Podemos fazer leg press no lugar do agachamento livre?

Leg press e agachamento são dois ótimos exercícios para treinar os músculos das pernas. No entanto, devido a semelhança dos músculos trabalhados, é comum ficar em dúvida se podemos fazer leg press no lugar do agachamento livre.

Você pode fazer leg press no lugar do agachamento livre. No entanto, isto deve ser feito quando há uma necessidade específica, já que o agachamento livre é um exercício funcional que ativa mais grupos musculares, promovendo maior desenvolvimento de força e massa muscular que o leg press.

Neste texto, iremos mais a fundo para que você possa tomar uma decisão informada caso precise substituir o agachamento pelo leg press.

O leg press pode substituir completamente o agachamento?

Leg press e agachamento livre são exercícios distintos e um não substitui completamente o outro. Por exemplo, você poderia substituir supino reto com barra por supino reto com halteres, sem muitas considerações. Porém, não é a mesma coisa fazer leg press ou agachar.

Embora o leg press possa ser uma alternativa eficaz quando não é possível fazer agachamento livre, ele não pode substituir completamente os benefícios únicos que o agachamento livre oferece.

O agachamento livre é um exercício composto que não só trabalha intensamente os músculos das pernas (em principal o quadríceps), como também envolve significativamente os músculos estabilizadores e o core.

Qual a diferença entre leg press e agachamento livre?

A principal diferença entre o leg press e o agachamento livre está no jeito que cada exercício recruta os músculos e o nível de suporte oferecido, apesar de ambos terem como principal alvo o músculo quadríceps, apesar de trabalharem vários outros músculos das pernas indiretamente.

O leg press é feito em uma máquina específica onde você empurra uma plataforma com os pés enquanto permanece sentado com apoio nas costas. Essa posição proporciona maior suporte e estabilidade, reduzindo a carga sobre a coluna vertebral e permitindo focar mais diretamente nos quadríceps.

No geral, o leg press é uma boa escolha para iniciantes, para ser usado em complemento com outros exercícios ou para pessoas com determinadas lesões que precisam mais suporte na coluna.

Por outro lado, o agachamento livre é um exercício composto livre que envolve a execução do movimento com uma barra apoiada nas costas. Este exercício requer mais conhecimento para ser realizado e não são todas as pessoas capazes de agachar logo que começam a fazer musculação.

Publicidade

No entanto, o agachamento livre promove grande desenvolvimento muscular, junto de melhora na coordenação, no equilíbrio e na força funcional, sendo considerado um dos exercícios mais completos para treinar pernas.

Embora ambos os exercícios sejam bons, eles têm diferenças significativas em termos de complexidade para serem realizados, graus de ativação muscular e estresse imposto sobre a coluna vertebral.

Leia também: 5 exercícios para substituir o agachamento livre

Entre leg press e agachamento, qual é o melhor em geral?

Em geral, o agachamento livre é considerado melhor que o leg press devido à sua capacidade de trabalhar múltiplos grupos musculares e melhorar a funcionalidade e estabilidade do corpo. O agachamento envolve não apenas os quadríceps, mas também os glúteos, isquiotibiais e músculos do core, proporcionando um treino mais completo.

Além disso, a natureza funcional do agachamento livre ajuda a melhorar a coordenação, o equilíbrio e a força em geral. Tais habilidades que podem ser transferidas para outros exercícios da musculação e atividades do dia-a-dia, fora da academia.

Por outro lado, o leg press também oferece benefícios significativos, especialmente para iniciantes, indivíduos com lesões ou para adicionar mais volume ao treino de perna. O leg press permite focar mais nos quadríceps sem tanta necessidade de estabilização e sem forçar tanto a coluna.

Adicionalmente, o leg press pode ser uma ótima ferramenta para construir força nas pernas sem complexidade e necessidade de técnica avançada, o que o torna acessível para mais pessoas e em mais situações.

Quando devemos substituir o leg press pelo agachamento livre?

Basicamente, você deve substituir o leg press pelo agachamento livre quando você precisa fazer isso. O agachamento é um dos melhores exercícios para pernas. Entretanto, nem todas as pessoas podem fazer agachamento de maneira segura para obter bons resultados.

Algumas pessoas podem simplesmente não ter um suporte de agachamento disponível na academia ou possuir limitações físicas que impedem a execução correta do exercício, como falta de mobilidade e desequilíbrios musculares que podem dificultar a postura correta durante o movimento, aumentando o risco de lesões.

Em geral, não é recomendado fazer agachamento em situações onde há dor ou desconforto persistente durante o movimento, mesmo com a correção de técnica. Pessoas que estão se recuperando de lesões ou cirurgias nos membros inferiores ou coluna vertebral também podem estar impossibilitados de agachar.

Publicidade

Nesses casos, o leg press pode ser uma alternativa útil porque proporciona um movimento semelhante ao agachamento, com foco principal no quadríceps, mas com maior estabilidade e controle. O leg press permite ajustes na carga e na posição dos pés, ajudando a reduzir a tensão nas articulações e a trabalhar os músculos das pernas de forma segura.

Leia também: É possível ter pernas grandes sem fazer agachamento?

Vantagens em substituir o agachamento pelo leg press

Quando é necessário substituir o agachamento livre pelo leg press, estas são as principais vantagens em potencial:

1 – Menos estresse na coluna

Como você está sentado e com as costas apoiadas em uma superfície estável, 0 leg press reduz a carga na coluna em comparação com o agachamento livre.

Isto pode ser útil se você tem dores na lombar ao fazer agachamento ou, por alguma razão, não pode forçar a coluna.

2 – Facilidade de uso

Devido ao padrão fixo de movimento e à estabilidade de estar sentado, há menos controle motor envolvido e menos coisas para pensar em comparação ao agachamento livre.

Basicamente, qualquer pessoa com o mínimo de instrução pode fazer leg press e ainda obter um ótimo recrutamento muscular. Infelizmente, não poderíamos dizer o mesmo sobre o agachamento livre.

3 – Permite uso de mais volume

Como o leg press é menos desgastante para a coluna e o corpo em geral, você consegue se recuperar mais rápido.

Isto significa que você pode usar mais volume, através do uso de mais séries ou frequência de treino, e possivelmente estimular maior crescimento muscular.

4 – Permite mais sobrecarga

Novamente, por causa da estabilidade e do padrão fixo de movimento, você será capaz de levantar mais peso no leg press em comparação ao agachamento livre.

Publicidade

Ao mesmo tempo que a quantidade de carga não é o único fator importante na hipertrofia, se no seu caso é possível sobrecarregar o quadríceps com mais carga no leg press, do que conseguiria com o agachamento livre, então isto é bem vindo.

5 – Mais seguro

Apesar dos vídeos de acidentes em leg press que circulam as redes sociais, a máquina ainda é muito mais segura do que o agachamento livre.

Basta entender que no agachamento livre você suporta uma barra cheia de peso nas costas, enquanto o leg press suporta a carga na própria máquina; tudo o que você precisa fazer é “empurrar” a plataforma com os pés e estará protegido pelos mecanismos de seguranças embutidos no aparelho.

6 – Mais fácil de aprender

O leg press é um exercício menos técnico do que o agachamento, o que significa que o seu movimento é mais fácil de aprender e mais difícil de errar.

Você literalmente consegue dominar o básico do leg press no primeiro dia e ter um ótimo treino de pernas com ele.

Por outro lado, o agachamento livre possui inúmeros detalhes que podem fazer toda a diferença no recrutamento muscular e enquanto um iniciante pode começar agachando desde o início, isto não significa necessariamente que ele poderá ter um ótimo treino.

Podemos usar leg press e agachamento no mesmo treino?

Sim, você pode usar leg press e agachamento no mesmo treino. Na verdade, as melhores rotinas para pernas incluirão ambos os exercícios e a combinação costuma ser sinérgica para gerar mais resultados.

O leg press pode complementar o agachamento, permitindo adicionar volume adicional no treino sem a demanda de estabilização e sem necessariamente adicionar mais estresse à coluna. Em outras palavras, usar leg press no mesmo treino que faz agachamento, permite realizar mais trabalho, sem sobrecarregar tanto suas articulações.

Conclusão

O agachamento livre é um exercício superior quando comparado ao leg press. Em um mundo perfeito, onde você está apto para usar ambos, mas só pode escolher um, então fazer agachamento seria a melhor escolha.

Contudo, não vivemos em um mundo perfeito e nem todos conseguem agachar de forma correta e segura para ter bons resultados.

Como o leg press compartilha de um padrão de movimento semelhante e tem como músculo alvo o mesmo grupo muscular (o quadríceps), sem dúvidas, na situação correta, vale a pena substituir o agachamento por ele.

Este texto foi útil para você?

Sim (10)
Não
Muito obrigado pela opinião!

Ainda está com dúvidas sobre alguma questão? Visite nosso fórum de discussões e compartilhe suas dúvidas com mais de 270 mil pessoas cadastradas.

×