Ir para conteúdo
Fórum Hipertrofia
  • Cadastre-se
Clique aqui

Rafael_DBZ

Membro

Conteúdo continua após a publicidade.

  • Total de itens

    72
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Rafael_DBZ

  • Rank
    Iniciante

Profile Information

  • Idade
    30
  1. Serve principalmente para diminuir a gordura abdominal e melhorar a resistência à insulina, diabetes tipo 2 e síndrome metabólica segundo diversos estudos publicados no PubMed: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25132363 - Neste estudo, o flavano-3-ol encontrado no cacau é apontado como hipotensor, termogênico e lipolítico, além de favorecer a diminuição da gordura branca no corpo. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15850966 - Este estudo aponta que o cacau consegue reduzir os riscos de uma dieta com alta ingestão de gordura através da modulação do metabolismo lipídico, diminuindo a síntese de ácidos gordos e aumentando a termogênese no fígado http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24708519 - Diz que o flavano-3-ol melhora a lipólise e promove biogênese mitocondrial e melhora quadros de síndrome metabólica.
  2. Isso é só fazer 30 minutos de esteira que resolve. Experiência própria.
  3. Com certeza é culpa do HAARP, que trata-se um "bombardeiro" de ondas elétricas para aumentar a densidade do plasma da ionosfera, causando alterações meteorológicas.
  4. A minha (com franol) aumenta muito durante o exercício e depois cai bastante, isso é porque perde-se muito sódio e água durante a corrida.
  5. Dieta é 90%, mas não é tudo. Você primeiro precisa querer ser forte, e segundo buscar uma alimentação que você goste, brinque com receitas novas, experimente alimentos que nunca comeu, fale com pessoas que nunca falou antes, faça um curso que nunca pensou em fazer e faça o seu dia valer a pena. Não espere pelos outros, acredite em si, vá em frente, levante esse astral, seja feliz agora, neste momento, você pode. Um abraço.
  6. A creatina faz o peso aumentar rápido mesmo, eu cheguei a aumentar de 78 para 84 quando estava usando.
  7. Em mim dá todo dia dor de barriga essa mistura, mando cacau + albumina + leite + colágeno... É bom que limpa o intestino.
  8. Eu manipulei um creme de mentol + cânfora e realmente diminui bastante, mas claro que tem que ter dieta junto.
  9. Baixa libido está mais relacionada com cortisol, baixo fluxo sanguíneo e estresse. No caso de baixa testosterona, vem vários sintomas junto, infertilidade e desânimo por exemplo.
  10. Colocar compressa de gelo em áreas flácidas pode ajudar a queimar calorias, segundo cientistas (tradução da matéria do jornal "The Telegraph" publicada em 09/10/2014) As bolsas de gelo são conhecidas por reduzir inflamação e prevenir o inchaço em lesões no esporte, mas agora os cientistas têm demonstrado que também podem ajudar as pessoas a perder peso. Basta amarrar uma bolsa de gelo com uma cinta nas áreas gordurosas como coxas ou barriga por apenas 30 minutos para acabar com gorduras difíceis de serem queimadas normalmente. A compressa fria funciona porque faz o corpo transformar a gordura branca em gordura "bege". Nós seres humanos temos dois tipos de tecido adiposo. A gordura branca é o tipo de gordura que nós associamos com barrigas gordas e quadris flácidos, e é a mesma que circula no sangue para alimentar os músculos. A outra alternativa, a gordura marrom é usada pelo corpo para gerar calor. Quanto mais frio, mais gordura marrom é queimada. Agora os cientistas descobriram que quando a gordura branca fica muito fria, pode se transformar em um tipo de gordura marrom, que os pesquisadores batizaram de "bege". E a gordura bege pode ser queimada para gerar calor. "Queríamos investigar se os adultos teriam a capacidade de transformar alguns depósitos de gordura branca em gordura bege quando expostos ao frio," diz o Dr. Philip Kern, um dos autores do estudo realizado na "School of Medicine" da Universidade de Kentucky. "Transformar a gordura branca em marrom seria um excelente defesa contra a obesidade. Isso faria o corpo queimar calorias extras, ao invés de convertê-las em tecido adiposo adicional." Os pesquisadores colheram amostras do tecido adiposo da coxa de 16 pessoas após terem feito uma compressa com bolsa de gelo sobre a pele por 30 minutos, em seguida, verificaram marcadores genéticos específicos que mostraram o tipo de gordura presente. Eles encontraram níveis elevados de três marcadores genéticos vinculados a gordura bege ou marrom em amostras colhidas durante o inverno. Também analisaram amostras de tecido de gordura da barriga de 55 pessoas para ver se as amostras de tecido retiradas no inverno mostravam evidências de que estavam se transformando em "bege". A análise revelou que o tecido de gordura biopsiado no inverno era maior em gordura "bege", em comparação com as amostras colhidas no verão. O estudo mostra porque as pessoas tendem a querer mais alimentos gordurosos no inverno quando mais calorias de gordura branca estão sendo queimadas ​​para manter a temperatura corporal ao invés de estarem gerando energia para os músculos. Os pesquisadores também descobriram que pessoas obesas não conseguem converter gordura branca para bege tão bem quanto os magros. "Nossas descobertas indicam que um processo de inflamação pode impedir a conversão da gordura branca para bege", acrescentou o Dr. Kern. Estudos anteriores sugeriram que é possível emagrecer mais quando diminui-se alguns graus da calefação. A maioria das casas no inverno são aquecidas a cerca de 69°F (21 graus), mas a Maastricht University Medical Centre aconselha diminuir o termostato para entre 62°F (17 graus) e 59°F (15) durante algumas horas do dia. Especialistas afirmam que, porque passamos muito do nosso tempo dentro de casas e escritórios superaquecidos, nossos corpos não queimam calorias naturalmente para manter a temperatura corporal. É uma tendência que tem se confirmado ao longo do século passado, quando nos tornamos mais adeptos a controlar a temperatura nas nossas casas através de calefação e ar condicionado. A pesquisa foi publicada no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism. Cientistas norte-americanos também descobriram um novo tipo de molécula de gordura no corpo que pode ser tão benéfica como Ômega 3, óleo de peixe, e pode controlar os níveis de açúcar no sangue. Denominada de FAHFA ("fatty acid hydroxy fatty acids", em inglês), essas novas moléculas estão nas células de gordura, bem como nas outras células do corpo. Em estudos feitos em ratos, foi demonstrado que o aumento dos níveis de FAHFAs protegeram os ratos contra a diabetes, mesmo na condição de obesos. "Ficamos fascinados ao descobrir esta nova classe de moléculas", disse Barbara Kahn, da Harvard Medical School. Os pesquisadores disseram que novos caminhos de tratamento foram abertos. Isso é de fundamental importância, já que a obesidade e a diabetes tipo 2 permanece crescendo em proporções epidêmicas em todo o mundo. Autor: Sarah Knapton Traduzido por RafaelDBZ Fonte: http://www.telegraph.co.uk/science/science-news/11152348/30-minute-ice-packs-could-be-key-to-burning-away-body-fat-say-scientists.html
  11. Depende da sua sensibilidade à cafeína.
×
×
  • Criar Novo...