Ir para conteúdo
Fórum Hipertrofia
  • Cadastre-se
Clique aqui

IceCreamGuy

Membro

Conteúdo continua após a publicidade.

  • Total de itens

    37
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

IceCreamGuy venceu a última vez em Agosto 24 2013

IceCreamGuy had the most liked content!

Sobre IceCreamGuy

  • Rank
    Iniciante

Últimos Visitantes

733 visualizações
  1. Galera, desculpem a ausência. Voltei às aulas e tive que resolver mais problemas rs. Trabalharei na tabela esse fim de semana. Prometo que a espera valerá a pena. Apesar de eu não achar gordura saturada e fibras algo determinante na dieta, estou considerando adicionar os micronutrientes. Mas por questão de espaço, ficariam ruins se aparecessem no cálculo da Planilha de Dietas. Não são todos que se preocupam bastante com isso, então farei uma planilha secundária na qual ela calcula fibras, gordura saturada, sódio, micros, e qualquer outra informação que possa ser relevante para o indivíduo mais detalhista. Essa planilha vai copiar seu plano de dieta da Planilha de Dietas e calcular todas essas coisas. É bem fácil de implementar, pois a TACO e a tabela do IBGE vem com essas informações. Como eu falei nas instruções, tudo que for dito pra deixar "em branco" é deixar a célula vazia, e não um 0. Na realidade, as Planilhas que você diz não fazem diferença, mas pra ficar melhor ao olhar e organizar melhor (principalmente por seções) você pode deixar em branco.
  2. Exato. Enquanto eu tava modificando a Tabela também, agora há pouco, acabei fazendo o mesmo, e percebi que a gente confunde o ponto no lugar da vírgula pois do jeito que os números de FA de referência aparecem na tabela parecem pontos mesmo. Vou dar um jeito das vírgulas aparecerem direito, ou então deixar isso claro nas instruções. Mas por que seu FA é 1,4? Está fazendo cutting sem treinar? Fiquei curioso.
  3. Seu Excel é em português? O americano tem as fórmulas diferentes, e nesse caso sua tabela não vai conseguir calcular nada mesmo. Leu as instruções? Você pode ter preenchido um campo errado, ou com letras que não deviam ser preenchidas. Outra coisa, a aba de instruções é bem clara em relação à certos campos que, caso não sejam preenchidos, devem estar "em branco". Pode ter acontecido também de você modificar um campo que não devia, e ter assim apagado a fórmula usada nele. Dê uma olhada nas instruções de novo, certifique-se de que está preenchendo tudo certo e, caso não resolva, poste uma screenshot da tabela para eu averiguar. Ae galera, se possível estarei lançando a tabela nova hoje, caso contrário ela sai amanhã.
  4. Algum aviso apareceu na hora de abrir o documento? O excel geralmente avisa você que o documento está abrindo em modo de compatibilidade e não poderá ser editado. Por via das dúvidas, pegue o excel 2007, se quiser um link te passo por MP (não seria legal passar aqui no post, acho que é até contra as regras do fórum) EDIT: agora percebi que você citou versões superiores, aí é esquisito mesmo, uma versão superior do excel abriria essa tabela sem problemas, já que está sendo feita pelo Excel 2007. procure no google algo como "excel (nome da sua versão) não abre planilhas do excel 2007" para ver se você acha outras pessoas com seu problema e se ele tem solução.
  5. vish cara hahaha, é osso. Sim. Voltei Então pessoal, como eu disse, tinha que resolver umas coisas na minha cidade, acho que agora dá tempo de lançar a nova versão. As coisas novas na tabela já foram citadas alguns posts anteriores por mim, só que ainda preciso dar uma analisada nas tabelas do IBGE pra ver como posso usá-las. No momento eu penso que seria mais prejudicial que benéfico ter um conversor de medidas automático, acho que no lugar vou deixar uma tabela de apoio com as medidas diferentes e sua quantidade em gramas (ou ml) seguindo a Tabela da IBGE para as pessoas consultarem, e, caso eu possa automatizar o processo, poder lançar 2 versões para a Tabela de dietas Atualizada, uma na qual a Planilha com a Tabela nutricional tenha a medida das coisas em gramas, outra que esteja em medidas populares (como colher de servir para arroz, copos, colher pra azeite, unidade, etc). Estou pensando em fazer isso pois quem não pesa sua comida quase sempre acaba medindo as coisas pelas medidas convencionais, ao mesmo tempo que quem tem uma balança em casa já está acostumado a pesar tudo. Sendo essas situações opostas, eu poderia poupar o trabalho do primeiro grupo de pessoas, E como já disse bastante aqui, a prioridade nº1 dessa atualização da Tabela é praticidade. Peço que por favor leiam os posts antigos dessa página e me ajudem a decidir, o feedback de vocês é importante pra mim e pra todos nós para que a Tabela saia bem legal e funcional
  6. Pessoal, peço desculpas, estou passando as férias na minha cidade natal e estou resolvendo umas coisas, por isso não mexi na Tabela ainda. O excel daqui é de 2003 também e não posso editar a Tabela até instalar o 2007. Amanhã eu atualizo vocês sobre como está o andamento das coisas.
  7. Não se preocupe quanto à isso. Se quiser saber mais, páginas 26-27 daqui: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_composicao_nutricional/pofcomposicao.pdf Como disse anteriormente, preciso adaptar as tabelas do IBGE e decidir o que fazer quanto às medidas, leia meu post anterior. O que eu posso garantir é que terei tempo hoje (domingo) pra trabalhar nela, e ela pode ficar pronta, mas só garanto mesmo pra segunda-feira. Como eu rogo a simplicidade no preenchimento das dietas acima de tudo, acho que não é uma boa selecionar a medida desejada pra cada alimento que você botar. Em vez disso, estou pensando em pegar a planilha na qual vou deixar a tabela da IBGE e botar num cantinho um conversor de medidas, e ali sim você poderia trocar a medida de algum alimento. Nesse conversor você vai digitar o alimento (nesse campo também terá a auto-sugestão), ele informará a medida que está sendo usada na tabela e você informará pra qual quer converter (auto-sugestão também), baseado na tabela de medidas do IBGE ele te dará os macros convertidos pra medida. Aí você localiza o alimento e cola seu novo valor nutricional. Mas pra isso, a tabela do IBGE não poderia ser modificada (tirando esse lance de converter medidas ou, também, mudar o nome de alguma coisa), aí eu tenho outro problema, pois teria que criar uma nova planilha pra tabela "personalizada" (onde você vai adicionar alimentos pessoais) e tanto o recurso de auto-sugestão quanto a fórmula que localiza o alimento e seus macros pras planilhas de Dieta "buscam" esses dados apenas em uma planilha por vez. Se eu resolver isso, vai ficar top o negócio
  8. Leia as instruções cara, você provavelmente esqueceu de botar alguma informação na planilha TMB. Obrigado, meu chapa Eu já pensei nisso, mas é complicado hahaha. Nenhum site que informa valor nutricional dos alimentos disponibiliza listas, e os valores de receitas são geralmente baseados naquelas coisas escrotas congeladas que vendem no supermercado, cheias de gordura. Só consegui implementar a TACO pois ela tem em formato excel, aí é só adaptar para a minha tabela. Porém, achei algo que possa servir, que é essa lista do IBGE (parcialmente baseada na TACO mas com adições, incluindo receitas típicas brasileiras: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_composicao_nutricional/tab_1.pdf E de bônus, eles ainda tem essa tabela de medidas, que mede o tanto de gramas de cada alimento da tabela acima em diferentes medidas: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_medidas/tab_medidas.pdf Seria EXCELENTE se eu pudesse usar essas duas tabelas em conjunto, pois assim a pessoa nem precisaria converter as medidas. Do mesmo jeito que, ao botar o nome do alimento na planilha de dieta, ela "puxa" seu valor nutricional de acordo com a medida dada, eu poderia também usar essa tabela de medidas para "puxar" o valor nutricional com a medida que você informa. Você tem uma balança de precisão em casa e mede tudo em gramas? Ok, use gramas. Vai jantar fora ou viajar e só vai ter colheres, conchas entre outros pra medir? Só mudar a medida na hora de preencher, a planilha fará a conversão pra você. Só que pegar dados de PDF e jogar pra excel é uma bela duma m*rda hahahaha, tentei durante quase uma hora ontem e nada deu certo (no sentido de me salvar de ficar um dia inteiro corrigindo falhas na conversão). Se eu conseguir fazer isso, adiarei a entrega da nova versão para depois do final de semana, pra implementar a conversão de medidas automática (afinal não vai ter sentido nenhum lançar a nova versão com a TACO se eu arranjar uma tabela mais completa). Mas muito obrigado pela sugestão, essas possibilidades ficam rondando na cabeça mas você só vê a real necessidade de implementá-las quando alguém sugere. Quer dizer que não sou só eu que vejo a necessidade disso, já que a tabela é para todos nós marombeiros EDIT DO CAETANO: COMO VOCÊ É BURRO, ICECREAMGUY: Eu vou deixar a última parte do post acima só pra mostrar como eu sou burro e, por mais que sempre tente explorar todas as opções possíveis, não consigo nem lembrar de pelo menos pesquisar a p*rra do site direito pra ver se não tem uma lista em formato mais "copiável". Dando uma olhadinha melhor, olha o que eu achei: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_composicao_nutricional/default_zip.shtm http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_medidas/default_zip.shtm "Tabelas blablablabla (ESTRUTURADA PARA BANCO DE DADOS)" Essas belezinhas estão em planilhas prontas para serem usadas por nós, fanáticos em nutrição. Ainda assim, acho que essa tabela ainda tem poucas receitas. O que ela melhora em relação à TACO é maior quantidade e uma boa variedade no modo de PREPARO dos alimentos, tendo algumas variações legais como "ao molho vermelho" "ensopado" e tal. Mas ainda não acho que seja uma receita propriamente dita. E isso ainda nos traz um problema: há tantas maneiras de se preparar um alimento, que a navegação pela Tabela Nutricional e preenchimento das planilhas de dieta vai ficar muito trabalhosa se você não souber exatamente o que quer (mesmo com o mecanismo de auto-sugestão). Separar uma coluna para preencher apenas o modo de preparo não é uma boa solução, vai ser um campo a mais para preencher. O que me sugerem?
  9. O que você botou na Tabela de Nutrientes pra errar tanto assim na hora de por Banana e Aveia? Ahahahahahahaha Na nova versão vai ser impossível de errar os nomes, Aguente firme
  10. Rapaz já passei essa madrugada tomando surra do Excel e sexta tenho prova, não posso nem tocar nisso por enquanto ehauehaueh é viciante
  11. Onde estão as fontes das pesquisas? Porquê aqui tem um monte delas: http://examine.com/topics/Diet+Soda/ http://forum.bodybuilding.com/showthread.php?t=291569 http://www.bodybuilding.com/fun/par64.htm http://www.australianmuscle.com.au/muscle_news/v9_i12_dec2004.html#STORY1 http://www.leangains.com/2009/08/questions-answers.html As pesquisas de ratos sobre neurotoxicidade e resposta à insulina foram feitas décadas atrás, em grupos de controle que não representavam uma situação real (era injetado o aspartame em quantidades proporcionalmente muito maiores do que um humano consome em média por dia, coisa que ele só conseguiria consumir se botasse um soro no braço bombando aspartame o dia inteiro). Adoçantes contém ligações protéicas, e somente nesse excesso fora da realidade que gerariam uma resposta na produção de insulina (pois as proteínas teriam algum valor nutricional nesse caso). Já foram feitas pesquisas com milhares de pacientes diabéticos que consomem adoçantes regularmente ao longo do tempo, e não se notou nenhum estímulo na produção de insulina. O mito da neurotoxicidade foi construído por uma coincidência entre esse teste com os ratos (que não conseguiu ser reproduzida NUNCA MAIS por outros pesquisadores, nem em ratos nem em humanos, incluindo grupos de controle com crianças que usam adoçantes desde cedo) e a alta dos casos de tumor cerebral que vêm aumentando de décadas pra cá. A única coisa que pode se considerar sobre adoçantes é que, por simular um gosto doce mas não ter de fato açúcar, faz seu corpo pedir por açúcar. Mas isso pode passar com o tempo, pois é meio claro que se alguém começa a usar adoçantes é porque usava açúcar antes (quem não gosta de adoçar as coisas não adoça e pronto) e o corpo sente essa falta. É um vício se acabando, como cigarro. Quando você está parando de fumar e vê alguém fumando (mesmo sem nem sentir a fumaça), seu corpo transforma o estímulo (no caso, a vista) em desejo, mesmo não sabendo que é a substância de fato. Então, se eu fosse alguém que gosta de refrigerante ou qualquer outra bebida com açúcar, eu acharia bem mais vantajoso tomar algo Diet ou com adoçante e aproveitar as calorias que não estou ingerindo pra comer uma sobremesa com o mesmo valor calórico do que eu ia consumir antes, sem culpa nenhuma! Hahaha e claro, ia diminuindo as calorias depois até perder essa vontade de comer açúcar. Desculpe pelos links em inglês, mas pra quem quiser as pesquisas estão todas aí. Eu prefiro pesquisar assim pois as fontes Brasileiras são difíceis de achar.
  12. A planilha de receitas e a auto-sugestão no preenchimento das planilhas de dieta está na fase final de implementação! E uma novidade: graças à esse recurso de auto-sugestão, vocês poderão agora usar a Tabela de Alimentos da Unicamp logo de cara para montar suas dietas e receitas! Eu usei o "localizar e substituir" para remover as vírgulas e termos desnecessários que haviam nela, e já está tudo na Tabela Nutricional. Como a auto-sugestão é muito intuitiva para achar o nome do alimento que deseja e a tabela é bem organizada, vocês só vão precisar mudar algum Nome ou Medida caso realmente precisem (alguns nomes ainda são meio longos e não aparecerão por inteiro nas dietas e na aba impressão). A Tabela de Alimentos vai servir somente de backup caso você perca alguma informação na hora de mexer com a original. Pra quem já teve o trabalho de preencher sua Tabela Nutricional nas versões anteriores, o meu sincero obrigado pelo apoio e desculpas pelo trabalho que te dei hahahahaha. Mas saiba que fiquei horas procurando e e testando macros e códigos de VBA pra que as coisas funcionassem do jeito que eu gostaria desde o início (mas não achava possível). E quem sabe você ainda precise de algumas dessas informações, afinal a tabela da Unicamp não é perfeita Estarei ocupado esses dias, então vou deixar pra finalizar e postar a nova versão até essa sexta.
  13. Obrigado, meu chapa De fato, esses serviços online carecem de opções, e podem te deixar na mão quando está sem internet. E muito bem lembrado sobre alimentos personalizados. Estou pensando em criar uma "planilha de receitas", para aquelas pessoas que gostam de cozinhar coisas diferentes ou aqueles que comem muita "mistura" devido à comerem na rua ou morarem com os pais e terem que comer de acordo com o cardápio deles. Algumas receitas típicas (como strogonoff) já possuem valor nutricional na tabela da unicamp ou na internet, mas as quantidades dos ingredientes variam de receita pra receita e a pessoa mais cuidadosa vai querer saber exatamente quanto de cada nutriente sua pizza/bolo/torta tem. Nessa planilha você vai pegar a receita do que você vai comer, escrever seus ingredientes e quantia (com seu valor nutricional devidamente preenchido na "Tabela Nutricional") e a planilha vai te informar automaticamente a quantia de cada macro por grama da receita. Além disso, informando o rendimento da sua receita (EX.: 12 fatias, 10 conchas) ele também converte os macros pela porção. Aí você copia as informações e cola na Tabela Nutricional para usar sempre que for comer essa mistura. Também estou procurando um meio de fazer o preenchimento da planilha de Dietas mais fácil, só pra garantir que você nunca precise voltar na Tabela Nutricional pra se lembrar do nome de algum alimento. O Excel já faz um auto-preenchimento, mas só sugere aquilo que você escreveu há pouco tempo, além de sugerir uma palavra por vez e esquecer dessas palavras muito rápido. Por algum motivo, aliás, o Excel não está sugerindo nada nas planilhas de Dieta. O que procuro é um mecanismo de "auto-sugestão" como o do google, que sugira em uma lista todos os nomes que contenham o que você escreveu até o momento, usando como base de pesquisa a coluna dos nomes dos alimentos na Tabela Nutricional. Mas ainda não achei ferramenta no excel que faça isso. Se você souber, me avise. Não há de quê
  14. Pois, na maioria dos casos, principalmente no seu, o GCD do seu peso "alvo" vai ser muito menor do que o seu peso atual, e não é recomendável que você coma um déficit calórico muito alto. O ideal é saber o tanto de kcals que seu corpo está queimando no momento e comer 10-20% a menos, sempre atualizando de tempos em tempos com seu novo peso. Dê uma checada na Tabela de Dietas Atualizada: http://www.hipertrofia.org/forum/topic/128150-tabela-excel-para-dietas-atualizada/
  15. Atualização 20/06/2013 Corrigido um bug grave que não multiplicava as fórmulas pelo seu FA (fator de atividade) quando você deixa sua Body Fat em branco. Isso levava a um cálculo pra baixo da sua GCD. Ando usando essa tabela pessoalmente e acho que, no que se refere à fórmulas, não há mais nada à se preocupar. Link de download atualizado no primeiro post para a versão corrigida.
×
×
  • Criar Novo...