Clique aqui

Algumas pessoas enfrentam um duro dilema quando começam a fazer musculação: acne.

E, infelizmente, não é impressão sua.

Algumas mudanças de hábitos necessárias para se obter hipertrofia porme piorar o problema – e sem qualquer relação com uso de esteroides anabolizantes.

A boa notícia é que existem várias maneiras para “atacar” o problema de forma natural e evitar certos costumes que podem causar crises.

Neste texto veremos o que pode causar a acne na musculação e o que fazer se você está sofrendo com o problema.

Acne, musculação e hormônios

A primeira coisa que as pessoas pensam quando começam a sofrer com acne na musculação, é que a mudança hormonal gerada pelo treino está causando o problema.

acne causada pela musculação

Ao mesmo tempo que hormônios possuem influência no aparecimento da acne, a mudança hormonal gerada pelo treino sozinho é muito pequena.

Claro, uma pessoa que treina pesado tende a produzir mais testosterona, mas este aumento ainda está dentro da habilidade natural do corpo e pode até ser benéfica para a saúde da pele.

Manter níveis saudáveis de testosterona amplifica a produção de colágeno e o fornecimento de nutrientes para a pele e cabelos.

Além de gerar uma infinidade de outros benefícios.

Agora, quando utilizamos testosterona injetável, por exemplo, os níveis de testosterona do corpo podem ser aumentados em até 20 vezes mais do que o normal – isto sim é uma mudança hormonal e definitivamente vai causar acne em pessoas pré-dispostas.

Em suma, se não há uso de esteroides anabolizantes envolvido, é altamente improvável que as mudanças hormonais causadas pelo treino sozinho estejam causando sua acne.

Além disso, se você quer melhorar o corpo, parar de treinar não é uma solução viável.

Acne, dieta e suplementos

Enquanto o treino dificilmente afetará sua acne, a dieta por outro lado, possui uma forte ligação com o problema.

Abaixo iremos listar tudo relacionado a dieta que pode causar acne e como evitar para contornar o problema naturalmente.

Ingestão de calorias em excesso (bulking sujo)

Sabemos que a ingestão calórica é um fator fundamental em uma dieta para hipertrofia, mas se isto for feito da maneira incorreta e excessiva, pode causar acne (ou piorar o problema).

Entenda.

Toda vez que realizamos uma refeição, provocamos a liberação da insulina.

Junto da insulina liberamos outro hormônio chamado IGF-1.

Estes dois hormônios são conhecidos por amplificar a produção de oleosidade da pele através da ativação das glândulas sebáceas.

Basicamente, quanto maior é a presença desses hormônios, maior tende a ser a produção de oleosidade.

E quanto mais oleosidade as glândulas produzem, maiores serão as chances dos poros entupirem, inflamarem e se tornarem em um banquete para as bactérias que causam acne.

Com isto em mente, evite dietas com consumo exagerado de calorias, pois este aumento drástico, definitivamente vai causar aparecimento de acne em pessoas predispostas.

Além disso, não há benefícios extras para a hipertrofia em ingerir mais calorias do que você realmente precisa.

Consumo de derivados do leite

Derivados do leite como queijos, iogurtes e whey protein, podem causar um aumento súbito de IGF-1 e também podem causar acne.

Na verdade, muitas pessoas que sofrem com o problema – praticantes de musculação ou não – resolvem o problema apenas eliminando o leite e todos os derivados da dieta.

Apenas tenha em mente que as mudanças na pele não ocorrerão do dia a para a noite.

Se você é uma pessoa que consome leite e derivados, experimente eliminá-los da dieta por um mês e ver como seu corpo responde.

Consumo de carboidratos simples

Além de leite e derivados, vários estudos ligam o consumo de carboidratos simples e de alto índice glicêmico com acne.

Assim como consumo elevado de calorias, vai aumentar a frequência da liberação de insulina, ingerir carboidratos simples também.

Evitar o consumo de carboidratos simples no shake pós-treino e cortar o uso de carboidratos de alto índice glicêmico da dieta, é uma medida efetiva para controlar a acne.

E não, você não é obrigado a usar carboidratos simples no pós-treino.

Qualquer fonte de carboidratos vai repor suas reservas de glicogênio e gerar o pico de insulina necessário para mandar os nutrientes para os músculos.

Na verdade, consumir carboidratos simples vai trazer mais malefícios do que benefícios em qualquer situação que esteja ligada com a saúde e composição corporal.

Isto é ainda mais verdadeiro para hipercalóricos com formulação ruim e que contenham altas doses de maltodextrina e dextrose.

Consumo de alimentos inflamatórios

Inflamação é uma resposta natural do corpo para curar-se quando há algo causando danos ao organismo.

Alguns alimentos podem provocar uma resposta inflamatória no organismo por si só e causar uma série de problemas, inclusive exacerbar a inflamação causada pela acne.

Açúcar, derivados do leite, farinha de trigo refinada, alimentos processados, óleo vegetal e fastfood em geral, todos são inflamatórios e podem piorar a acne em pessoas predispostas.

Vitamina B12

Vitamina B12 é útil em inúmeros processos do corpo, mas em pessoas com tendência a ter acne, ela pode facilitar a proliferação de certas bactérias que amplificam o problema.

Alguns multivitamínicos, pré-treinos e outros suplementos, podem fornecer doses de B12 que vão muito além da nossa necessidade diária.

Verifique se você não está consumindo uma dose massiva de vitamina B12, sem saber.

Estresse crônico

Viver em situação de estresse pode causar níveis crônicos de cortisol.

Isto, em contrapartida, vai elevar os níveis de inflamação do corpo, e como vimos, poderá causar acne.

Evite situações desnecessárias de estresse e lembre-se que o treino também é um potente agente estressor.

Em outras palavras, treinos mal elaborados, principalmente com volume e frequência excessiva, poderão piorar o problema.

Palavras finais

A musculação, de fato, pode causar acne em algumas pessoas.

Porém dificilmente o treino em si é o causador do problema, e sim os seus hábitos atrelados.

Consumo descontrolado de calorias, carboidratos simples, derivados do leite, alimentos inflamatórios, estresse e certas vitaminas como a B12, poderão exacerbar sua predisposição para ter o problema.

Infelizmente, ter espinhas tem uma relação muito forte com a genética. Algumas pessoas com acne poderão consumir alguns dos alimentos do texto, sem problemas, outras não.

Portanto toda experimentação é válida, inclusive com alimentos que não foram citados no texto, mas que você desconfia que estão piorando o seu problema.

Referências e leitura complementar:

  • https://examine.com/faq/does-dairy-cause-acne/;
  • http://www.acneeinstein.com/hormonal-acne/;
  • http://ajcn.nutrition.org/content/86/1/107.full;
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2836431/;
  • http://www.acneeinstein.com/study-acne-insulin-resistance/;
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22988649.

Este texto ajudou você ?

Escreva um comentário