Clique aqui

Você se surpreenderia como caminhar pode ajudar você a ter mais hipertrofia e menos gordura.

Sim, caminhada, o ato de apenas caminhar no ritmo de um passeio.

O simples fato de caminharmos pode ajudar na mudança corporal sem tirar sua energia para treinar pesado.

Entenda.

1 – Caminhar não adiciona estresse

Ao contrário de atividades aeróbicas como corrida e HIIT, a caminhada não gera estresse adicional em sua rotina.

Experimente fazer musculação 4 a 6 dias na semana e ainda fazer HIIT, e você verá seus níveis de energia diminuindo e sua chance de overtraining aumentando.

Já com a caminhada, não acumula estresse, não força articulações; basta usar um tênis decente e você estará livre de problemas.

2 – Funciona como descanso ativo

Após uma caminhada tranquila você costuma se sentir muito bem.

Isto ocorre porque atividades de baixa intensidade geram liberação de endorfinas assim como atividades mais intensas.

Mas com o benefício auxiliarem na liberação de subprodutos que demoram a sair do corpo depois de um treino pesado e prejudicam a recuperação.

É por isso que muitas pessoas relatam diminuição nas dores musculares tardias após atividades como caminhada.

Também há evidências mistas na literatura sugerindo que caminhar gera um pequeno efeito nas terminações nervosas da coluna, otimizando os impulsos elétricos que vão para o restante do corpo.

Tudo isso pode auxiliá-lo na recuperação entre um treino e outro.

3 – Queima gordura sem catabolismo

Caminhar pode ser uma das atividades com a intensidade mais baixa que existem, mas isso não significa que ela não seja útil para queimar gordura.

Sim, é verdade, caminhar por 10 minutos não queimará muita gordura, mas caminhe por 40 minutos em ritmo acelerado várias vezes na semana e isso queimará bastante calorias no longo prazo quando somadas com o restante do seu gasto diário calórico (considerando que você treina pesado).

O interessante da caminhada é que devido sua natureza de baixa intensidade, ela dificilmente gerará algum catabolismo muscular.

Por isso, ao contrário de outras atividades aeróbicas, é possível caminhar por mais tempo e com mais frequência, sem afetar sua performance nos treinos e sem temer perda de massa muscular.

4 – Menos estresse

Caminhar pode ser uma ótima maneira de passar um tempo de forma tranquila, organizar seus pensamentos, escutar um audiobook ou refletir sobre seus problemas (ou escapar deles).

Caminhada pode ser feita com seus entes queridos, mesmo que eles não tenham qualquer objetivo ou até mesmo preparo.

A verdade é que, depois de uma boa caminhada, você com certeza se sentirá melhor, com menos estresse e sua vida ficará melhor por conta disso.

5 – É funcional

Uma atividade funcional teoricamente é uma atividade que melhora, de alguma forma, suas atividades diárias.

Bem, locomover-se é uma das atividades mais cruciais para o ser humano.

Pode parecer um exagero, mas o simples ato de andar, pode alterar a dinâmica do seu dia a dia, fazendo você ficar mais ativo e não fugir de situações corriqueiras.

Por exemplo: ir até a padaria da esquina a pé em vez de pegar um Uber até lá (brincadeiras a parte, não duvido que há pessoas que fazem isso).

6 – Baixo impacto e difícil de errar

Caminhar é fácil e de baixo impacto para as articulações.

Imagine que você tenha algum problema articular no joelho, tornozelo ou até mesmo na coluna; ou não queira forçar suas articulações.

Caminhar não gera praticamente impacto ao ponto de causar problemas e ainda trará benefícios.

Além disso, é muito difícil cometer erros ao fazer caminhada.

Correr, por exemplo, requer certas precauções que vão desde usar o calçado correto até alongamentos específicos (dependendo do seu nível de experiência).

7 – Funciona em jejum

A teoria por trás do cardio em jejum é que, se o corpo tiver poucos carboidratos disponíveis como forma de energia, ele recorrerá à gordura para obter energia.

Há vários outros benefícios atrelados a queima de gordura ao realizar aeróbicos em jejum, porém tudo pode ir por água abaixo quando você aumenta a intensidade e acaba gerando catabolismo muscular.

Uma forma mais efetiva e segura para fazer aeróbicos em jejum ? Simplesmente caminhar.

Apenas uma desvantagem

Caminhar toma tempo, pois não adianta caminhar apenas 10 ou 15 minutos.

Para colher os benefícios da caminhada, você precisa caminhar por no mínimo 40 minutos e fazer isso por 4 ou mais vezes na semana.

Infelizmente, nem todos possuem tempo disponível para fazer isso e por isso optam por HIIT (que quer menos tempo).

Como regra geral, o que você pode fazer é misturar sessões de caminhadas com sessões de aeróbicos normais ou HIIT, neste caso, esquecendo da sugestão de quatro vezes ou mais na semana.

Assim você pode usar formas mais rápidas quando não tem tempo e deixar a caminhada para horários específicos como caminhar no parque num dia de lazer.

Assim você faz algo funcional enquanto aprimora ainda mais seu descanso.

Mas não se limite a fazer caminhada apenas como ultima alternativa e somente em momentos de completo tédio.

Um brasileiro costuma perder até 10 horas semanais assistindo TV e olhando redes sociais.

Em vez disso, é possível caminhar escutando a um livro em formato audio ou a um podcast de qualidade.

Enfim, você só tem a ganhar ao implementar caminhadas em sua rotina e tirando a questão da disponibilidade de tempo, praticamente não há desvantagens para quem faz musculação.

Este texto ajudou você ?

2 Comentários

  1. Muito bom o texto. Caminhada é uma ótima sugestão.
    Gostaria que, se possível, fizessem uma matéria abordando a corrida em tiros, tipo, corrida de 50 e 100 metros. Ouvi dizer que esse tipo de corrida auxilia no ganho de massa nos membros inferiores. É verdade?
    Forte abraço!

  2. Como o texto diz a desvantagem é o tempo de uns 40min caminhando, mas teria uma meia solução correndo leve por metade do tempo?de 15 a 20 min?

Escreva um comentário