Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

paulodiasreis

Membro
  • Total de itens

    701
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

paulodiasreis venceu a última vez em Janeiro 19 2021

paulodiasreis tinha o conteúdo mais apreciado!

5 Seguidores

Sobre paulodiasreis

  • Data de Nascimento 03/20/1990

Profile Information

  • Objetivo
    Ganho de massa muscular
  • Localização
    Minas Gerais

Últimos Visitantes

1241 visualizações

Conquistas de paulodiasreis

  1. Algumas funções benéficas do E2: Melhora densidade óssea, melhora de perfil lipídico, maior concentração de serotonina no SNC, possui ação anorexígena (controle de apetite), é neuroprotetor (enquanto andrógenos são neurodegenerativos, logo, se a T está alta, é interessante ter o E2 alto "protegendo"). Alguns malefícios da SUPRESSÃO do E2: Redução da potência peniana, dislipidemia, aumento da gordura subcutânea e visceral, redução da lubrificação articular e vaginal. Mas, independentemente disto, essa discussão não tem fim, visto que não é comum do brasileiro conhecer/seguir a ciência.
  2. 1700kcal é muito pra uma mulher de 52kg (se seu perfil está correto). A menos que seja muito ativa, acima da média. Considerando a média, e seu relato do peso não cair mesmo pesando alimentação na balança, eu baixaria para ~1400 pra ver. Se quiser mais detalhado, informe quantas horas de treino semanal (tanto musculação quanto cardio) e como é este treino (corrida, caminhada, crossfit etc). Informe a divisão de macronutrientes tbm.
  3. Parece um treino genérico de academia, o que dificilmente será ideal pra vc. De cara: eu reduziria a quantidade de exercícios ou séries por grupo muscular para a metade, e passaria os descansos para 2 a 3 minutos. E mexeria bastante na ordem do treino C.
  4. Eu sugiro que vc altere só quando precisar, porque não vai conseguir treinar todos os dias, por exemplo. Manter o treino igual durante algumas semanas é melhor para perceber se está conseguindo evoluir cargas e repetições. Mas, em tese, não tem problema não.
  5. Tem que perguntar se é possível fazer amostra com diluição. Todo laboratório tem essa limitação usual. Alguns, proativamente, já fazem a diluição quando os valores vem altos, sem vc pedir. Outros não fazem, precisa pedir. É justamente a discussão, se devemos buscar manter a proporção "natural", ou não... Essa proporção seria de 1:20 até 1:50, que representam as taxas usualmente "saudáveis" de conversão de testo em E2: 0,2 a 0,5%. Em números: a cada 1000 de testo, 20 a 50 de E2.
  6. Não sei... Da para chutar dosagens menos ou mais agressivas, mas não da pra prever a resposta com exatidão. E nem garantir que dentro do valor de referência não vá será pior. E essa é justamente a questão do tópico. Não estamos falando sobre zerar. Zerar é o pior caminho. A questão é: para 5000 de testosterona, por exemplo, o estradiol deve ficar lá em cima, tipo 200~250, ou 20~40 (VR)? Esta é a discussão do tópico e há argumentos para as 2 situações.
  7. Se já sabe que vai usar novamente, mantenha uma dose baixa de testo, tipo 200mg/s. Quando voltar são os seus exames que vão dizer. Normalmente, um cruise, que seria este baixo uso até normalização dos exames, dura umas 4 a 8 semanas...
  8. Aromatização é o processo de conversão de testosterona em estradiol. É um processo fisiológico normal, ocorre em todos, inclusive naturais. Essa é a discussão do tópico. Se vale a pena abaixar ou deixar alto em decorrência do aumento de testosterona. Não da pra dizer. Precisa avaliar o histórico de uso da pessoa. Por exemplo, se a ginecomastia aparecer quando diminuir as doses, tipo em um cruise ou ao parar o uso para fazer TPC, a causa provável é que a testosterona diminuiu mais rápido do que o E2. Então depois de alguns dias tende a normalizar. Já se é o primeiro contato, com doses usuais, taxa de aromatização está dentro dos padrões (aproximadamente 1:20), com droga de confiança, e mesmo assim sofre gineco, é um sinal que a pessoa (ou as células da mama) é mais sensível ao E2. Uma possibilidade é reduzir a dose de testosterona e usar drogas que aromatizem menos. Isso tende a ser mais comum em quem aromatiza mais (mudando a proporção), possivelmente por excesso de gordura. Por isto as recomendações de não usar andrógeno com BF alto. Histórico de ginecomastia talvez influencie tbm. Quanto ao dilema de E2 baixo ou alto, eu não afirmaria que E2 alto, dentro das proporções esperadas, é mais prejudicial que E2 baixo.
  9. Pra oxan a dosagem de 60mg/dia ta ok. Pra deca tem mais opções. Alguns preferem deca base, outros testo base, podendo ser igual tbm. Escolha uma combinação que não passe de 600~700mg por semana. 200 e 400, 300 e 400. Tem que testar, cada pessoa responde diferente a colaterais... Um bom parâmetro é pensar se a testo te deu colaterais no passado. Se não, talvez seja interessante ser a base. Sobre IA, eu não recomendo uso sem colaterais. E mesmo com colaterais, no caso de gineco, tenta só tamox. Tem um tópico com essa discussão que tá nos mais recentes, veja as opiniões diferentes lá.
  10. Deca é bem mais anabólica que oxandrolona, mas tende a reter um pouco. Dieta e cardio ajudam nisso, mas de toda forma a oxan aparenta estar mais seco. Então, considerando seu objetivo (massa e volume), iria deca. Mas já esperando a possibilidade de dar uma embaçada no shape, principalmente pq o BF não tá tão baixo. O BF a manter é um gosto pessoal. Vc quem escolhe estar mais seco ou mais volumoso. Mas uma opinião minha: se vc está fazendo ciclo+TPC (e não B&C), eu atrasaria esse ciclo mais uns 2~3 meses. Tempo suficiente pra abaixar o BF um pouco mais, fazer algumas semanas em manutenção, e aí sim entraria com deca pra fazer um bulking bem feito. Vc tbm pode entrar só com testo agora, durante esse período pra abaixar o BF. Nesse caso, se vc esperava fazer um ciclo de 12~16 semanas, ficará bem mais longo. Já se vc está em B&C, tanto faz a escolha. Não teria muita diferença em fazer deca > cruise > oxan > cruise, ou o inverso.
  11. Não existe... ou a acima de 200mg/s, aproximadamente, já teria que usar IA. No fórum há quem defenda os dois raciocínios. Eu sou a favor de só usar com sintomas. Quando for só gineco, usa tamoxifeno e deixa o e2 como está. Se mais coisas começarem a surgir, exame. E observar individualidade. Alguns aromatizam mais, outro menos. Alguns são mais responsivos aos hormônios (efeito benéficos e maléficos), outros menos. Mas como "testosterona é hormônio de homem e estradiol de mulher", a galera alopra o estradiol. -Alguns tem menos receptor androgênico, evoluem menos -Alguns reduzem mais o HDL -Alguns tem mta alteração no hematócrito -Alguns tem piora de ansiedade, humor, agressividade Tudo isso é referente à testosterona, mas ninguém quer abaixar a dose. E vc não encontrará um estudo batendo o martelo quanto a isso, principalmente com níveis suprafisiológicos. Estudos em animais mostram até aumento do acúmulo de gordura com E2 suprimido. E outras funções comprovadas, como neuroproteção e cardioproteção.
  12. Pensei igual ao Stein.... vai fazer milagre nenhum... Se não tá conseguindo concluir o teste, não é o aerolin que vai fazer conseguir. E o mesmo do Matheus... vai tomar um beta adrenérgico pela primeira vez na vida logo antes de uma prova hahahahaha quero nem pensar na tremedeira, ansiedade, sudorese... vai entender nada...
  13. 200mg/ml, 1ml 3,5 vezes por semana são 700mg independentemente do éster.
×
×
  • Criar Novo...