Quantos dias de descanso você deve ter por semana?

Para alguns, uma das coisas mais curiosas que você pode fazer para melhorar os resultados é ter dias de descanso.

Quando você está em busca de um objetivo específico na musculação, pode ser difícil ficar parado — literalmente.

Descansar pode parecer que você está sendo negligente com seu objetivo.

Você pode pensar que, se conseguisse encaixar só mais um treino de musculação ou mais um aeróbico, isso fará toda a diferença nos resultados.

Quase sempre, isso poderá trazer efeitos opostos ao esperado. Você precisa planejar dias de descanso se quiser manter uma rotina assídua e ininterrupta no longo prazo.

Quantos dias de descanso você precisa por semana?

Quantos dias de descanso que você precisa por semana pode variar dependendo de uma série de fatores como idade, experiência de treino e objetivo específico. Não há como avaliar cada caso de forma individual, através de um texto.

Porém, como regra geral, a maioria das pessoas precisa de, no mínimo, um a dois dias de descanso por semana.

Na maioria dos cenários, 1-2 dias de descanso é o mínimo para evitar que estresse acumulado e você vai entender porque isso é importante logo a frente.

Por que o dia de descanso importa

Toda vez que você realiza um treino de musculação intenso, você danifica seus músculos gerando uma resposta inflamatória que desencadeia toda uma cascata de reações que, no fim, é o processo que chamamos de hipertrofia.

Se você também faz aeróbicos, seu corpo passará por adaptações cardiovasculares e, novamente, gerará uma cascata de reações que farão seu corpo se adaptar, tornando você mais condicionado.

Tudo isso ocorre quando você está longe da academia, quando você está descansando, e a maioria das pessoas (mesmo que no fundo) já sabe disso.

Publicidade

O que a maioria não sabe é que toda vez que você faz uma atividade física intensa, seja musculação ou aeróbicos, você também força suas articulações, junto com seus tendões e ligamentos.

Além disso, para mover os pesos do ponto A ao B, seu sistema nervoso é usado e ele também toma nota do que você está fazendo (e se está fazendo demais).

Dias de descanso não são importantes apenas para recuperação muscular, mas para descansar o corpo como um todo.

Se você é uma pessoa jovem ou está iniciando sua jornada de treinos, é possível negligenciar o descanso, mas, cedo ou tarde, o acúmulo de estresse chega para todos e você começará a se sentir cada vez mais esgotado, com dor muscular que dura mais tempo e possivelmente com articulações doloridas.

O que fazer em um dia de descanso

Em situações normais, quando não há sintomas de overtraining ou lesão, você não precisa ficar completamente inativo no dia de descanso.

Estes dias podem ser reservados para fazer aeróbicos leves (caminhadas!), trabalho de mobilidade com o rolo de massagem, alongamentos ou realização de outras atividades físicas (evitando extremos óbvios).

Ou seja, um dia de descanso não significa ficar o dia inteiro deitado. Na verdade, fazer isso pode ser contra produtivo.

Primeiro, se manter ativo e fazendo atividades leves, pode melhorar a recuperação muscular.

Segundo, muitas pessoas ligam inatividade física com outros hábitos que nem sempre são produtivos, e isso pode ser um problema maior.

Por exemplo: se você passou o dia inteiro assistindo séries, qual o problema, também, de passar o dia inteiro comendo o que você quer?

Publicidade

É fácil pensar que o dia de descanso é uma “mini férias” da musculação, onde vale tudo, inclusive abandonar completamente a dieta.

Conclusão – o que acontece se você não descansar

Se você não tem dias de descanso e está em um estado constante de desgaste, seu corpo não terá os meios ou o tempo para se recuperar.

Temporariamente é possível negligenciar o descanso, o que fará muita gente pensar que este assunto é exagero.

Mas, acredite, cedo ou tarde o acúmulo de fadiga atinge a todos e isso estagnará seus resultados.

Como vimos, seus músculos, tendões e ligamentos precisam descansar, mas sua mente – mais especificamente seu sistema nervoso central – também precisa de um tempo longe da academia.

Exercício físico é um agente estressor do sistema nervoso e isso é frequentemente ofuscado.

De forma simplista, se você ultrapassar seus limites, seu CNS entra em cena e manterá a homeostase – o equilíbrio – aumentando sua percepção de esforço, fazendo você se sentir sempre cansado.

Basicamente, não há como fugir do descanso. De um jeito ou de outro, você sabotará seus resultados se continuar treinando ininterruptamente.

Como evitar tudo isso e ainda melhorar seus resultados? Segure a onda e descanso por um ou dois dias por semana. Simples assim.

Este texto foi útil para você?

Sim (3)
Não
Muito obrigado pela opinião!

Ainda está com dúvidas sobre alguma questão? Visite nosso fórum de discussões e compartilhe suas dúvidas com mais de 270 mil pessoas cadastradas.

Além disso, siga-nos nas redes sociais para receber notícias direto na sua timeline:

×