Ir para conteúdo
Clique aqui

ACE-083 - Um inibidor de miostatina efetivo?


Posts Recomendados

Basicamente, ACE-083 é  uma proteína terapêutica experimental pensada para o aumento de força e massa muscular em músculos e/ou grupos musculares através de administração local desenvolvida pela empresa "Acceleron Pharma". O ACE-083 funciona como um regulador negativo de GDF8 e outros reguladores de massa muscular.

O Estudo foi feito utilizando a aplicação direta do medicamento em ratos de laboratório no gastrocnêmio esquerdo e posteriormente comparado ao gastrocnêmio direito.

 

ace-083-muscle.jpg

 

No gráfico acima é possível ver a o aumento de massa muscular no músculo em experimento em relação ao músculo controle e a dosagem utilizada, a percentagem de aumento vai de 7% a 95%, é importante ressaltar que a percentagem exibida na direita diz respeito a relação de aumento de peso do músculo gastrocnêmio ao peso corporal total.


ace-083-calf.jpg

Injetado x Não-injetado

 

 

 

Relatórios recentes (2016) indicaram um aumento do pico de força em 40% e de 78% das fibras musculares em relação a área da seção transversal.

O Relatório completo pode ser conferido na bibliografia número 2.

 

Referências Bibliográficas

 

  1. http://www.prohormonepodcast.com/podcasts/ace-083-a-bodybuilding-game-changing-drug/
  2. http://www.acceleronpharma.com/wp-content/uploads/2016/03/ACE-083_2016_MDA_Phase1_Poster.pdf

 

==============================================================

Comentários pessoais:

 

Acredito que realmente o futuro dos esportes que dependem de desempenho muscular possa estar no controle de miostatina e tomara que em um futuro próximo seja possível abandonar a utilização da testosterona para se conquistar um nível extremamente alto de desenvolvimento muscular, claramente o ACE-083 da um enorme passo em direção a isto e mostra o quão potente e importante os inibidores de miostatina podem ser.

 

Para quem se interessar, o relatório também cita alguns efeitos colaterais, que são, acredito eu, extremamente mais leves do que os causados por substâncias anabolizantes.

O Relatório também cita que o aumento de força não se relaciona consistentemente com o aumento de volume muscular, basicamente significa que uma parte do aumento de força vem pelo medicamento, e não em decorrência do aumento de volume muscular, um ponto muito importante caso você esteja interessado em fatores como desempenho muscular.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...

Quando desenvolverem um inibidor de miostatina que realmente funcione será a revolução no mundo da maromba, vai ter gigante pra todo lado, crescimento desenfreado e absurdo. Se não aumentar o coração junto, será a droga mais foda potente para crescimento muscular.  

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dando uma pesquisada sobre o assunto aqui, realmente é muito interessante e promissor. Pelo que vi a inibição da miostatina não apresenta efeitos negativos em questão de saúde, o que é um ponto muito importante. Algo que achei controverso foi que a mesma Acceleronpharma anteriormente havia relatado que não havia correlação entre mudanças de força e volume do músculo decorrentes do ACE-083, mas bom, novos estudos são necessários.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 06/09/2016 at 14:19, Albertiny disse:

Quando desenvolverem um inibidor de miostatina que realmente funcione será a revolução no mundo da maromba, vai ter gigante pra todo lado, crescimento desenfreado e absurdo. Se não aumentar o coração junto, será a droga mais foda potente para crescimento muscular.  

Concordo, acho fará frente a qualquer esteroide anabolizante e um dos melhores lados de utilizar um inibidor de miostatina é não ser dependente a vida toda dele né? (Já que não inibi o eixo).

 

4 horas atrás, Deadliftt disse:

Dando uma pesquisada sobre o assunto aqui, realmente é muito interessante e promissor. Pelo que vi a inibição da miostatina não apresenta efeitos negativos em questão de saúde, o que é um ponto muito importante. Algo que achei controverso foi que a mesma Acceleronpharma anteriormente havia relatado que não havia correlação entre mudanças de força e volume do músculo decorrentes do ACE-083, mas bom, novos estudos são necessários.

Sim, o complicado é que o ACE-083 é injetável e preciso (atua no músculo injetado) como o efeito é "dependente da dosagem", levar agulhada constantemente no corpo todo não deve ser legal não, espero que uma versão com efeito mais durador e/ou oral seja desenvolvida (oque para eles, não deve ser um desafio maior que inibir a miostatina.)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, Berserk220 disse:

Concordo, acho fará frente a qualquer esteroide anabolizante e um dos melhores lados de utilizar um inibidor de miostatina é não ser dependente a vida toda dele né? (Já que não inibi o eixo).

 

Sim, o complicado é que o ACE-083 é injetável e preciso (atua no músculo injetado) como o efeito é "dependente da dosagem", levar agulhada constantemente no corpo todo não deve ser legal não, espero que uma versão com efeito mais durador e/ou oral seja desenvolvida (oque para eles, não deve ser um desafio maior que inibir a miostatina.)

 

O problema que vejo em relação a Oral é como o amigo disse encima, hipertrofia do músculo estriado cardíaco. E além disso, ainda poderia ocasionar a  hipertrofia dos músculos lisos o que eu acho que não seria adequado. Caso consigam direcionar o mecanismo de ação somente para os músculos estriados esqueléticos realmente seria algo muito bom, mas sou um pouco cético em relação a isso kkk. Mas aqui, outra coisa que esqueci de citar é que neste estudo realizado quanto maior foi a dose maior foram os resultados, nosso corpo tende a manter o equilíbrio, será que neste caso não se aplica ? Ou será que após um tempo sem, o volume voltaria ao que era antes ?  Ainda tem muita coisa a ser elucidada kkkk, abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 13/09/2016 at 16:52, Deadliftt disse:

 

O problema que vejo em relação a Oral é como o amigo disse encima, hipertrofia do músculo estriado cardíaco. E além disso, ainda poderia ocasionar a  hipertrofia dos músculos lisos o que eu acho que não seria adequado. Caso consigam direcionar o mecanismo de ação somente para os músculos estriados esqueléticos realmente seria algo muito bom, mas sou um pouco cético em relação a isso kkk. Mas aqui, outra coisa que esqueci de citar é que neste estudo realizado quanto maior foi a dose maior foram os resultados, nosso corpo tende a manter o equilíbrio, será que neste caso não se aplica ? Ou será que após um tempo sem, o volume voltaria ao que era antes ?  Ainda tem muita coisa a ser elucidada kkkk, abraço

Sim, hipertrofiar os músculos "errados" poderia acarretar problemas bem graves mas também varia com o "nível de hipertrofia" de tais músculos, de qualquer modo necessita alguns estudos sobre isto.

 

Infelizmente (ou felizmente né?) sem o inibidor o músculo volta ao tamanho original, (se não me engano, após 3 semanas o volume começa a decair e voltará ao normal caso a dosagem não seja mantida, aí que entra o problema de levar tanta agulhada de uma forma constante.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Berserk220 disse:

Sim, hipertrofiar os músculos "errados" poderia acarretar problemas bem graves mas também varia com o "nível de hipertrofia" de tais músculos, de qualquer modo necessita alguns estudos sobre isto.

 

Infelizmente (ou felizmente né?) sem o inibidor o músculo volta ao tamanho original, (se não me engano, após 3 semanas o volume começa a decair e voltará ao normal caso a dosagem não seja mantida, aí que entra o problema de levar tanta agulhada de uma forma constante.

Mas por outro lado, é isso que as grandes industrias farmacêuticas querem... Pra que fazer algo que vai lhe dar altos resultados e estabilização do mesmo, se podem continuar ganhando dinheiro vendendo mais e mais ? É por isso que vários projetos de pesquisadores de instituições brasileiras ficam parados... A falta de incentivo destas empresas impossibilita os estudos. Na minha concepção algo deveria ser feito para gerar um equilíbrio dinâmico ao corpo, de modo ao próprio corpo entrar em um estado onde seja favorecido positivamente o ponto a que se quer dar ênfase. Deste modo, a contribuir para que não sejam necessários novos estímulos exógenos, gerando assim um melhor estado basal e consequentemente melhores resultados/qualidade de vida. O grande problema seria que isto não daria lucro a grandes empresas que atuam nesta área.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que a aplicação injetável de proteínas inibidoras de miostatina diretamente no músculo seja a opção mais segura para o paciente/consumidor frente as futuras tecnologias que estão por vir, que alteram a expressão da miostatina (alteram a nível molecular, genético).

 

Em 2012, se eu não me engano, em alguns fóruns aparecerem vários grupos de vendedores mostrando suplementos a base de inibidores de miostatina. Enfim, na época não aprofundei, pois para mim era algo muito milagroso, além do mais, o inibidor de miostatina que eu havia acompanhado na época era um anticorpo monoclonal, então na minha visão essa parada já estava descartada, já que o risco de desenvolvimento de uma doença autoimune é elevadíssimo.

 

A indústria farmacêutica está aí, com a síntese de proteínas e polipeptídeos sintéticos através de ferramentas computacionais podem ter certeza, haverá dezenas de proteínas diferentes que irão inibir a miostatina, cada qual com sua vantagem e desvantagem, cada qual com sua estranheza ou camuflagem. É realmente algo promissor sim, quem quiser estudar existem inúmeros tratamentos publicados na internet com os vários inibidores que existem, com uso desde camundongos, touros até crianças doentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 8 meses depois...

humano nao foi feito pra crescer, mas pra acumular energia, se um dia de fato for efetivo isso realmente irá revolucionar, lembrando que o corpo terá que se adaptar, muita coisa mudará, tqaxa metabolica, pressão sanguinea, etc... Bom só esperando, embora acho que ainda vai demorar, assim como os produtos de queda de cabelo., tem 400 tipos mas eficaz mesmo.....

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...