Clique aqui

Os óleos para crescimento muscular localizado mais comuns são a vitamina ADE, o Synthol e o Esiclene.

Estes óleos são usados de forma intramuscular (injetados dentro do músculo) para gerar tamanho localizado e corrigir possíveis falhas.

Entenda.

Praticamente qualquer pessoa que faz musculação tem algum grupo muscular que está para trás dos demais.

Pode ser panturrilhas, ombros ou peitoral que são mais pequenos, do ponto de vista do praticante, ou desproporcionais em relação ao resto dos grupos musculares.

Estes desiquilíbrios musculares poderão ser reais ou não (dismorfia muscular), relacionados a limitações de ordem genética e/ou causadas por treinos de musculação mal elaborados.

Na tentativa para corrigir rapidamente estas falhas, muitas pessoas estão recorrendo ao uso de óleos de crescimento localizado.

Existem vários óleos que se encaixam nesta categoria, mas os três abaixo costumam ser os mais famosos:

Óleo ADE (Vitamina ADE)

ADE é um composto vitamínico contendo as vitaminas A,D e E.

É uma alternativa barata que pode ser encontrada em qualquer loja de produtos veterinários.

Oficialmente o ADE é usado para tratar carências de vitaminas e tratar infecções em bovinos, suínos, ovinos, caprinos e outros tipos de animais.

Basicamente, o ADE não foi feito para ser usado em humanos e muito menos como um substituto injetável do famoso silicone.

Mas por conter vitaminas lipossolúveis, o seu veículo de entrega é oleoso e seu custo é irrisório, muitas pessoas começaram a usar o ADE como injeção localizada.

Diferente de outros óleos que foram criados propositalmente para este fim, o ADE não possui analgésicos ou substâncias que possam matar bactérias, tornando seu uso extremamente perigoso.

No Brasil, há vários relatos de morte por conta dos efeitos colaterais causados pelo ADE.

Esiclene (formebolone)

Esiclene é o nome comercial do esteroide anabolizante formebolona.

É um esteroide com androgenicidade e anabolismo muito baixos, mas com uma característica única: ele causa inflamação e inchaço consideráveis no local onde é injetado.

Apesar dessa inflamação durar apenas alguns dias, muitos fisiculturistas do passado usavam o Esiclene como um óleo de crescimento local.

Além disso, apesar de fraco, a formebolona ainda é um anabolizante e fornece alguns benefícios na retenção de hidrogênio, aumentando o anabolismo.

Esta droga foi usada no final da década dos anos 60 e não se sabe qual é a sua trajetória até os dias de hoje.

Não há registro de uso dessa droga no Brasil, mas ela fez muito sucesso em determinada época do fisiculturismo.

Synthol

O Synthol provavelmente é o óleo injetável mais famoso que existe.

Foi feito propositalmente para ser injetado dentro do músculo e causar aumento localizado no local onde foi usado.

Ele é composto por triglicerídeos de cadeia média, álcool benzoico e lidocaína.

Basicamente, o synthol fornece um óleo acompanhado de um bactericida e um anestésico.

Esta combinação faz com que a injeção do óleo não cause tanta dor ao ser injetado e minimize a entrada de bactérias oportunistas.

Entenda.

Nossos músculos são um conjunto de fibras envolto por tecido conjuntivo.

Praticamente não há espaço entre as fibras para que o óleo seja alojado.

Logo quando o usuário injeta grande quantidade de óleo dentro do músculo, haverá (muita) dor e inflamação.

Uma bactéria neste ambiente poderá causar todo tipo de problema (e geralmente é o que acontece).

Além da própria dor que pode limitar movimentos e causar grande desconforto.

O synthol tenta “resolver” este problema com sua formulação específica para este fim.

Como um óleo de crescimento localizado funciona

Logo de cara precisamos entender que estes óleos injetáveis não causam crescimento muscular e não geram qualquer tipo de benefício anabólico.

O óleo injetado não passa de peso morto dentro do músculo para gerar a impressão de um músculo maior.

Veja.

Quando o usuário aplica este óleo, devido a sua viscosidade e por ser um corpo estranho, o corpo não consegue absorve-lo de imediado.

Em vez disso, na tentativa de proteger o corpo, nosso organismo cria uma pequena camada de tecido conjuntivo para que o óleo não se espalhe e não entre na corrente sanguínea.

A inflamação causada pelo óleo danificar o músculo ao ser injetado em conjunto da inabilidade do corpo em removê-lo imediatamente, fazem com que o músculo onde ele foi injetado aparente estar maior.

Efeitos colaterais

óleo de crescimento localizado

Os efeitos colaterais dessas substâncias vão além da inflamação e dor ao serem injetados.

Nem sempre nosso corpo é capaz de controlar a processo lesivo causado pela presença de óleo (geralmente muito óleo).

Geralmente este problema acontece quando o corpo não consegue conter o óleo de se espalhar, ocasionando morte tecidual e comprometimento do músculo envolvido.

Isso obriga o usuário a remover o óleo cirurgicamente antes que ocorra ainda mais destruição da massa muscular.

Em casos extremos, isso pode causar amputações de um membro inteiro.

Em caso de má sanitização na hora de injetar o óleo, é possível causar uma infecções e abscessos.

Estes geralmente precisam de remoção cirurgia com o auxilio de um dreno que, nem de longe, é agradável.

O fato do próprio usuário injetar o óleo é outro problema inerente da prática.

Dependendo do lugar onde a substância foi aplicada, o óleo poderá entrar em contato direto com a corrente sanguínea e causar embolia, infarto ou acidente vascular cerebral.

O risco de morte é real.

Também é possível atingir um nervo sensível e simplesmente imobilizar a área na qual o óleo foi injetado, podendo ou não gerar danos permanentes.

Palavras finais

Não há qualquer controle ou método ao usar óleos para gerar crescimento muscular localizado.

Por isso a esmagadora maioria dos casos envolvendo uso dessas substâncias está ligada a problemas de saúde, morte ou simplesmente aberrações geradas pelo excesso.

Até mesmo fisiculturistas, que são conhecidos por usar qualquer tipo de método para aumento muscular, reprovam a prática.

Assim como os juízes de competições que são instruídos a penalizar atletas que visivelmente usam estas artifícios.

Este texto ajudou você ?

Escreva um comentário