Como conciliar musculação com outros esportes

Muitas pessoas ficam em dúvida se a prática de outros esportes pode afetar os resultados na musculação.

O impacto que outros esportes pode ter na sua energia e capacidade de ganhar massa muscular dependerá diretamente da intensidade e frequência em que são realizados.

Por exemplo: jogar uma partida de futebol um ou duas vezes na semana dificilmente afetará algo.

Por outro lado, se além da musculação, você também quer se tornar um maratonista ou lutador, isso pode ser um problema.

Veja, qualquer atividade física demanda energia e pode impactar na sua recuperação.

Nossa capacidade física é finita.

Você pode lutar, correr, nadar e tudo isso pode ter um custo adicional na forma de estresse mental, impacto em articulações e desgaste muscular.

Se o seu objetivo maior é ganhar massa muscular, então praticar outra atividade física com a devida frequência e intensidade pode realmente afetar seus resultados.

A boa notícia é que você não precisa largar seus esportes preferidos em prol da musculação (caso não queira).

Neste texto veremos 5 dicas para conciliar qualquer esporte com a musculação.

1 – Faça musculação em horários afastados da outra atividade

Independente de qual atividade física você faça além da musculação, o passo mais simples para evitar problemas é espaçá-las o máximo possível em termos de horário.

Por exemplo: se você faz natação às 7h da manhã, em vez de fazer musculação em seguida (por conveniência), faça às 7h da noite ou, melhor ainda (e preferível) faça em dias separados.

Se não houver o luxo da escolha, o que é totalmente compreensível, tente ao máximo fazer a musculação sempre antes da outra atividade.

2 – Consuma a quantidade adequada de calorias

Se a sua prioridade é ganhar massa muscular, você precisa consumir mais calorias do que o seu corpo precisa.

Este é um feito que muitas pessoas não conseguem aplicar na prática, mesmo tendo a musculação como única atividade física em suas rotinas.

Quanto adicionamos mais uma atividade nessa equação, essa questão se torna mais do que fundamental.

Praticar qualquer outro esporte que demanda energia vai, obviamente, aumentar seu requerimento de energia.

Você precisa considerar o gasto energético da segunda atividade e adicionar mais calorias à sua dieta.

Do contrário, não importará como você está conciliando os horários das atividades ou qualquer outra coisa que você faça, pois seus corpo não estará recebendo energia suficiente para suportar as demandas energéticas do seu dia a dia e ainda “investir” no ganho de massa muscular.

Caso você não saiba quantas calorias precisa ingerir, use nossa calculadora.

3 – Reduza ou elimine atividade aeróbica adicional

Se você faz outra atividade física além da musculação, é muito provável que esta segunda atividade tenha uma natureza aeróbica.

Se este for realmente o caso, não há necessidade de incorporar mais atividade aeróbica na academia, como correr na esteira ou pedalar na bicicleta ergométrica.

Isso só exigirá ainda mais energia e demandará da sua recuperação muscular.

As únicas exceções seria a necessidade de realizar aeróbicos como parte da rotina de outra atividade ou se essa atividade não exige tanto condicionamento.

4 – Priorize a atividade física mais importante

Se ganhar massa muscular é a sua prioridade, então a musculação precisa ser sua prioridade.

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas tentam se destacar em várias coisas ao mesmo tempo só para acabar tendo um resultado abaixo do esperado em todas elas.

Portanto escolha a atividade física mais importante para você enquanto diminui a frequência e intensidade das outras.

Isso poderá fazer um oceano de diferença se o seu objetivo máximo é hipertrofia muscular.

5 – Otimize seu período do sono

Dormir bem todos os idas é fundamental independente do exercício que você está praticando, mas isso é ainda mais importante se você está fazendo musculação e praticando outro esporte simultaneamente.

Estar cronicamente privado de sono interfere em basicamente todos os processos que envolvem recuperação e crescimento muscular.

Até mesmo em uma situação perfeita, onde podemos nos dedicar unicamente à musculação, ganhar massa muscular já é um processo lento e que requer disciplina.

Quando não estamos dormindo bem, ter bons resultados na musculação é como nadar contra a correnteza.

Tenha como objetivo dormir entre 7 a 9 horas por noite.

Sim, eu sei. Nem todos conseguem dormir tudo isso, mas todos podem priorizar mais este momento do dia.

Pense nisso antes de ficar olhando a timeline de redes sociais em vez de estar dormindo.

Palavras finais

É possível conciliar outros esportes com musculação.

Você poderá ganhar massa muscular tão bem como uma pessoa que se dedica unicamente à musculação, porém isso terá exigências maiores.

Você terá que compensar o gasto calórico da segunda atividade comendo mais.

Você precisará ser mais cuidadoso ao conciliar os horários de treino e prática de outros esportes.

Terá que fazer escolhas não tão agradáveis ao priorizar uma ou outra atividade (infelizmente não podemos ter tudo ao mesmo tempo).

Além disso, priorizar o sono é fundamental se você demanda mais da sua recuperação.

Este texto ajudou você ?

Deixe um comentário

Hipertrofia.org Newsletter

Receba o melhor conteúdo do site direto em seu email (no máximo 2 por semana).