Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Clique aqui

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''metabolismo''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Hipertrofia
    • Venda de Suplementos
    • Nutrição e Suplementação
    • Treinamento
    • Esteróides Anabolizantes
    • Geral
    • Diário de Treino
    • Saúde e Qualidade de Vida
    • Academia em Casa
    • Área Feminina
    • Assuntos Acadêmicos
    • Entrevistas
    • Arquivo
  • Assuntos gerais
    • Off-Topic
    • Mixed Martial Arts
    • Fisiculturismo, Powerlifting e Outros
  • Fisiculturismo
  • Multimídia
    • Vídeos de Fisiculturismo e Strongman
    • Fotos Fisiculturismo
    • Fotos de Usuários
  • Fórum
    • Críticas, Sugestões e Suporte ao Fórum
    • Lixeira
  • Off-Topic

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Peso


Altura


Idade

Conteúdo continua após a publicidade.

Encontrado 21 registros

  1. Tomo 150 mcg de T4 por dia, devido a tiroididite (o médico que constatou o problema e prescreveu é o mesmo que me orientou com os venenos, ajudou a calibrar a dieta etc). Pergunto : o que aconteceria se passasse a tomar 300mcg dia ? Daria uma acelerada no metabolismo suficiente pra melhora no shape ou nao vale a pena ? Sou veterano, pesado, muitos anos de treino, sempre no blast & cruise etc
  2. Braco40cm

    Metabolismo saudável

    Metabolismo saudável: seu metabolismo está em ordem se você não sente a necessidade de comer doces, não sofre de ataques de gula durante a noite, aumenta o seu peso com dificuldade e pode perdê-lo rapidamente. Se esse não for o seu caso, você deverá lutar para restabelecer a sensibilidade dos seus tecidos à insulina por meio de treinos com intervalos de alta intensidade HIIT;" Eu li isso, mas nao entendi a relação entre nao sofrer ataques de fome e sensibilidade a insulina. Alguem pode explicar essa relação?
  3. Pessoal, minha duvida é a seguinte: Alguns dias eu preciso treinar durante o horário de almoço e eu almoço as 12:00h e vou treinar 12:20h (sem terminar a digestão do que acabei de comer). Dizem que treinar de barriga cheia retarda o processo de digestão e pode causar mal estar, como enjôo, vômitos, queda de pressão e hipoglicemia. Entretanto vamos focar apenas na primeira questão já que não senti enjoo, nem mal estar, nem queda de pressão nem tive sinais de hipoglicemia. O que quero saber é: Ja que eu comi as 12:00 e comecei meu treino as 12:20 finalizando o mesmo as 13:20 e atrasando minha digestão, os nutrientes que eu ingeri as 12:20 serão absorvidos apenas após o termino do meu treino representando um pós treino ? Eu entendo que oq eu comi 12:20 só vai ser absorvido pelo meu corpo no final do meu treino (e isso é a intenção mesmo) como se fosse um pré treino, então pra complementar eu só mando um wheyzin ou 400ml de leite desnatado pra n pesar de mais. Essa logica estaria correta ou eu estou correndo o risco de catabolizar ou não aproveitando o máximo a janela anabólica ficando sem comer após o treino?? Minha próxima refeição é só as 16:00
  4. Então, eu não ando na academia, contudo as vezes faço exercício físico e numa conversa com o meu nutricionista acerca de termogenicos o que ele me disse foi "não uses nada disso, nenhum deles faz emagrecer" Ainda na conversa deu a entender que o principal efeito do termogenico é a perda de água. Para completar ele disse que a cafeína não aumenta o metabolismo e que apenas ajuda na redução da fadiga, da fome, e dando energias, que l-carnitina não funciona, e que a única coisa que efetivamente pode ajudar no metabolismo são os chás. Confirma se? Afinal a cafeína e os termogenicos que vemos no mercado só servem para acabar com a retenção não aumentando o metabolismo? Eu perguntei de vários termogenicos, até mesmo da marca que o mesmo tem na loja para que trabalha e continuou a insistir que não resultam e que não vale a pena o uso dos mesmos.
  5. Bom dia Tenho serios problemas com meu metabolismo, que é muito lento, poderiam me indicar alguns alimentos que aceleram o metabolismo? Se possivel (no caso do gengibre, e alimentos que necessitam de uma receita, que não dá pra comer puro ahah) poderiam me passar alguma receita? não tenho restrição a nada. Meu objetivo é perder gordura E se puder também, quais suplementos que auxiliam no metabolismo?(fora o termogenico?)
  6. Idade: 21 Altura: 171cm Peso: 83kg BF: cerca de 25% ou mais Boa noite pessoal, eu tinha uma vida totalmente sedentária, de passar o dia todo na cama mesmo devido depressão e etc No último mês comecei a fazer academia 3x por semana, eu tô bem gordinho e com pouca massa magra. Na última semana iniciei uma dieta coim 1780 kcal e percebi que não estava perdendo nada de peso, logo percebi que meu metabolismo deve estar muito lento, e não é problema hormonal pois no meio do ano fiz exame e deu tudo normal. Eu tô meio desesperado porque esse ano engordei 15kg e tô bem.gordinho e tô com medo de comer menos que isso e o metabolismo baixar ainda mais. Depois do ano novo começo boxe 2x na semana creio que já vai ajudar. Porem, em relação ao metabolismo, o que eu posso fazer pra dar uma acelerada nele pois de certo não parece estar muito normal.
  7. Já irão fazer dois anos desde que iniciei a musculação, desde o começo estou natural, sem recursos ergôgenicos, mas devido a minha estrutura de Ectomorfo, minha aparência não muda quando ganho peso, eu começo a engordar e a acumular gordura, mas quando estou de camisa parece que continuo magro, não sei o que fazer, estou desanimando já. Fiz Bulking e Cutting e mesmo no Bulking parece que não mudo.Alguém me diz o que faço? Devo usar recursos ergogenicos? No último bulking eu estava ingerindo 3.202kcal (Tudo em comida sólida) por causa disso já não aguentava mais comer, não tenho dinheiro para suplementar algum hiper-calórico, tenho o metabolismo muito acelerado e mesmo engordando meu shape não muda, apenas ganho gordura localizada (Que não aparece quando coloco camisa).Alguém me ajuda.
  8. Bom como dito no título, meu questionamento seria sobre como é definido nos cálculos a musculação em si, pois em vários lugares que pesquisei encontrei controvérsias. Começou quando estava pesquisando sobre cálculo de taxa metabólica basal e gasto calórico diário, e nesses cálculos(tanto testes online quanto as formulas em si) sempre há um campo para seu nível de atividade física. Eu já tinha ouvido falar e lido em vários lugares sobre esse cálculo, mas durante todo minha vida sempre fui no "olhometro" para minha dieta. Então decidi que ia seguir uma dieta para perder o excesso de gordura na barriga e um pouco no triceps, assim fui fazer o tal cálculo e cheguei no campo nível de atividade física e eu realmente fiquei confuso, onde musculação se encaixaria? Assim fui pesquisar em vários lugares e há várias contradições, inclusive dentro da minha própria academia, no caso elas são: -Musculação em si como um exercício anaeróbico não gasta muitas calorias, cerca de 280kcal durante um período de 1 hora de treino, então se considera uma atividade leve. -Musculação dependendo da carga está em um nível de atividade moderado a intenso, porque ela continua queimando calorias após várias horas após o treino em si alem de acelerar o metabolismo. Começando pela primeira afirmação, aqui http://www.cdof.com.br/nutri1.htm e em várias outras fontes, que vocês já devem ter visto, tem uma base de calorias gastas por exercícios para você colocar nas formulas de seus cálculos, no caso a musculação por 1h se da a 280kcal. Em diversos lugares inclusive no fórum vi pessoas dizendo que sim, é para colocar como atividade leve porque porque não há um gasto grande de calorias, e seria necessário outras atividades aeróbicas para mudar a categoria de exercício, além de outras atividades durante o dia, por exemplo trabalho pesado etc. Na segunda afirmação que contradiz a primeira, se dá ao colocar atividade no mínimo moderada, pois a musculação altera sim o metabolismo, além de continuar queimando calorias durante o processo de recuperação do músculo que se dá durante várias horas após o treino. Também já li artigos sobre isso nesse fórum e em vários outros lugares que pesquisei, vou colocar fontes de exemplo só para se inteirarem se não souberem do que estou falando. Não são fontes de artigos e estudos porém da para saber do que estou falando. E sim existem estudos sobre isso mas estou sem as fontes. https://www.ativo.com/fitness/musculacao-queima-calorias/ e http://www.posfmu.com.br/musculacao-queima-calorias-ate-48h-depois-do-exercicio/noticia/268 Agora fica a dúvida, uma pessoa no qual, o trabalho não exige esforço físico ex: trabalho em frente ao computador, e vai para a academia fazer somente musculação sem aeróbicos, de 4 a 5 vezes por semana, se encaixaria em Atividade Leve, Moderado, Intenso, ou até mesmo sedentário( que no caso eu discordo muito)? na opinião de vocês. Já respondendo acima, como meu caso, o trabalho é realmente em frente a um computador e faço raramente alguma outra atividade que não é musculação, na minha opinião deveria sim ser considerado no mínimo moderado, pois como a primeira afirmação não cita a queima após o exercícios e como se trata de um cálculo que envolve aceleração do metabolismo, acho que o músculo continua gastando calorias durante seu período de recuperação durante várias horas e isso interferiria no resultado de gasto calórico diário. Como não faço e não sou nenhum pouco fã de aeróbicos, eu vejo que se quiser acelerar mais ainda a perda de gordura um HIIT, pelo gasto pós exercício e a aceleração do metabolismo também, porém isso já entraria em outra discussão que não vem ao caso. Minhas informações são: Peso: 80kg (já estou em cutting faz 4 semanas, dieta como exercício moderado) Altura: 1,82 Bf vou medir ao final do cutting, mas é somente barriguinha leve. Treino musculação de 4 a 5 vezes na semana, ABCD de intensidade alta. O que realmente da medo depois de ler tanta coisa, é que no caso de cortar muito as calorias ou entrar em um estado de homeostase ou então acabar perdendo muita massa magra durante o cutting. Durante esse primeiro mês, consigo levantar as mesmas cargas de peso que antes, porém perdi sim cerca de 2 a 3 quilos, contando com a perda de retenção de água com a mudança da dieta. Então, qual seria a opinião de vocês?
  9. Fala povo Tenho estudado um pouco mais sobre metabolismo, pois sinto que é muito simplória a abordagem de nutrição aqui no fórum. Traduzi o artigo a seguir, que define um pouco melhor como funciona. Ainda que é bem básico e a pesar não ter me acrescentado muito, pode ajudar os iniciantes. Em resumo, é importante entendermos o equilíbrio metabólico, entender que nosso corpo regula a TBM "para baixo" como um mecanismo de defesa quando estamos em um estado de déficit calórico, e isso pode ser prejudicial para os processos anabólicos e inclusive para a saúde, já que seu corpo utiliza a pouca energia disponível para os principais processos. Além de tudo isso, com o metabolismo desregulado (para baixo), é dificil obter resultados razoáveis em um cutting, bem como uma transição para um bulking de forma rápida pode resultar em ganho excessivo de gordura. Exemplificando: Metabol desregulado para cutting: quem não tem um amigo gordo que fala que come muito pouco mas mesmo assim não emagrece? Que tem "metabolismo lento"? Se você está comendo pouco a muito tempo, seu corpo se regular para consumir menos calorias para que você sobreviva. Metabol desregulado para bulk: agora, imagina você sem comida por 10 dias e falam que irão de colocar 1 dia num open food de churrasco, japa, massas, etc, e depois ficar mais 10 dias sem comer. Como você vai se comportar? Ingerindo o máximo para estocar para os próximos 10 dias, certo? Seu corpo reage da mesma forma. Quando eu achar artigos mais práticos e mais ricos nesse sentido posto aqui tbm. Se alguem souber, seria ótimo compartilhar. Abs e boa leitura ------------------------------------------------- ENTENDENDO O EQUILÍBRIO DO SEU METABOLISMO Seu metabolismo é um assunto complicado e frequentemente gera confusão, mesmo sabendo que entendendo como ele funciona - ao menos o básico - pode te deixar tremendamente mais confortável com sua dieta, seu metabolismo está no coração do ganho, perda ou manutenção de peso. A maioria das pessoas pensam que a relação entre perda de e ganho de peso é dicotômica, com uma fina linha conhecida como "manutenção do peso" dividindo os dois. E quase invariavelmente, elas assumem que essa linha está mais próxima do fim do espectrum de perda de peso do que do espectrum de ganho e, no mínimo, pensam que eles estarão melhores mantendo peso com poucas calorias ao invés de mais calorias. Elas reduzem as calorias e terminam reduzindo suas performances também. Entretanto, perda e ganho de peso não são tão exatamente divididos; não é tanto como uma balança, como você pode acreditar. Seu metabolismo é um pouco mais flexível, não linear. Sim, existem pontos concretos que podemos cientificamente determinar com tendo as informações necessárias - pontos em que você vai ganhar ou perder peso, gordura e proteína - e sim, sua Taxa Metabólica Basal (TBM) é estática (ou próximo o bastante de ser). Mas quando considera-se sua dieta e seu estilo de vida de forma global, existem muito mais elasticidade/flexibilidade no sistema, e isso faz com que sua necessidade efetiva de manutenção de peso um pouco mais aberta/subjetiva. O que o seu metabolismo não é O seu metabolismo não é uma linha dividindo perda de peso e ganho de peso a qual você está sempre tentando equilibrar-se; é um range contínuo desde um perigoso déficit calórico (onde proteína muscular é quebrada e eventualmente proteína dos orgãos quebram-se além da perda de gordura) até manutenção de peso até um perigoso superávit calórico (onde tecido adiposo é estocada além de tecido muscular). Você pode não perceber que é assim que vê seu próprio metabolismo, mas é uma crença muito comum. Por exemplo, é a raiz da ideia que ganho de peso no longo prazo é causado pela ingestão de apenas um pouco demais todos os dias até que, 10 anos depois, você está pensando 10kg a mais do que você costumava pesar. Se você acredita que isso é verdade, então tudo o que é preciso fazer seria ingerir 10 calorias em excesso diariamente, o que é equivalente a uma unidade de batata Ruffles. Isso parece ridículo quando se define assim, mas é exatamente o que ter uma linha dividindo ganho e perda de peso representa. Pelo fato de muitos pessoas virem seus metabolismos como uma balança, normalmente diminuem quantas calorias ingerem e ainda mantêm o peso. Na verdade, isso frequentemente funciona como um ciclo de feedback negativo, onde o individuo abaixa suas calorias, não perde peso, e diminui ainda mais suas calorias até quando a perda de peso finalmente acontece. O problema é que enquanto essa é uma estratégia essencialmente boa para perda de peso, é fácil esquecer que você pode manter peso com uma quantidade maior de calorias. Assim que você atinge sua meta de perda de peso ou desiste do cutting, você nunca aumenta suas calorias até um ponto de manutenção saudável; na verdade, você ingere sempre uma quantidade próxima ao limite de perda de peso. É fácil entender como isso acontece, mas não é necessário e pode não ser saudável. No mínimo, não é bom para a performance porque você está dando ao seu corpo o mínimo que ele precisa para manter o status quo; ele simplesmente não tem o necessário para recuperar-se efetivamente ou melhorar. O que o seu metabolismo é Seu metabolismo corre de um extremo a outro com inúmeros pitstops fisiológicos entre cada um. Se usarmos a TBM (mais as calorias das atividades diárias, ou seja, GCD), então os extremos pareceriam com isso: BMR = TBM (nesse caso, GCD) Basicamente, é melhor pensar no seu GCD como o mínimo para manutenção de peso, porque se você ingere menos que isso, seu corpo irá utilizar energia de outra fonte (por exemplo, seus tecidos estocados, primeiramente gordura) para manter-se funcionando normal - mas ultrapassando seu GCD não garante ganho de peso porque existem inúmeras outras áreas para consumir calorias ao invés de estocar como gordura. Essas áreas incluem, mas não são limitadas a: ganho proteico (músculos, tendões, ligamentos, etc), ganho de glicogênio, reparação de tecidos, atividades que mínimas (por exemplo, mexer-se). Então, quando você come mais calorias, você permite que seu corpo faça todas as funções que não são essenciais - você não vai morrer sem elas - mas são frequentemente críticas para performance e sucesso, como por exemplo expandindo seus estoques de energia intramuscular (carbo e gordura), desenvolvendo músculos, fortalecendo tecidos conectores e reparando tecidos danificados de forma mais eficiente. Como um ponto final, nos também precisamos considerar que "peso" pode ser mantido mesmo quando músculo (ou gordura) cresce (diminui). Se você treina diligentemente - e especialmente se você é novo nos treinos - você pode ganhar uma quantidade grande de músculo sem ganhar peso pois geralmente há perda de gordura. Ao mesmo tempo, se você continuar ingerindo a mesma quantidade de gordura e parar de treinar, você provavelmente irá perder peso e ganhar gordura. Assim, "manutenção de peso" - que é distinto de "manutenção de gordura" ou "manutenção de massa magra" pode ocorrer em uma variedade muito maior de formas que o gráfico acima demonstra. Tudo isso reforça a importância do acréscimo/decréscimo de calorias de forma lenta, ao mesmo tempo que observa se está ganhando ou perdendo peso. Source: http://www.climbingnutrition.com/diet/understanding-your-metabolism/ Abs
  10. Ontem ouvi na academia que depois que se faz o 1º Ciclo, o metabolismo muda para o resto da vida. Achei uma grande mentira, mas qual a opinião de vocês? Alguém já sofreu com isso?
  11. Desde meus 14 anos tenho um metabolismo doido, ate os 14 anos eu era magrelo, aparecia todas costelas, e então no mesmo ano de uma hora para outra fiquei GORDO fui de 60 a 88 kg em 3 meses, ai dos 14 aos 17 emagreci para 77 kg e então agora tenho 19 e comecei a ter umas variações ( obs: mesmo treinando e fazendo dieta) engordo e emagreço 2 kg variando quase que de uma semana pra outra o tempo todo.
  12. Atenção, leia tudo antes de criar um post criticando! Já sei que tem muita informação a respeito no site, mas venho compartilhar minha opinião com a galera que ta começando. Se não estiver na área correta, peço que mudem. Metabolismo Acelerado - Ganhar Massa Temos um grande problema com a obesidade, mas ainda há aqueles entre nós que fariam qualquer coisa para ganhar peso. Se você for como eu, você pode comer de tudo por fora da dieta e não ganhar uma misero kg. Eu sou um grande exemplo como podem ver quando comecei: Há uma tal avalanche de informações enganosas na mídia, hoje, ao em vez discernir as informações corretas. Então, vamos passar por cima de alguns dos aspectos-chave que você deve seguir para ganhar peso quando você tem um metabolismo rápido. Armadilhas propagadas pela mídia - Spoiler Rápido. De um modo geral, dietas da moda prometem emagrecimento rápido e sem muito esforço. São dietas que ajudam a vender revistas, mas que não recebem apoio dos nutricionistas e médicos. Elas podem ser perigosas, uma vez que a maioria não é balanceada e pode causar deficiência de certos nutrientes. Além disso, emagrecer muito rapidamente, a menos que seja sob orientação médica e nutricional muito específica, não é saudável. Outro problema com as chamadas “dietas da moda” é que, apesar de prometerem emagrecimento em curto prazo, ao restringir radicalmente a ingestão de calorias, elas dificilmente podem ser mantidas por um longo período de tempo. Desta forma, na maioria das vezes, a pessoa recupera o que emagreceu e chega até a engordar mais do que antes, sofrendo o famoso “efeito sanfona”. Em vez de embarcar nessas promessas muitas vezes bizarras de emagrecimento rápido, consulte um nutricionista e veja o que realmente pode funcionar – e ser saudável – para o seu organismo. Muito melhor do que tratar o emagrecimento como “dieta”, com começo, meio e fim, é tratá-lo como uma mudança duradoura na relação com os alimentos – ou seja, a “velha” e boa e saudável reeducação alimentar. A cada dia que passa, eu procuro informar as pessoas ao meu redor, tentativa essa, que geralmente vem a ser falha, pois a alienação causada pela mídia, é tamanha, que pessoas não conseguem enxergar o básico. Buscam sempre o mais fácil, o mais rápido, aquele caminho que te trará o vulgo resultado esperado em uma ou duas semanas, até que chegue o carnaval, sabe as vezes isso cansa. A primeira chave é o treinamento com peso, e antes de eu ir mais longe, eu quero que você esqueça tudo o que você já leu sobre o tema da formação de peso, musculação, e qualquer outra coisa do tipo. As chances são muitas de que você tenha sido alimentado com mais informações equivocadas então isso não é nada bom, vamos começar do zero. A maioria dos "grandes", já começou seu treinamento errado no principio, treinamento errado esse, fruto de informações talvez passadas por pseudo profissionais alienados, que passam técnicas de treinamento equivocadas a principiantes, na grande maioria das vezes. Com isso acabamos desperdiçando um grande e precioso período, onde poderíamos estar aproveitado e retirando o máximo dos nossos corpos. OK, há apenas alguns exercícios-chave que você precisa fazer, não mais que dois ou três dias por semana. Quanto mais melhor, em inúmeras coisas na vida, mas não na musculação para ganhar peso, é completamente o oposto. Se você gastar muito tempo na academia em muitos exercícios tudo o que você vai fazer é o excesso de treino e você pode até mesmo perder peso, especialmente se você tem um metabolismo rápido. Você está afetando seus ganhos por treinar em excesso ? As Categorias de Treinamento com Pesos – Parte 1 Categorias de Treinamento com Pesos – Parte 2 A chave é realmente treinar duro em apenas alguns exercícios principais, e realmente concentrar em ficar mais forte a cada semana, mesmo que seja apenas com um par de kilos. Aqui está um exemplo de alguns exercícios que você deve fazer, dois ou três dias por semana. 1) Agachamento 2) Supino 3) Bent-Over Barbell 4) Desenvolvimento Militar 5) Levantamento Terra Tudo sobre agachamento Levantamento Terra, técnica adequada Estes são os pais de todos os exercícios de peso. Não pense que o agachamento e levantamento terra só vai fazer ganhar pernas grande. Na verdade, se você fazê-las da maneira correta, eles serão responsáveis por 80% do peso que você vai ganhar em seu corpo inteiro. Agora, aqui é um ponto chave que você não pode esquecer: não cometa o erro de acreditar que porque as repetições são relativamente elevadas, significa que você está indo só para estar usando pesos leves. Pense exatamente o contrário, você vai estar treinando com pesos pesados (em relação a seus pontos fortes ou fracos) em alta reps. Soa como um paradoxo eu sei, mas o peso pesado para altas repetições irá trabalhar para estes exercícios, e mais importante, eles vão fazer maravilhas para o seu ganho de peso. Um aspecto de extrema importância, que geralmente é deixado de lado, talvez influenciado pelos "improfissionais" do mercado atual, é o treinamento dos membros inferiores. Treinar os membros inferiores será de extrema importância para o desenvolvimento muscular do corpo todo. O segundo aspecto é a sua dieta. A regra número um para o ganho de peso é a seguinte: você só vai ganhar peso quando você tem consumido mais calorias, que você queimou. Então aqui está o que você deve fazer a seguir: a partir de amanhã, comer o que você come normalmente todos os dias, mas contar quantas calorias você está comendo. Seja qual for o seu número, o seu objetivo é comer em torno de 500 a 1.000 calorias a mais, que a cada dia. Aqui está um pequeno truque para ajudá-lo a fazer isso: todas as manhãs, faça um enorme shake de proteína, o suficiente para caber em um recipiente de galão, e vá consumindo-o ao longo do dia, com ou sem as suas refeições. Va jogando alimentos saudáveis, calorias e proteína, alimentos embalados, até atingir os 500 a 1.000 calorias extras que você precisa. Geralmente procuro fazer minha dieta usando cerca de 70% de alimentos regrados, saudáveis, e os restantes 30% costumo comer por fora, mas sempre mantendo tudo dentro dos meus macros nutrientes necessários diariamente. Aprenda a calcular seus macros: Cálculos de macros Lean Gains [passo-a-passo] O que comer no seu pós Treino: O que comer no pós Tabela de alimentos para montar sua dieta Tabela de Alimentos Tabela do excel para auxiliar a montar dieta Tabela Excel para Dietas Como montar sua dieta Passo a passo: montando sua dieta Importância de se alimentar de 3 em 3 horas Alimentar-se de três em três horas Base da minha dieta Iifym - Se Encaixa Nos Seus Macronutrientes [Com Vídeo Ex... Artigo do Blog para Magrelos (no caso EU) Ganhando massa muscular: guia para magrelos inveterados O último aspecto que você não pode esquecer, se você quiser aprender a ganhar peso quando você tem um metabolismo rápido é limitar suas outras atividades e descansar o máximo possível. Toda vez que você está se movendo você está queimando calorias extras, e você vai querer queimar tão pouco quanto possível fora de seu treinamento de peso. Isso significa que não há exercícios cardiovasculares ou qualquer esporte tão seguidamente. Lembre-se, você está tentando aprender a ganhar peso quando você tem um metabolismo rápido e qualquer atividade fora do seu treinamento com pesos é contra produtivo. Corpo humano é uma incrível máquina biológica, que é submetido a muito stress diariamente. Isso é o que acontece quando treinamos, colocamos nosso corpo e mente cada vez em níveis mais altos de estresse. Portanto, para obter o máximo benefício durante e após os treinos, você precisa obter horas suficientes de sono. Sabemos que geralmente a maioria das pessoas precisa de cerca de 8 horas de sono por dia, mas também sabemos que existe diferenças entre cada organismo. No meu caso, encontrei o seguinte parâmetro, se durmo menos de 5 horas, não me sinto bem e acabo ficando exausto, e o oposto ocorre quando durmo mais de 7 horas. Então sei que devo sempre ficar entre 6 e 7 horas de sono, e essas são suficientes para mim, acho isso importante para todos. O Grande Papel Do Sono Tópicos Importantes para quem busca ganho de Massa: Off Season: Construindo uma fortaleza Artigo Criado por Maurício Costa.
  13. Termogênicos, um dos suplementos alimentares que hoje sem dúvidas é um dos mais utilizados por praticantes de atividades físicas e por não praticantes, indivíduos que fazem seu uso visando um emagrecimento rápido e que quase sempre não é alcançado, não por falta de eficácia do produto, mas sim por seu mau uso. Na maioria das situações se faz uso deste tipo de produto de forma errônea, colocando-o como um suplemento “milagroso”. É notável a quantidade de pessoas que vão em busca desse tipo de produto achando que o senhor da lojinha de suplemento vai falar para ela “Você vai emagrecer em uma semana” e o pior, realmente falam, porém, isso nunca vai acontecer, pelo menos não da forma que vocês acham. Em sua grande maioria, esses produtos são constituídos com a mesma base, são substâncias extraídas de plantas como a cafeína, guaraná, theobroma de cacau, capsaicina que é uma substancia presente na pimenta, as catequinas do chá verde e outras substâncias lipolíticas. O Processo que ocorre é chamado termogênese, que por sua vez é um processo regulado pelo sistema nervoso e quando ocorrem interferências positivas ajudam no controle do processo de emagrecimento, esses tipos de substancias contidas no produto entra em ação no sistema nervoso, mais especificamente o sistema nervoso central, como também diretamente tem ação no músculo, esse potencial de ação faz com que ocorra uma potencialização da capacidade de contração e concentração do indivíduo. Esse tipo de produto também tem a capacidade de acelerar o metabolismo, fazendo com que ocorra um aumento do gasto energético, facilitação da mobilização de gorduras, fazendo com que o organismo use-a como fonte de energia, o que iria gerar um emagrecimento. Mas veja bem, até aqui não vi mal algum em usar esse produto… E é justamente aqui que mora o perigo, como já dito, o uso destes produtos é de forma continua e descontrolada, e essa forma de uso pode e vai gerar uma serie de reações danosas a saúde do indivíduo, como dor de cabeça, insônia, tonturas e etc. “Aah, mas isso é besteira, eu aguento, sou vida loca.” Outro processo que ocorre é a liberação da Adrenalina (Hormônio e neurotransmissor que tem efeito sobre o Sistema Nervoso Simpático) e quando ocorre à liberação dessa adrenalina por algum estimulo, ela vai desencadear o aumento dos batimentos cardíacos, que é resultado de um grande volume de sangue e de um bombeamento mais rápido, porém, o problema realmente vai agravar ainda mais se a pessoa em questão tiver alguma artéria entupida (Individuo com sobrepeso são mais propícios a ter) porque com a artéria obstruída o sangue não vai conseguir circular da forma que ele deve circular, causando a morte das células por falta de oxigênio, ou seja, infarto. Vejamos, existe uma leve diferença a ser colocado em ponto aqui, primeiro, se você já tem predisposição a algum tipo de doença cardíaca, ou até mesmo sensibilidade a alguns dos componentes, tudo isso vai influenciar no nível de atividade dessas substâncias no seu corpo. Entende agora o porquê que você ouve tanto falar em “tomei termogênico e senti meu coração saltar pela boca”? Um outro efeito tão conhecido e tão certo como o sol é o famoso efeito reboot, esse, faz com que seu corpo responda de forma contrária a estimulo gerado antes, ou seja, você perde, você ganha depois, porque? Por quê seu metabolismo quis assim, você estimula ele a trabalhar em determinada “voltagem” por uso de alguma substância, depois você cessa, o que você acha que vai acontecer? Diminuição da taxa metabólica e favorecimento a síntese de gordura. Abraços.
  14. Quem tem o metabolismo acelerado tende a ser mais agitado?
  15. Boa noite pessoas, criei o tópico com o intuito de tentar tirar algumas dúvidas mediante ao meu emagrecimento, com isso vou contar a minha breve história aqui. Minha adolescência foi bem gordinha e difícil cheguei a pesar cerca de 100 e poucos quilos, porém consegui emagrecer 20 quilos com ajuda de ECA e sibutramina (comprava ilegalmente pela internet) fui para os 82 quilos, onde minha vida estava linda e bela só que com o tempo comecei a engordar cada vez mais e entrei na academia no começo do ano passado (fevereiro) com 97 quilos e consegui chegar aos 86 quilos, só que dei uma pausa na academia para me dedicar aos estudos frisando os vestibulares, engordei tudo novamente e esses 15 quilos que me perseguem ... Voltei para academia há uma semana com uma dieta especial que já faço a 1 mês (e não vi nenhum resultado até agora), já tomei oxyelite (na antiga formula) e me dei bem com ele, contudo quero algo forte o suficiente para que possa recomeçar nesse ciclo ai... Qual a melhor indicação? Lipo6 ou EC?
  16. Pessoal, estou fazendo cutting e outro dia acabei dormindo até meio dia e perdi 3 refeicoes. Durante o dia eu tive entao que compensar os macros dessas refeicoes perdidas. Depois fiquei pensando se isso que fiz foi correto ou não...enfim...o metabolismo de quando estamos acordados e quando estamos dormindo é muito diferente? Se possível nao venham com respostas como "sim, quando dormimos gastamos menos claro", gostaria de alguma evidencia cientifica e argumentaçao. Valeeuuu
  17. http://www.youtube.com/watch?v=QHHzie6XRGk Eae hipertrofiados Comecei a assistir os videos logs do Layne Norton e achei este realmente muito interessante e resolvi traduzi-lo... Infelizmente há algumas partes que acabei não entendendo, mesmo assim vou postar... Se algum user quiser corrigir algo é só mandar PM... 00:12 - Hey pessoal, estou de volta aqui com 9º BioLayne Video Log... [Aqui ele conta que viajou bastante nos últimos dias e bla, bla bla]... 00:52 - Hoje vamos falar sobre danos ao metabolismo, ou falência do metabolismo, ou um monte de outros termos que as pessoas falam... Vocês sabem que aposto na ciência... Vocês sabem que eu aposto nas evidencias cientificas, mas eu também sei que há certas coisas que, apenas para evitar... (...) 01:31 - Eu aprendi que há muitas coisas que eu sei que são “verdades” mas que não tem necessariamente algo científico por trás disto... E uma das coisas de que estou falando é definitivamente esse metabolic crashing... É uma das coisas que eu acho ser a maior (...) que as pessoas esquecem em termos de perda de gordura corporal a longo prazo... Especialmente para competidores que querem estar “in shape” todo ano, ou a cada dois anos... Muitos deles... Não estou me referindo aos do tipo “esteroides”, mas especialmente mulheres costumam passar por isso... 02:23 – Em termos fisiológicos, o que seria? Basicamente, eu defino metabolic crashing como o ponto onde o seu metabolismo está tão reprimido que você simplesmente perdeu a capacidade de perder gordura sem ficar faminto... A melhor maneira de descrever isto mais exatamente é dando um exemplo de alguém que provavelmente você conheça, ou talvez isto já aconteceu com você... Usando um exemplo da figura de uma competidor de biquíni, pois é muito comum com eles infelizmente... Eu não sei se a dieta que esses treinadores colocam neles, eu diria que eu sei que... (Aqui ele se perde um pouco no assunto...) Há muitos “Treinadores Populares”, eu uso esse termo com extrema franqueza... Essas pessoas deveriam saber que elas estão no fundo do poço, nutricionalmente falando... Mas há um monte de treinadores lá fora que colocam essas garotas em dietas obsessivamente severas... E o que você vê é que, chega um ponto onde após alguns meses ou mesmo um ano fazendo isto essas pessoas estão em extremamente baixas calorias (800 à 1000kcal) por dia, fazendo 2 à 3 horas de aeróbico por dia e eles não conseguem perder gordura, eles não conseguem perder peso... 04:02 - Se você olhar para a ingestão e o gasto de calorias... Quero dizer, eles sentam e pensam: “Deus, estou fazendo 2 horas de aeróbico e estou queimando 1000 calorias do aeróbico e estou ingerindo 1000 calorias, como não estou perdendo peso?” E é porque o seu metabolismo está tão adaptado à baixa ingestão de calorias e a alta queima de calorias ao ponto de... Eles praticamente não queimam nenhuma caloria fazendo aquele tipo de aeróbico... Eles tem uma (...) muito baixa... Eles têm uma taxa de metabolismo basal extremamente baixa... Eles destruíram completamente a sua capacidade metabólica fazendo aquele tipo de dieta de baixas calorias... Um melhor exemplo de como isto vem a tona, tipicamente o que acontece é, vamos considerar nesse caso uma competidora, e novamente usando como exemplo a figura de uma biquíni... Uma garota que tem um show, digamos que ela tenha um show de primavera... E ela decide (...) Ela tem alguns problemas em ficar magra, mas digamos que ela só tenha que ir à 1200, 1300 kcals para chegar ao nível de competição, e ela progride bem... 05:27 – Mas então depois do show, depois de ter passado aquele tempo todo em dieta, é muito comum, tanto para homens como para mulheres, ganhar 10, 15, 20, 30 pounds em alguns dias, ou poucas semanas depois do show... Então você coloca toda aquela gordura corporal muito rápido, muito rápido... Bem, o problema com isto é que você colocando toda essa gordura corporal novamente tão rápido, seu metabolismo não tem o tempo suficiente para se recuperar daquela dieta... Então você coloca toda aquela gordura corporal sem recuperar a sua taxa metabólica... E realmente há estudos por ai observando longos períodos de restrição calórica e quanto tempo isso leva para se recuperar... E tipicamente, boa parte deles mostra que o quão longo foi o período de dieta será o tempo de recuperação para por o seu metabolismo funcionando normalmente... E eu descrevo isto da minha ultima experiência quando eu competi em 2010, estive em dieta por volta de 35 semanas e isso é em torno de ¾ de um ano para a vida voltar ao normal novamente depois de eu voltar para calorias “normais”... Então, o problema começa com “não faça aquele show” ou “aqueles shows” e então juízes lhe dirão “oh, você realmente deveria participar do show em outono”... 06:50 – E então agora, eles tem voltar a dieta novamente, mas eles não recuperaram a taxa metabólica e eles colocam um monte de gordura neles, toda a gordura de volta, então agora eles têm que ir mais fundo ainda no déficit calórico dessa vez... Provavelmente ainda estão com um shape bom, mas dessa vez terão que ir de forma muito mais agressiva... E então depois daquele show, é o tempo para se encher de pizza... Eles comem um monte, colocam um monte de gordura de volta... E agora, você começa a chegar no ponto que depois de alguns ciclos desse vai e vem... Eles chegarão ao ponto onde muitos deles terão sérios problemas em ficar magro novamente... E pessoas não acreditarão em mim... Eu sei disso por um fato: eu venho visto pessoas... Tenho visto homens e mulheres... Que estão em extremamente baixas calorias... Eu trabalhei com uma garota que seu treinador simplesmente a destruiu... Colocou-a em 600 calorias por dia e fazendo 2,5 horas de aeróbico e não conseguia perder gordura e seu treinador insinuava que ela não estava seguindo o protocolo... (...) 08:08 – Em todo caso, essa pessoa basicamente se destruiu metabolicamente e uma das coisas que quero falar para pessoas: o off-season não é somente para ganhar músculos... Lógico, é onde se ganha músculos, onde se faz melhorias, mas também onde se maximiza a sua capacidade metabólica... Maximizar a sua capacidade de queimar gordura... Deixe-me responder essa pergunta: quem tem a melhor chance de chegar ao palco definido? Alguém que está em 15% de gordura corporal... Digamos que tenha que perder 25, 30 pouds para estar no palco definido... Quem tem mais chance de perder gordura corporal: uma pessoa que mantém seu peso em 250g de carboidratos ao dia ou a pessoa que mantém em 500g de carboidratos por dia?... Intuitivamente, sabemos que é a pessoa que mantém seu peso em 500g de carboidratos, que tem um alto gasto calórico, isto porque quando ela começar a dieta, obviamente que ela pode começar um nível de ingestão acima de calorias, e quando estão perdendo pontos você tem mais “espaços” para se movimentar... Eu tenho pessoas que chegam a mim, que estão em off-season ingerindo 100 a 120g de carboidratos por dia ou ingerindo 1600 kcals... E minha primeira pergunta é: Ok, de onde você espera que eu corte?... Não há mágica aqui... Muitas pessoas pensam “Ah, se eu ingerir esse alimento mágico, existe aquele certo alimento mágico...” Isto é completamente tolice, tire isso da sua cabeça... 09:50 – Você tem que ter capacidade metabólica para queimar gordura, se você está mantendo seu peso em 1400 ou 1200 calorias por dia você não a capacidade metabólica para fazer isto... Você tem que cuidar do seu metabolismo. 10:05 – Então é desse jeito, vagarosamente, que as coisas funcionam... Como você previne isto? Ou, se você tem como concertar isto? Inicialmente, a melhor maneira de prevenir isto é: primeiro, se dê tempo suficiente para efetuar a dieta... Segundo, cuide do seu metabolismo no off-season, focado em adicionar bem devagar as calorias no decorrer do tempo e terceiro, não vá diretamente para dietas restritivas, dê-se tempo suficiente... Se você acha que precisa de 12 semanas, vá de 16 semanas... Se você acha que precisa de 16 semanas, vá de 20 semanas e vá devagar, fazendo pequenos ajustes, não simplesmente pule em uma dieta de baixas calorias, não faça isso, é uma péssima ideia... Eu digo às pessoas e tempo todo: você deve ingerir o máximo de calorias possível enquanto ainda continua queimar gordura em um nível apropriado, e isto será diferente para todos... 11:13 – Mas você nunca deve ir abaixo do requerido para queimar a gordura corpotal que você precisa, e muitas pessoas fazem isto... Eu trabalhei com uma pessoa que tinha realmente um bom metabolismo... Algumas vezes ela teve que ir mesmo abaixo de 120g de carboidratos por dia e pesava cerca de 120 pounds (54,3 kg) o que é uma boa ingestão, realmente com um bom potencial para chegar à competição magra, eu digo bem magra... E ela foi para outro treinador, que dessa fez era “individualizado” que mediatamente a colocou em uma dieta extremamente severa, imediatamente, e durante o curso de cerca de 9 meses... E aquilo meio que derrubou o seu metabolismo, tivemos que recuperar aquilo... Mas ir simplesmente para o show é realmente algo que tem que se ter cuidado... Se não tomar cuidado, irá perder... 12:14 – A outra coisa é não faça uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade. Aeróbico de baixa intensidade tem se mostrado como redutor da taxa metabólica ao longo do tempo. Um bom exemplo disso são pessoas que fazem muito inutilmente... O que as pesquisas têm mostrado é que quando você adiciona aeróbico de baixa intensidade você inicialmente perde uma quantidade boa de peso, por cerca de uma semana... E então você estagna... Então você somente ganha um pequeno “pulo” e então basicamente seu metabolismo está adaptado e você chega ao ponto na qual precisa daquele nível de aeróbico somente para manter o seu peso. Aeróbicos de alta intensidade intervalados é a única forma de aeróbico que não diminui a taxa metabólica... 13:06 – Eu não estou dizendo “Nunca faça aeróbico de baixa intensidade”, o que eu estou dizendo é que você NUNCA deve chegar ao ponto de fazer duas horas de aeróbico por dia, isto é completamente idiotice. Eu diria que 1 hora de aeróbico por dia é completamente um exagero. Cuide do seu metabolismo e faça um adequado aeróbico de alta intensidade intervalado com um aeróbico de baixa intensidade para queimar gordura... 13:29 – Mas se você olhar para... Talvez faça sentido... Pense em um maratonista... Ou alguém que faça uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade... Ele parece alguém que está treinando para uma maratona... Não há nenhuma maneira de eles ingerirem quantidade suficiente... Basicamente as calorias que eles deveriam queimar pelo que eles estão fazendo... Não há como ingerir calorias suficientes para manter o peso deles... Mas eles fazem... Porque isso?... Bem, você é o objetivo número um para a sobrevivência do seu corpo, e seu corpo não irá deixa-lo faminto... Então, se você for para uma ingestão muito baixa de calorias, ou para uma atividade muito alta (aeróbico de baixa intensidade), seu corpo irá reduzir sua taxa metabólica na tentativa de lhe preveni-lo da fome. Então é um tipo um mecanismo de proteção que desenvolvemos, e em qualquer que está passando por um longo período de preparação para uma competição, fazendo um monte de aeróbico de baixa intensidade provavelmente sabe exatamente do que estou falando... Você tem uma pequena perda e então você não perde praticamente mais nada com aquela quantidade de aeróbico. 14:36 – Então, é muito fácil e deixe-me ser franco com você: aeróbico de baixa intensidade é uma estúpida e fácil forma de aeróbico... É fácil sentar lá e olhar para a TV por não importa quanto tempo seja... Não é fácil sair e puxar carros, não é fácil sair a arrastar trenós, não é fácil fazer spints... Mas deixe-me lhe dizer uma coisa: essas coisas funcionam. E só para completar essa parte de aeróbico: há um estudo observando pessoas que fizeram 1 hora de aeróbico de baixa intensidade em 3 milhas/hora ou fazer 6 sprints de 30 segundos... É 1 hora de trabalho comparado com basicamente 3 minutos de trabalho, onde eles descansaram entre os sprints, então tiveram tempo de se recuperar, o que durou cerca de 20 à 30 minutos pois eles quiseram ter certeza de que eles estariam completamente recuperados entre os sprints... Mas 6 sprints de 30 segundos comparado com 1 hora de aeróbico de baixa intensidade à 3 milhas/hora, as pessoas que fizeram os sprints queimaram 2 vezes mais gordura corporal... 15:46 – Eu não quero ouvir sobre “Ah, você queima uma porcentagem maior de gordura corporal fazendo aeróbico de baixa intensidade”... No fim do dia, quando você olha para os números na perda de gordura... A alta intensidade domina... Novamente, eu não estou dizendo “Nunca faça aeróbico de baixa intensidade”, mas se você precisa de um jeito rápido para realmente abaixar seu metabolismo e realmente deprimi-lo é fazendo uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade... E eu não recomendo isto... 16:17 Agora, se você já está com o metabolismo danificado, você tem os sintomas que falei sobre, como você recupera isso? Primeiramente, pare de competir, se estiver competindo... Você precisa de um tempo off... Tentar competir em show na primavera e em show no outono é uma receita para o desastre... A menos que você seja uma das poucas pessoas abençoadas que possuem um metabolismo muito rápido, e cuidando disso você consegue se manter naquele nível para que continue a fazer shows... Mais “power” para você mas isso é uma porcentagem muito, muito pequena de pessoas... Mas se você já está metabolicamente danificado, se você tem os sintomas que eu falei há pouco, se você continuar tentando competir, você continuará a ter problemas em ficar magro o suficiente, e você irá continuará agravando esse problema... Você precisa de um tempo off e devagar e deliberadamente incrementar calorias toda a semana... Pode ser tão pouco quanto 5g de carboidratos em uma semana... O que acontece quando você adiciona calorias deliberadamente bem devagar, a quantidade de calorias que você está adicionando ao longo do tempo não é proporcional ao ganho de peso... Deixe-me explicar isso... Muitas pessoas tentar olhar seu metabolismo como uma simples equação, um simples problema matemático... Ok, se eu quero ganhar 1 pound ou perder 1 pound, eu simplesmente adiciono 500 calorias, ou corto 500 calorias da minha manutenção por dia... Mas todos nós sabemos que não funciona desse jeito, como alguém que têm um metabolismo rápido no off-season adiciona 500 calorias e talvez ganha 1 pound por uma semana ou duas e então estagnam... Eles automaticamente aumentaram sua manutenção em 500 calorias? Não, mas seu corpo se ajustou para aquilo, seu corpo está tentando se ajustar para voltar à homeostase. 18:23 – Então, isto é importante ter em mente, se você continuar incrementando pequenas quantidades de calorias, seu corpo tende a... E eu não tenho uma boa explicação científica para isto, serei completamente honesto, não sabemos como isto funciona no momento, mas eu tenho trabalhado... Eu não diria centenas, mas dezenas de competidores e visto isso... Então, se você continuar a adicionar 5g de carboidratos aqui, 1g de gordura ali, 2g de gordura aqui, 10g de carboidratos aqui... Ao longo do tempo, seu corpo tende a simplesmente meio que “absorver” isso, na falta de uma melhor palavra, e a não ter um “bump” no peso... Talvez você tenha uma pequena periódica flutuação no seu peso que é típico... Quero dizer, é típico seu peso variar entre 1-2% mesmo a cada dia... Então não deixe essas pequenas flutuações perturba-lo... Mas vou pegar um exemplo de uma garota que eu trabalhei, ela é de Northwest e novamente, seu treinador... Fez tudo o que estávamos falando há pouco: a colocou em uma dieta de 800 calorias, 2 horas de aeróbico por dia... Quando eu comecei a trabalhar com ela, eu disse Ok, temos realmente um reparo de metabolismo... Eu fiz as coisas como falei há pouco, e fizemos isso em um período de cerca de um ano e meio... No fim ela estava mantendo seu peso... Ela estava somente um pouquinho acima do peso de competição, como alguns poucos pounds, ela estava mantendo seu peso em 325g de carboidratos e estamos falando de uma garota que pesa cerca de 110 pounds... Ela estava mantendo seu peso em 325g de carboidratos e acima de 2000 kcals... Ela melhorou tanto a sua capacidade metabólica que ficar magra ficou “fácil” para ela... Também tenho alguns poucos clientes agora com quem estou trabalhando que vieram com o mesmo cenário, metabolicamente danificados... Infelizmente agora eles estão em um alto percentual de gordura, não estão nível de competição, então... É mais difícil psicologicamente para eles porque eles continuam se sentindo inconfortáveis com o seu corpo e eu entendo isto, mas eu explico que estamos tentando reparar o metabolismo e coloca-los em um nível saudável, e então teremos a capacidade metabólica para fazer a dieta... Mas tentar fazer dieta com um metabolismo danificado é a pior coisa que você pode fazer... Irá somente resultar em frustração, mais fome, e mais danos ao seu metabolismo... 20:56 – De qualquer maneira, trabalhei com essas garotas e boa parte delas estão entre 20 e 30% de gordura corporal, mas agora estão no mesmo nível calórico que eu estava falando há pouco... Isso mostra o quão danificado estava o metabolismo delas... Agora eu tenho eles ingerindo tanta comida que ao longo do curso de 6 meses ou mesmo 1 ano, elas estão comendo tanta comida que na realidade falam: “estou tão cheia, por favor, não me deem mais comida”, mas agora elas chegaram ao ponto em que recuperaram a sua capacidade metabólica para começar a dieta e começar a queimar gordura... E o que você encontra quando faz isso, quando cuida do seu metabolismo durante o off-season, você tem uma boa transição, não é simplesmente injetado em um show e depois repõe um calhamaço de gordura... Isso realmente faz as coisas muito mais fáceis para continuar avançando. 21:46 – Aquelas dietas nas capas de revistas é a pior coisa que você pode fazer entrando naquilo, e para as pessoas lá fora que passaram por aquilo quero que elas saibam que isso é muito comum, não se sintam como se fossem fracassados, não se sintam como “Oh, meu deus, isso é tão terrível, pois não posso ficar assim...”, olhe, não há ninguém na terra que consegue ficar em tilápias e brócolis 365 dias por ano, e não me importa o que irão dizer... Eu sei que muitos de vocês, top competidores por ai a fora irão dizer “Oh, eu como conoco limpo”, seja lá o que isso significa, (...), mas eu “limpo” a sua volta... Impondo que eles têm que comer peixe, frango e brócolis, quando eu o vejo se “gordiando” em pizza, se “gordiando” em burritos (comida mexicana), ou o que seja com a desculpa de “Oh, é meu dia do lixo” (...), e aquilo nunca será saudável. 22:47 – Você tem que: cuidar do seu metabolismo, você precisa trabalhar isto de tal maneira que se torne um estilo de vida para conseguir cumpri-lo. Você não deveria se sentir culpado em comer uma fatia de pizza, ou comer um bolo com cobertura de sorvete SE você encaixar isso em seus macro nutrientes... Isso é aceitável... (...) do que somente “Ok, você irá comer frango e brócolis e teremos uma refeição lixo”, o que vejo com essas pessoas é que elas perdem um pouco de peso durante a semana e no final de semana quando elas tem a refeição lixo... Elas ganham novamente o que perderam, e continuam perdendo tempo... Agora, todo mundo conhece alguém que tem um metabolismo muito rápido e consegue tolerar aquelas refeições lixo, mas eu não acho ser uma maneira saudável (...) 22:47 - E eu tenho visto isso como um diminuidor de metabolismo ao longo de tempo, então novamente, se eu tiver que voltar com um vídeo log de verão, a coisa mais importante é: dê-se tempo suficiente para fazer dieta, cuide do seu metabolismo no off-season, sempre tentando colocar mais calorias devagar, e controladamente... Isso não significa sair daqui e adicionar 200g na sua dieta amanha... Eu digo adicionar 200g de carboidratos ao longo de talvez 1 ano e meio, 2 anos... Bem devagar... Mas em contrapartida isso irá fazer seu metabolismo tão melhor e você terá melhorado tanto a sua capacidade metabólica para perder gordura do que se você fizesse as tradicionais super baixas calorias, e então chegar objetivo, no show, ou seja lá o que for, colocar toda a gordura novamente e então tentar perde-la novamente... Isso é tão crítico: cuidem do seu metabolismo no off-season e cuide também quando você começar a dieta... Quando estiver perdendo pontos não se sinta automaticamente como “oh, não estou perdendo peso, tenho que cortar 500 calorias para continuar a perder peso novamente...” não, absolutamente não... Na maioria das vezes corte apenas 5 ou 10% das suas calorias, irá faze-lo voltar a perder novamente, ou adicionar um pouco mais de aeróbico de baixa intensidade ou até talvez um pouco de aeróbico de baixa intensidade, mas nunca, nunca deve se colocar em uma posição em que esteja consumindo menos que 1000 calorias fazendo horas de aeróbicos e não conseguir perder gordura... Isso não é normal... Não é certo... E se alguém estiver promovendo isso para você... Você precisa correr para outra direção o mais rápido que conseguir... E isto é praticamente tudo que eu tenho para este Video Log, espero que tenha sido útil para algumas pessoas... Eu acho essa é um dos tópicos mais frustrantes principalmente para competidores, especialmente quando eles se encontram nesse estado, porque eles realmente se sentem desamparados, se sentem como... Eles estão trabalhando muito duro e não estão chegando a lugar nenhum... Então espero que esse Video Log tenha sido útil para vocês, realmente espero que sim, se tiverem alguma questão me mandem um e-mail e espero ver vocês no futuro, e espero que tenham uma ótima temporada de férias... Obrigado!!! Traduzido por J4CK Se gostou da um like ali
  18. http://www.youtube.com/watch?v=QHHzie6XRGk Eae hipertrofiados Comecei a assistir os videos logs do Layne Norton e achei este realmente muito interessante e resolvi traduzi-lo... Infelizmente há algumas partes que acabei não entendendo, mesmo assim vou postar... Se algum user quiser corrigir algo é só mandar PM... 00:12 - Hey pessoal, estou de volta aqui com 9º BioLayne Video Log... [Aqui ele conta que viajou bastante nos últimos dias e bla, bla bla]... 00:52 - Hoje vamos falar sobre danos ao metabolismo, ou falência do metabolismo, ou um monte de outros termos que as pessoas falam... Vocês sabem que aposto na ciência... Vocês sabem que eu aposto nas evidencias cientificas, mas eu também sei que há certas coisas que, apenas para evitar... (...) 01:31 - Eu aprendi que há muitas coisas que eu sei que são “verdades” mas que não tem necessariamente algo científico por trás disto... E uma das coisas de que estou falando é definitivamente esse metabolic crashing... É uma das coisas que eu acho ser a maior (...) que as pessoas esquecem em termos de perda de gordura corporal a longo prazo... Especialmente para competidores que querem estar “in shape” todo ano, ou a cada dois anos... Muitos deles... Não estou me referindo aos do tipo “esteroides”, mas especialmente mulheres costumam passar por isso... 02:23 – Em termos fisiológicos, o que seria? Basicamente, eu defino metabolic crashing como o ponto onde o seu metabolismo está tão reprimido que você simplesmente perdeu a capacidade de perder gordura sem ficar faminto... A melhor maneira de descrever isto mais exatamente é dando um exemplo de alguém que provavelmente você conheça, ou talvez isto já aconteceu com você... Usando um exemplo da figura de uma competidor de biquíni, pois é muito comum com eles infelizmente... Eu não sei se a dieta que esses treinadores colocam neles, eu diria que eu sei que... (Aqui ele se perde um pouco no assunto...) Há muitos “Treinadores Populares”, eu uso esse termo com extrema franqueza... Essas pessoas deveriam saber que elas estão no fundo do poço, nutricionalmente falando... Mas há um monte de treinadores lá fora que colocam essas garotas em dietas obsessivamente severas... E o que você vê é que, chega um ponto onde após alguns meses ou mesmo um ano fazendo isto essas pessoas estão em extremamente baixas calorias (800 à 1000kcal) por dia, fazendo 2 à 3 horas de aeróbico por dia e eles não conseguem perder gordura, eles não conseguem perder peso... 04:02 - Se você olhar para a ingestão e o gasto de calorias... Quero dizer, eles sentam e pensam: “Deus, estou fazendo 2 horas de aeróbico e estou queimando 1000 calorias do aeróbico e estou ingerindo 1000 calorias, como não estou perdendo peso?” E é porque o seu metabolismo está tão adaptado à baixa ingestão de calorias e a alta queima de calorias ao ponto de... Eles praticamente não queimam nenhuma caloria fazendo aquele tipo de aeróbico... Eles tem uma (...) muito baixa... Eles têm uma taxa de metabolismo basal extremamente baixa... Eles destruíram completamente a sua capacidade metabólica fazendo aquele tipo de dieta de baixas calorias... Um melhor exemplo de como isto vem a tona, tipicamente o que acontece é, vamos considerar nesse caso uma competidora, e novamente usando como exemplo a figura de uma biquíni... Uma garota que tem um show, digamos que ela tenha um show de primavera... E ela decide (...) Ela tem alguns problemas em ficar magra, mas digamos que ela só tenha que ir à 1200, 1300 kcals para chegar ao nível de competição, e ela progride bem... 05:27 – Mas então depois do show, depois de ter passado aquele tempo todo em dieta, é muito comum, tanto para homens como para mulheres, ganhar 10, 15, 20, 30 pounds em alguns dias, ou poucas semanas depois do show... Então você coloca toda aquela gordura corporal muito rápido, muito rápido... Bem, o problema com isto é que você colocando toda essa gordura corporal novamente tão rápido, seu metabolismo não tem o tempo suficiente para se recuperar daquela dieta... Então você coloca toda aquela gordura corporal sem recuperar a sua taxa metabólica... E realmente há estudos por ai observando longos períodos de restrição calórica e quanto tempo isso leva para se recuperar... E tipicamente, boa parte deles mostra que o quão longo foi o período de dieta será o tempo de recuperação para por o seu metabolismo funcionando normalmente... E eu descrevo isto da minha ultima experiência quando eu competi em 2010, estive em dieta por volta de 35 semanas e isso é em torno de ¾ de um ano para a vida voltar ao normal novamente depois de eu voltar para calorias “normais”... Então, o problema começa com “não faça aquele show” ou “aqueles shows” e então juízes lhe dirão “oh, você realmente deveria participar do show em outono”... 06:50 – E então agora, eles tem voltar a dieta novamente, mas eles não recuperaram a taxa metabólica e eles colocam um monte de gordura neles, toda a gordura de volta, então agora eles têm que ir mais fundo ainda no déficit calórico dessa vez... Provavelmente ainda estão com um shape bom, mas dessa vez terão que ir de forma muito mais agressiva... E então depois daquele show, é o tempo para se encher de pizza... Eles comem um monte, colocam um monte de gordura de volta... E agora, você começa a chegar no ponto que depois de alguns ciclos desse vai e vem... Eles chegarão ao ponto onde muitos deles terão sérios problemas em ficar magro novamente... E pessoas não acreditarão em mim... Eu sei disso por um fato: eu venho visto pessoas... Tenho visto homens e mulheres... Que estão em extremamente baixas calorias... Eu trabalhei com uma garota que seu treinador simplesmente a destruiu... Colocou-a em 600 calorias por dia e fazendo 2,5 horas de aeróbico e não conseguia perder gordura e seu treinador insinuava que ela não estava seguindo o protocolo... (...) 08:08 – Em todo caso, essa pessoa basicamente se destruiu metabolicamente e uma das coisas que quero falar para pessoas: o off-season não é somente para ganhar músculos... Lógico, é onde se ganha músculos, onde se faz melhorias, mas também onde se maximiza a sua capacidade metabólica... Maximizar a sua capacidade de queimar gordura... Deixe-me responder essa pergunta: quem tem a melhor chance de chegar ao palco definido? Alguém que está em 15% de gordura corporal... Digamos que tenha que perder 25, 30 pouds para estar no palco definido... Quem tem mais chance de perder gordura corporal: uma pessoa que mantém seu peso em 250g de carboidratos ao dia ou a pessoa que mantém em 500g de carboidratos por dia?... Intuitivamente, sabemos que é a pessoa que mantém seu peso em 500g de carboidratos, que tem um alto gasto calórico, isto porque quando ela começar a dieta, obviamente que ela pode começar um nível de ingestão acima de calorias, e quando estão perdendo pontos você tem mais “espaços” para se movimentar... Eu tenho pessoas que chegam a mim, que estão em off-season ingerindo 100 a 120g de carboidratos por dia ou ingerindo 1600 kcals... E minha primeira pergunta é: Ok, de onde você espera que eu corte?... Não há mágica aqui... Muitas pessoas pensam “Ah, se eu ingerir esse alimento mágico, existe aquele certo alimento mágico...” Isto é completamente tolice, tire isso da sua cabeça... 09:50 – Você tem que ter capacidade metabólica para queimar gordura, se você está mantendo seu peso em 1400 ou 1200 calorias por dia você não a capacidade metabólica para fazer isto... Você tem que cuidar do seu metabolismo. 10:05 – Então é desse jeito, vagarosamente, que as coisas funcionam... Como você previne isto? Ou, se você tem como concertar isto? Inicialmente, a melhor maneira de prevenir isto é: primeiro, se dê tempo suficiente para efetuar a dieta... Segundo, cuide do seu metabolismo no off-season, focado em adicionar bem devagar as calorias no decorrer do tempo e terceiro, não vá diretamente para dietas restritivas, dê-se tempo suficiente... Se você acha que precisa de 12 semanas, vá de 16 semanas... Se você acha que precisa de 16 semanas, vá de 20 semanas e vá devagar, fazendo pequenos ajustes, não simplesmente pule em uma dieta de baixas calorias, não faça isso, é uma péssima ideia... Eu digo às pessoas e tempo todo: você deve ingerir o máximo de calorias possível enquanto ainda continua queimar gordura em um nível apropriado, e isto será diferente para todos... 11:13 – Mas você nunca deve ir abaixo do requerido para queimar a gordura corpotal que você precisa, e muitas pessoas fazem isto... Eu trabalhei com uma pessoa que tinha realmente um bom metabolismo... Algumas vezes ela teve que ir mesmo abaixo de 120g de carboidratos por dia e pesava cerca de 120 pounds (54,3 kg) o que é uma boa ingestão, realmente com um bom potencial para chegar à competição magra, eu digo bem magra... E ela foi para outro treinador, que dessa fez era “individualizado” que mediatamente a colocou em uma dieta extremamente severa, imediatamente, e durante o curso de cerca de 9 meses... E aquilo meio que derrubou o seu metabolismo, tivemos que recuperar aquilo... Mas ir simplesmente para o show é realmente algo que tem que se ter cuidado... Se não tomar cuidado, irá perder... 12:14 – A outra coisa é não faça uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade. Aeróbico de baixa intensidade tem se mostrado como redutor da taxa metabólica ao longo do tempo. Um bom exemplo disso são pessoas que fazem muito inutilmente... O que as pesquisas têm mostrado é que quando você adiciona aeróbico de baixa intensidade você inicialmente perde uma quantidade boa de peso, por cerca de uma semana... E então você estagna... Então você somente ganha um pequeno “pulo” e então basicamente seu metabolismo está adaptado e você chega ao ponto na qual precisa daquele nível de aeróbico somente para manter o seu peso. Aeróbicos de alta intensidade intervalados é a única forma de aeróbico que não diminui a taxa metabólica... 13:06 – Eu não estou dizendo “Nunca faça aeróbico de baixa intensidade”, o que eu estou dizendo é que você NUNCA deve chegar ao ponto de fazer duas horas de aeróbico por dia, isto é completamente idiotice. Eu diria que 1 hora de aeróbico por dia é completamente um exagero. Cuide do seu metabolismo e faça um adequado aeróbico de alta intensidade intervalado com um aeróbico de baixa intensidade para queimar gordura... 13:29 – Mas se você olhar para... Talvez faça sentido... Pense em um maratonista... Ou alguém que faça uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade... Ele parece alguém que está treinando para uma maratona... Não há nenhuma maneira de eles ingerirem quantidade suficiente... Basicamente as calorias que eles deveriam queimar pelo que eles estão fazendo... Não há como ingerir calorias suficientes para manter o peso deles... Mas eles fazem... Porque isso?... Bem, você é o objetivo número um para a sobrevivência do seu corpo, e seu corpo não irá deixa-lo faminto... Então, se você for para uma ingestão muito baixa de calorias, ou para uma atividade muito alta (aeróbico de baixa intensidade), seu corpo irá reduzir sua taxa metabólica na tentativa de lhe preveni-lo da fome. Então é um tipo um mecanismo de proteção que desenvolvemos, e em qualquer que está passando por um longo período de preparação para uma competição, fazendo um monte de aeróbico de baixa intensidade provavelmente sabe exatamente do que estou falando... Você tem uma pequena perda e então você não perde praticamente mais nada com aquela quantidade de aeróbico. 14:36 – Então, é muito fácil e deixe-me ser franco com você: aeróbico de baixa intensidade é uma estúpida e fácil forma de aeróbico... É fácil sentar lá e olhar para a TV por não importa quanto tempo seja... Não é fácil sair e puxar carros, não é fácil sair a arrastar trenós, não é fácil fazer spints... Mas deixe-me lhe dizer uma coisa: essas coisas funcionam. E só para completar essa parte de aeróbico: há um estudo observando pessoas que fizeram 1 hora de aeróbico de baixa intensidade em 3 milhas/hora ou fazer 6 sprints de 30 segundos... É 1 hora de trabalho comparado com basicamente 3 minutos de trabalho, onde eles descansaram entre os sprints, então tiveram tempo de se recuperar, o que durou cerca de 20 à 30 minutos pois eles quiseram ter certeza de que eles estariam completamente recuperados entre os sprints... Mas 6 sprints de 30 segundos comparado com 1 hora de aeróbico de baixa intensidade à 3 milhas/hora, as pessoas que fizeram os sprints queimaram 2 vezes mais gordura corporal... 15:46 – Eu não quero ouvir sobre “Ah, você queima uma porcentagem maior de gordura corporal fazendo aeróbico de baixa intensidade”... No fim do dia, quando você olha para os números na perda de gordura... A alta intensidade domina... Novamente, eu não estou dizendo “Nunca faça aeróbico de baixa intensidade”, mas se você precisa de um jeito rápido para realmente abaixar seu metabolismo e realmente deprimi-lo é fazendo uma tonelada de aeróbico de baixa intensidade... E eu não recomendo isto... 16:17 Agora, se você já está com o metabolismo danificado, você tem os sintomas que falei sobre, como você recupera isso? Primeiramente, pare de competir, se estiver competindo... Você precisa de um tempo off... Tentar competir em show na primavera e em show no outono é uma receita para o desastre... A menos que você seja uma das poucas pessoas abençoadas que possuem um metabolismo muito rápido, e cuidando disso você consegue se manter naquele nível para que continue a fazer shows... Mais “power” para você mas isso é uma porcentagem muito, muito pequena de pessoas... Mas se você já está metabolicamente danificado, se você tem os sintomas que eu falei há pouco, se você continuar tentando competir, você continuará a ter problemas em ficar magro o suficiente, e você irá continuará agravando esse problema... Você precisa de um tempo off e devagar e deliberadamente incrementar calorias toda a semana... Pode ser tão pouco quanto 5g de carboidratos em uma semana... O que acontece quando você adiciona calorias deliberadamente bem devagar, a quantidade de calorias que você está adicionando ao longo do tempo não é proporcional ao ganho de peso... Deixe-me explicar isso... Muitas pessoas tentar olhar seu metabolismo como uma simples equação, um simples problema matemático... Ok, se eu quero ganhar 1 pound ou perder 1 pound, eu simplesmente adiciono 500 calorias, ou corto 500 calorias da minha manutenção por dia... Mas todos nós sabemos que não funciona desse jeito, como alguém que têm um metabolismo rápido no off-season adiciona 500 calorias e talvez ganha 1 pound por uma semana ou duas e então estagnam... Eles automaticamente aumentaram sua manutenção em 500 calorias? Não, mas seu corpo se ajustou para aquilo, seu corpo está tentando se ajustar para voltar à homeostase. 18:23 – Então, isto é importante ter em mente, se você continuar incrementando pequenas quantidades de calorias, seu corpo tende a... E eu não tenho uma boa explicação científica para isto, serei completamente honesto, não sabemos como isto funciona no momento, mas eu tenho trabalhado... Eu não diria centenas, mas dezenas de competidores e visto isso... Então, se você continuar a adicionar 5g de carboidratos aqui, 1g de gordura ali, 2g de gordura aqui, 10g de carboidratos aqui... Ao longo do tempo, seu corpo tende a simplesmente meio que “absorver” isso, na falta de uma melhor palavra, e a não ter um “bump” no peso... Talvez você tenha uma pequena periódica flutuação no seu peso que é típico... Quero dizer, é típico seu peso variar entre 1-2% mesmo a cada dia... Então não deixe essas pequenas flutuações perturba-lo... Mas vou pegar um exemplo de uma garota que eu trabalhei, ela é de Northwest e novamente, seu treinador... Fez tudo o que estávamos falando há pouco: a colocou em uma dieta de 800 calorias, 2 horas de aeróbico por dia... Quando eu comecei a trabalhar com ela, eu disse Ok, temos realmente um reparo de metabolismo... Eu fiz as coisas como falei há pouco, e fizemos isso em um período de cerca de um ano e meio... No fim ela estava mantendo seu peso... Ela estava somente um pouquinho acima do peso de competição, como alguns poucos pounds, ela estava mantendo seu peso em 325g de carboidratos e estamos falando de uma garota que pesa cerca de 110 pounds... Ela estava mantendo seu peso em 325g de carboidratos e acima de 2000 kcals... Ela melhorou tanto a sua capacidade metabólica que ficar magra ficou “fácil” para ela... Também tenho alguns poucos clientes agora com quem estou trabalhando que vieram com o mesmo cenário, metabolicamente danificados... Infelizmente agora eles estão em um alto percentual de gordura, não estão nível de competição, então... É mais difícil psicologicamente para eles porque eles continuam se sentindo inconfortáveis com o seu corpo e eu entendo isto, mas eu explico que estamos tentando reparar o metabolismo e coloca-los em um nível saudável, e então teremos a capacidade metabólica para fazer a dieta... Mas tentar fazer dieta com um metabolismo danificado é a pior coisa que você pode fazer... Irá somente resultar em frustração, mais fome, e mais danos ao seu metabolismo... 20:56 – De qualquer maneira, trabalhei com essas garotas e boa parte delas estão entre 20 e 30% de gordura corporal, mas agora estão no mesmo nível calórico que eu estava falando há pouco... Isso mostra o quão danificado estava o metabolismo delas... Agora eu tenho eles ingerindo tanta comida que ao longo do curso de 6 meses ou mesmo 1 ano, elas estão comendo tanta comida que na realidade falam: “estou tão cheia, por favor, não me deem mais comida”, mas agora elas chegaram ao ponto em que recuperaram a sua capacidade metabólica para começar a dieta e começar a queimar gordura... E o que você encontra quando faz isso, quando cuida do seu metabolismo durante o off-season, você tem uma boa transição, não é simplesmente injetado em um show e depois repõe um calhamaço de gordura... Isso realmente faz as coisas muito mais fáceis para continuar avançando. 21:46 – Aquelas dietas nas capas de revistas é a pior coisa que você pode fazer entrando naquilo, e para as pessoas lá fora que passaram por aquilo quero que elas saibam que isso é muito comum, não se sintam como se fossem fracassados, não se sintam como “Oh, meu deus, isso é tão terrível, pois não posso ficar assim...”, olhe, não há ninguém na terra que consegue ficar em tilápias e brócolis 365 dias por ano, e não me importa o que irão dizer... Eu sei que muitos de vocês, top competidores por ai a fora irão dizer “Oh, eu como conoco limpo”, seja lá o que isso significa, (...), mas eu “limpo” a sua volta... Impondo que eles têm que comer peixe, frango e brócolis, quando eu o vejo se “gordiando” em pizza, se “gordiando” em burritos (comida mexicana), ou o que seja com a desculpa de “Oh, é meu dia do lixo” (...), e aquilo nunca será saudável. 22:47 – Você tem que: cuidar do seu metabolismo, você precisa trabalhar isto de tal maneira que se torne um estilo de vida para conseguir cumpri-lo. Você não deveria se sentir culpado em comer uma fatia de pizza, ou comer um bolo com cobertura de sorvete SE você encaixar isso em seus macro nutrientes... Isso é aceitável... (...) do que somente “Ok, você irá comer frango e brócolis e teremos uma refeição lixo”, o que vejo com essas pessoas é que elas perdem um pouco de peso durante a semana e no final de semana quando elas tem a refeição lixo... Elas ganham novamente o que perderam, e continuam perdendo tempo... Agora, todo mundo conhece alguém que tem um metabolismo muito rápido e consegue tolerar aquelas refeições lixo, mas eu não acho ser uma maneira saudável (...) 22:47 - E eu tenho visto isso como um diminuidor de metabolismo ao longo de tempo, então novamente, se eu tiver que voltar com um vídeo log de verão, a coisa mais importante é: dê-se tempo suficiente para fazer dieta, cuide do seu metabolismo no off-season, sempre tentando colocar mais calorias devagar, e controladamente... Isso não significa sair daqui e adicionar 200g na sua dieta amanha... Eu digo adicionar 200g de carboidratos ao longo de talvez 1 ano e meio, 2 anos... Bem devagar... Mas em contrapartida isso irá fazer seu metabolismo tão melhor e você terá melhorado tanto a sua capacidade metabólica para perder gordura do que se você fizesse as tradicionais super baixas calorias, e então chegar objetivo, no show, ou seja lá o que for, colocar toda a gordura novamente e então tentar perde-la novamente... Isso é tão crítico: cuidem do seu metabolismo no off-season e cuide também quando você começar a dieta... Quando estiver perdendo pontos não se sinta automaticamente como “oh, não estou perdendo peso, tenho que cortar 500 calorias para continuar a perder peso novamente...” não, absolutamente não... Na maioria das vezes corte apenas 5 ou 10% das suas calorias, irá faze-lo voltar a perder novamente, ou adicionar um pouco mais de aeróbico de baixa intensidade ou até talvez um pouco de aeróbico de baixa intensidade, mas nunca, nunca deve se colocar em uma posição em que esteja consumindo menos que 1000 calorias fazendo horas de aeróbicos e não conseguir perder gordura... Isso não é normal... Não é certo... E se alguém estiver promovendo isso para você... Você precisa correr para outra direção o mais rápido que conseguir... E isto é praticamente tudo que eu tenho para este Video Log, espero que tenha sido útil para algumas pessoas... Eu acho essa é um dos tópicos mais frustrantes principalmente para competidores, especialmente quando eles se encontram nesse estado, porque eles realmente se sentem desamparados, se sentem como... Eles estão trabalhando muito duro e não estão chegando a lugar nenhum... Então espero que esse Video Log tenha sido útil para vocês, realmente espero que sim, se tiverem alguma questão me mandem um e-mail e espero ver vocês no futuro, e espero que tenham uma ótima temporada de férias... Obrigado!!! Traduzido por J4CK
  19. Não! Esse artigo não lhe dá dicas de dietas malucas para perder peso em duas horas. Trata-se de maneiras simples e eficazes de deixar sua vida mais saudável e potencializar o metabolismo de seu corpo. Se isso levar ao emagrecimento, que assim seja. Por exemplo, você pode perder peso mais rápido, melhorando o processo de queima de gordura do seu corpo. Mesmo antes de você começar a se exercitar, você pode usar muitos truques para eliminar a gordura visceral – aquela que se instala nas vísceras, entre os órgãos vitais – e começar a perder peso rapidamente. 1- Não fique com fome Depois de todos esses anos, você agora descobrirá a verdade: o segredo para uma dieta bem sucedida não é comer menos, mas sim comer mais – mais alimentos com alta densidade nutricional – para mantê-lo satisfeito durante o dia todo. Isso é importante porque a restrição de comida mata o seu metabolismo. Ela faz com que seu corpo pense: “Ei, estou morrendo de fome aqui!” – o que provoca a redução de sua taxa metabólica, a fim de reter as reservas de energia existentes. O que é pior, se a escassez de alimentos (ou seja, sua dieta extrema) continuar, você vai começar a queimar tecido muscular ao invés da gordura visceral. Seu metabolismo cai ainda mais, e a gordura passa a reivindicar um território ainda maior. 2- Durma mais cedo Um estudo realizado na Finlândia observou pares de gêmeos idênticos e descobriu que os gêmeos que dormiam menos apresentavam maior nível de estresse e tinham mais gordura visceral. Ou seja, nada de mergulhar madrugada adentro tuitando e cuidando de sua plantação de tomates no facebook. Assim que chegar ao fim do item 15, boa noite! 3- Coma mais proteínas Seu corpo precisa de proteínas para manter a massa muscular magra. No estudo realizado em 2006, chamado “O papel subestimado do músculo na saúde e na doença”, publicado na Revista Americana de Nutrição Clínica, os pesquisadores argumentaram que a presente dose diária recomendada de proteína – 0,36 gramas por quilo de peso corporal – foi criada utilizando dados obsoletos e é totalmente inadequada. Os cientistas recomendam uma quantidade entre 0,8 e 1 grama por quilo de peso corporal. Adicione 85 gramas de carne magra, duas colheres de sopa de nozes ou 225 gramas de iogurte de pouca gordura a cada refeição ou lanche. 4- Coma alimentos orgânicos Pesquisadores canadenses relataram que pessoas que estão de dieta e apresentam alto nível de organoclorados (pesticidas poluentes, que são armazenados em células de gordura) experienciam uma queda maior do que o normal no metabolismo, talvez porque as toxinas interfiram no processo de queima de energia. Em outras palavras, pesticidas tornam mais difícil a tarefa de perder alguns quilos. Outras pesquisas sugerem que os pesticidas podem ainda mesmo provocar ganho de peso. É claro que nem sempre é fácil de encontrar – ou de ter dinheiro para pagar – todos os tipos diferentes de produtos orgânicos. Então, você precisa saber quando ser orgânico faz bastante diferença – e quando não é assim tão importante. Cebola, abacate, toranja? Não é necessário. Opte pelos orgânicos na compra de aipo, pêssego, morango, maçã, nectarina, pimentão, verduras, espinafre, couve, cereja, batata… ufa!. Uma regra simples: se você pode comer a casca, escolha o orgânico. 5- Levante-se A diferença entre ficar sentado ou em pé no local de trabalho pode desempenhar um papel importante na sua saúde. Em um estudo, pesquisadores descobriram que a inatividade (4 horas ou mais sentado) acarreta quase a parada de uma enzima que controla o metabolismo da gordura e do colesterol. Para manter essa enzima ativa e aumentar a queima de gordura, levante-se da cadeira de tempos em tempos. Vale qualquer coisa, ir até a mesinha do café, dar um pulo no banheiro ou mesmo ficar de pé enquanto fala ao telefone. 6- Beba água gelada Pesquisadores alemães descobriram que beber seis copos de água fria por dia (cerca de 1,4 litros) pode aumentar o metabolismo de repouso em cerca de 50 calorias diárias, o suficiente para perder 5 quilos em um ano. O aumento pode vir do trabalho que o organismo tem para aquecer a água à temperatura do corpo. Embora o excesso de calorias que você queima ao beber um único copo não faz muita diferença, tornando-se um hábito, você pode perder algum quilinhos com praticamente zero de esforço adicional. 7- Coma pimenta Descobriu-se que a capsaicina, o composto que dá à pimenta malagueta sua característica picante, também pode aquecer o seu metabolismo. Comer cerca de uma colher de sopa de pimenta vermelha ou verde aumenta a produção de calor do seu corpo, assim como a atividade do sistema nervoso simpático (responsável pelo nossa resposta de luta ou fuga). O resultado: um aumento do metabolismo temporário de cerca de 23%. Abasteça-se de pimenta para acrescentar às refeições, e mantenha um pote de pimenta vermelha em pó na mão para pizzas, massas e frituras. 8- Toma café da manhã Tomar café da manhã dá um salto inicial no metabolismo e mantém a energia alta o dia todo. Não é por acaso que aqueles que pulam essa refeição têm 4,5 vezes mais chances de serem obesos. E quanto mais abundante for sua primeira refeição, melhor. Em um estudo publicado pela Revista Americana de Epidemologia, os voluntários que consumiram de 22% a 55% de seu total de calorias diárias no café da manhã engordaram apenas 770 gramas, em média, durante 4 anos. Aqueles que comeram de 0% a 11%, ganharam mais de 1,3 quilos – quase o dobro. 9- Beba chá ou café A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central: sua ingestão pode acelerar seu metabolismo em cerca de 5% a 8%, o que equivale a 98 ou 174 calorias por dia. Uma xícara de chá fervido pode aumentar seu metabolismo em até 12%, de acordo com um estudo japonês. Os cientistas acreditam que as catequinas – fitonutriente da família dos polifenois – do chá antioxidante fornecem o impulso. 10- Ataque as fibras Fibra pode acelerar a queima de gordura em até 30%. Estudos constataram que quem come mais fibras ganha menos peso ao longo do tempo. Tenha como meta comer 25 gramas de fibras por dia, em cerca de três porções de frutas e legumes. 11- Alimentos ricos em ferro O ferro é essencial para a carregar o oxigênio de que seus músculos precisam para queimar gordura. A menos que você reabasteça continuamente seu estoque, você corre o risco de sofrer com baixa energia e um metabolismo lento. Mariscos, carnes magras, feijões e espinafre são fontes excelentes de ferro. 12- Mais vitamina D A vitamina D é essencial para a preservação do tecido muscular. Infelizmente, pesquisadores estimam que apenas 20% dos estadunidenses ingerem quantidade suficiente da vitamina em sua dieta. Adquira 90% do seu valor diário recomendado comendo 100 gramas de salmão. Outras boas fontes: atum, leite, cereais e ovos. 13- Toma leite Há evidências de que a deficiência de cálcio pode reduzir o metabolismo. Pesquisas mostram que o consumo de cálcio em alimentos lácteos, como leite desnatado e iogurte de baixo teor de gordura, também podem reduzir a absorção de gordura dos outros alimentos 14- Coma melancia O aminoácido arginina, abundante na melancia, pode promover a perda de peso. Pesquisadores completaram a dieta de camundongos obesos com arginina durante três meses e constataram que isso reduziu os ganhos de gordura corporal em incríveis 64%. A adição deste aminoácido na dieta aumentou a oxidação de gordura e de glicose e aumentou a massa muscular magra, o que queima mais calorias do que a gordura. Resumo da ópera: coma melancia e outras fontes de arginina, como mariscos, nozes e sementes durante todo o ano. 15- Mantenha hidratado Todas as reações químicas do seu corpo, incluindo o seu metabolismo, dependem da água. Se você está desidratado, você pode estar queimando até 2% a menos de calorias. Cientistas acompanharam a taxa metabólica de dez adultos que bebiam quantidades variadas de água por dia. No estudo, aqueles que bebiam oito ou doze copos d’água por dia apresentaram maior taxa metabólica do que aqueles que bebiam quatro. FONTE: http://www.nbcnews.com/id/41721690/ns/health-diet_and_nutrition/
  20. Olá , pessoal , sou novo no fórum , nem sei se estou postando na área certa (dêem um desconto haha) então meu metabolismo é aceleradíssimo , tenho difíceis ganhos de massa , como bastante de 3 em 3 hrs , podem me dar algumas dicas ? e posso fazer uso de algum anabolizante ? obs : 18 anos altura : 1,75cm braço : 35cm :/
  21. Boa noite pessoal, pesquisando em vários sites e lendo algumas apostilas sobre fisiculturismo, nutrição, etc. não consegui achar nada relacionado.. tenho de altura 1,75m. peso 59kg. e estou seguindo uma dieta para bulk. eis a questão: tenho muita dificuldade de ganhar peso (tanto massa magra como gordura), foquei então em manter auto o número de carbos, e baixo número de prot (apenas o essencial 2g por kg) e comendo muito. e o número de vezes que vou ao banheiro aumentou também, sei que é normal e proporcional, porém, a proporcionalidade é quase a mesma (ex. como 1kg de comida, e excreto 950g) .. percebo que meu peso não está aumentando.. e creio que isso se deva a essa "má absorção dos nutrientes" ou problemas com o metabolismo rápido ! a única hora do dia em que me exercito é à noite, quando vou à academia (7:30 à 8:45). esse "sedentarismo" durante o dia poderia gerar um acúmulo de carbos. e estes são excretados devido a sua inutilização no organismo? Obs.: a dieta está bem dividida, "equilibrada", o treino "ideal", creio que esse seja o único impecilho mesmo. alguém já passou por isso? sabe algum remédio que ajude.. ou dicas que possam melhorar essa absorção ? ou "alterar" o metabolismo ?
×
×
  • Criar Novo...