de pernas é: Cadeira extensora unilateral 4x8 25kg Agachamento livre 4x10 40kg (20kg cada) Leg Press 180 3x10 e 1x8/8/8 40kg Gluteos 3x10 (professor varia a cada semana...nunca caneleiras) Mesa flexora 4x8 45kg Flexor em pe unilateral 3x10 10kg Adutor 3x15 49kg Abdutor 3x10 e 1x8/8/8 45kg Panturrilha sentada 4x15 40kg Queria saber se estou malhando pouco gluteos, e principalemte se posso fazer mais exercicios pra essa regiao, principalmente para os gluteos lateral...eu tenho um "buraco" do lado e isso sempre me irritou muito e agora ainda mais pq nao estou vendo esse "buraco" ser preenchido. Nao tem solução??
  7. Olá, sou nova nisso tudo e queria saber uma causa. Queria saber a causa desse "fundo" ou a parte "reta" de um bumbum em suas laterais, quais são as causas (tipo, músculo, osso, oq faz ele estar assim), exercícios necessários para que possa "aumentar" essa área/deixar o bumbum redondo. Vou deixar umas imagens para q possam me entender melhor e oferecerem dicas construtivas. Maior exemplo é o da garota da direita -> Desde já agradeço as respostas e espero q tenham entendido minha dúvida (por mais boba q possa parecer, eu não entendo disso pois sou nova nisso ainda kk).
  8. Iniciando meu diário por achar que é uma etapa importante para ajudar a manter o foco após uma mudança drástica como a minha e de poder servir de expiração para alguém que se encontra como um dia Eu me encontrei. já cheguei de ouvir o médico dizer que a única saída seria a cirurgia para redução. Cheguei até a entrar na onda dele por achar que realmente seria tarde demais, mas foi justamente ao contrario, estou em minha melhor forma mental e com condições favoráveis para poder mudar isso de vez! E está dando certo! Acredito que como todos os que se identificam como endomorfo, não tenho paciência para cárdio longos. Após várias tentativas de permanecer em academias, por muitas vezes por me sentir desanimado por ficar em uma esteira por horas, aprendi o prazer em fazer a musculação. O fato de conhecer uma teoria, por ela em pratica e ver seu resultados me impressionam e me da o gás para continuar a conhecer esse novo estilo de vida. Sem contar que descobri um gosto que tinham para musculação que antes não conhecia. Poder sempre te empurrar para o seu limite, a sensação após o treino é de pura satisfação, sempre! À um mês que venho fielmente trabalhando em minha reeducação alimentar, três semanas que estou na academia fazendo os treinos funcionais e habituando o corpo para os treinos pesados. Sou literalmente outra pessoal a de um mês atrás. Me sinto mais saudável, mais disposto, já dá para sentir mudanças no corpo tanto quanto emagrecimento tanto como ganho muscular. Tive a consulta com o Nutricionista desportivo, o melhor da cidade, e montou minha alimentação para essa mudança de estilo de vida e adaptação com os pós e pre treinos, as alimentações durante o dia e seus suplementos. Tenho o plano dele e daqui 15 dias irei retorna para saber os resultados e quais serão as mudanças. Irei postar todas as medidas de antes e as futuras. Estou disposto a mudar, estou disposto a entrar de cabeça, estou disposto a absorver o máximo de conhecimento e por tudo em prática para meu melhor físico da minha vida. Tudo há um limite na vida, e no assunto físico Eu estou no meu! Agora é pra valer!! Espero contar com a ajuda de vocês! Hoje estou animado mas, Animado ou não! Vamos em frente! Mais uma vez, Grato!
  9. Então pessoal.. Re-fiz um treino meu e gostaria de saber a opinião de vcs ja que n sou tãão antigo no assunto kkk. Segue abaixo: Segunda: Rosca direta 4x8 Rosca Concentrada 3x10 Polia Bíceps 3x8 Polia tríceps 4x8 Polia Tríceps (Corda) 4x10 Testa 3x10 Adutor + Abdutor 3x8 Terça: Abdominal Declinado 5x10 Supino Declinado 4x10 Cross over 4x10 Leg Press 4x10 Agachamento 4x8 Desenvolvimento Frente 4x10 Desenvolvimento Trás 4x8 Elevação lateral 4x10 Encolhimento de ombro 4x10 Quarta: Elevação de pernas 4x10 Rosca direta 3x10 Polia Bíceps 2x8 Levantamento Terra 4x10 Remada 5x8 Puxada frente/trás 4x8 Panturrilha 3x10 (em pé e no leg) Extensora 4x8 Quinta: Rosca Punho 3x8 Rosca punho inversa 4x10 Supino Declinado 3x8 Supino Reto 3x8 Supino Inclinado 4x10 Cross Over 4x8 Tríceps na polia 3x6 Tríceps corda 3x8 Sexta: Puxada Frente 3x8 Puxada Trás 3x8 Elevação Lateral 3x10 Desenvolvimento Frente 3x8 Encolhimento de Ombro 3x8 Extensora 3x8 OBS.: Ainda n tenho conhecimento dos nomes dos exercicios por completo então.. se tiver alguma coisa errada por favor mandem ai pra que eu possa corrigir e estudar mais sobre... VLW
  10. Opa galera! Me matriculei recentemente numa academia e pedi que o instrutor elaborasse um treino com objetivo de hipertrofia. Peguei ontem e vi que foi feito no modelo ABC. Tenho disponibilidade para treinar de segunda à sexta, porém no sábado possivelmente eu consiga em certas semanas. O modelo que o cara passou foi o que considero muito básico, que é: A - peito e tríceps B - costas e bíceps C - perna e ombro Portanto, meu pedido de opinião é saber de outras fontes se ficou bom do jeito que está ou eu coloco ombro para junto com tríceps / peito, deixando C somente para pernas (panturrilhas inclusa). Outra coisa é que, lembrando que não treinarei em certos sábados (a maioria), eu não quero ficar com perna em somente um dia. Então, pensei num "projeto" de uma semana sendo ACBCA e outra sendo BCACB. O que acham? E, para finalizar de vez, em qual dia o trapézio se encaixa melhor? Com costas ou ombros? É isso, galera. Se já houve um tópico parecido / igual, peço perdão, mas é que não achei um que fosse meio próximo da minha realidade. Qualquer opinião será válida. Valeu pela atenção!
  11. Fala galera! Beleza? Resolvi criar um diário, que não será bem um diário (não tenho tempo de colocar conteúdo todo dia, mas vou manter atualizado); A cerca de 1 ano atrás pesava em torno de 120 KG, era obeso, não tinha corpo, musculos, nada! Era só gordura. Então, tomei a atitude de começar a me cuidar e mudar meu hábitos! O primeiro passo foi cortar refrigerantes, só por esse ato, consegui perder 15 kg após isso, cortei o suco de caixinha, doces, e comecei uma dieta não tão rigorosa, tentando me alimentar certo. Antes de começar a academia, tentava todo dia fazer flexão, e quando possivél, fazia HIIT e corridas. Então cheguei a marca de 100,8KG com uma BF extremamente alta! No dia 03/12/2014 se deu inicio aos meus treinos na academia. Fotos "antigas" abaixo, antes de começar academia, Já fazem dois meses que treino, e já fiz nova avaliação física, estou esperando sair os resultados. Daqui a pouco recebo meus novos treinos e posto aqui, meus antigos treinos eram um lixo total, um fullbody padrão de academia. Dados atuais: Peso: 120 - 115 - 105 - 100,8KG BF: 27,8% - 25,2% - 21,82% Altura: 1,80 Vou atualizando os dados conforme vou tendo resultados.
  12. Galera treino ab2x upper/lower e tenho duvida de quais exercicios pra peitoral, um pra superior e outro pro meio. Ja escolhi o supino inclinado para parte superior, qual pro meio? Supino reto? Peck deck? Crucifixo? Tenho pectus carinatum tipo 2 leve e por isso quero desenvolver bem o miolo e a parte superior para cobrir as claviculas...Tenho 14 anos e alguns meses de treino...
  13. Olá galera, eu (e acho que todos) que saíram de um treino de força, fica com aquilo na cabeça de que sempre é melhor ter o treino lotado de exercícios que usam só a barra, mas eu por exemplo, estava fazendo o exercício "Remada Curvada" com a barra, e sentia que estava forçando muito mais a lombar (no sentido da estabilização, e não de estar fazendo errado) do que as costas em si, daí mudei para A remada cavalo que é a mesma coisa só que num aparelho com a inclinação exata e isolamento da lombar e senti que estou pegando muito mais as costas; e isso também ocorreu comigo na execução do Triceps testa que antes eu fazia deitado e com a Barra "W", na hora da subida sempre perdia força e fodia o treino todo, sem contar nas paralelas que, como eu já tinha treinado o tríceps antes, não tinha força nenhuma para segurar meu próprio peso e tive que apelar pras paralelas sentado que tu coloca o peso. Mais alguém nesse dilema? insistir nos básicos ou continuar nos aparelhos?
  14. Encontrei este artigo em uma pesquisa que estava fazendo e resolvi postar aqui para ajudar vocês, sei que muitas querem melhorar essa parte do corpo e este artigo vai ajudar bastante é um pouco longo mais vale a pena ler. ____________________________________________ O glúteo máximo é o maior e mais superficial dos glúteos, com origem no íleo e sacro e inserção no fêmur, tendo como ação principal a extensão do quadril. Aparentemente, esse músculo foi criado com a finalidade de produzir movimentos fortes e rápidos. Algumas evidências para isso são sua grande área de secção transversa em relação ao comprimento, seu ângulo de penação e a elevada proporção de fibras tipo II. Por esse motivo, é recomendável que tal músculo seja exercitado por meio de treinos que envolvam elevada produção de força, fato comprovado em estudo recente (Bryanton et al., 2012). A confirmação dessa sugestão fica bem clara ao analisarmos o desenvolvimento dessa musculatura em velocistas, saltadores e levantadores de peso, por exemplo. No entanto, dentro das academias se criou a cultura de trabalhar o glúteo máximo de uma maneira totalmente diferente dessa proposta, utilizando-se pouca carga e muitas repetições em exercícios de isolamento, como a extensão de quadril em quatro apoios. Interessante notar que a exaltação desse exercício é quase uma exclusividade brasileira, uma invenção que se tornou febre e virou presença obrigatória nos treinos femininos. Mas a utilização de exercícios de isolamento para glúteos é algo extremamente questionável do ponto de vista técnico. Alguns aspectos a se considerar são: • Ativação muscular Em um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Belmont, foi analisada a atividade eletromiográfica do glúteo máximo em 24 pessoas durante diferentes exercícios. De acordo com os resultados, dentre os exercícios dinâmicos, o que promoveu o maior recrutamento foi o agachamento realizado com uma perna. A popular extensão de quadril em quatro apoios ficou para trás, empatada o stiff. Por curiosidade, o agachamento unilateral (próximo ao exercício conhecido como afundo ou avanço), promoveu recrutamento elevado tanto do glúteo máximo quanto médio, superando tanto o exercício em quatro apoios quanto os exercícios de abdução de quadril em decúbito lateral (Boren et al., 2011), ou seja, valeria mais fazer ele do que os outros dois juntos. Importante destacar que esses testes foram realizados com cargas mínimas e sem a observação de alguns parâmetros que utilizamos na sala de musculação com o intuito de tornar o exercício ainda mais eficiente, como amplitude de movimento e controle de velocidade. Portanto, se pensarmos nos exercícios conforme eles são executados na academia, certamente as diferenças em favor do agachamento e do stiff seriam ainda maiores! Nesse sentido, deve-se reforçar que a participação do glúteo máximo no agachamento é maior quanto maior for a amplitude de movimento. A contribuição do glúteo máximo no agachamento parcial é de 17%, no agachamento até as coxas ficarem paralelas ao solo é de 28% e chega a 35% no agachamento completo, sendo que, nesse último caso, o glúteo máximo é o principal músculo envolvido no movimento, à frente, inclusive, dos músculos do quadríceps (Caterisano et al., 2002). Outro ponto importante é que, durante o agachamento, a musculatura posterior passa a ser mais envolvida quando se utiliza sobrecargas, ou seja, a produção de força é importante (Shields et al., 2005). Inclusive, estudos anteriores verificaram que o aumento de carga no agachamento faz com que haja maior trabalho dos glúteos do que dos extensores de joelho (Flanagan & Salem, 2008; Bryanton et al., 2012). A sugestão é que os músculos do quadríceps seriam totalmente ativados e, para conseguir vencer sobrecargas maiores, os glúteos entrariam em ação. Portanto, para envolver a musculatura da cadeia posterior, incluindo os glúteos, é importante, usar grandes amplitudes e se trabalhar com cargas elevadas. Cabe fazer uma pequena observação com relação às variações do agachamento realizadas com o intuito de enfatizar o trabalho dos músculos do quadril. Estudos anteriores envolveram análises biomecânicas e eletromiográficas e verificaram que o grande afastamento dos pés não favorece o trabalho de glúteo e nem dos músculos adutores (McCaw & Melrose, 1999; Escamilla et al, 2000 Escamilla et al. 2002). Inclusive, se pensarmos que há maior envolvimento do glúteo com o maiores ângulos de flexão do joelho e quadril, pode-se sugerir que o uso dos pés muito afastados diminui o trabalho do glúteo, por diminuir a amplitude de movimento. • Amplitude de movimento e alavancas Um grande problema dos exercícios de isolamento para glúteos é a dificuldade de se trabalhar com grandes amplitudes. Durante os exercícios com caneleiras, realizados com o joelho flexionado, por exemplo, o braço de resistência torna-se muito pequeno ao final da fase excêntrica. Já quando o trabalho é realizado com o joelho estendido, a musculatura não é adequadamente alongada pois o pé baterá no solo. Em ambos os casos, a redução da amplitude do movimento prejudica os resultados obtidos com o treino, tendo em vista que essa variável é extremamente importante para os ganhos de força e massa muscular (Weiss et al., 2000; Massey et al., 2005; Gentil, 2011). • Possibilidade de intensificar o exercício Outro grave problema dos exercícios de isolamento é a limitação que se tem no trabalho com grandes intensidades. Além do que foi falado anteriormente sobre a importância da sobrecarga para o caso específico do glúteo, deve-se lembrar que, de uma forma geral, para se obter ganhos de massa muscular, é essencial que o músculo seja estimulado com intensidades adequadas (Gentil, 2011), no entanto, durante os exercícios de isolamento de glúteos há muita dificuldade em conseguir esse trabalho devido à interferência causada pela fadiga de músculos posturais e estabilizadores, bem como a dificuldade em se utilizar implementos adequados. Como solução, normalmente se trabalha com margens muito elevadas de repetições e cargas baixas (treinos com 30 repetições submáximas, por exemplo) uma estratégia que não funciona para hipertrofia em músculo algum. As evidências científicas são claras ao demonstrar que treinos com cargas leves e muitas repetições promovem poucos ganhos de força e massa muscular (Campos et al., 2002; Fry, 2004; Gentil, 2011). Por fim o próprio conceito de exercícios de isolamento é frágil. Deve-se deixar claro que a utilização dos exercícios de isolamento não fornece vantagem em relação aos exercícios multi-articulares, seja com relação à ativação, aos ganhos de força ou de massa muscular (Signorile et al., 1994; Rogers et al., 2000; Rocha Jr et al., 2007). Se o glúteo é bem estimulado durante os exercícios complexos, como agachamento, afundo, levantamento terra, etc, não há porque inserir exercícios de isolamento em seu treino. Seria um aumento de volume desnecessário e até mesmo prejudicial, pois o trabalho de baixa intensidade e longa duração pode interferir negativamente nos ganhos de força e massa muscular (Leveritt et al., 1999; Nader, 2006). Existem também fortes evidências práticas que deixam clara sua falta de necessidade. Por exemplo, atletas de ambos os sexos, como velocistas, saltadores e levantadores de peso atingem os maiores volumes de glúteo que se pode encontrar entre os seres humanos e treinam basicamente com exercícios complexos. Ou será que alguém consegue imaginar o Ben Johnson, Usain Bolt, Yelena Isinbayeva, Ana Claudia Lemos, Keila Costa ou Maurren Maggi, treinando em quatro apoios com uma caneleira na perna? Enfim, diante das evidências teóricas e práticas que apontam para a ineficiência, e até mesmo do potencial efeito negativo, dos exercícios em isolamento para glúteos, em especial os realizados com caneleiras, recomenda-se que os mesmos não sejam utilizados pelos praticantes de musculação que buscam melhorar a estética e a função dessa musculatura. Dessa forma, os praticantes de musculação podem poupar tempo e obter melhores resultados eliminando tais movimentos de seus treinos. Referências bibliográficas Boren K, Conrey C, Le Coguic J, Paprocki L, Voight M & Robinson TK. (2011). Electromyographic analysis of gluteus medius and gluteus maximus during rehabilitation exercises. Int J Sports Phys Ther 6, 206-223. Bryanton MA, Kennedy MD, Carey JP & Chiu LZ. (2012). Effect of Squat Depth and Barbell Load on Relative Muscular Effort in Squatting. J Strength Cond Res. Campos GE, Luecke TJ, Wendeln HK, Toma K, Hagerman FC, Murray TF, Ragg KE, Ratamess NA, Kraemer WJ & Staron RS. (2002). Muscular adaptations in response to three different resistance-training regimens: specificity of repetition maximum training zones. Eur J Appl Physiol 88, 50-60. Caterisano A, Moss RF, Pellinger TK, Woodruff K, Lewis VC, Booth W & Khadra T. (2002). The effect of back squat depth on the EMG activity of 4 superficial hip and thigh muscles. J Strength Cond Res 16, 428-432. Escamilla RF, Francisco AC, Fleisig GS, Barrentine SW, Welch CM, Kayes AV, Speer KP & Andrews JR. (2000). A three-dimensional biomechanical analysis of sumo and conventional style deadlifts. Med Sci Sports Exerc 32, 1265-1275. Escamilla RF, Francisco AC, Kayes AV, Speer KP & Moorman CT, 3rd. (2002). An electromyographic analysis of sumo and conventional style deadlifts. Med Sci Sports Exerc 34, 682-688. Flanagan SP & Salem GJ. (2008). Lower extremity joint kinetic responses to external resistance variations. J Appl Biomech 24, 58-68. Fry AC. (2004). The role of resistance exercise intensity on muscle fibre adaptations. Sports Med 34, 663-679. Gentil P. (2011). Bases Científicas do Treinamento de Hipertrofia. Editora Sprint, Rio de Janeiro. Leveritt M, Abernethy P, Barry B & Logan P. (1999). Concurrent strength and endurance training. A review. Sports Med 28, 413-427. Massey CD, Vincent J, Maneval M & Johnson JT. (2005). Influence of range of motion in resistance training in women: early phase adaptations. J Strength Cond Res 19, 409-411. McCaw ST & Melrose DR. (1999). Stance width and bar load effects on leg muscle activity during the parallel squat. Med Sci Sports Exerc 31, 428-436. Nader GA. (2006). Concurrent strength and endurance training: from molecules to man. Med Sci Sports Exerc 38, 1965-1970. Rocha Jr VA, Gentil P, Oliveira E & Carmo J. (2007). Comparação entre a atividade EMG do peitoral maior, deltóide anterior e tríceps braquial durante os exercícios supino reto e crucifixo. Rev Bras Med Esporte 13, 51-54. Rogers RA, Newton RU, Mcevoy KP, Popper EM, Doan BK, Shim JK, Bolt LR, Volek JS & Kraemer WJ. (2000). The Effect of Supplemental Isolated Weight-Training Exercises on Upper-Arm Size and Upper-Body Strength. In NSCA Conference, pp. 369. Shields RK, Madhavan S, Gregg E, Leitch J, Petersen B, Salata S & Wallerich S. (2005). Neuromuscular control of the knee during a resisted single-limb squat exercise. Am J Sports Med 33, 1520-1526. Signorile JF, Weber B, Roll B, Caruso JF, LOWEN-STEYN I & Perry AC. (1994). An electromyographical comparison of the squat and knee extension exercises. J Strength Cond Res 8, 178-183. Weiss LW, Frx AC, Wood LE, Relyea GE & Melton C. (2000). Comparative Effects of Deep Versus Shallow Squat and Leg-Press Training on Vertical Jumping Ability and Related Factors. J Strength and Cond Res 14, 241-247.
  15. Executar o exercício Serrote com os cotovelos abertos ou fechados?
  16. Eaw pessoa depois que postei meu treinamento , vcs me deram otimas dicas que eu aproveitei e melhorei meu treinamento q tava um **** , agr queria q vcs avaliassem novamente. pre -treino ------ termogenico+algum carbo ABCAB Seg supino reto supino inclinado barra crussifixo cross over cross over mergulho entre paralelas ( focando no tricps) triceps pulley elevaçao entre dois bancos com carga elevaçao lateral , frontal , desenvolvimento abdominal terca barra fixa ( puxando na nuca ) puxador alto na nuca puxador alto frente com trinangulo remada baixa rosca direta rosca scoot rosca alternada rosca punho encolhimento halteres , barra , barra atras das costas quarta agachamento livre legpress extensor flexora em pe abdutor adutor gemeos sentado panturrilhia smith abdominal quinta supino reto supino inclinado barra voador peck deck mergulho entre paralelas ( focando no tricps) triceps pulley triceps corda elevaçao lateral , frontal , desenvolvimento sexta terca barra fixa ( puxando na nuca ) levantamento terra serrote rosca direta rosca concentrada rosca martelo rosca punho encolhimento halteres , barra , barra atras das costas abdominal pos treino --- whey + pao integral 12 graos + proteina de soja misturada com sardinha
  17. Bom, pratico musculação há 2 anos e pouco, porém durante 2 anos meu treino sempre foi uma bosta, com um péssimo descanso e uma péssima dieta. Há um tempo pra cá que estou fazendo dieta correta que eu fiz (2-3g de prot por kg/2-6g de carb por kg/ 0,8-1g de gord boas por kg) e estou descansando bem, 8 horas por dia. Eu baixei vários livros, estudei bastante o blog hipertrofia, e eu mesmo montei meu treino de uma forma que em cada músculo pegue todas seus músculos internos. Exemplo: Peito (peitoral maior, médio e menor) Só falta escolher os exercicios e o dia que encaixarei o treino de abdômen. (se tiver mal organizado, desculpe, é que fiz essa divisão pelo bloco de nota) Atualmente: 80kg Dieta: Bulking OBS: Estou treinando bíceps e tríceps 2x por semana por que pra mim é díficil de desenvolve-los, já perna, peito e costas é fácil, e panturrilha por que quero dar um crescimento nela, apesar de ela já ser grande. Segue abaixo a divisão que fiz e os treinos que vou começar usando semana que vem! Divisão Segunda-Feira Bíceps/Antebraço/Tríceps/Panturrilha Terça-Feira Perna (quadríceps/posterior) Quarta-Feira DESCANSO Quinta-Feira Peito/Tríceps Sexta-Feira Costas/Panturrilha Sábado Ombros/Trapézio/Bíceps/Antebraço Domingo DESCANSO Exercicios: SEGUNDA-FEIRA: Bíceps/Antebraço/Tríceps/Panturrilha BÍCEPS Rosca alternada com halters (cabeça longa e curta) Rosca scott com halters (isolador do bíceps) ANTEBRAÇO Rosca inversa (ant-braço e bíceps braquial) Rosca de punho invertida para cma (extensores do antebraço) TRÍCEPS Supino fechado (cabeça medial, lateral e longa) Rosca francesa (cabeça longa) Tríceps pulley (cabeça medial, lateral e longa) PANTURRILHA Panturrilha em pé com barra (gastrocnêmio) Panturrilha máquina (solear) TERÇA-FEIRA: Perna (quadríceps/posterior) PERNA Agachamento livre (todos) Stiff (posterior) Leg Press (quadríceps) Passada longa (posterior) Cadeira Extensora (quadríceps) Cadeira Adutora e Abdutora Mesa Flexora (posterior) QUARTA-FEIRA: DESCANSO QUINTA-FEIRA: Peito/Tríceps PEITO Supino reto com barra (todos, peitoral maior) Supino inclinado com barra (peitoral maior superior) Supino em banco declinado com halters (peitoral maior inferior: cabeça esternal) Crossover (parte média e inferior) TRÍCEPS Paralelas (cabeça medial, lateral e longa) Tríceps testa (cabeça medial, lateral e longa) Mergulho (cabeça medial, lateral e longa) SEXTA-FEIRA: Costas/Panturrilha COSTAS Levantamento terra (todos, parte inferior) Remada curvada (parte média) Remada sentada (parte média e superior) Pulley alto PANTURRILHA Panturrilha em pé na máquina (gastrocnêmio) Panturrilha máquina (solear) SÁBADO: Ombros/Trapézio/Bíceps/Antebraço (2 tipos) OMBROS e TRAPÉZIO Desenvolvimento com barra (deltóide anterior) Levantamento lateral (deltóide lateral) Elevação para posterior com halters (deltóide posterior) Encolhimento de ombro com anilha (trapézio) BÍCEPS Rosca direta com barra (cabeça longa e curta) Rosca scott com barra (isolador do bíceps) ANTEBRAÇO Bíceps martelo (braquiorradial e braquial) Rosca de punho para baixo (flexores do antebraço)
  18. Fala galera, treino a mais ou menos 1 ano, mas nos últimos 3 meses eu tive um problema de saúde e parei, perdi mt peso (de 66 fui para 50) e gostaria que avaliassem meu novo treino, que começarei fazer em casa; Idade : 19 anos Altura: 1,65 Peso: 56 kg (Pouca gordura) Objetivo: Hipertrofia Será um treino ABC 2x, sendo assim; - TREINO A: Ombros, Trapézios e Costas - TREINO B: Peitoral e Pernas - TREINO C: Bíceps e Tríceps Ps: Faço abs dia sim e dia não ~~x Segunda-Feira: Treino A - Desenvolvimento com barra - 03xFalha - Elevação lateral com halteres alternado - 03xFalha - Crucifixo inverso com halteres - 03xFalha - Encolhimento com halteres - 03xFalha - Encolhimento com pegada por trás (barra) - 03xfalha - Remada Serrador com halteres – 03xFalha - Remada Curvada com barra - 03xFalha Terça-Feira: Treino B - Crucifico com halteres - 03xFalha - Flexão diamante - 03xFalha - Flexão diamante com os pés no banco - 03xFalha - Agachamento livre com halteres - 03x8-10 - Avanço com halteres - 03xFalha - Agachamento parede - 02 minutos ou até a Falha Quarta-Feira: Treino C - Rosca direta – 03xFalha - Rosca alternada – 03xFalha - Rosca Concentrada unilateral – 03xFalha - Repulsão entre bancos – 03xFalha - Patada – 03xFalha - Tríceps Francês – 03xFalha ~~ Quinta-feira treino A, Sexta-feira B, Sábado C Não faço supino reto e alguns treinos com barra por que a minha barra é muito curta e me prejudicaria fazer com a pegada muito juntas entende ^^ Meus treinos de abdômen são simples e não faço com muita intensidade pois pratiquei anos de luta e o tenho bem desenvolvido já também não faço muito intensivo meu treino de pernas pois tenho muita facilidade para o mesmo e panturrilhas também (Sei que o fato de ser negão ajuda e tal kkk) Gostaria de opiniões sobre colocar esse treino em um formato ABCDE para hipertrofia mesmo, mas treinando um músculo por dia sera que ficaria legal ? - galera aguardo opiniões, dicas, criticas construtivas e etc.. Tenho dois halteres e anilhas de até 60kg no total
  19. Meu primeiro tópico, espero que seja o local certo. Bom tenho 25 anos, 183cm, 89kg. BF sem avaliação recente. Bom, voltei a treinar recentemente e estou fazendo treinamento A,B,C, com 15 minutos de aeróbicos com auxilio de termogenicos, alimentos com efeito termogenicos e sucos detox. Meu treino é dividido assim: A: Peito - Supino Reto, Crucifixos Inclinado, Maq. Declinado, Crossover (3x10) Tríceps - Corda, Banco, Polia, as vezes supinado as vezes francesa (3x10) B: Bíceps - Rosca Direta W, Rosca Scoth, Rosca Alternada ou Unilateral (3x10) Costas - Levantamento Terra, Crucifixo Inclinado Banco, Rem. Triangulo, Rem. Baixa Corda Rem Curvada Barra Longa(3x10) C: Pernas - Leg 45º, Extensora, Flexora, Adutora e Abdutora (3-4x15) Ombros - Desenvolvimento Barra Guiada ou livre, Elevação lateral inclinada, Elevação frontal c/ Anilha (3x10) Trapézio: Rotação de ombro, Elevação de ombro. (3x10) Gostaria de saber o que posso melhorar no meu treinamento para ele ser mais eficaz, o que eu poderia incluir na alimentação para perder aquela barriguinha das fotos que postarei, adição de suplementação, e estou aberto a idéias de AE's. PEÇO AOS MAIS EXPERIENTES PARA ME INDICAREM SE EU DEVERIA PELAS FOTOS PENSAR EM TREINO DE HIPERTROFIA OU TREINO PARA PERDA DE GORDURA. Esta é a minha maior preocupação. OBRIGADO A TODOS. ESPERO QUE EU RECEBA BONS CONSELHOS.
  20. Ja estou a 6 meses com o mesmo treino ( ABCx2 ). Nesse período estava em bulk, e atualmente estou começando a fase de cutting. A questão é que sinto que não estou rendendo muito mais com este treino, me sinto muito cansado e desanimado. O aumento de carga esse mês também estagnou , até porque abaixei as kcal da minha dieta(abaixei gradualmente por semana). Considero o meu treino bom, mas vamos ver a opinião da galera: A ( Costas, Biceps, Trapézio e Abdomen ): - Terra - 4x5 - 80kg - Chin up - 5x5 - Meu peso + 16kg - Pull up - 3x5 - Meu peso + 6kg - Cavalinho - 3x5 - 55kg - Rosca alternada - 3x8 - 16.16kg - Encolhimento - 3x12 - 32.32kg - Abdomen ( Faço para ganho de força ) B ( Peito, Triceps e Ombros ): - Supino Reto - 5x5 - 32.32kg - Supino 30º com Halteres - 4x6 - 26.26kg - Paralelas - 3x6 - Meu peso + 16kg - Supino Fechado - 3x6 - 24.24kg - D. Militar - 4x6 - 30kg - Elevação Lateral - 3x8 - 10kg ( Faço para ganho de força ) C ( Pernas e Panturrilha ): - Panturrilha no Leg unilateral - 5x12 - 48kg - Agachamento Livre - 5x5 - 90kg - Leg press - 4x8 - 102kg - Cadeira extensora - 3x8 - 54kg - Mesa flexora - 3x8 - 54kg Então, gostaria de opiniões sobre oque mudar no treino. De preferencia , mudar somente um exercício por treino. Caso achem que esteja bom, manterei também.
  21. OLÁ GALERA, ACABEI DE PASSAR NA PROVA PARA PM DO RIO DE JANEIRO MAS ESTUO COM GRANDES DIFICULDADES PARA PERDER PESO APENA COM A DIETA, E ME FALTA PERDER 10KG. PODEM ME AJUDAR COM SUGESTÕES QUE ME FAÇA PERDER ESSES QUILOS EM TEMPO RECORDE POR FAVOR... PRECISO SE APROVADA NO EXAME DE IMC. AJUDEM POR FAVOR!!!
  22. Então galera, eu treino futsal quase todos os dias da semana e não pretendo parar. Queria ter um horário para treinar na academia, mas não tem como mesmo. Pela manhã, trabalho; pela tarde, estudo; pela noite, futsal; O único horário viável para malhar seria pelas 5:30 da manhã. O problema, além de acordar, é o sono. Chego do Futsal, por volta das 23:30 e vou dormir umas 00:45. Sei que o sono é fundamental no ganho de massa magra, exatamente por isto não regressei para a academia. Porém, ainda possuo uns suplementos em casa: Hiper-Calórico, BCAA's, Maltodextrina e Creatina. Queria saber qual seria o resultado se, eu fizesse um aquecimento físico puxado no futsal, - com explosões, flexões, abdominais, etc - para compensar a ausência dos pesos, tomando suplemento. Claro que não ganharia Músculos com a mesma facilidade e tempo que treinando na academia. Mas ainda haveria hipertrofia, ou aceleração nesta mesma? O suplemento (Eu gosto de tomar suplemento, não me importo com a grana) faria um efeito, mesmo que pouco, notável? Odeio perder peso, estava com 75 Kg quando parei. Agora estou com 69,2 Kg. Tenho 1,83 de altura. Eu queria pesar 80 Kg, sem ficar gordo, com músculos. Só isso. Lembrando que quando comecei a malhar tinha 53 Kg só.
  23. Olá pessoal! Sou novo no fórum! Vou direto ao ponto. Em 2013 comecei uma dieta pelo fato que estava muito acima do peso, 165kg. Fiquei muito preocupado com o que poderia me acontecer futuramente: doenças, problemas, etc. A questão é que durante 1 ano e 7 meses me dediquei bastante, fazendo exercícios físicos, diminuindo a alimentação. Hoje eu estou pesando 105kg, minha meta é chegar aos 90kg ou 85kg, isso vai depender... O problema é que estou com a pele flácida, principalmente na região do abdômen e nas coxas, no peito, nas costas e nos braços é pouco, no rosto e no pescoço praticamente não tem. Eu gostaria de saber se há como eu melhorar isso ou até mesmo resolver este problema sem ter que "apelar" para a cirurgia, que para falar bem a verdade, não quero fazer, tenho receio quanto a isso. OBS: Capsulas de colágeno ajudam a diminuir a flacidez? Obrigado por enquanto.
  24. ISO Dynamic , consiste em segurar um peso efectuando uma contracao isometrica com o braco, enquanto o outro suporta a carga atraves de um movimento dinamico. Neste caso especifico os halteres sao a ferramenta peferencial para este tipo de treino, tendo em conta que os bracos estao a fazer coisas opostas. Porem podes recorrer ao uso de ketlebells ou ate mesmo algumas maquinas. ISO DYNAMIC EXERCISES: http://m.youtube.com/watch?v=y8QyFSYduds http://m.youtube.com/watch?v=t0KP3MXR8yI http://m.youtube.com/watch?v=maJJj7UJF_s Bons treinos.
  25. Boa noite, tenho 21 anos, e não gosto da aparência do meu peito, bem, é um pouco constrangedor, mas vejo que os mamilos do meu peito são afastados ao ponto de sofrer chacota, existe algum exercício que faça para que os mamilos meio que centralizem no meio do peito? ou não? Obrigado, aguardo ansiosamente a resposta.
×
×
  • Criar Novo...