Ir para conteúdo
Fórum Hipertrofia
  • Cadastre-se
Clique aqui

GFreitas98

Membro

Conteúdo continua após a publicidade.

  • Total de itens

    65
  • Registro em

  • Última visita

Sobre GFreitas98

  • Rank
    Iniciante

Profile Information

  • Idade
    21

Últimos Visitantes

40 visualizações
  1. Que loco, o cara voltou 11 anos depois pra falar que deu tudo errado kkkjk, espero que daqui 11 anos não seja eu que esteja fazendo isso. Mas vem cá, você disse aí acima de que tem 37 de braço... qual sua altura? 37 de braço com bf baixo em alguém de pouca estatura já é top para um natural, a maioria do pessoal natural não chega nos famosos 40 de braço nunca, nem fazendo tudo certo. Dá pra ficar com um shape ''fitness'' esteticamente muito bom, mesmo com 37 de braço ou até menos que isso.
  2. Valeu pelo toque meu caro. Esse cara pelo jeito só meu dica furada, e o pior é que eu segui isso por anos, na época ele me botou maior pilha dizendo que quem deve se preocupar com carga é powerlifter, que o treino de musculação bom devia ter muita intensidade e sempre ser até a falha, que marombeiro não podia fazer aeróbico porque catabolizava, que um treino não devia durar mais que 40 min porque senão você dava overtraining, etc... e alguns anos atrás existia muitos artigos na internet que iam nesse sentido. Porém agora que voltei vi que isso não estava dando muito certo, cheguei ao ponto de na hora de fazer supino ter que usar uma carga diferente em cada série, porém sem nunca conseguir aumentar nem 1 kg. E sim, eu estou comendo pouco, estou no final do cutting, mas desde do tempo que eu treinava a anos atrás já tinha que ficar baixando carga, mesmo sem estar em cutting.
  3. Bom, minha dúvida é essa pessoal, um amigo educador físico meu sempre disse que quem faz musculação deve cagar para a carga e focar na intensidade, e desde minha adolescência eu treino dessa forma, coloco uma carga que eu consiga falhar entre a 8-12 repetição, dou entre 40 seg e 1 min de descanso, e volto a executar, porém eu sempre tenho que baixar a carga na segunda série, caso contrário já falho na 2 ou 3 repetição, as vezes eu tenho que fazer cada série com uma carga diferente, tamanho é a exaustão muscular do meu treino. Porém lendo alguns artigos por aí que dão enfoque na progressão de carga como fator determinante na evolução muscular, comecei a pensar se essa metodologia que eu uso realmente é efetiva, pois eu quase nunca evoluo a carga, mesmo agora que eu voltei a 3 meses para a academia, eu subi muito pouco os pesos nos meus exercícios, também estou avaliando se esse nível de intensidade é eficaz para um iniciante e natural como eu, que aplica um volume razoável no treino, (24 séries para músculos grandes por semana, e 16 séries para músculos pequenos por semana). Gostaria de saber o que vocês acham desse método de sempre treinar até a falha, ignorando completamente a carga utilizada, e se também acham que eu estou usando um volume ou intensidade muito alto para minha condição. Já agradeço antecipadamente quem puder me ajudar.
  4. Eu gosto bastante do Leandro Twin, do Gorgonoid e do Jason projeto Giga.
  5. Quais vocês mais acompanham e consideram que passam as informações mais precisas e claras possíveis? pode ser canais com focos diversos, como treino, dieta, hormônios,etc...
  6. Não sou nenhum educador físico,pode ser que apareça alguém aqui e explique melhor que eu, mas pelo que sei os fisiculturistas treinam com menor frequência pois dão muita intensidade em seus treinos, precisando de mais tempo de recuperação, eles vão ao limite da exaustão em todos os treinos, pois já possuem conhecimento fisiológico o suficiente para extrair o máximo de sua musculatura, uma pessoa normal demora anos até conhecer de forma precisa seu corpo e qual o seu verdadeiro limite, eles já tem esse conhecimento. Além disso o uso de recursos ergogênicos é outro fator a ser levado em conta, esteroides anabolizantes são muito anti-catabólicos, isso permite que eles façam um treino com uma densidade, volume e intensidade absurda, algo que um natural não conseguiria fazer sem catabolizar, consequentemente um treino desse nível precisa de mais tempo de descanso, pois seu músculo foi muito ''lesionado''. Mas um natural ou iniciante também pode treinar um músculo 1 vez por semana sem problemas, desde que conheça seu corpo, eu mesmo treino pernas 1 vez por semana,sendo que sou iniciante, mas em cada treino eu dou um pau danado nelas, por isso preciso de mais tempo de descanso.
  7. Cara não vou responder tua dúvida pois não tenho conhecimento técnico ainda pra isso, mas teu shape está insano para um natural, qualquer um iria dizer que você é hormonizado, cada dia mais percebo que dá sim pra ter um shape top sem usar anabolizantes. Só por curiosidade,a quanto tempo você treina?
  8. Minha dieta possui 1500 calorias, como 2 gr por kg de prot, 1 gr de gord e 0,9 de carb, estou no meu 3 mês de treino, tenho 1,71 de altura, 70 kg, meu BF deve estar em algo em torno de 15%. Comecei com uma dieta de 1800 kcal e todo mês reduzo cerca de 100 kcal, no ínicio minha dieta tinha mais carbo e menos gordura, depois fui aumentando a gordura e diminuindo o carbo, em média eu estou perdendo 0,7 kg por semana. tento manter um defcit diário de 800 kcal.
  9. Galera faço essa pergunta pois entrei no meu último mês de cutting e decidi apertar os carbos, baixei para menos de 1gr por kg corporal, mas nessa primeira semana com os carbos baixos já senti sintomas desagradáveis, primeiro foi um cansaço e sono muito grande ao longo do dia, eu também percebi que durante o treino o tempo de descanso que eu dava antes, cerca de 1 min, já não era mais suficiente para me recuperar, agora eu fico muito mais cansado depois do exercício e preciso de mais tempo para executar o exercício denovo, durante o próprio treino eu estou ficando muito mais desgastado e desanimado também, antes eu sempre terminava meu treino de musculação, que dura cerca de 40 min, e fazia 20 min de cardio na esteira tranquilamente, agora faço 10 min e quase morro de cansaço, mas também vi que de fato eu murchei bastante nessa semana,fiquei mais definido e talz, mas creio que seja por causa da eliminação de retenção relacionada ao glicogênio muscular. Fui pesquisar na internet sobre isso e li vários artigos que alertam que dietas low-carbs são muito catabólicas, pois reduzem a produção de insulina e a sintese proteica, diante disso queria saber o que vocês pensam desse tipo de dieta em cutting, vale mesmo a pena fazer? eu particularmente não estou gostando dos efeitos aparentes dela no meu treinamento, mas se ela não for tão catabólica e acelerar a queima de gordura no processo não tenho problema em mante-la.
  10. Sim, mas as reclamações que eu vejo é que os fornecedores pegam o dinheiro e simplesmente não enviam código de rastreio da encomenda e não dão justificativa nenhuma pra isso, simplesmente somem, e eu já vi essas reclamações em grupos do WPP também, se fosse apreensão os vendedores pelos menos deveriam dar uma justificativa e restituir o valor que pagaram de alguma forma. Mas pode ser que eles nem sejam fornecedores ligados ao lab, apenas golpistas aleatórios mesmo. Por isso tem que ficar de olho e tentar ter ctz que o fornecedor é confiável mesmo.
  11. Sim, realmente, as vezes o lab nem sabe de nada, a culpa é dos fornecedores, me expressei mal, mas mesmo assim é bom ficar esperto.
  12. Já vi várias reclamações desse lab não estar entregando as paradas, dá uma olhada no site reclame aqui, se eu fosse você ficaria de olho pois esses caras podem ser pilantras.
  13. O pessoal aí acima já respondeu de forma mais fundamentada isso. Mas no geral a maioria das pessoas que são magras ou gordas estão nessa condição devido a alimentação, as pessoas magrelas que eu conheço comem muito pouco e quase só porcaria, basicamente carboidratos puros, e geralmente fazem bastante atividade, meu primo tem um 1,70 e pesa 50 kg, e meu pai é irmão gêmeo do meu tio, ou seja, nós temos quase o mesmo sangue, na verdade somos meio irmãos geneticamente falando (pois gêmeos tem o mesmo DNA), já eu antes da dieta tava beirando os 80 kg com a mesma altura e genética, o que diferenciava nós era a alimentação e nível de atividade. O mesmo vale para os obesos, a maioria é obesa devido a alimentação inadequada e sedentarismo.Não sou nenhum geneticista mas já li em vários lugares que biotipos não existem, que esse mito é baseado em pesquisas imprecisas e obsoletas de mais de 100 anos atrás, o que existe são genéticas individuais diferentes, algumas pessoas são mais altas, outras mais baixas, algumas tem uma estrutura óssea maior, outras menores, agora pessoas que tem uma composição corporal parecida, embora com formatos de corpo e genética diferentes, não vão ter uma TMB diferente só porque um é ''endomorfo'' e o outro ''ectomorfo'', como falaram aí em cima existe algumas peculiaridades bem especificas que causam uma tendência em alguns de ganhar ou perder peso, mas isso é muito pouco significante no ganho de resultados.
  14. Concordo, o que mais me atrai em uma mulher é sua feminilidade, eu não consigo sentir atração nenhuma pra mina que tem aparência bonita, mas é grossa e indelicada, prefiro pegar uma mulher com aparência meia-boca mas que é meiga e gentil, do que uma dessas mulheres que tem seu gênero ''desconstruído''. Da mesma forma que eu não consigo entender como tem mulher que gosta de homem afeminado que tem mais caracteristicas mentais femininas do que masculinas.
×
×
  • Criar Novo...