Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Potencializando A Recuperação Pós Treino.


Hitch

Posts Recomendados

Potencializando a recuperação pós-treino

Ary Serpa Neto

A sobrecarga tensional produzida pelo exercício resistido promove o influxo de Ca²+ na fibra muscular e esse íons ativa enzimas chamadas proteases miofibrilares. Essas enzimas catalisam a quebra da proteína muscular (miofibrilas) durante o treino, promovendo microlesões. O processo de hipertrofia depende dessas microlesões, uma vez que o corpo, no período de supercompensação, se em condições adequadas, promove a hipertrofia da fibra muscular como uma forma de proteção. Logo, o processo mais importante para a hipertrofia é o momento de restauração da arquitetura fisiológica da fibra e sua consequente hipertrofia.

A fibra muscular não apresenta uma capacidade de regeneração quando tem seu arcabouço (estruturas funcionais) lesado (lesões extensas são substituídas por tecido fibroso) e a hipertrofia, em grande parte, ocorre pela ação das células satélites. Essas células funcionam como mioblastos inativados e localizam-se na periferia das fibras musculares. Sob a ação do IGF-1 (somatomedina C) essas células se diferenciam em mioblastos ativados e regeneram as microlesões. Nesse artigo discutirei a ação de uma erva, a Curcuma longa (diferuloylmethane).

39835-004-A1C7FE47.jpg

Essa erva apresenta atividades quimioprotetoras em alguns modelos tumorais(1) e serve como prevenção no carcinoma hepatocelular (trata a inflamação crônica)(2). Além disso apresenta função anti-oxidante (aumenta a atividade hepática de glutationa S-transferase)(3) e diminui a fibrose hepática(4). Porém estudaremos aqui a sua capacidade de restaurar a arquitetura normal do tecido muscular(5).

Estudos in vitro indicam que a curcuma pode agir diretamente nos mioblastos (ativando a proliferação, fusão e diferenciação celular). Essa ação se da pela inibição da atividade do fator de transcrição NF-kB. Sendo assim essa erva é um dos únicos agentes administrados sistemicamente que apresentam essa capacidade, sendo esse efeito dose-dependente e ocorrendo muito rapidamente(5).

imagemnwc.jpg

Curcuma aumenta a regeneração muscular após lesão em diversos musculos. Esquerda: o músculo masseter e tibial anterior lesados. Cada barra representa a quantidade de EMHC um marcador de miofibrilas regeneradas. Direita: evidência imunohistoquímica do aumento da regeneração muscular no masseter quatro dias após a lesão ; A: placebo B: curcuma

Essa ação da Curcuma pode ser resultado do aumento do número de precurssores celulares ou na potencialização da diferenciação desses. Porém demonstrou-se que a regeneração muscular potencializada pela erva ocorre sem uma alteração tecidual no número de mioblastos(5).

Dessa forma a utilização dessa erva apresenta uma grande vantagem para atletas, na tentativa de potencializar a recuperação pós-treino, ja que a sua ação é muito rápida. Sua desvantagem é a forma de adminsitração, que deve ser tópica ou intraperitoneal.

Referências

1. Inhibition by curcumin of diethylnitrosamine-induced hepatic hyperplasia, inflammation, cellular gene products and cell-cycle-related proteins in rats. Chuang SE, Cheng AL, Lin JK, Kuo ML.

2. Suppression of altered hepatic foci development by curcumin in wistar rats. Shukla Y, Arora A.

3. Mechanisms of anticarcinogenic properties of curcumin: the effect of curcumin on glutathione linked detoxification enzymes in rat liver. Piper JT, Singhal SS, Salameh MS, Torman RT, Awasthi YC, Awasthi S.

4. Curcumin suppresses the expression of extracellular matrix genes in activated hepatic stellate cells by inhibiting gene expression of connective tissue growth factor. Shizhong Zheng1 and Anping Chen2

5. Systemic administration of the NF-B inhibitor curcumin stimulates muscle regeneration after traumatic injury. Deepa Thaloor, Kristy J. Miller, Jonathan Gephart, Patrick O. Mitchell, and Grace K. Pavlath

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

bom texto hitch...

o nome da planta seria Curcuma Longa mesmo?

não me é estranho isso,vo pedir hj no laboratório se eles tem isso

ja q manipulam diversas coisas não custa pedir...

problema q não sei q dose é e qtidade q é=/

vo me informar,qlqr coisa posto aki!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...