Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Líderes

Conteúdo Popular

Exibindo conteúdo com a maior reputação em 09/08/14 em todas áreas

  1. (2) Transe muito e depois faça o ciclo
    4 pontos
  2. Não sei se vocês acompanham as postagens do Paulo Gentil no facebook mas recomendo darem uma olhada. Acho ele um pouco arrogante algumas vezes (parece ser característica dos bons profissionais do meio, principalmente os dr.) mas é impossível não concordar com suas postagens. Ele combate essas invencionices de exercícios do mundo fitness e dogmas estabelecidos pelo pessoal do culturismo sobre dietas e treinamento postando artigos e textos bem fundamentados e embasados. O pessoal do fisiculturismo vai a loucura e fica dando piti nos comentários, muitas vezes o desdenhando por não ser grande ou treinar fisiculturistas. Entretanto, o que eu acho mais legal nas postagens é que tudo que ele fala, apesar de ser direcionado a hipertrofia, se aplica ao powerliting. Coisas como fazer o simples, treinar o básico, boa amplitude, etc. E parando pra pensar, vocês já perceberam que quem fica inventando coisas mirabolantes para justificar os resultados são aqueles que treinam por estética e que quem treina visando performance em sua maioria faz o básico e comprovadamente eficiente?
    4 pontos
  3. O texto é grande mas vai lhe trazer muita economia e muita informação, Vamos la pessoal, tava argumentando em um tópico ( esse ) sobre a enganação da industria de suplementos, e em uns dos meus posts eu disse que quando tivesse com tempo ia criar um topico sobre isso Pois bem ta aqui, Nesse tópico vou me ater a falar sobre oxido nítrico, 1° o funcionamento do eskema das indústrias de suplementos ta bem descrito no tópico do link acima, o tópico é gigante, mas e mto esclarecedor! As empresas compram matéria prima, pões um sabor gostoso, colocam um rotulo bonito e vendem por verdadeiras fortunas produtos com doses para 1 mês . O que eu quero é mostrar que vcs podem montar seu próprio oxido nítrico gastando o menos, e ainda por cima com dosagens corretas e que durem 4 ou 5 meses, Vamos começar analisando um pré treino que eu considero mto bom, o assalt ( esse o link da composição do assalt) http://imageshack.us/photo/my-images/69/imagemyrh.png/ O assalt ta dividio em 3 blends 1° blend explosão: Beta alanina, L-aginina agk, Arginina melato, Arginina HCL, Citrulina melato, Suma root extract 2° blend recuperação Creatina mono hidratada, Creatina HCL, Creatina concentrada, L-glutamina 3° blend conexão mental Taurina, acido piroglutamico, L- tirosina, MCT, Papaína, Cafeína, Acido aspártico, Piridoxina, cianocobalamina O blend contem 20 gramas no total, A empresa não divulga a quantidade de cada substancia, porem e a conta e muito simples, a dose tem 20 gramas e nessas 20 gramas tem 20 substancias diferentes, = 1 grama em media de cada substancia, ou seja muito pouco, as doses são muito baixas, vc so sente o efeito dos estimulantes que te deixam louco pra treinar, porem os reais benefícios são muito poucos pois as dosagens são muito baixas Vamos ver agora como melhorar esse suplemento 1° de tudo,: AMINOACIDOS DE CADEIA RAMIFICADA, essa é a substância numero 1 para compor qualquer oxido nítrico, porem não esta na formula do assalt pq custa mais que os outros componentes, por isso é ignorada em muitos pré treinos, e quando existem são em concentrações muito baixas, Os ACR impedem a formação de acido lático, acido lático e substancia que causa aquela dor que vc sente quando não consegue fazer mais uma repetição (falha) Os ACR são de eficiência comprovada no combate à fadiga central, sabe por que? Por que competem diretamente no cérebro com o triptofano impedindo a formação de serotonina, a serotonina é produzida pelo cérebro pra diminuir o entusiasmo quando se esta a exigir demais do corpo, (da vontade de maneirar no treino, todo mundo já sentiu isso) Os ACR evitam que sua musculatura sejam quebrados e utilizados como fonte de energia durante o treino pesado, mesmo que vc esteja em jejum Os ACR são a proteína de absorção mais rápida existente, não vai para o estomago, por isso são fontes de proteína sem calorias, são metabolizados diretamente nos músculos e são muito mais rápidos que proteína hidrolisada, . A suplementação com Isoleucina aumenta a captação de glicose via ativação da PI3K, a Valina reduz a ácido graxo síntase nos adipócitos em 40% o que permite menor estocagem de gordura. Etc, etc , etc, os benéficos dos ACR da um livro vou parar por aqui e continau a analizar o assalt O 1° blend do assalt (explosão) e composto basicamente por: Beta alanina =a beta alanina e usada pelo copo para produzir mais carnosina, que funciona como um tampão de acido lático, já estamos atacando o problema na raiz usando ACR que impede a formação de acido lático, alem disso vc fica com a carnosina produzida pelo corpo, se mesmo assim vc quiser mais um tampão pode usar bicarbonato, tem o mesmo efeito, a industria de suplementos não divulga isso pq bicarbonato custa 2 ou 3 reais em qualquer farmácia, eles preferem te vender beta alanina por uma fortuna = descartado L-aginina agk , Arginina melato ,Arginina HCL = três variaçãos de arginina que tem como base a L arginina, precursor do oxido nítrico, alem de estimular a secreção do hormônio de crescimento, que é importante para a construção e reparo muscular = mantido Citrulina melato = serve como um potencializador da arginina, é um ótimo suplemento porem eu considero dispensável, existem 10 ou 15 substancias potencializadoras de cada composto basico, axo que devemos focar em montar um oxido nítrico com todos os compostos básicos pra depois pensar em potencialisadores, de nada adianta ter 10 potencializadores pra arginina e não ter uma leucina por exemplo, sacaram? Suma root extract = nada mais é que o ginseng brasileiro, uma “erva/raiz” com efeitos medicinais, é um bom composto, porem ta La no final da fila, tem muito item bem mais importante pra ser incorporado = descartado 2° blend recuperação creatina Creatina mono hidratada, Creatina HCL, Creatina concentrada = creatina, voluminador auxilia na recuperação = mantido L-glutamina glutamina é um aminoácido distribuído em abundância nos músculos, auxilia na síntese das mioproteínas e inibe sua quebra, quando se realiza Exercícios pesados o corpo requer glutamina em vários órgãos, sem ela a uma baixa no sistema imunológico, são as famosas gripes que nos atormentam, a suplementação de glutamina e fundamental pra quem quer treinar pesado sem entrar em over 3° blend conexão mental Taurina =É usada em bebidas energéticas devido ao seu efeito desintoxicador, ou seja ela faz uma faxina no teu figado, Intensifica os efeitos da insulina, sendo responsável por um melhor funcionamento do metabolismo de glicose e aminoácidos auxiliando no anabolismo, ou seja aumenta o o efeito da insulina e ainda e sinergica com os ACR, perfeito!= mantido acido glutamico = aproximadamente a metade da composição de aminoácidos do cérebro é composta por acido glutâmico é o "combustível do cérebro” = mantido L- tirosina = estimula a produção de hormônios da tireóide, tem uma porrada de colaterais, se vc trocar um pote por engano e confundir com a dose de saturação de creatina pode ser letal! Resumindo ela é um: Anti-stress, anti-fadiga e anti-depressivo, tudo isso é gerado no treino pela serotonina que ja esta sendo combatida com uso de ACR, logo pra nossa formula ela esta = descartada MCT = totalmente dispensável, iremos precisar de carbos de alto ig (dextrose) pra agir sinergicamente com quase todos os outros compostos, formando dezenas de derivados super importantes como por exemplo : ((((((dextrose= insulina) + creatina = ATP) + ACR + dextrose = mais energia, menos acido lático menos serotonina,)tudo isso + taurina )= amplifica insulina e e feitos anabólicos,) +acr+ vitab6 )= > sinalisação de MTOR = super síntese protéica= empurra tudo pra dentro dos músculos, e por ai vai, efeito bola de neve, todos os compostos reagem entre si, Papaína = mais um fitoterápico, esse e extraído do mamão e tem ação antiinflamatória, totalmente dispensável, basta vc tomar seu omega3 ou azeite de oliva antes de dormir, nada de por isso no pré treino, invenção do fabricante pra aumentar o blend de substancias, não e sinérgico com nenhum dos outros componentes = descartado Cafeína = agora com as outras dosagens certas vc não vai setir somente o efeito da cafeína, agora sim vc vai experimentar novas sensações, = mantido Acido aspártico = precursor de arginina, já estamos incluindo arginina no blend,= descartado Piridoxina nada mais é que vitamina b6, importantíssimo pois ela que vai reagir com a leucina iniciando a fosforilação e sinalizando pro Mtor mandar ver = sinstese protéica La em cima=mantido Cianocobalamina nada mais é do que vitamina b12 age sinergicamente com a vitamina b6 nas eações envolvendo os aminoácidos, (faz muita coisa não da pra por aqui)=mantido A L-ornitina foi deixada de fora da formula do assalt e também da minha por se encaixar mais com fat burner do que como pré woukout L-lisina = e mais um potencializador da arginina, oque não o torna ecessial porem ele já vem em muitas misturas junto com a arginina, inclusive na q eu compro, por isso = incluído Vitac- antioxidante, aticatabolico, bloqueia cortisol= incluido Resumindo um otimo pre treino fica Leucina 5g Isoleucina1,05g Valina 1,15g l-arginina 4g creatina 3g taurina 2g cafeína 300mg complexoB 1g glutamina 4g vita c 1g lisina 1g acido glutâmico 1,5g 650 gramas desse produto eu compro a matéria prima por menos de 200 reais, usando 25 gramas por dia que uma super dosagem, da pra 26 treinos, ou seja 2 meses no ABC Usando as dosagens padrão, de 10 gramas, da pra 65 treinos ou seja 6 meses pra quem treina ABC Mto tarde to com sono, se ficou algum erro de edição amanhan eu edito o post
    2 pontos
  4. Fala galera, resolvi compartilhar com vocês esse artigo desse grande médico Dr. Victor Sorrentino. Espero que ele seja útil a todos vocês. Boa leitura! ASPARTAME: Um veneno vendido livremente! É impressionante como os produtos vão sendo colocados no mercado sem o mínimo de critério e, pior ainda, com apelos que iludem as pessoas em busca de uma vida mais saudável. Se por um lado a população em geral está sensivelmente propensa a “cair” nestas armadilhas, fico realmente pasmo ao recordar inclusive professores universitários que eu pessoalmente tive “jogarem” informações completamente descabidas e sem o mínimo de raciocínio crítico a respeito da hábitos alimentares. Como se não bastasse, ainda continuo ouvindo de pacientes com freqüência, que foram recomendados por seus médicos ou nutricionistas a preferir produtos como o Aspartame por ser um adoçante saudável! Mas compreendo o que realmente acontece. Eu como médico, nunca tive uma aula sequer sobre Nutrologia, o que considero um verdadeiro absurdo, uma vez que o alimento é a medicação que usamos diariamente e atualmente sabemos que influenciam em absolutamente todos os sistemas e doenças do corpo humano. Além disso, quem trabalha com esta área, ou está realizando um trabalho de ponta, pesquisando semanalmente através de estudos científicos recentes e se atualizando constantemente, está com toda certeza se baseando em muitos conceitos obsoletos infelizmente. Esta área da saúde avança com uma velocidade tão absurda que até a pirâmide de todo conhecimento alimentar que se conhecia até então, foi modificada nos últimos anos, alterando completamente o modo de pensar da base realmente da nutrologia. Mas vamos falar então sobre o que me propus desta vez, o Aspartame. Aspartame é o nome técnico da substância adoçante que está sob as marcas NutraSweet, Equipare, Spoonful, e Equal Measure (no Brasil em produtos como o Zerocal, Finn – NT). Foi descoberto por acaso em 1965 quando James Schlatter, um químico da Companhia G D Searle, quando pesquisava uma droga anti-úlcera. - 1950: foi introduzido no mercado americano. - 1958: Sacarina & Ciclamato foram reconhecidos como seguros para a saúde - 1969: Banido do mercado pelo FDA (provocou câncer de bexiga em ratos)Aí sucederam-se uma série de jogadas da indústria alimentícia/farmacêutica para que ele fosse sendo comprado e mudado seu nome, mas o lobby todo é obscuro.De 1980 a 1985 o Dr. Ralph Walton revisou 166 artigos sobre Aspartame. Dos 74 financiados pela Searle (indústria que comercializava o mesmo), todos confirmaram sua segurança. Dos 92 não financiados pela Searle, 91 confirmaram efeitos colaterais. E isso, meus amigos, acontece com uma gama imensa de medicamentos colocados no mercado, onde os estudos são patrocinados pelas indústrias farmacêuticas que os desenvolvem.O Aspartame foi aprovado para produtos secos em 1981 e para bebidas carbonatadas em 1983. Foi originalmente aprovado para os secos em 26 de julho de 1974, mas objeções ajuizadas pelo pesquisador em neurociências Dr. John W. Olney e pelo advogado dos consumidores James Turner em agosto de 1974 como também investigações de pesquisa da G.D. Searle levaram o Departamento de Administração de Drogas e Alimentos Americano (FDA) a colocar a aprovação do aspartame sob apreciação (5 de dezembro de 1974). Em 1985, a Monsanto (indústria que comercializa os mais controversos agrotóxicos pelo mundo) comprou a G.D. Searle e transformou a Searle Produtos Farmacêuticos e a Companhia NutraSweet como subsidiárias separadas. Bom, mas já em 1988, o Aspartame respondia há 80% das reclamações feitas ao FDA sobre aditivos alimentares (parece brincadeira mas não é). Muitas destas reações são muito sérias, pois inclui ataques apoplécticos e morte. Entre os 90 diferentes sintomas documentados em relatos onde se incrimina o aspartame temos: dores de cabeça e enxaquecas, vertigem, ataques apoplécticos, dormência, entorpecimento, espasmos musculares, ganho de peso, erupções cutâneas, depressão, fadiga, irritabilidade, taquicardia, insônia, problemas visuais, perda auditiva, palpitação cardíaca, dificuldades respiratórias, ataques de ansiedade, prejuízos na fala, redução da capacidade gustativa, zumbido, vertigem, perda de memória, lesões hepáticas (no fígado), comportamento agressivo, tendências suicidas e dor articular. De acordo com os pesquisadores e médicos que estudaram os efeitos adversos do aspartame, as seguintes enfermidades crônicas podem ser ativadas ou pioradas pela ingestão de aspartame: tumores cerebrais, esclerose múltipla, epilepsia, síndrome de fadiga crônica, doença de Parkinson, Alzheimer, retardo mental, linfoma, defeitos de nascimento, fibromialgia, e diabete. O aspartame é composto de três substâncias químicas: ácido aspártico, fenilalanina, e metanol. O livro “Prescription for Nutritional Healing”, de James e Phyllis Balch, lista o aspartame na categoria de “veneno químico”. Como você vai ver, isto é exatamente o que ele é. E Qual é a composição do Aspartame? 1- Ácido Aspártico (40 por cento de aspartame) 2-Fenilalanina (50 por cento de aspartame) 3- Metanol (álcool de madeira – veneno) (10 por cento de aspartame) 4-Diketopiperazine(DKP) ÁCIDO ASPÁRTICO Dr. Russell L. Blaylock (maior autoridade mundial em excitotoxinas), um professor de neurocirurgia da Universidade Médica do Mississippi, recentemente publicou um livro detalhando por completo o dano que pode ser originado pela ingestão excessiva de ácido aspártico do aspartame. Blaylock faz uso de quase 500 referências científicas para mostrar como o excesso aminoácidos excitatórios livres no sangue como o ácido aspártico e o ácido glutâmico (mais ou menos 99 por cento de glutamato monossódico (MSG) é ácido glutâmico (em produtos da empresa Ajinomoto, por exemplo, ou condimento de restaurantes chineses, NT) em nossa provisão alimentar podem causar desordens neurológicas crônicas sérias e uma miríade de outros sintomas agudos. Como o aspartato e o glutamato causam dano? O aspartato e o glutamato agem como neurotransmissores no cérebro facilitando a transmissão de informações de neurônio para neurônio. O excesso de aspartato e glutamato no cérebro tem a capacidade de matar neurônios por permitir demasiada afluência de cálcio para dentro dessas células. Essa afluência propicia a um excesso de radicais livres, que matam essas células. O dano à célula neuronal que pode ser causado por excesso de aspartato e glutamato é o motivo pelo qual tais substâncias são chamadas de “excitotoxinas”. Eles “excitam” ou estimulam as células neuronais até a morte. O ácido aspártico é um aminoácido. Ingerido em sua livre forma (não ligado à proteína), essa substância eleva significativamente os níveis de aspartato e glutamato no sangue e o excesso de aspartato e glutamato no plasma sangüíneo logo após a ingestão de aspartame ou produtos com ácido glutâmico livre (percussor do glutamato) elevam esses neurotransmissores em certas áreas do cérebro. A barreira sangue/cérebro (BHC – barreira hemato-cefálica), que normalmente protege o cérebro de excesso de glutamato e aspartato, como também de outras toxinas, apresenta as seguintes características prejudiciais: 1- não está completamente desenvolvida durante a infância; 2- não protege completamente todas as áreas do cérebro; 3- é danificada por condições numerosas crônicas e agudas; 4- permite a “infliltração” de glutamato e aspartato em excesso no cérebro até quando intacto. O excesso de glutamato e aspartato lentamente começa a destruir neurônios. A grande maioria (75 por cento ou mais) de células neuronais em uma área particular do cérebro são mortas antes de quaisquer sintomas clínicos de uma enfermidade crônica serem percebidos. Algumas das muitas enfermidades crônicas em que foi demonstrado haver relação com a prolongada exposição à aminoácidos excitatórios: • Esclerose múltipla (MS) • ELA (Esclerose lateral amiotrófica) • Perda de memória • Problemas hormonais • Perdas auditivas • Epilepsia • Doença do Alzheimer • Doença de Parkinson • Hipoglicemia • AIDS • Demência • Lesões de cérebro • Desordens Neuro-endócrinas O risco para bebês, crianças, mulheres grávidas, indivíduos de idade avançada e pessoas com problemas crônicos de saúde com o contato com excitotoxinas é grande. Até a Federação de Sociedades Americanas para Biologia Experimental (FASEB), que normalmente ameniza tais problemas e segue as diretrizes do FDA, recentemente declarou: ”É prudente evitar o uso de suplementos dietéticos de ácido L-glutâmico por mulheres grávidas, bebês, e crianças. A existência de evidências da ocorrência de potenciais respostas endócrinas, isto é, elevação de cortisóis e prolactina, e respostas diferentes entre homens e mulheres, também sugerem um vínculo neuro-endócrino, de modo que a suplementação de ácido L-glutâmico deveria ser evitada por mulheres em idade de parto e indivíduos com desordens afetivas.” O ácido aspártico do aspartame tem os mesmos efeitos danosos no corpo do ácido glutâmico. O mecanismo exato das reações agudas devido ao excesso de glutamato e aspartato “livres” ainda é tema de pesquisas. Como foi informado ao FDA, essas reações incluem: • Dores de cabeça e enxaquecas • Náuseas • Dores abdominais • Fadiga (entrada de glicose de quarteirões suficiente em cérebro) • Distúrbios de sono • Distúrbios visuais • Ataques de ansiedade • Depressão • Asma * Distúrbios de memória e equilíbrio (Kilburn 1987) * Distúrbios de fertilidade (Taskinen 1999) * Problemas dermatológicos (Poietti 2002) Uma queixa comum das pessoas que sofrem do efeito do aspartame é a perda de memória. Ironicamente, em 1987, G.D. Searle, o fabricante de aspartame, empreendeu uma pesquisa por uma droga que combatesse a perda de memória causada pela ação danosa de aminoácidos excitatórios. Blaylock é um de muitos cientistas e médicos que estão preocupados com esse tipo de lesão originada pela ingestão de aspartame e MSG. Um dos muitos peritos que alertaram contra o dano causado pelo aspartato e pelo glutamato é Adrienne Samuels, Ph.D., um psicólogo experimental especializado em projetos de pesquisa. Outro é Olney (citado anteriormente), um professor do departamento de psiquiatria, da Escola de Medicina, Universidade de Washington, um neuro-cientista e pesquisador, e um dos pioneiros mundiais em citações sobre excitotoxinas. (Ele informou à Searle em 1971 que o ácido aspártico produzia falhas nos cérebros de ratos.) FENILALANINA Fenilalanina é um aminoácido normalmente encontrado no cérebro. Pessoas com uma desordem genética – fenilcetonúria (FCU) não conseguem metabolizar a fenilalanina. Isso incorre em níveis perigosamente altos de fenilalanina no cérebro (às vezes letal). Foi demonstrado que ao se ingerir aspartame, especialmente junto com carboidratos, é possível se elevar a fenilalanina a níveis excessivos, no cérebro, mesmo em pessoas que não têm FCU. Isto não é só uma teoria, muitas pessoas que ingeriram grandes quantias de aspartame, por um longo período de tempo e não tinham FCU, mostraram ter níveis excessivos de fenilalanina no sangue. Os níveis excessivos de fenilalanina no sistema nervoso central podem reduzir os níveis de serotonina no cérebro, levando à desordens afetivas como a depressão. Foi demonstrado em testes com humanos que os níveis no sangue de fenilalanina foram significativamente aumentados em indivíduos que usam o aspartame cronicamente. Até um uso único de aspartame eleva os níveis de fenilalanina no sangue. Em seu testemunho ante ao Congresso dos Estados Unidos, Dr. Louis J. Elsas demonstrou que os elevados níveis sangüíneos de fenilalanina podem se concentrar em partes do cérebro e é especialmente perigoso para crianças e fetos. Ele também relatou que a fenilalanina é metabolizada muito mais eficientemente por roedores do que por humanos. Um relato a respeito de um caso de níveis extremamente altos de fenilalanina originado pelo aspartame foi recentemente publicado no “Wednesday Journal” em um artigo titulado “O Pesadelo do Aspartame”. John Cook começou a beber seis a oito drinks dietéticos todos os dias. Seus sintomas iniciaram com perda de memória e enxaqueca freqüentes. Ele começou a necessitar de mais bebidas adoçadas por esse edulcorante. Sua condição deteriorou tanto que ele experimentou amplas variações de humor com violentas crises de agressividade. Embora ele não sofresse de FCU, um exame de sangue revelou um nível de fenilalanina de 80 mg/dl. Ficou demonstrado que houve alteração nas funções cerebrais e dano cérebral. Após ele abandonar o uso de aspartame, seus sintomas tiveram uma dramática melhora. Como Blaylock assinala em seu livro, os primeiros estudos que examinaram a ação da fenilalanina no cérebro foram imperfeitos. Os investigadores que aferiram determinadas regiões do cérebro, e não apenas a média de concentração encefálica, registraram significativas elevações nos níveis de fenilalanina. Especificamente o hipotálamo, o bulbo, e o corpo estriado, foram as áreas do cérebro que tiveram os maiores aumentos em fenilalanina. Blaylock prossegue em suas considerações, entendendo que essa formação excessiva de fenilalanina no cérebro pode originar quadros de esquizofrenia ou abrir uma suscetibilidade para ataques apoplécticos. O uso à longo prazo, excessivo, de aspartame pode, portanto, proporcionar um impulso para vendas de drogas do grupo ISRS (inibidores seletivos de recaptação de serotonina) como o Prozac (e todos os seus assemelhados) e também drogas para controlar esquizofrenia e ataques apoplécticos. METANOL O Metanol (álcool de madeira) é um veneno mortal. Algumas pessoas podem se lembrar do metanol como o veneno que levava alguns bêbados de rua à cegueira ou até mesmo à morte! O metanol é gradualmente lançado no intestino delgado quando o grupo metil do aspartame se encontra com a enzima quimiotripsina. A absorção de metanol no corpo é consideravelmente acelerada quando metanol livre é ingerido. Metanol livre é criado a partir do aspartame quando o mesmo for aquecido acima da temperatura de 30°C. Isto acontece quando um produto que contém aspartame for impropriamente armazenado ou quando for aquecido (por exemplo, como parte de um produto que necessita de algum tipo de cozimento). O metanol se degrada em ácido fórmico e formaldeído no corpo. O formaldeído é um neuro-tóxico mortal. Uma avaliação do EPA (Enviroment Protect Agency – agência americana de proteção do meio ambiente) sobre o metanol relata: “é considerado um veneno cumulativo devido à baixa taxa de excreção, uma vez absorvido. No corpo, metanol é oxidado em formaldeído e ácido fórmico; ambos esses metabólitos são tóxicos.” Eles recomendam um limite de consumo de 7.8 mg/dia. Um litro de uma bebida adoçada com aspartame contém mais ou menos 56 mg de metanol. Os grandes usuários de produtos que contém aspartame consomem algo em torno de 250 mg de metanol diariamente ou 32 vezes o valor limite do EPA. Os sintomas do envenenamento com metanol incluem: enxaquecas, zumbido, vertigem, náusea, perturbações gastrintestinais, debilidade, vertigem, frios, lapsos de memória, entorpecimento e dores nas extremidades, perturbações de comportamento, e neurite. Os problemas mais bem conhecidos do envenenamento por metanol incluem problemas visuais, inclusive vista nublada, redução progressiva do campo visual, visão borrada, visual obscura, dano de retina, e cegueira. O formaldeído é um conhecido carcinógeno, além de provocar dano à retina, pode interferir com a replicação do DNA e causar defeitos congênitos. Devido à falta de um par de enzimas, os humanos são muitas vezes mais sensíveis aos efeitos tóxicos do metanol do que animais. Por isso, os testes com aspartame ou metanol em animais de laboratório não refletem os riscos para os humanos. Como foi assinalado pelo Dr. Woodrow C. Monte, diretor do laboratório de ciência da comida e nutrição da Universidade do Estado do Arizona, “não existe nenhum estudo em humanos ou mamíferos para avaliar o possível ação mutagênica, teratogênica ou carcinógena da administração crônica desse álcool.” Ele estava tão preocupado sobre os assuntos de segurança não resolvido que ele ajuizou um processo no FDA solicitando uma audiência para tratar estes assuntos. Ele solicitou ao FDA “reduzir a velocidade na liberação desses refrigerantes pelo prazo tão longo quanto fosse necessário para elucidar algumas importantes questões. Não é justo que o FDA esteja deixando a carga do excesso de provas nos poucos que como nós estão preocupados e têm recursos limitados. Vocês devem se lembrar que são a última defesa do povo americano. Uma vez que vocês permitem o uso (do aspartame) não existe literalmente nada que eu ou meus colegas possamos fazer para inverter o curso das coisas. O aspartame então se juntará à sacarina, outros agentes edulcorantes, e nem Deus saberá quantas outras combinações questionáveis possíveis poderão insultar a constituição humana com a aprovação governamental”. Logo após isso, o Comissário do FDA, Arthur Descasca Fenos, Jr., aprovou o uso de aspartame nas bebidas carbonatadas. Ele então solicitou uma posição do setor de relações públicas da G.D. Searle. Tem sido assinalado que alguns sucos de fruta e bebidas alcoólicos contêm quantias pequenas de metanol. É importante lembrar, porém, que o metanol nunca aparece só. Nesses casos o etanol está presente, e normalmente em quantias muito mais altas. O etanol é um antídoto para a toxicidade do metanol nos humanos. Para as tropas americanas da batalha “Tempestade no Deserto” foram oferecidas grandes quantidades de bebidas adocicadas com aspartame, que tinham recebido aquecimento em mais do que 30 graus sob o sol árabe. Muitos dos que retornaram para casa, tinham numerosos distúrbios de saúde, semelhantes aos que foram encontrados nas pessoas que tinham sido envenenadas quimicamente com formaldeído. O metanol livre nessas bebidas pode ter sido um fator que conduziu a essas enfermidades. Outros produtos de degradação do aspartame como o DKP (discutido a seguir) podem ser outros fatores químicos envolvidos. Em um ato de 1993 que pode só ser descrito como inconsciente, o FDA aprovou aspartame como um ingrediente adicional em inúmeros artigos alimentares, que sempre poderiam ser alvo de aquecimento maior do que 30 graus C. DIKETOPIPERAZINE (DKP) DKP é um subproduto do metabolismo do aspartame. O DKP foi implicado na ocorrência de tumores cerebrais. Olney notou que o DKP, quando nitrosado no intestino, produz uma combinação semelhante a N-nitrosourea, uma poderosa causa química de tumor cerebral. Alguns autores disseram que o DKP é produzido depois da ingestão de aspartame. O autor não tem certeza se isso é correto. No entanto, é definitivamente verdadeiro que o DKP é formado em produtos líquidos que contém aspartame, durante o armazenamento prolongado. A G.D. Searle conduziu experiências animais sobre a segurança do DKP. O FDA encontrou a ocorrência de numerosos erros experimentais, inclusive “erros de escrita, animais misturados, animais não usando as drogas que eles deveriam estar utilizando, espécimes com patologia perdidos por causa de manipulação incorreta”, e muitos outros erros. Estes procedimentos de laboratório malfeitos podem explicar por que ambos os animais de teste e de controle tiveram dezesseis vezes mais tumores cerebrais do que seriam esperados em experiências deste tipo. Em uma distorção irônica, logo após esses erros experimentais serem descobertos, o FDA utilizou as diretrizes recomendadas pela G.D. Searle para desenvolver padrões do FDA de práticas de laboratório para a indústria. O DKP também foi implicado como uma causa de pólipos uterinos e mudanças metabólicas do colesterol no sangue pela toxicologista do FDA, Dra. Jacqueline Verrett, em seu testemunho ante ao Senado dos Estados Unidos. E querem saber do pior, ao invés de ser dietético e fazer vocês perderem peso, olha o que este estudo comprovou: Resumo –> Ganho de peso via aumento de insulina, aumento da Leptina e diminuição da serotonina (Hall WL, Millwar PJ et al. Physiological mechanisms mediating aspartame – induced satiety. Physiology and Behavior: 78 (4-5) April 2003:557-62) Quer dizer, além de fazer todo este mal, ainda faz com que a pessoa que ingere aumente de peso, dá pra acreditar? E você ingerindo pensando em saúde e peso…E os estudos são vários, quem diz que falta é porque falta é tempo para se dedicar e estudá-los. Resumindo meus amigos, Aspartame é, sem dúvida, a substância adicionada aos alimentos, mais perigosa no mercado. Os maiores especialistas ainda alertam que realmente ingerir aspartame é como ingerir inseticida, uma vez que seus metabólitos no sangue se transformam comprovadamente nas mesmas substâncias usadas nos inseticidas. Por Dr. Victor Sorrentino
    2 pontos
  5. percy jackson mar de monstros percy jackson mar de monstros
    2 pontos
  6. Stein

    Blast -> Tren (Apenas!)

    2 vou acompanhar tambem.. abraço.
    2 pontos
  7. é... vai pesquisar mais sobre os bodybuilders naturais pra vc ver os pesinhos que eles pegam. Kai Greene não precisa pegar pesado. Porque será?
    2 pontos
  8. Vim crente que era um AE vendido livremente. Tipo que Aspartame tinha propriedade anabólicas. Não use mais venenos em títulos huahauhauh Interessante isso daí. Vou espalhar a informação ! Abraços
    2 pontos
  9. dedicado ao flex aehiuhaeuihae
    2 pontos
  10. Faabs em seu primeiro dia de trabalho:
    2 pontos
  11. Imaginando aqui sua irmã querendo te matar hahahhahahhaha Não sei se aguento fazer esses paranaues não, deixa eu primeiro ganhar elasticidade antes de tentar Eu sofro com 14 kg fazendo passada e você ai boladona com 65 kg, vou para de seguir sem diário, muito triste hahahhaha Pra quem estava parada uns dias, tomando antibiótico, fez uma "cirurgia" vc esta ótima
    1 ponto
  12. O dia que indústria farmacêutica e alimentícia não estiverem por trás dessas pesquisas aí sim veremos a verdade. Quem usa esteroides e entende do assunto sabe que eles não são os maiores responsáveis pelos seus resultados. E eu estava no que chamamos de cruise que é um momento onde reduzimos drasticamente as doses usadas durante o ciclo ou blast. E se você acha que estamos na terra desde Cristo acho que você está um pouco enganado. "Nós" (entre aspas porque eu não) comemos trigo em apenas 0,5% de todo tempo que habitamos a terra. *Pesquise sobre Gliadina e impermeabilidade intestinal e suas consequências a médio/longo prazo.
    1 ponto
  13. Maldito Yoshi HUAIIUAHUIHAUIHU
    1 ponto
  14. Cara, as vezes essa arrogância é até natural mesmo! Quando vc sabe muito, fica difícil querer discutir com alguém q não sabe de porra nenhuma e ainda vem querendo tirar vc de comédia! Semana passada mesmo, um mano veio me questionar pq eu não fazia roscas diretas e afins na academia, e ainda veio usar o kai Greene como exemplo! Na hora me lembrei daquele texto que vc postou aqui um tempo atrás e até que ia tentar explicar pro cara sobre meus objetivos! Mas daí lembrei que isso não ia me levar a lugar nenhum além de me estressar a toa, pois certamente o fulano ia me ouvir e depois ia lá pros exercícios mirabolantes dele com suas pernecas de sabiá! Daí resolvi que o melhor era virar as costas e ir pro meu treino mesmo parecendo arrogante! Mas isso daí, eu nem acho que seja culpa do marketing B.B que tem ocorrido nos últimos tempos não! Isso pra mim é fruto mesmo da preguiça da maioria desse povo pois, dizer que treina duro, que leva o estilo B.B a sério, que faz dieta regrada e toma whey sabor de chocolate é fácil e todo mundo quer! Agora, agachar com 200 kg ou, fazer supino com um peso que pode te rachar no meio se vc deixar a barra cair, que são coisas difíceis mas que funcionam, isso ninguém quer!
    1 ponto
  15. Glicose + triglicerídeos de cadeia curta = energia pra aumentar insulina e começar a repor glicogênio nos músculos. Não como só fruta prq frutose vira glicogênio no fígado só, não no musculo. (resumão grotesco.)
    1 ponto
  16. JulianaJuju

    Diário Da Tamy

    Tá me arrastando mesmo kkkkkkkkk e eu realmente preciso, tava toda enferrujada HUAHUA agora vaaai!
    1 ponto
  17. HAHAHAHA mas é verdade... não faz bem pra camada de ozônio Sei bem como é isso, lembrar da foto só quando tem 2 brócolis no prato, hahaha Eu mobilizo de pijamão, HAHA, vou ter que me arrumar pra gravar esse vídeo Filmo quando o senhor Philip postar uma foto, há!!!
    1 ponto
  18. FabianaF

    Diário Da Tamy

    Tá toda dura assim, precisando de mobilizações senhorita Tamy. Já tô arrastando a Nath pra esse mundo, haha!
    1 ponto
  19. O que acha que vai acontecer de milagroso nessas 8 semanas? aeuheuhe Enviado do meu iPad usando Tapatalk
    1 ponto
  20. comecei a tomar hoje o m-stane vamos ver o que vai dar tomar 2 capsula ao dia uma cedo as 6 da manha e outro as 18 horas ta certo? tomando junto com creatina, e ao termino tribullus, e protetor pro figado dizem pra tomar aquele xation b12 durante e depois é bom?
    1 ponto
  21. Vc tem um shape legal mano. Se tem azeite "sobrando" faz 10 semanas.
    1 ponto
  22. Alguém assistiu o Conexão Repórter com o Fernando Sardinha? Além do Sardinha, aparece um frango fazendo um ciclo de stano e dura. O cara tem um shape vagabundo e cicla pra cacete. Pior: não apareceu pra fazer exames com o endocrinologista.
    1 ponto
  23. Tamy.ga

    Diário Da Tamy

    Boa noite queridos, descobri o quanto sou patética, estava aqui de boas sem fazer nada ai resolvi fazer uma aula de alongamento (sim, aquelas gravadas que você segue o que a pessoa esta fazendo e mandando) e nossa, não tenho mobilidade nenhuma, como dói, foram 10 min de tortura, os de superiores beleza alongar, mas esses de esticar o corpo pro lado, sentar e encostar no pé, nem alcançar meu pé eu alcanço hahahahaha irei trabalhar nisso, vai que um dia eu consiga ganhar elasticidade ou não. Lembra daquele treino de panturrilha das 100 repetições? Então, estava pensando nele, ai fui ler o artigo de novo e acabei empolgando e querendo voltar a fazer já que da última eu não conclui, veremos se dessa vez rola e esses palitos crescem hahahhaha #Day 1 1x100 repetições - 10:48 s (sim, eu cronometrei) - Quando chega na casa dos 60-70 já começa a incomodar fazer, o msm lance do começo da outra vez, estou sem equilíbrio, ai apoiei a ponta do dedo indicador numa cadeira.
    1 ponto
  24. Eu acho que essa parte tem relação com as calorias mano... Alguns recomendam você fazer aeróbico tanto faz em jejum ou não (não vou entrar em detalhes pq não conheco muito sobre AEJ) e outros apenas dizem que aerobico é desnecessário, contanto que você consuma menos calorias que ingere, ou seja, se você fazer aeróbico, vai gastar mais calorias e consequentemente vai perder mais gordura (e MM também!?). Enfim, eu mesmo, não faço Aeróbico usualmente, só vou abaixando as calorias, mas chega um momento que a quantidade que estou comendo é muito baixa, então eu faço o aeróbico para poder comer um pouco mais (200 ~ 300 cal) Pão comum x pão integral, pra min tanto faz. o que você tem que fazer é Calcular seu Gasto calórico diario e montar sua dieta com um pouco de deficit de calorias com cerca de 2,0g / kg de proteina, 1,0 g / kg de gordura e o restante das calorias em carboidratos, lembrando que prot e carb = 4 kcal e gordura = 9 kcal. Ai você vai seguindo, e quando perceber que parou de perder peso é só ou baixar a quantidade de CARBOIDRATO (pão, arroz...) ou adicionar aeróbicos... Abraços
    1 ponto
  25. Oi!! "Carboidrato" msm é o pão integral e a batata doce... E já acho pouco. Se diminuir, vou morrer hahaha Mas já me decidi a aumentar a proteína. Quanto ao ômega 3, o peixe já contém. Uso óleo de coco em muitas das minhas receitas. Obrigada pelas observações! Cria um post que vou te acompanhar tb. Bjs
    1 ponto
  26. ejosedm

    Importação De Suplementos

    Pra quem quiser aproveitar... C4 Extreme Mojito 60 servings na HD com o preço de 30 servings, $29,99!
    1 ponto
  27. Acordei muito tarde do meu coma e acabou não dando tempo de treinar. Sábado à noite, friozinho em SP... perfeito para MOBILIZAAAAAR: Foam roller, banda iliotibial: 5 min totais em cada perna Tack and stretch com bolinha, suprapatelar: 15 reps em cada uma das 3 posições, cada lado Posteriores com elástico: 2 min cada perna Couch stretch: 2 min cada posição, cada perna Foam roller, extensão torácica dinâmica: 20 reps Foam roller, extensão torácica estática: 3 posições Terminal knee extensions: 4x15 E pra quem acha que agachar pesado dói:
    1 ponto
  28. ele deve ter comido aquele jeef seid e o amiguinho dele
    1 ponto
  29. tb procurei isso a minha vida inteira huahauahahuuhahua
    1 ponto
  30. O povo la do nordeste? Mais respeito por favor. Muitos por aqui nao querem a Dilma, a rejeição é grande. Os votos dela vem das classes mais baixas, os grandes defensores do bolsa família. Sou do nordeste e nem por isso voto Dilma ou PT. Sem generalizações.
    1 ponto
  31. Eddie, Apenas trocaria a Rosca Direta no A1 por 2 ou 3 séries de Chin-Ups; ainda teria um isolador para bíceps no A2 e resolveria o problema. Villas, Na minha opinião, está com volume excessivamente baixo. Um treino bem próximo e com um pouco mais de volume seria o próprio Generic Bulking Routine do Lyle; eu iria com esta opção. Poeta, Embora eu prefira o Push/Pull, veja, experimentar é sempre válido. As vezes você se adapta com este novo treino, mas na teoria eu prefiro sim a primeira opção. Vai de você gastar algumas semanas nesta nova estrutura pra ver como se sente. Proxy, Sei que essa resposta é chata, mas de novo, não tem melhor/preferência cada um tem as suas vantagens: AB permite maior volume/mais variedade de exercícios, mas terá menor frequência; AB permite mais isoladores para concentrar em pontos fracos, mas o FB possibilita treinar os exercícios base mais vezes na semana... é justamente por acreditar que cada um tem as suas vantagens que eu alterno entre ABx2 e FBx4 (ou x2.5 e x5), e não escolho apenas um para seguir o ano todo. Periodizar, no caso, é a melhor opção. Marcelo, Quanto a dieta, não quero me alongar para não fugir do foco do tópico, mas em resumo: siga o que pretende e vá ajustando com base no feedback (ganhando muito peso, reduz os excedentes etc...). Não concordo com a técnica de recomp que está utilizando, como usar ioimbina uns dias e entrar com excedente de 30% em outros - acho muito extremado e há conflito direto na parte hormonal, por exemplo. Mas claro, fique a vontade para seguir a ideia e inclusive relatar aqui no fórum. Quanto ao treino, tudo perfeito Abraços!
    1 ponto
  32. SonoANB, SL5x5 é um FBx3. Aplicando a regra do "faça o que entende", se você está com dúvida entre SL5x5 ou outro FullBody, provavelmente ainda deve ficar no primeiro. Bruno, A dor tardia passa e é o menor dos seus problemas, fique tranquilo. Quanto ao Terra do vídeo, para um CrossFitter, não está ruim. Claro que ser for parar para criticar os detalhes, dá pra ficar até amanhã... cervical, quadril/lombar, joelhos... enfim, longe de ser uma execução exemplar. MatheusBueno, Há maior exigência de praticamente toda a cadeia posterior, já que o RDL utiliza de um maior "alongamento" da mesma e tende a ser realizado com uma execução mais controlada. Para fins de hipertrofia, no geral, vale a pena substituir, tanto pensando nos isquios quanto nas costas. MateusFF, Basta encaixar um isolador a cada treino (um dia panturrilha, outro dia bíceps...), após os compostos. Quanto ao dia do lixo, não acho necessário faze-lo intencionalmente, mas em festas e afins, coma que nem um porco, tudo o que te der vontade e até não aguentar mais (supondo que estas festas não sejam semanalmente, é claro). A vida está ai pra ser curtida e foda-se a dieta de vez em nunca; quando você estiver agonizando em uma cama de hospital, quase morrendo, vai se lembrar disto e pensar "ainda que bem eu fiz aqueles dias do lixo e enchi a cara", pode ter certeza. Abraços
    1 ponto
  33. Gabriel, Há inúmeras formas de estruturar um AB, mas como base (até você pegar o jeito e modificar conforme necessário), gosto de recomendar o Generic Bulking Routine, do Lyle McDonald. Dá pra treiná-lo em questão de 40 minutos se você reduzir os intervalos, e também seria legal reduzir os exercícios base de cada músculo para 4 a 6 repetições. Mateus, A ideia é que as fases de iniciante e intermediária (SL, 5x5, Texas e afins) não leve muito tempo, já que servem especificamente para criar uma base, tanto na técnica, quanto nas cargas, ou ainda quanto ao novo estilo de treino. Como gosto de dizer, a ideia destes treinos não é ter ganhos estéticos, então a pessoa tem que realizá-los com isso na cabeça: o objetivo é outro. Pra quem não quer deixar a estética (possivelmente - e digo possivelmente porque tem como ter ganhos, ou ao menos manter) de lado, dá pra fazer pequenas alterações, incluindo isoladores específicos... mas tem que tomar MUITO cuidado para não desvirtuar a ideia base. Após passada essa fase, a pessoa entra com treinos mais avançados e ai os isoladores podem ser encaixados de uma forma organizada/planejada, resolvendo o problema. Marcelo, Depende do objetivo. Para bulks "sujos", não vale a pena; para bulks "limpos" (que eu, particularmente, acho muito mais vantajoso para naturais), é sim interessante reduzir as calorias em dias off - como regra básica, excedente de 20% em dias de treino, ingerir a TMB/manutenção no dia de descanso. Bruno, Tirando o treino e mobilidade, não tem muito o que fazer. Eventuais técnicas são mais úteis para atletas mais avançados; no seu caso, é ter paciência e ir evoluindo aos poucos. Caso comece a estagnar, ai sim vale a pena dar uma olhada no que está acontecendo, mas se estiver evoluindo em uma boa taxa (+ 2kgs/lado a cada 1 ou 2 treinos, por exemplo, já que o seu peso não está alto), é só esperar mesmo. Abraços
    1 ponto
  34. Faabs, Pull OK Press - comece com pernas, e para peito/ombro faça a ordem supino ou militar > paralelas. FullBody - no A2 talvez seja interessante trocar algum dos isoladores por paralelas, aumentando o estímulo para peitoral para 2x/semana. SaBiih, Esqueci de responder mesmo, na correria eu pulo uma ou outra coisa Pode fazer o condicionamento no dia OFF sem problemas, apenas tome um pouco de cuidado com a "intensidade"/duração para não interferir na recuperação do dia anterior e/ou seguinte. HIIT e alguns treinos com KettleBell/Halter (tipo Viking Warrior Conditioning [sim, eu gosto dele]) costumam ser melhores opções. felipe, O A2 basta copiar algum dos exemplos do primeiro post e/ou este exemplo de A1 e adaptar um ou outro exercício. A diferença entre um dia e outro não precisa ser gritante, apenas encaixe alguns exercícios diferentes que você goste de realizar e que não altere muito a base do dia. Abraços!
    1 ponto
  35. marcelo, Basta adaptar o treino para incluir um isolador no segundo bloco de jump-sets ou então encaixar paralelas em um (ou ambos os) treino(s) para aumentar o volume para peitoral, ficando: supino + costas > paralelas + isolador para outro ponto fraco, por exemplo. Caso dois exercícios por dia (variação de supino + paralelas/isolador) e a alta frequência não esteja trazendo bons resultados para peitoral, talvez seja interessante fazer um treino de especialização: Dia 1 - Treino somente de Peito Dia 2 - Treino A2 do modelo que você comentou Dia 3 - Peito Dia 4 - Treino A2 Aces, Não é obrigado alternar, mas se quiser, basta copiar a base para estruturar, por exemplo, um AB - Upper/Lower. Exemplo de Upper: Push Press - 3RM Supino Inclinado - 3x5 Paralelas - 3 séries até "semi"-falha Barra Fixa + Face Pull - 5x Farmer's Walk Ou algo do tipo. Mateus, Pode reduzir a carga e fazer o treino de forma independente. Uma opção seria trocar as duas últimas séries por back-off sets: faz 3x5 com o peso que está acostumado e mantem a progressão de carga + 2 últimas séries high reps (12-15+ repetições) com metade da carga utilizada, por exemplo. Pkreischer, Respondi perguntas bem parecidas sobre a questão do estímulo para peitoral, acho que dá pra tirar a dúvida com este post (se precisar, leia o que os dois perguntaram para entender melhor minha resposta): http://www.hipertrofia.org/forum/topic/122589-estruturando-um-fullbody-a-la-craw/?p=1909591 Abraços
    1 ponto
  36. Agora me digam, que empresa vem até vcs transparecer à respeito de um repasse de preço? Eu nem conheço o Fernando mas acho q o cara não tem a minima obrigação de detalhar repasse de preço pra uma cambada de mulecada que só vai na escola pra fazer zueira, compra suplemento com dinheiro de ''mesada'' e paga 30 reais numa garrafa de BigApple sem reclamar e ainda vem aqui postar uma merd4 dessas. Os lojistas trabalham com preços em cima do que eles pagam, quem ainda não aumentou é porque ainda esta vendendo um estoque antigo, comprado antes da alta do dolar, antes da alta da materia prima etc. Acho que ning aki é retardado, é uma questão de lógica, totalmente desnecessario abrir um tópico pra isso, ou vcs tb discutem qd a coca-cola passa de 4 reais a garrafa de 2l pra 4,79
    1 ponto
×
×
  • Criar Novo...