Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Vovó Fisiculturista


Ragamix

Posts Recomendados

Galera!

Encontrei essa reportagem e fiquei impressionada!

Saiba como uma vovó virou uma das fisiculturistas mais velhas do mundo

Lilian Ferreira

Do UOL Ciência e Saúde

Em São Paulo

Sônia Moreira Ferraz moradora do Ipiranga, em São Paulo, era uma vovó comum até os 59 anos quando resolveu se preparar para participar de campeonatos de fisiculturismo. Hoje, aos 67, além do corpo todo em forma, ela apresenta muita saúde e disposição.

EXERCÍCIOS NA 3ª IDADE

VEJA COMO É O TREINO DA VOVÓ QUE É FISICULTURISTA: http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/album/1005_sonia_exercicios_album.jhtm?abrefoto=1#fotoNav=23

Neste sábado, Sônia participa do Campeonato Brasileiro de Musculação, em São Vicente, com mulheres de todas as idades. Ela concorre na categoria Figure, que valoriza os contornos da musculatura feminina sem exagero. No Campeonato Paulista de Estreantes deste ano, na categoria para mulheres com menos de 1,63m, Sônia ficou em quarto lugar. Ela acredita ser a mulher mais velha a participar de competições de fisiculturismo.

“Tenho três grandes objetivos. Primeiro mostrar que em qualquer idade você pode começar a praticar exercícios. Segundo que musculação não é bola, não precisa tomar anabolizante para ter músculos. E, por último, pregar sempre a qualidade de vida que uma dieta saudável com exercícios traz”, diz Sônia.

Ela conta que logo que começou a praticar atividade física mais constantemente tinha dores no corpo e o sistema imunológico frágil, depois de cerca de oito anos, ela esbanja bem estar e diz estar com a saúde melhor do que nunca. O respeito e orgulho que sente por ser admirada por profissionais do fisiculturismo e também por leigos e crianças contribuem para a nova pessoa “de bem com a vida” que Sônia é hoje.

Preparação

Sônia é assessorada pelo personal trainer Lincon Malaszoviski, que conta que viu determinação e disciplina quando ela o procurou para malhar em 2002. “Vi que com trabalho ela poderia virar uma atleta. Ela já fazia academia três vezes por semana para perder 30 quilos que engordou ao ficar grávida dos dois filhos”.

Os primeiros passos foram preparar o corpo da então vovó para “pegar pesado” na musculação. Foram cerca de dois anos só para a musculatura estar pronta para suportar altas cargas e alterar a alimentação. O trabalho começou com consciência corporal, para corrigir a postura e evitar lesões, ao mesmo tempo, que ligamentos eram fortalecidos.

A estreia foi cinco anos depois, em 2007, no Campeonato Paulista onde ela conseguiu o quinto lugar. “Todo mundo ficou impressionado quando ela contou que tinha 64 anos”, lembra Lincon.

Sônia conta que tinha celulite, mas os exercícios sumiram com tudo. Lincon explica que a principal mudança de Sônia foi exatamente nos glúteos. “Ela não tinha bumbum, tivemos que isolar e desenvolver o músculo, com exercícios focados e criados pela gente. Fugimos da regra e trabalhávamos glúteos todos os dias para tonificá-lo”.

Além disso, foi necessário adaptar alguns equipamentos para a baixinha (1,49m) Sônia poder malhar. Segundo o personal, os aparelhos são feitos para pessoas com mais de 1,65m. O jeito foi adaptá-los com um step e colchonete, para que ela ficasse na posição correta.

Dieta e musculação

Hoje, ela exibe 47 kg distribuídos em seu 1,49 m, mas em tempos em que não está se preparando para uma competição chega a pesar 3 quilos a mais.

A preparação para o campeonato começa dois meses antes, aí Sônia só come batata doce e frango grelhado sem tempero nenhum, nem sal.

O segredo, segundo ela é este, cortar sal e temperos da comida. “Os temperos incham, cortando o sal você dá uma secada”, explica. A alimentação é balanceada com suplementação e vitaminas.

Em geral, a dieta de Sônia é bem regrada, ela diz nem se lembrar mais do gosto de fritura, doces, massas e refrigerantes. “Eu me sinto bem hoje, leve, sem problemas de saúde, isto é importante. Você se acostuma a não comer essas coisas”, diz. No seu prato sempre têm verduras e legumes cozidos, carnes brancas e arroz integral.

Para ela o mais difícil não foi abdicar de algumas comidas, mas aprender a se concentrar para contrair os músculos, quando começou a fazer academia. “O Lincon me mostrava qual músculo eu precisava usar para fazer qual exercício. Isto foi o mais difícil”.

O treinamento quando está em “off” é de 1 hora de segunda a sábado. Já na preparação para competições, ela malha 30 minutos a mais por dia, além do tempo para ensaiar a coreografia. No Figure, a mulher faz uma performance para os jurados.

A base do treino de Sônia é a pirâmide, conta Lincon. Ela começa sempre com baixa carga e mais repetições, para ir aquecendo os músculos, e vai aumentando o peso e diminuindo o número de exercícios por série. “Como ela faz bastantes séries, as duas primeiras geralmente são para aquecer”, afirma o personal.

O programa é dividido por dias em: peitoral e bíceps, membros inferiores (penras e glúteos), deltóides (ombros e tríceps) e dorsais e panturrilhas. O Abdome é trabalhado em dias alternados.

Mas tudo isso não sai barato, Sônia conta que gastou cerca de R$ 10 mil com suplementos importados, alimentação, médicos e academia nos três meses que antecederam seu primeiro campeonato, o estreante Paulista, em 2007, quando ela tinha 64 anos. O sonho agora da vovó fisiculturista é participar de campeonatos fora do Brasil.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

  • 2 meses depois...

Bom, já tinha visto ela há bastante tempo!

Mas acho legal isso, e mesmo ela não estando mais tão feminina, acho interessante ela ter deixado todo o sedentarismo de lado, além do corpo dela estar deixando muitas menininhas por aí no chinelo!!

Se liga no abdomen! Atrás,pelo menos na foto tem umas pelanquinhas, mas pela idade, putz, está extremamente maravilhoso!

rs

está de parabéns!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ih! A vovo ta tirando onda malhando de calca branca e td dry.gif Eu nao me meto numa dessas AINDA! Eu tenho obsessao pelo posterior de coxa e eu respeitei o dela!

Quanto as pelanquinhas acho q nao tem muito o que fazer neh... mas o corpo da voinha ta melhor que o meu! crying_anim.gif que tristeza...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.
×
×
  • Criar Novo...