Clique aqui

Suplementos contendo DHEA funcionam auxiliando a produção de hormônios anabólicos como testosterona, e podem trazer vários benefícios na musculação, como aumento de massa muscular e queima de gordura.

DHEA é um hormônio naturalmente produzido em nosso corpo, que participa em mais de 150 funções metabólicas.

Na verdade, DHEA é um dos hormônios mais abundantes em nosso organismo, podendo ser produzido pelas glândulas adrenais e testículos.

Depois de produzido, ele pode ser convertido em outros hormônios, de acordo com o que o corpo precisa, sendo o principal deles a testosterona e estrogênio.

Todos sabemos que há uma ligação direta entre testosterona e ganho de massa muscular.

Falando de uma forma simplista, quanto mais testosterona, mais massa muscular você pode ganhar e manter (e todos os outros benefícios relacionados ao aumento do anabolismo).

Veja também -> 51 dicas para aumentar a produção natural de testosterona

É por conta disso que DHEA, mesmo sendo um hormônio natural, está na lista de substâncias banidas em várias associações esportivas, por ter o potencial de gerar uma vantagem injusta para seus usuários (e realmente funcionar, trazendo uma vantagem competitiva).

O uso de DHEA  não é exclusivo para melhora dos resultados na academia, o hormônio também melhora a densidade óssea, promove saúde cardíaca, controla o colesterol, diminui cansaço, e vários outros benefícios.

Mas ao mesmo tempo que DHEA é o hormônio mais abundante do corpo humano, ele também é o que diminui mais rápido conforme envelhecemos.

E a cada década de vida, a queda acelera. Um homem de 70 anos, por exemplo, vai produzir apenas 10-20% de DHEA que produzia quando era jovem.

É por conta disso que muitos homens, já depois dos 30 anos, começam a sentir efeitos como fácil acúmulo de gordura, menos libido, fadiga sem razão aparente e outros. Coisas que não aconteciam quando eram mais jovens.

Benefícios da suplementação com DHEA na musculação

1 – Mais massa muscular

DHEA é o principal precursor do hormônio testosterona, isto significa que DHEA  se transforma em testosterona, pronta para o nosso organismo utilizar.

Testosterona possui uma ligação direta com a síntese de proteína. Em suma, quanto mais testosterona, mais síntese de proteína, e mais massa muscular é construída.

É por conta disso que testosterona sintética, na forma de esteroide anabolizante, causa um aumento de massa muscular tão rápido.

Mas é válido considerar que DHEA não é um esteroide anabolizante e não vai causar os mesmos malefícios.

DHEA apenas vai dar a matéria prima para o seu próprio organismo produzir mais testosterona, de forma natural.

2 – Menos gordura corporal

Enquanto DHEA não é uma pílula mágica para queimar gordura, ele pode auxiliar na habilidade natural do corpo em usar energia e queimar gordura.

A suplementação com DHEA ajuda a enviar glicose para dentro das células musculares, para serem usadas como fonte de energia, e não nas reservas de gordura.

3 – Mais motivação

O DHEA ajuda a equilibrar a produção de outros hormônios, como a própria testosterona, necessários para manter a motivação, níveis de energia e sensação de bem estar.

De quebra, isto diminui o risco de adquirir várias doenças e sintomas que contribuem para a depressão.

Inclusive, DHEA é usado como tratamento alternativo para melhora da depressão e estabilização emocional como um todo.

4 – Mais libido

Se usado corretamente (mais sobre isso logo a frente), DHEA pode tratar inúmeros casos de disfunção erétil e diminuição de libido.

A maioria dos estudos sobre o tema mostram que homens com algum problema de disfunção sexual, costumam ter menos DHEA que o homens normais.

Isto ocorre principalmente porque baixos níveis de testosterona (menos DHEA = menos testosterona) são os principais causadores de TODOS os problemas relacionados a função sexual.

Veja também -> Testosterona baixa: 7 sinais óbvios e causas comuns

Logo, a suplementação com DHEA costuma diminuir os sintomas ou simplesmente melhorar a situação atual.

5 – Sono com maior qualidade

Maiores níveis de DHEA estão associados a períodos de sono mais profundos, o que permite um descanso com maior qualidade.

Sono é essencial para sua saúde e ganho de massa muscular, já que vai interferir diretamente em sua habilidade para se recuperar dos treinos.

Mesmo que hipertrofia muscular não seja seu foco principal, o sono tem influência em inúmeros aspectos da sua vida, como níveis de motivação, habilidade de concentração, melhor controle da insulina e vários outros.

Em suma, quanto melhor for o seu período de sono, melhor será sua saúde, sua vida como um todo e seu ganho de massa muscular. E suplementação com DHEA pode amplificar isto.

Leitura recomendada, caso você tenha problemas nessa área -> 10 dicas infalíveis para dormir melhor e amplificar o anabolismo

Dosagem do DHEA e efeitos colaterais

Como vimos no texto, a suplementação com DHEA pode gerar inúmeros benefícios para pessoas que fazem musculação, independente do objetivo (e até mesmo para quem não treina).

O problema é que quando as pessoas conhecem os benefícios do DHEA, e que se trata de uma alternativa natural para melhorar os seus resultados, os olhos chegam a brilhar.

Junto desse sentimento vem a velha lógica inerente ao ser humano:  se algo é bom, então mais é melhor ainda.

Só que no caso de DHEA, quanto maior a dosagem, maiores serão os efeitos colaterais e piores serão os resultados.

Pois é.

DHEA é o precursor de vários hormônios do organismo, mas isto inclui também hormônios que não queremos em níveis tão altos, como o estrogênio.

A conversão de DHEA em estrogênio aumenta se a testosterona já estiver alta naturalmente (em jovens, por exemplo).

E mesmo que o DHEA fosse convertido em testosterona, nesse caso, o excesso seria transformado em estrogênio também.

Estrogênio em excesso pode facilitar o acúmulo de gordura, dificultar a hipertrofia, diminuir a libido, diminuir níveis de energia… Em suma, causar o oposto dos benefícios da testosterona (e ainda derrubar a mesma).

Por conta disso, quando o assunto é dosagem de DHEA, a abordagem sempre deverá ser “menos é mais” e não “quanto mais, melhor”.

Pessoas com menos de 21 anos saudáveis, já terão DHEA em níveis suficientes e suplementação não é recomendado sem acompanhamento médico.

Pessoas com menos de 30 anos saudáveis, não deverão suplementar mais que 25mg de DHEA por dia.

Pessoas com mais de 30 anos, deverão consultar um endocrinologista e realizar um exame de sangue para avaliar os níveis de DHEA e então decidir a dosagem.

Na verdade, mesmo não sendo o que a maioria das pessoas querem ouvir, o ideal sempre será consultar um médico e verificar os níveis de DHEA através de exames antes de começar a suplementar.

Pense.

Por um lado você pode ter ótimos níveis de DHEA naturalmente e não precisar gastar desnecessariamente com suplementação, mesmo tendo mais de 30 anos.

Mas por outro lado você pode descobrir que seus níveis estão incrivelmente baixos, mesmo sendo novo, e deveria estar usando uma dosagem maior que apenas 25mg que é a recomendação comum (apenas como exemplo).

Em suma, é sempre bom realizar exames e não tentar adivinhar a dosagem através do achismo e JAMAIS usando a crença do “quanto mais, melhor”.

Lembre-se também que DHEA é vendido na forma de suplemento sem qualquer controle rigoroso, mas não se trata de um suplemento como whey protein (que poderia ser considerado como alimento em pó), e sim de um hormônio.

Ingerir quantidades excessivas ou desnecessárias de DHEA poderão causar alguns efeitos colateral, como:

  • Depressão e outras disfunções psicológicas;
  • Piorar problemas preexistentes no fígado;
  • Aumentar os níveis do colesterol ruim e diminuir os níveis do bom;
  • Piorar a qualidade das ereções e diminuir a libido;
  • Facilitar o acúmulo de gordura;
  • Acne;
  • Fadiga;
  • Insônia.

Pessoas que possuem algum problema de saúde como doenças na próstata, no coração, nos rins e fígado, não deverão usar DHEA sem supervisão médica. Mulheres grávidas ou amamentando deverão evitar completamente o uso.

Por falar nisso, o uso de DHEA em mulheres não é bem estabelecido pela ciência e a suplementação deverá ser feita sempre com acompanhamento de um endocrinologista.

Pessoas que usam medicamentos que afinam o sangue, também deverão consultar um médico antes de usar o suplemento.

Por fim, e para o boa interpretação do texto, é válido ressaltar que DHEA ainda pode ser considerado seguro e vai trazer inúmeros benefícios como listado no texto, os problemas estão presentes apenas para aqueles que estiverem abusando ou usando o suplemento desnecessariamente.

Apresentação e onde comprar

dhea em comprimidos

DHEA é comumente encontrado em cápsulas de 25 até 200mg, que devem ser ingeridas diariamente em qualquer horário do dia. O importante é estar usando diariamente e no mesmo horário, para que os níveis fiquem estáveis no sangue.

O hormônio também é encontrado na forma de gel sublingual, que deve ser mantido embaixo da língua por cerca de 30 segundos e então evitar escovar os dentes ou lavar a boca por até uma hora.

A venda no Brasil é oficialmente proibida, mas mesmo assim é possível comprar livremente em várias lojas de suplementos espalhadas pelo país, basta saber onde procurar (leia-se Google).

Palavras finais

DHEA, se usado corretamente, só trará benefícios e com certeza poderá acelerar seus resultados dentro da academia, independente de qual seja seu objetivo.

Apenas tenha em mente que, no que diz respeito a este hormônio em específico, usar MAIS geralmente resultará em mais problemas (e não benefícios).

A quantidade de avisos excessiva no texto se deve ao fato que não é incomum ver pessoas jovens tomando até 200mg de DHEA todos os dias e achando que terão mais resultados, por pensarem se tratar apenas de um suplemento como creatina ou whey.

DHEA é um hormônio poderoso, mas extremamente seguro e benefício quando usado corretamente.

Na dúvida, procure o seu médico e peça o exame de sangue para ver os seus níveis atuais de DHEA (o nome do exame sanguíneo tem o próprio nome do hormônio).

Restou alguma dúvida ? Já conhecia e use DHEA ? Comente abaixo!

Este texto ajudou você ?

15 Comentários

    • André Tertuliano Responda

      eu tbm sou um caro que prezo pela saúde e não penso em competir. Willian, o ideal seria fazer o exame e checar se realmente vc está com falta desse hormonio. pode ser que pessoas acima dos 30 anos nem precise tomar como foi citado no artigo.. só o exame pode dizer se realmente a gente precisa.

  1. Willian Duranti Responda

    “DHEA, se usado corretamente, só trará benefícios e com certeza poderá acelerar seus resultados dentro da academia, independente de qual seja seu objetivo.”

    Ok, mas até que ponto vale a pena as “pessoas normais” tomarem isso? O cara que treina para manter uma boa saúde e ter um bom shape, tipo, acima da média, mas sem objetivos de competir, ficar monstrão, etc.?

    Sei lá, arriscar a saúde pra conseguir resultados mais rápidos, acho que não compensa. Por mais seguro que seja, se não for recomendado por um médico, não vejo necessidade.

    Melhor é treinar pesado,ter uma alimentação balanceada e descansar o suficiente, e tudo sem exageros, penso eu.

    Mas enfim, mais um ótimo artigo do site. Tudo é aprendizado, e com certeza a decisão de tomar ou não tomar qualquer coisa é pessoal, e ninguém deve julgar.

  2. Esse artigo nos anima a tomar muito DHEA mas, ao mesmo tempo, nos desanima devido aos efeitos colaterais.
    Voces conhecem algum nutricionista esportivo para recomendar (nao aquelas meninas que so querem em casar com os pacientes)?
    Por outro lado, necessito de uma indicacao de um personal trainer, formado e atualizado com varios cursos de especializacao, c om foco em treinamento de homens acima de 50 anos.
    Meu personal (4xsemana), esta parado no tempo e so pensa nos mesmos exercicios. Ja me machuquei 2 vezes em 30 dias, inclusive quebrando o pe numa serie de pulos desnecessaerios.
    Caso voces nao possam indicar, existe algum lugar onde eu possa procurar esse tipo de profissionais
    obrigado pela ajuda.

    • Acredito que posso ajudá-lo Rubens!!! Me chame no Whatsapp (85) 98778-8444 e vou poder ajudá-lo.

    • Roberto Garcia Responda

      Desculpa mas com relação a primeira frase do que você escreveu, acho que não leste o texto com muita atenção:

      “Ingerir quantidades excessivas ou desnecessárias de DHEA poderão causar alguns efeitos colaterais…”

      “… os problemas estão presentes apenas para aqueles que estiverem abusando ou usando o suplemento desnecessariamente.”

  3. Estou em ciclo de cipionato há 10 semanas, fiz exame de DHEA e deu abaixo, pode ser por causa da testo exógena? Seria indicado eu suplementar com DHEA mesmo durante o ciclo ?

    • O nome disso é feedback negativo, amigo. DHEA é precursor de testosterona, mas é claro que há um sinal fisiológico para que ela pare de se converter à testosterona. Esse sinal é o próprio excesso de testosterona. Então, se tem muita testosterona exógena, o DHEA deixa de ter utilidade e diminue!

  4. Fabricio Monard Responda

    Faltou apenas um informação bem importante: o DHEA é usado em ciclos ou pode ser usado indefinidamente?

    • Dhea em doses baixas e corretas deve ser tomado direto pois se vc parar seu corpo voltara a ficar defasado

  5. Tenho 50 anos uso o Dhea de 100gr pode me causar algum problema? Faço musculação, dietas, estou há 3 meses tomando so q há dois meses atrás estava tomando o importado e agora não mais e n estou sentindo um bom resultado, se poderem me ajudar agradeço!

  6. boa noite eu vim aqui para pedir uma informação e tirar um duvida sobre treino sou hemafrodita e comecei para emagrecer e definir o corpo comecei a pouco tempo a treinar 2 meses e conversando na academia foi abordado o tema qual hormonios eu fazia uso entao respondi que usava o perlutan entao me diseram para parar o uso e fazer um ciclo com o deposteron 200mg 2 por semana por cerca de 2 meses ate ai ok fiz a compra das ampolas e aplicação normal mas fiz apenas 2 semana que seria 4 ampolas mas comecei a me sentir muito mal para dormir estou com uma sensação de aperto no peito e sinto meu coração batendo forte também estou com sensação de algo enroscado por dento como se tivese engasgado e quando acordo de manha estou com as mãos eos os pés formigando alguém pode me ajudar sobre este tema procuro um medico ou nao o que faço bem por precaução parei o uso dele . agradeço desculpa ter que perguntar isso .

Escreva um comentário