Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Teia - Semente de chia


Marlon Paradise

Posts Recomendados

De uns tempos pra cá reparei que dentro dos pacotes da semente de chia os grãos estavam grudando um no outro (assim como grudando no pacote), e ao espalhar notei que parecia ser um tipo de teia juntando elas.

Queria saber o que pode ser. Eu uso ela assim mesmo em vitaminas há meses e nunca me deu nenhum mal estar. Mas fico curioso no que possa ser.

 

IAfiB4u.jpg

 

Esse foi pequeno, tem vezes que fica um bolinho de chias grudadas.

Além de estarem dentro da validade, algumas já vem assim da loja que compro.

Editado por Marlon Paradise
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

Uma vez perguntei sobre isso para a tia da loja de produtos naturais. 

 

Ela me explicou que é comum acontecer em sementes tipo chia e linhaça graças à umidade. Disse também que a princípio não quer dizer que está estragada, mas que está juntando umidade e pode sim criar mofo por isso é bom cuidar no armazenamento. 

 

Isso também acontecia quando eu usava germe de trigo, e ficava bem mais cabuloso (uma baita 'teia' mesmo). 

 

Se a explicação da tia tá certa ou não, não sei, mas nunca me fez mal.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, Marlon Paradise disse:

 

 

Não acontece só com a chia também ocorre com outros grãos. Provavelmente algum inseto pôs ovos e com o tempo eles eclodiram. Na aveia, quando eu consumia, apareciam essas teias e alguns montinhos grudados. Isto era divido umas lagartinhas que nasceram, as vezes quando abria o pote já tinha algumas pequenas mariposas. O que você pode fazer é colocar o pote com os grãos na geladeira, assim não nascem esses insetos e nem estragam as sementes. Tenho feito isso a bastante tempo coloco em potes vazios de vitamínicos e guardo na geladeira.

 

Acredito que seja este o vilão:

 

Traça-indiana-da-farinha

 

"As larvas da mariposa-indiana-da-farinha podem infestar uma grande variedade de produtos de origem vegetal, como cereais, pães, massas, arroz, temperos, ou frutas secas, e nozes. Outros alimentos onde também são encontradas incluem chocolate e grãos de cacau, biscoitos, farinha, e até mesmo as sementes tóxicas de figueira-do-diabo (Datura stramonium). Os alimentos contaminados geralmente demonstram detalhes da presença da larva, como a sua seda, grãos ou outros ingredientes podem aparentar estar pegajosos, este é um detalhe importante durante a investigação acerca do estado do alimento."

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Traça-indiana-da-farinha

Editado por Norton
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

17 minutes ago, Norton said:

 

 

"As larvas da mariposa-indiana-da-farinha podem infestar uma grande variedade de produtos de origem vegetal, como cereais, pães, massas, arroz, temperos, ou frutas secas, e nozes. Outros alimentos onde também são encontradas incluem chocolate e grãos de cacau, biscoitos, farinha, e até mesmo as sementes tóxicas de figueira-do-diabo (Datura stramonium). Os alimentos contaminados geralmente demonstram detalhes da presença da larva, como a sua seda, grãos ou outros ingredientes podem aparentar estar pegajosos, este é um detalhe importante durante a investigação acerca do estado do alimento."

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Traça-indiana-da-farinha

 

O engraçado é que aqui só acontece com a chia. Utilizo aveia há tempos e nunca aconteceu. Vou deixar na geladeira pra ver se resolve.

 

Falando em larva, hoje eu encontrei uma em um pacote de mucilon, sendo que eu havia aberto esse pacote ontem. Eu apenas tirei ela e usei o mucilon assim mesmo. Mas antes de ingerir, fui pesquisar um pouco sobre fazer algum mal e encontrei esse texto:

 

Spoiler

 

Mas afinal, o que são estas larvas que causam choque nos consumidores que as encontram inteiras ou em metades no seu lanche? Elas causam danos a saúde ou são um tipo de praga tão “familiar”  quanto os carunchos que encontramos na farinha ou no macarrão de nossa dispensa?

Buscando  o esclarecimento científico, conversamos com  Gustavo Lucínio, especialista em entomologia (ciência que estuda os insetos) que nos explica que a larva nada mais é do que um “bebê”  de uma traça do gênero Ephestia, que adora cereais e chocolate. Assim como as borboletas, este inseto procura um meio para se reproduzir, e no caso escolhe alimentos onde deposita seus ovos, onde as larvas se alimentam. Assim, podemos encontrar as mesmas vivas, ou somente os orifícios e teias deixados por elas, caso o ciclo tenha se completado e as invasoras tenham literalmente batido asas. 

Entenda o ciclo de vida delas:

ciclo_ephestia
De acordo com o especialista, não há relato médico de dano à saúde causada pela ingestão deste tipo de inseto. Diferentemente das pragas urbanas como baratas e formigas, as traças e os besouros encontrados nos cereais não são vetores, e portanto não carregam bactérias ou outros parasitas nocivos. Assim, apesar do aspecto repugnante, o eventual consumo dos mesmos não está associado a doenças.

E quando ela entrou na embalagem?

O ciclo biológico das traças do gênero Ephestia spp varia sempre de acordo com a disponibilidade de alimento, umidade e principalmente temperatura média. Em condições ideais o ciclo pode se completar entre 35 a 50 dias, dependendo da espécie.

Esses insetos são capazes de perfurar as embalagens de forma tão discreta que os furos não podem ser facilmente percebidos a olho nu, o que faz o consumidor pensar que elas já estavam dentro do produto quando foram fabricadas.

É fato que as pragas de cereais (carunchos e traças) podem penetrar embalagens de produtos alimentícios, no entanto é muito mais comum essa situação ocorrer em pontos de vendas e principalmente na própria residência do consumidor do que na fábrica. 

Segundo Gustavo, em uma reflexão rápida pode-se concluir que em um produto com 3 meses de fabricado e com larvas vivas, a infestação provavelmente não se deu dentro das instalações do fabricante, e sim em fases posteriores onde foi transportado/estocado/vendido.

 

larva_chocolate

 

 

 

 

 

 

E esta infestação pode ser evitada?

A professora Priscilla Efraim, da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, ressalta que em empresas de grande porte geralmente há controles periódicos da ocorrência de pragas, com expurgos para eliminar eventuais intrusos. No entanto, confeitos tem vida útil longa e podem ficar armazenados no próprio fabricante previamente à saída para os pontos de venda, e pequenos descuidos com o ambiente de armazenamento podem sim levar a infestação.

Quando perguntamos a ela se há embalagens “à prova de insetos” a resposta é que sim, há alternativas como por exemplo, as embalagens metalizadas. Porém a adoção destas versões mais resistentes vão obrigar os fabricantes e consumidores a pagarem por falhas muitas vezes do local de armazenamento.

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A larva em si não parece ter algum problema em ser ingerida, mas elas podem acabar estragando o alimento. Como aqui já ocorreu com os produtos que ficam na dispensa, apareceu também no feijão, o amendoim ficou mofado por causa das larvas que se alimentaram dele e é um alimento que exige certo cuidado com as aflatoxinas. Acaba acontecendo isto quando esses grãos ficam muito tempo se serem consumidos e elas passam também de um alimento para o outro.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que merda. Eu abri agora esse pote de plástico pra colocar a chia pra hidratar, e por curiosidade fui olhar no claro, nossa, avistei várias larvas, mais de 10, algumas eram bem pequenas que nem dava pra ver direito, só vi pq se mexiam. Fiquei pensando em quanta larva eu mandei pro liquidificador durante todo esse tempo, pqpppp.

 

Joguei uns 350g de semente de chia fora q estava nesse recipiente de plástico. Fiquei um tempão olhando outro pacote pra ver se via algo mas não vi nada, vou parar de colocar em pote de plástico e vou deixar dentro do recipiente original ou vou ver se coloco naqueles potes metalizados de mucilon/leite e deixar na geladeira pra ver se melhora.

 

Minha preocupação é que já vem com teia da loja, vou observar se não tem algum bixinho. Sem falar que pago bem barato nela, 4 reais 150g. Tem loja por aqui que 150g custa 10 reais+ , dai fico meio com receio. Por outro lado, essa loja q eu compro (um horti fruti) é bem popular.

 

Spoiler

15625879_345825679135566_466318276908181

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...