Clique aqui

A remada curvada com barra é um dos exercícios mais produtivos, duros e diabólicos que existem para as costas ou dorsais. É um movimento composto, assim como o agachamento ou levantamento terra, que trabalha músculos grandes (no caso da remada curvada, as costas inteiras) e demanda o corpo como um todo para ser executado.

Não é a toa que cada vez mais vemos pessoas fazendo serrote ou variações que usam aparelhos/cabos do que a velha remada curvada que requer apenas uma barra e anilhas (e bolas de aço).

Acha que estou exagerando ? Experimente fazer a remada curvada como primeiro exercício do dia, usando poucas repetições e bastante carga. Depois conversamos de novo.

Veja também -> Tudo o que você precisa saber sobre a barra fixa

O único problema com este exercício é que quando vemos alguém fazendo – um fenômeno cada vez mais raro – geralmente não é uma visão bonita de se ver. Salvo alguns casos, a maioria das pessoas que fazem remada curvada fazem de maneira incorreta e acabam executando um exercício que atinge o trapézio, que além de não recrutar os músculos das costas com máxima eficiência, ainda coloca a lombar em risco.

Em 99% dos casos isto acontece porque a pessoa transformou a remada curvada em um exercício de ego e – para levantar cargas que não suporta – acaba fazendo o exercício com o tronco elevado, longe de estar paralelo ao chão.

Nãooooooooooo.

Como executar a remada curvada corretamente

  1. De preferência sempre comece o exercício do chão e termine no chão para que em qualquer situação você já tenha o reflexo de largar a barra no chão (e não tente colocar no suporte).
  2. Em frente a barra, com os pés afastados um pouco menos que a largura dos ombros, pegue na barra utilizando uma pegada pronada ou supinada.
  3. Levante a barra como se estivesse fazendo uma repetição de levantamento terra.
  4. Com a barra na altura da cintura, agora dobre o quadril para que o tronco fique próximo de 90 graus (veja as imagens).
  5. Mantenha a coluna em posição neutra; nem arqueada e nem hiperestendida. Dobre levemente os joelhos para que isto seja possível.
  6. Com os cotovelos próximos do corpo, puxe a carga em direção ao seu umbigo.
  7. Quando a barra encostar no abdômen, estenda os braços até a barra ficar próxima ou dar uma leve encostada no chão.
  8. Repita o passo 6.
Como sua coluna deve ficar durante a remada curvada.

Assista a este vídeo caso tenha dúvidas sobre os passos descritos no texto:

Músculos trabalhados durante a remada curvada com barra

A remada curvada com barra trabalha quase todos os músculos que você não consegue ver.

Quando você fica em frente de um espelho, a primeira coisa que você verá é o seu abdômen, peitoral e braços. É por isso que a maioria das pessoas focam-se nesses músculos enquanto ignoram costas e pernas.

Este também é a principal causa de lesões e físicos não harmoniosos – se um lado do corpo é fraco, pegar pesado no outro vai gerar lesões e ter peitoral desenvolvido e costas fracas, simplesmente estraga a estética corporal.

Em todo caso, treinar costas usando remada curvada com barras vai resolver este problema, pois vai trabalhar estes músculos com eficácia:

  • Parte superior das costas: por você ser obrigado a retrair as escápulas dos ombros para puxar a barra até o abdômen, isto faz com que todos os músculos das costas que geram aquele aspecto em “V” sejam trabalhados.
  • Lombar: Para que sua coluna fique em posição neutra, suporte a carga e não permita que a gravidade deixe tudo cair, o seu lombar precisa ser suportar todo o peso.
  • Abdômen: Os músculos da região do abdômen trabalham ajudando a lombar a manter a coluna em posição neutra durante o exercício. Por conta disso não é recomendado treinar abdômen antes de fazer remada curvada com carga alta.
  • Membros inferiores: seus posteriores e glúteo trabalham para elevar o tronco para tirar a barra do chão e também ajudam a manter a boa postura durante o exercício.
  • Braços: Os antebraços trabalham ao segurar a carga com as mãos enquanto os bíceps trabalham ao dobrar o cotovelo e levantar a carga.

Como podemos ver, a remada curvada é mais do que apenas um exercício para costas. Ela atinge boa parte da cadeia posterior do corpo (leia-se as coisas que você não vê no espelho) e ainda sim é um dos melhores exercícios para costas, é livre e permite uso de bastante cargas com o tempo.

Pegada supinada ou pronada ?

Ambas as pegadas estão corretas e funcionam, mas fazem com que o exercício trabalhe alguns músculos de forma diferente. Por exemplo, usando a pegada supinada (palmas para frente), os bíceps estarão em uma posição mais vantajosa e poderão permitir mais cargas. Em termos de recrutamento dos músculos das costas, as diferenças serão mínimas.

Pegada supinada | Pegada pronada

No final do dia, use a pegada que você se sente mais confortável e conseguiu ver maior progresso. Você também pode variar entre uma e outra para gerar estímulos diferentes quando se acostumar com apenas uma delas.

Dicas para gerar mais ganhos com a remada curvada

  1. Se a barra não encosta no umbigo, diminua a carga. Você provavelmente está usando um peso que ainda não é para você.
  2. Quanto mais ereto o tronco, mais fácil será o exercício e mais o trapézio vai roubar o foco.
  3. Não deixe que a barra “caia” na descida (negativa) do movimento. Está é a porção onde os músculos das costas terão a maior ativação.
  4. Se segurar a barra por muito tempo é um problema para você, sinta-se livre para usar straps. O foco aqui é atingir primeiramente as costas e não antebraço, se o antebraço falha antes, todo o resto estará sendo limitado por isso.
  5. Experimente começar o treino pela remada curvada ou deixá-la em segundo lugar, do contrário, mais tarde, você estará muito fatigado para executar este exercício com carga suficiente.

Palavras finais

Remadas usando halteres e máquinas são ótimas, mas nunca terão a mesma efetividade que a remada curvada com barra. Remada curvada permite o uso de cargas maiores, requer apenas uma barra e você nunca vai enfrentar uma fila para poder fazer esse exercício.

Este texto ajudou você ?

29 Comentários

  1. vale lembrar que o arnold ou ate eugenio kropowski (treinador brasileiro) dareferencia a fazer a remada curvada a 90º ‘ROUBANDO’ quem quiser veja o arnold fazendo ou o video do eugenio esplicando melhor porque fazer o exercicio com um tranco no começo da faze exentrica

    • Vale lembrar que arnold ou qualquer outro BB profissional possuem uma lombar “blindada” altamente reforçada. Oque pra eles pode ser um “roubo” pra vc pode ser uma lesão certa.

      • poise por nao ter uma lombar blindada vc ja ta errado e tambem roubar nesse exercio e para nao se machucar poruqe vc fica em isometia em uma posiçao mt fraca da lombar veja o video do eugenio e depois vc m fala

        • Pse fui nessa de escutar os outroa e deixar o tronco levantado , estorei a lombar to a duas semanas sem aguentar abaixar

  2. A remada curvada já faz parte de meu treino de dorsal a um tempo, nas ultimas adaptei um treino com barra fixa, remada curvada, remada “cavalinho” e puxada baixa na polia; estava tudo tranquilo, pois já estava adaptado a fazer a remada curvada e executo de maneira segura, com uma carga que possibilite eu fazer o movimento com segurança porém que me deixe exausto com no máximo 10 repetições. Só que semana passada voltei da academia com uma dor na lombar chata após fazer remada “cavalinho”, acho que executei o movimento de forma correta, porém na hora de abaixar para pegar a barra estava “arqueando” a costas, e depositando o peso na lombar. Agora estou dando um tempo para passar o incomodo (melhorou 90%) para voltar com o exercício e tentar melhorar a postura.

  3. Faço remada curvada com pegada supinada, devo mudar para pronada? Considerando que meu treino no dia é: Barra Fixa, Chin Ups, Levantamento Terra, Remada Curvada, Rosca Direta e Kroc Rows.

  4. Tenho treinado costas assim:

    *levantamento terra
    *remada curva
    *cavalinho
    *remada unilateral

    Será q esta bom, ou poderia mudar algo? (Barra fixa não consigo fazer, mas vou tentando aos poucos)

    • Meu treino é exatamente este, e minhas costas estão evoluindo cada dia mais e mais.

  5. No caso de executar o exercício com a pegada com as palmas das mãos para cima ao invés do demonstrado nas imagens. Seria esse um outro exercício, uma variação da mesma ou um exercício incorreto?

    • Caro Rafael, a pegada supinada(forma como você falou) ou pronada é apenas uma variação do mesmo exercício, não tornando ele incorreto, algumas pessoas se dão melhor com uma ou com a outra pegada, experimente qual você se adapta melhor

    • A pegada supinada é uma veriação que utiliza mais o bíceps no exercício.

      abs!

  6. O fato de vc executar o movimento um pouco ‘mais alto’, perto de ficar ereto, nao quer dizer que está errado. O verdadeiro lance desse exercicio é contrair primeiro as escápulas e dps usar os braços. Se concentrar melhor em usar as costas e nao tanto os braços, é assim q se faz. Aliás, o próprio
    Dorian Yates (pra qm nao conhece, foi a maior dorsal do mundo por muito tempo), defendia que o uso da pegada com as palmas da maos voltadas para cima e o corpo um pouco mais elevado era melhor que essa variaçao citada no post. É individualidade? É! Mas varias pessoas podem se dar bem como ele se deu! Então nao tem essa de que o exercicio só tá certo se for assim como diz no post. O lance é só manter a postura, costas retas e contrair as escapulas antes fos braços.

    • Cara, o Dorian largou essa pegada em 1994 por ter rompido o bíceps com ela. Realmente não está errado fazer com o tronco mais elevado, mas vai ativar mais o trapézio. Eu faria como está no artigo, mais seguro.

    • cara eu acho otimo fazer dessa forma so vai mudar a enfase vai para a incerçao da grande dorsal (a parte baixa)

  7. Remada curvada é um dos exercícios que separa o maromba do frango . Gosto muito de fazer , consigo sentir muito claramente a ativação dos músculos das costas e a parte de baixo do trapézio.

    PS: O site ficou muito bonito , parabéns a equipe hipertrofia.org!

  8. Ótimo exercício, assim como o novo site! Agora dá pra ver pelo celular de boa. Parabéns!

  9. Algo interessante à se dizer, é que os cotovelos devem subir próximo ao corpo, não afastados. Dessa forma, fica muito mais fácil de “sentir” o músculo. Também, não se apoiar na ponta dos pés, e sim no calcanhar – na ponta dos pés, a panturrilha fica muito fadigada. E como o pessoal aqui disse, contrair a escápula. Dar uma travada no final da parte concêntrica, também é interessante. Cliquem no meu nome.

  10. Vitor Martinez em um video no you tube diz q tenos q ficar com os pés juntos….e ai?!

  11. Eu estava executando o exercicio errada e estava colocando uma carga alta, mas pedi ajuda ao personal e ele me mostrou o jeito correto de executar o exercicio, com uma carga bem menor, mas estou sentido o muscula trabalhar mais

  12. Como executar e mesma remada curvada só que na polia? É muito difícil manter paralelo ao chão com a barra na polia

  13. Sempre faço!
    E não sei de onde tiram que “não se vê músculos das costas”.
    Pega um cara com costas grandes e um sem, mesmo vendo de frente, tem como perceber quem possui uma boa lombar e quem não possui.
    Todo músculo é perceptível quando bem treinado.

Escreva um comentário