Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Maria_almeida

Membro
  • Total de itens

    75
  • Registro em

  • Última visita

1 Seguidor

Sobre Maria_almeida

  • Data de Nascimento 02/12/1987

Profile Information

  • Objetivo
    Ganho de massa muscular
  • Localização
    São Paulo
  • Peso
    67
  • Altura
    1,61
  • Idade
    37

Últimos Visitantes

498 visualizações

Conquistas de Maria_almeida

  1. Passando para informar que neste último mês, perdi mais 1kg de gordura, mas também perdi 0,100 de massa magra. Acredito que essa perda de massa, sem ganho, seja efeito do anfi-inflamatório que tomei, além da minha testo que está em 8.De 500 pra 8. heheh Sobre as espinhas, continuo na luta para tratar, e estou começando a acreditar que seja mais efeito do DIU (que tirei, logo que iniciei o androgel) do que a testo alta, pois já vai para 2 meses que não passo mais o gel, e continuo com o rosto mega inflamado, com poucas melhoras. Segundo o dermatologista e ginecologista, o corpo demora de 6 meses a 1 ano para se organizar, depois que tira o DIU. então pode ser isso. Paralelo a isso, continuo treinando pesado. Não reduzi as cargas, e estou bem focada. Dieta eu furo de vez em quando (fds), mas procuro sempre contabilizar para ir administrando as calorias. Sobre o cotovelo e ombro, parei o anti-inflamatório, e as dores voltaram com tudo. Estou fazendo fisioterapia. Meu treino de superior é praticamente mobilidade apenas e estou aguardando ainda o convênio aprovar a infiltração com ácido hialurônico. Oremos.
  2. isso ae. Só não pode parar. Melhoras pra ti.
  3. nuosssa. Mas agora a inflamação vai melhorar. Só tome cuidado, pois como a dor vai sanar, vc pode achar que resolveu o problema e continuar com os pesos habituais, e isso pode piorar a situação. Foi o que aconteceu cmg, pois estava infiltrada, não sentia dor, e mantive os pesos e força (ainda mais que estava com meus 500 de testo). Muita força. Dai o que aconteceu? o problema deixou de ser apenas uma inflamação e virou lesão. Foda né. 3 meses depois, a dor voltou com tudo. Mas claro, que devia estar fazendo os movimentos errados, sobrecarregando o cotovelo, o que ocasionou de fato o agravamento do problema.
  4. Hummm, mas foi injeção no bumbum? Ou este medicamento foi usado para aplicação no ombro, local da dor?
  5. Ahhhh, vc tá brincando que não doeu!!! kkkkk Isso DÓI DEMAIS. Vc fez a aplicação de corticoide? ou ácido hialurônico?
  6. Outra coisa bem importante: NÃO durma em cima do braço. Ou seja, de lado. De bruços. Isso é pessimo pra quem está com problema no ombro. A noite será mal dormida? Vai! Mas não piorará seu ombro 😅
  7. Avisa aqui o que ele falar. Vamos acompanhando e trocando informações. Uma coisa que ele enfatizou foi: NÃO fazer exercícios que tenha que erguer os braços. Ou seja: esqueça puxadas. Min Personal personalizou meu treino, então está assim: Faço supino com halteres, mas reduzi muito a carga e faço o movimento bem certinho. tricipes estou fazendo apenas na polia, com corda. Bíceps o único que estou fazendo é o martelo. Peso bem baixo, pq além do ombro tem o cotovelo que dói. E estou fazendo também remada baixa triângulo e remada baixa unilateral com pegada neutra. todos os outros de superiores, não posso fazer no momento. Estou fazendo muita mobilidade também. O volume do treino é 70% mobilidade e 30% força/hipertrofia.
  8. Estou com o exame em mãos, daí agendei com meu médico que só tem agenda para mês que vem. Daí ontem fui com meu marido num ortopedista amigo dele. Me passou 2 antiinflamatórios fortíssimos, e pediu fisioterapia. Estou pensando se tomarei os remédios, ou se espero ir no meu médico que já deixou solicitado a infiltração com ácido hialurônico, que inclusive ainda estou aguardando o convênio aprovar, pois é muito caro. A Personal já adaptou o treino também. Está top.
  9. E obrigada pela força. Não vou desanimar não. Contiinuarei firme e forte. meio forte, mas firme rsrs
  10. Nossa, nem me fale!! Ainda bem que é parcial. Mas vou te falar uma coisa. DÓI. DÓI muito, e estou evitando de tomar analgésicos e anti-inflamatórios. estou levando na raça, até ir ao médico.
  11. Obrigada pela força. Vou aproveitar essa "folga" dos superiores e vou usar o tempo para meus cardios, que preciso, além de focar nos treinos de inferiores. Vai dar tudo certo. Não vou desistir, e agora mais ainda vou fazer tudo certo, sem margem para erros que venho tendo.
  12. Liguei ontem para agendar o retorno com meu ortopedista, e ele só tem agenda em abril. Agendei num outro ortopedista, de confiança do meu marido, na cidade vizinha e vou levar os exames pra ele, para assim ter uma primeira opinião e já um direcionamento sobre os cuidados que devo ter. Vou ver a opção do ácido hialurônico no ombro também, caso seja indicado. Acredito que terei que fazer novamente as fisios... não queria. é um saco, mas sei que é importante, então seguirei o que for necessário. E AINDA BEM que os membros inferiores estão a todo vapor. Aproveitar agora para treiná-los mais ainda, e focar na dieta para perder as gordurinhas nos braços/costas que tenho bastante.
  13. Sim sim. Conversei bastante hoje com minha personal e até que eu leve os exames ao médico, ela interrompeu todos os treinos de superiores. Antes do exame, já havia solicitado ao convênio, junto ao pedido médico, a infiltração com ácido hialurônico no cotovelo. Já mandei ontem o laudo, estou esperando ver se eles aprovação, pois é bem carinho.
  14. Se meu psicológico já estava abalado com o resultado da avaliação, com a personal, onde aparentemente minha gordura saiu da barriga e foi para os braços/costas, imagine agora que eu fiz a ressonância magnética e recebi o laudo. Vou agendar médico pra ver o que faremos. Enquanto isso, talvez terei que dar uma pausa nos treinos de superiores e abusar do gelo em casa. Olha como está a brincadeira: RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DO COTOVELO ESQUERDO Análise: Moderadas tendinopatia e peritendinite do comum dos extensores, com rotura intrassubstancial parcial junto sua origem na côndilo lateral, que mede 0,4 x 0,4 cm. Demais itens, ok. Conclusão: Moderadas tendinopatia e peritendinite do comum dos extensores, com rotura intrassubstancial parcial junto sua origem na côndilo lateral. RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DE OMBRO ESQUERDO Análise: Artropatia degenerativa acromioclavicular leve, caracterizada por incipientes osteófitos marginais e hipertrofia capsuloligamentar, associados a leves afilamentos condrais em ambos os componentes. Nota-se ainda edema ósseo subcondral no componente clavicular. Acrômio plano, com inclinação inferolateral, associado a espessamento focal do ligamento coracoacromial. Leve estreitamento do espaço subacromial. Moderada bursite subacromial/subdeltóidea. Moderadas/acentuadas tendinopatias do supraespinhal e da porção anterior do infraespinhal, com delaminação longitudinal intrassubstancial na transição supra/infraespinhal. Conclusão: Artropatia degenerativa acromioclavicular leve. Leve estreitamento do espaço subacromial. Moderada bursite subacromial/subdeltóidea. Moderadas/acentuadas tendinopatias do supraespinhal e da porção anterior do infraespinhal, com delaminação longitudinal intrassubstancial na transição supra/infraespinhal.
×
×
  • Criar Novo...