Os 5 melhores anabolizantes para hipertrofia (bulking) [2020]

Nesta lista veremos quais são os esteroides anabolizantes mais usados para hipertrofia (durante um bulking), junto com seus efeitos colaterais.

Esteroides anabolizantes são, em sua maioria, variações sintéticas do hormônio testosterona.

Eles ajudam no ganho de massa muscular de diversas formas, porém, a principal delas, está relacionada ao aumento na criação de novas proteínas.

Basicamente, esteroides aumentam o potencial do corpo para construir massa muscular com ganho de força.

Porém nem todos os hormônios disponíveis são iguais.

Alguns poderão acelerar a hipertrofia de forma mais pronunciada do que outros, podendo ser usados em bulking ou cutting (veja os esteroides mais usados em cutting).

Neste texto veremos quais são eles, suas principais características e, claro, seus efeitos colaterais.

Não interprete este texto como uma racionalização/apologia para usar esteroides anabolizantes. O intuito deste texto é meramente educativo e apenas reflete a realidade dos relatos que temos disponíveis sobre o uso destas substâncias.

Lista de anabolizantes para hipertrofia

  1. Testosterona;
  2. Dianabol;
  3. Nandrolona (Deca Durabolin);
  4. Oximetolona (Hemogenin);
  5. Trembolona.

1 – Testosterona

Usuários de esteroides geralmente começarão usando testosterona e, mais tarde, adicionarão outros esteroides em conjunto para tirar proveito da sinergia entre eles (assim gerando mais ganhos).

Testosterona é um hormônio base (ou “coringa”) e funciona em qualquer tipo de ciclo, até mesmo sozinho.

Não é a toa que muitos iniciantes optam por fazer um ciclo somente com testosterona para “testar as águas” antes de usar outras drogas mais potentes.

De forma geral, testosterona é um ótimo esteroide para bulking, gerando bons ganhos em massa muscular e força, com efeitos colaterais controláveis.

Prós

  • Ganho de massa muscular significativo;
  • Aumento de força;
  • Tem propriedades que facilitam a queima de gordura;

Contras

  • Retenção de líquidos;
  • Ginecomastia;
  • Perda de cabelo;
  • Acne;
  • Alterações no colesterol;
  • Aumento na pressão arterial.

2 – Dianabol

Dianabol, ou diana, é um dos esteroides mais famosos e um dos preferidos para usar durante o bulking.

Isto se deve principalmente ao fato da droga gerar ganhos expressivos em um curto período de tempo.

É possível encontrar dianabol na forma oral e injetável, porém a maioria das pessoas optam pela forma oral devido a conveniência e facilidade para usar (basta tomar as pílulas).

Uma das principais características da diana está na sua habilidade em aumentar força e gerar pumps incríveis, devido ao maior acúmulo de glicogênio muscular.

Porém isto vem ao custo de maior toxicidade ao fígado, por ser uma droga oral.

Seu uso costuma ser em conjunto de outras drogas, especialmente testosterona.

Prós

  • Ganhos rápidos em volume, força e massa muscular propriamente dita;
  • Uso conveniente (por ser oral).

Contras

  • Notável por aumentar a pressão arterial;
  • Queda de cabelo;
  • Acne;
  • Alterações nas enzimas do fígado.

3 – Nandrolona

Nandrolona, popularmente conhecida como “deca”, é um esteroide anabolizante eficaz e, junto com a testosterona, provavelmente é o mais usado durante bulkings (quem nunca ouviu falar em deca e dura?).

Este hormônio pode gerar um grande aumento de massa muscular e força.

Porém nandrolona é conhecida por gerar, também, uma leve retenção de líquidos, o que também ajuda a dar impressão de maior volume muscular.

Mas a retenção é muito menor do que a retenção gerada pelo dianabol, por exemplo.

Usuários desse hormônio costumam relatar menos dores articulares e até a resolução de lesões durante o uso, o que geralmente é o oposto de outros esteroides (que poderão facilitar lesões e acelerar problemas pre-existentes).

Não há consenso do porquê disso acontecer. Uma vertente de pensamento comum é de que o hormônio pode influenciar nas cartilagens do corpo, melhorar a densidade óssea e assim melhorar a saúde das articulações.

Independente da razão disso acontecer, ciclos com decas permitem o usuário a treinar mais pesado e com mais segurança.

Prós

  • Aumento de massa muscular com força proporcional;
  • Mais volume muscular;
  • Mais saúde articular e menos dores.

Contras

  • Retenção de líquidos;
  • Aumento de pressão arterial;
  • Queda de cabelo;
  • Acne.

4 – Oximetolona

Também conhecido como Hemogenin e Anadrol 50 (nome comercial americano), a oximetolona é um dos esteroides anabolizantes orais mais fortes que existe.

Os ganhos são evidentes e mais rápidos do que outros esteroides.

A única razão para este hormônio não ser o melhor para bulking está relacionado ao seu perfil de efeitos colaterais.

Oximetolona é uma droga hepatóxica, pode alterar a pressão arterial de forma expressiva e se você não souber o que está fazendo, poderá se encontrar em problemas de forma mais fácil do que usando outros hormônios.

Prós

  • Ganho expressivo de massa muscular e força em uma janela curta de tempo;
  • Ganho de peso rápido devido a maior retenção;
  • Perder massa muscular, independente do que você faça, é algo bastante improvável durante o uso de oximetolona.

Contras

  • Efeitos colaterais com mais incidência do que outros esteroides;
  • Danos ao fígado;
  • Pressão alta;
  • Queda de cabelo.

5 – Trembolona

Trembolona é o “canivete suíço” do mundo dos hormônios.

Com ela é possível otimizar o ganho de massa muscular e força durante o bulking, ao mesmo tempo que gera queima de gordura e não retem líquidos.

Basicamente, apenas com ela é possível ter as propriedades de várias drogas em uma só.

O único problema está relacionado ao seu perfil de efeitos colaterais, talvez os piores entre todos os esteroides, em especial os relacionados à desordens psicológicas.

Além de todos os efeitos colaterais comuns de hormônios (queda de cabelo, acne, etc), trembolona pode ter um efeito bastante evidente no comportamento, podendo piorar uma série de problemas psicológicos pre-existentes como ansiedade, agressividade, paranoia, depressão e outros.

“Tren” também o esteroide que mais causa insônia.

Prós

  • Um dos melhores esteroides para recomposição corporal;
  • Ganhos sólidos e sem retenção;
  • Provavelmente tem a melhor combinação de propriedades estéticas entre todos os esteroides.

Contras

  • Dependendo do indivíduo, pode ter os piores colaterais psicológicos;
  • Insônia logo nos primeiros dias;
  • Acne;
  • Perda de cabelo;
  • Alterações na pressão arterial.

Palavras finais

Há uma gama enorme de esteroides anabolizantes e praticamente todos eles contribuem para o crescimento muscular.

Porém, os listados no texto, possuem um potencial maior para serem usados para este fim (durante um bulking).

Não podemos nos esquecer também que todos os hormônios – sem exceção – funcionarão como “amplificadores” da dieta e treino.

Em outras palavras, hormônios não farão milagres em termos de construção de massa muscular sozinhos.

Eles apenas aumentarão o seu potencial para mudanças corporais quando em conjunto da dieta e treino para um objetivo específico.

E para conseguir extrair as vantagens dos esteroides, não existe apenas o preço monetário (para comprar as drogas), mas também o preço em forma de efeitos colaterais.

Este texto ajudou você ?

Deixe um comentário

Hipertrofia.org Newsletter

Receba o melhor conteúdo do site direto em seu email (no máximo 2 por semana).