Ir para conteúdo
Fórum Hipertrofia
  • Cadastre-se
Clique aqui

abrahao1988

Membro

Conteúdo continua após a publicidade.

  • Total de itens

    2.126
  • Registro em

  • Última visita

Sobre abrahao1988

  • Rank
    Membro bronze 2
  • Data de Nascimento 09-09-1988

Profile Information

  • Objetivo
    Força

Últimos Visitantes

2.407 visualizações
  1. Luta para rever novamente, não achei tudo isso. Pac foi muito mais objetivo.
  2. Do jeito que você escreveu eu entendi que você não está levando em consideração os anos de experiencia que ele em tem wrestling, outra coisa uma coisa é ser bom no chão outra é aplicar isso no MMA, na minha visão são coisas diferentes. Outra coisa o campeão só perde o título por pontos se os todos os rounds ou 4/5 forem do adversário, na luta do Hendricks foi clara a superioridade do Lawler, digo que até na primeira luta entre os dois. Essa é minha visão. []'s
  3. Como ele estava em decadência e ganha direito a um TS? Foram 5 vitorias(4KO's)... ele parou no Anderson. Não se engane, ele (Vitor) nunca parou de usar, o TRT só foi uma mascara.
  4. Buchecha avalia jiu-jítsu de Cain Velásquez: "Faixa-preta legítimo" O atual campeão dos pesos-pesados do UFC, Cain Velásquez, está se preparando para enfrentar o brasileiro Fabricio Werdum no dia 15 de novembro. Um dos aspectos-chave do combate é a luta de solo: conhecido por seu wrestling de alto nível e pela facilidade nas quedas, Velásquez ainda não foi testado contra um ás do jiu-jítsu como Werdum. Contudo, o americano tem o aval de um dos maiores nomes da "arte suave" da atualidade: o brasileiro Marcus "Buchecha" Almeida, tricampeão mundial de jiu-jítsu com quimono no peso-super-pesado e no absoluto, bicampeão mundial de jiu-jítsu sem quimono no peso e no absoluto, e campeão mundial do ADCC (prestigioso torneio de luta agarrada). Buchecha treinou com Velásquez e Daniel Cormier em passagem pela American Kickboxing Academy (AKA), equipe de San Jose (EUA), enquanto se preparava para o ADCC no ano passado. Lá, pôde averiguar que a faixa-preta conquistada pelo campeão do UFC, alvo de muita polêmica pela rapidez da graduação, foi merecida. - Na verdade, o nível do Velásquez é de um faixa-preta legítimo de jiu-jítsu. Muita gente questiona, mas a faixa preta dele é legítima, ele é muito duro. Quem acha que, se ele cair no chão, não vai saber o que fazer, está enganado, porque ele é muito bom. Acho que ele é um lutador muito completo, tanto em cima, na parte do muay thai, do boxe, e do jiu-jítsu também. No wrestling, nem se fala. Ele é um lutador completo, acho muito difícil de lutar com ele, treinar com ele. Acho que ele vai se sair bem nessa luta, com certeza - comentou Buchecha em entrevista ao Combate.com por telefone, durante passagem pelo Rio de Janeiro. O multicampeão também elogiou o nível de Cormier, desafiante número 1 dos pesos-meio-pesados do UFC, que enfrenta Jon Jones pelo cinturão em janeiro de 2015. Para Buchecha, "DC" tem condições de surpreender e finalizar "Bones". - Com certeza (pode finalizar) também. Eles têm uma mente muito aberta (na AKA). Têm um espírito de equipe muito bom, então eles não têm muito ego no treino, têm a mente muito aberta para aprender. Para o jiu-jítsu, isso é o mais importante. Eles têm isso na cabeça deles e por isso que evoluem muito rápido. Pude ver a cada visita que fiz lá a evolução deles. Acho que ele também vai se dar bem, e eles
  5. Cara, ele ta mais polêmico que o Spider... Já ta um saco isso. Todos usam, todos nos sabemos. Se ele estivesse com um chape de Nick Diaz e atropelando todo mundo usando a porra do TRT ninguem falava nada, agora como ele obteve um desenvolvimento muscular visivelmente estético estão falando que estava abusando. Todo mundo fala ao que aos olhos é visivel, porque não falam do Roy Nelson? Shogun, GSP etc... Tudo farinha do mesmo saco
  6. Quero só ver se o VB ganhar massacrando qual vai ser a desculpa... Ah lembrei provavelmente o TNT! ¬¬
  7. As lesões no joelho e no tornozelo esquerdos que tiraram Jon Jones do UFC 178 aconteceram durante uma sessão de treinos de quedas que o campeão dos meio-pesados fazia com o peso-pesado holandês Alistair Overeem na academia de Greg Jackson, na cidade de Albuquerque, nos EUA. A informação foi dada pelo próprio treinador, em entrevista ao site "Sherdog" nesta quarta-feira. - São coisas que acontecem no MMA. Não foi uma lesão resultante de um chute voador. Alistair foi para a derrubada, Jon pisou da forma errada no chão, girou a perna para o lado errado e caiu. Ele estava treinando e torceu o joelho, que imediatamente pulou para fora. Overeem está pesando cerca de 109 quilos, e Jon está com aproximadamente 100kg. Ele não estava treinando contra um elefante. Foi coisa de treino, que infelizmente acontece. O mais importante é que eu sei o que aconteceu, sei que Jon não está fugindo de Cormier. Eu estava lá quando tudo aconteceu. Muita gente tece muitas teorias, mas o esporte é isso. - disse o treinador. Jon Jones divulgou um comunicado em sua página no Facebook pedindo desculpas aos fãs por não poder participar do UFC 178, quando defenderia pela oitava vez seu cinturão, desta vez diante de Daniel Cormier. - Gostaria de me desculpar com todos os fãs que estavam empolgados com o UFC 178. No começo desta semana sofri uma lesão durante os treinamentos para a luta. Farei uma cirurgia nesta quinta-feira e estou concentrado em me recuperar o mais rapidamente possível. Mal posso esperar para voltar a academia para treinar e me preparar para defender meu cinturão no dia 3 de janeiro em Las Vegas - escreveu o campeão.
  8. Quero ver só na pesagem esse "pequeno" é sempre assim, tem muito tempo ainda pra luta galera. CW está inseguro, e é claro que está tentando usar o psicológico pra cima do Bel4, por ele (Vitor) ser mais experiente, duvido que caia nesse jogo. E também acredito que na médios ele venha com mais gás do que na LHW. []'s
  9. Seu comentário ajudou pra caramba
  10. Pra manter vai depender muito de genética e é claro, dos hábitos... bem seco, o rapaz.
×
×
  • Criar Novo...