Elíptico ou esteira: qual é o melhor?

Quando o assunto é fazer aeróbicos em casa ou na academia, elíptico ou esteira são duas opções populares. Contudo, a maioria das pessoas ficam em dúvida a respeito de qual delas traz mais resultados.

Então, é melhor fazer elíptico ou esteira como forma de aeróbico? Tanto o elíptico quanto a esteira são máquinas eficazes para fazer aeróbicos e ambas possuem benefícios únicos que podem tornar uma opção melhor do que a outra dependendo das suas necessidades.

Por exemplo, o elíptico proporciona um treino aeróbico de baixo impacto e suave para as articulações, tornando-o uma excelente opção para pessoas se recuperando de lesões ou lidando com dor crônica nas articulações.

Por outro lado, fazer esteira geralmente queima mais calorias e pode ser mais eficiente em queimar gordura. No entanto, correr é uma atividade de alto impacto nas articulações e nem todas as pessoas conseguem correr por tempo suficiente logo de cara.

Neste texto, iremos comparar as duas para que você possa tomar uma decisão informada sobre o assunto.

Vantagens do elíptico

Existe uma razão para você ver o elíptico em praticamente toda academia; é fácil de usar, eficaz e é muito mais segura para suas articulações do que a esteira, por não gerar impacto.

Diferente da esteira, que coloca uma quantidade significativa de estresse nas articulações dos joelhos, tornozelos e quadris, o elíptico minimiza esse impacto ao manter os pés constantemente em contato com os pedais.

Esta característica torna o elíptico uma opção excelente para idosos, pessoas com problemas articulares, aqueles em processo de reabilitação de lesões ou para quem está começando a fazer musculação. Basicamente, o elíptico permite fazer aeróbicos com baixíssimo risco de lesões.

Veja também: Vale a pena comprar um elíptico?

Além disso, engana-se quem pensa que o elíptico é uma forma inferior de fazer aeróbicos. Desde que você consiga elevar sua frequência cardíaca de forma contínua, isto servirá como atividade aeróbica e o elíptico é capaz de fazer isso facilmente, permitindo controles para aumentar ou diminuir a intensidade do exercício.

Publicidade

Essa versatilidade significa que tanto os iniciantes quanto os atletas avançados podem fazer treinos desafiadores usando o elíptico. Ao aumentar a resistência, o usuário não só queima mais calorias, mas também engaja mais grupos musculares, incluindo os glúteos, quadríceps, isquiotibiais e até mesmo os músculos superiores quando se utilizam as alças móveis, promovendo um exercício mais completo.

Por fim, a capacidade de oferecer um treino de corpo inteiro diferencia o elíptico de muitas outras máquinas de aeróbicos. Ao utilizar as alças móveis para as mãos enquanto pedala, os usuários engajam os músculos dos braços, ombros e peito, além dos músculos da perna e do core.

Isso não apenas aumenta a queima calórica durante o elíptico, como também oferece um treinamento balanceado que pode melhorar o condicionamento de corpo como um todo. Este benefício torna o elíptico uma escolha excepcional para quem busca eficiência e segurança ao fazer aeróbicos.

Vantagens da esteira

A esteira oferece benefícios diferentes do elíptico e alguns podem torná-la em uma opção superior ou inferior — dependendo da sua escolha, o contexto e objetivos. A esteira é mais versátil em termos de treinos que um corredor pode fazer nela: você pode caminhar em uma inclinação, correr levemente ou fazer sprints de alta intensidade.

Veja também: Esteira ou bicicleta ergométrica: qual é a melhor?

Além disso, se equalizarmos alguns fatores como duração, intensidade e peso corporal, em comparação com outras máquinas de aeróbicos, correr na esteira é a atividade que mais queima calorias.

A esteira também emula uma corrida ao ar livre e pode ser útil para aqueles que estão treinando para um evento específico, como uma maratona ou querem se tornar corredores melhores.

No entanto, uma esteira é uma máquina de alto impacto. Correr na esteira faz com que haja mais impacto nas articulações, o que pode causar dor nas articulações, lesões e canelites. Se você é um corredor iniciante, um corredor mais velho ou está se recuperando de uma lesão, fazer aeróbicos na esteira pode ser algo mais arriscado.

A esteira também impõe um nível maior de dificuldade; nem todas as pessoas conseguem correr por tempo suficiente para extrair as vantagens da esteira, o que torna outras formas de aeróbicos mais vantajosas enquanto você ainda não tem capacidade cardiovascular suficiente para correr.

Enfim, a esteira queima mais calorias e é mais versátil. Porém, a atividade gera mais impacto que o elíptico e nem todos tem resistência suficiente para correr durante a sessão inteira de aeróbicos.

Publicidade

Elíptico ou esteira: qual máquina é melhor para fazer aeróbicos?

Primeiramente, tanto a esteira como o elíptico poderão proporcionar um treino aeróbico efetivo; você conseguirá construir mais resistência e condicionamento usando qualquer uma delas. Em outras palavras, não existe uma máquina certa ou errada se o objetivo for fazer aeróbicos.

Com isto fora do caminho, escolher entre elíptico e esteira dependerá principalmente das preferências pessoais e do contexto.

O elíptico é frequentemente recomendado para aqueles que querem fazer aeróbicos, mas com baixo impacto, minimizando o risco de lesões nas articulações, tornando-o uma escolha ideal para pessoas com problemas de joelhos, quadris ou costas, bem como para idosos ou quem está se recuperando de lesões.

Por outro lado, a esteira oferece uma simulação mais próxima da corrida ou caminhada ao ar livre, o que pode ser preferível para aqueles que estão treinando para eventos específicos como maratonas ou buscam melhorar sua performance de corrida.

As esteiras também permitem uma variação maior na intensidade, incluindo a possibilidade de ajustar a inclinação para simular subidas, o que pode ser particularmente benéfico para construir força e resistência nas pernas.

Para indivíduos sem problemas articulares significativos, a esteira pode proporcionar um treino aeróbico mais intenso, que queima mais calorias e específico, ajudando na melhoria da capacidade cardiovascular e na eficiência da corrida.

Este texto ajudou você ?

Ainda está com dúvidas sobre alguma questão? Visite nosso fórum de discussões e compartilhe suas dúvidas com mais de 270 mil pessoas cadastradas.

×