Clique aqui

Por eu treinar há alguns anos na rede e antes disso ter treinado em inúmeras outras academias, pessoas – dentro e fora da internet – me perguntam se vale realmente a pena treinar em uma Smartfit.

Neste texto darei minha opinião a respeito dos pontos que mais acho importantes ao escolher uma academia e o onde a Smart se encaixa neles.

1. Custo

O preço da mensalidade do plano mais simples da Smartfit (o plano que eu mesmo uso), ao menos aqui em Curitiba, está no mesmo nível que uma academia de bairro “cara”.

Pago R$79,90 todos os meses. Errata (26/08/2019): há, também, uma taxa anual de R$99 obrigatória.

Como eu não viajo e não necessito usar outras academias da rede, não vejo motivos para assinar o plano “Black” que permite que você treine em qualquer unidade.

Além disso, a Smartfit que eu uso está localizada dentro de um super mercado, o que me garante usar o estacionamento sem custos por conta de um convênio entre eles.

Isso fez toda a diferença já que eu pagava mais caro na academia anterior e ainda era obrigado a pagar estacionamento.

Tudo isso faz com que o custo-benefício aumente.

Mas isso não é regra.

Já ouvi relatos de unidades que não fazem o mesmo, então é melhor perguntar antes de presumir isso como um extra.

2. Perfil dos membros

Você vai encontrar todo tipo de pessoas dentro da Smart, desde mutantes de 110kg, guerreiros de fim de semana, senhorinhas treinando com os pesos coloridos, iniciantes batendo papo e marombeiros comuns.

Não importa se você está começando a treinar agora, está totalmente fora de forma ou já treina há anos, você vai encontrar pessoas no mesmo nível.

Há também um bom equilíbrio entre homens e mulheres.

Essencialmente, não há um público específico lá como ocorre em academias de “ferreiros” ou qualquer que seja o nicho.

3. Lotação

Ao menos na unidade que frequento, só é possível fugir da lotação no horário do almoço e cerca de uma hora antes de fechar.

Nestes horários é possível treinar de forma tranquila, a maioria dos equipamentos estão livres e dificilmente chega ao ponto de ter que revezar.

Os outros horários, até mesmo às 6h da manhã (quando abre), a lotação é intensa.

O lado bom da Smartfit é que o sistema deles gera um gráfico no site que mostra o pico de membros a cada hora em cada unidade.

frequencia-smart

Como você pode ver, a partir das 18h é literalmente lotado e quando falo “lotado” eu estou falando “vão-roubar-meus-pesos-banco-toalha-e-coqueteleira-se-eu-for-tomar-agua…lotado”.

Ou seja, se você não tem disponibilidade para treinar nos horários com menos usuários e se importa com lotação, então isso será um grande problema na Smartfit.

4. Equipamento

Há uma gama variada de equipamentos e quantidade de pesos que vai permitir que a grande maioria das pessoas treine sem maiores problemas.

Na minha opinião, a Smart se torna mais limitada (ou menos) dependendo da sua experiência de treino.

Por exemplo:

  • o par de halteres mais pesado é de 36kg (e só há um deles) o que faz você optar por outros exercícios quando precisar de mais carga.
  • não há rack de agachamento oficial. Você precisa usar o “smartbox”, um espaço de treino funcional, mas que poderá fazer você viajar dois quilômetros para buscar as anilhas e fazer agachamento de forma semi-improvisada.
  • não há uma máquina para treinar panturrilhas, você precisa improvisar no leg press, mas se quiser treinar o sóleo (que só é recrutado com joelhos dobrados), ficará a ver navios (isso pode mudar de acordo com as filiais).

Ou seja, a maioria das pessoas, digamos, comuns, poderão treinar sem problemas, mas se você usa treinos mais complexos, usa cargas ligeiramente elevadas e gosta de ter uma escolha ampla de exercícios, a smart pode se tornar um pouco limitada.

5. Manutenção e limpeza

smartfit vale a pena

Ao menos na unidade que treino, eu nunca vi um aparelho ficar por mais de um dia em manutenção e a academia inteira sempre esteve limpa (o possível para um local cheio de pessoas na maior parte do tempo).

Já fui treinar em vários horários e sempre há funcionários de empresas terceirizadas de limpeza trabalhando.

Sinceramente, não tenho do que reclamar neste quesito.

Principalmente porque já treinei em academias onde aparelhos ficavam quebrados por um tempo considerável ou quebravam constantemente.

Na smart não há isso. Em 99% do tempo você verá tudo funcionando como deve e o ambiente devidamente limpo.

Não duvido que há unidades com problemas, mas creio que, no geral, esse tipo de aspecto é aplicado de forma parecida em todos os lugares por se tratar de uma rede de franquias.

6. Professores

Há sempre 2 ou 3 professores que estão sempre circulando pela academia, mas eles não irão auxiliá-lo a não ser que a ajuda seja requisitada.

Na minha opinião, isso é um positivo.

Eu, por exemplo, pago a mensalidade para poder compartilhar equipamentos que eu não poderia comprar por conta própria, já treinei com supervisão anteriormente e, por opção, quero treinar sozinho e sem ajuda não solicitada (novamente, isso é uma opção pessoal).

Todavia, caso você precise, em todo equipamento há um botão que você pode apertar e o professor virá rapidamente para auxiliá-lo.

Já vi também que há alunos e “alunos” aos olhos dos professores.

Os professores sabem quais alunos estão começando e prestam mais atenção nestes, enquanto não vão se meter no treino de quem já está ali há anos (mais um positivo ao meu ver).

A respeito da prescrição de treinos, não espere nada específico. Você receberá um treino “feijão-com-arroz” que todos os alunos recebem com uma modificação aqui e ali.

Para ter ajuda especializada é necessário contratar o serviço de personal trainer que é fornecido pela própria Smart, onde os personais são os próprios professores.

Isto é uma limitação grande para quem quer treinar com um personal de fora. Até onde sei, não é permitido isso na Smart.

7. Regras e organização

Smartfit possui regras mais rígidas que outras academias (de bairro).

Há algum tempo havia até um apito para “correção de comportamento”.

Se alguém deixasse pesos jogados no chão, por exemplo, levava uma apitada para todo mundo ver e então o professor pedia para colocar o equipamento no lugar.

Nunca mais ouvi o dito apito (uma pena).

Mesmo assim, é muito raro deixarem pesos jogados no chão ou qualquer coisa do tipo, como ocorre na maioria das academias.

Mesmo tendo uma gama variada de pessoas, a “atmosfera” da academia, por assim dizer, não dá muita liberdade para isso.

Por exemplo: a música do ambiente é variada e controlada pela academia.

Enquanto algumas músicas não agradarão alguns, há o benefício de ninguém monopolizar o som e assim funcionam outras coisas.

Palavras finais

Na minha opinião, vale a pena treinar na Smartfit pelo o que a academia entrega e seu preço.

Pode não ser a melhor academia do mundo, e com certeza não vai agradar a todos, mas pelo o que ela entrega, ela tem um ótimo custo-benefício.

A academia que eu treinava antes da Smartfit, por exemplo, custava mais e entregava menos.

Foi uma escolha óbvia ir para lá.

Os principais pontos negativos para mim é a questão da lotação e a pequena limitação de infraestrutura (pesos leves e falta de alguns equipamentos), mas que, novamente, passam despercebidos pelo preço cobrado.

Este texto ajudou você ?

14 Comentários

  1. VICTOR DE OLIVEIRA SILVA CASTRO Responda

    A que malho aqui no Rio é otima, tem 4 pesos livres de cada e tem maquina de agachamento, pelo q me explicaram que tem tipo um sistema que quando a academia tem uma otima avaliação ela fica apta a ganhar melhorias em 3 anos a que malho hj evoluiu bastante.

    Acho q o ponto de analise e bem pessoal pra cada um, no meu caso é muito mais logistica e horario do que preço

    • Você que chamou o Professor de papagaio de pirata que estudou e se preparou par mostrar ás formas corretas para o aluno com certeza ele sabe mais do que você que não estudou sobre o assunto, você acha que sabe malhar só porque malhou talvez alguns anos ou ver videos e treinos na internet, saiba que cada pessoa é diferente biologicamente e o que é bom para um não é boa para o outro agora seja humilde e reconheça que o professor sabe muito mais do que você falo isto porque sou professor e conhecedor da área, agora o que as academias estão fazendo é ganhar dinheiro dos alunos o professor tem que estar sempre por perto para poder corrigir o aluno quando executar os movimentos de maneira errada pra evitar lesões e essas academias colocam um professor e cria um sistema que quando o aluno precisar ele aperte um botão e chame mas será que ele estar fazendo correto, é isto que discordo os clientes estão sendo enrolados é barato que sai caro e nem percebe.

  2. Senti falta de uma máquina para bíceps, fora isso, pra quem quer puxar ferro, o custo x benefício é bom, mesmo sendo lotado nos horários da noite, que é o horário mais conveniente para mim.

  3. Faz um pouco mais de duas semanas que mudei pra uma smartfit e tô curtindo, manutenção sempre em dia e os aparelhos super bons (na unidade que treino tem equipamento para panturrilha, mas sinto falta de equipamentos de leg com variações de ângulos).
    Em relação aos treinos, são bem simples mesmo, no meu caso ainda adaptaram um pouco por culpa de uma patologia, mas mesmo assim tô sentindo que vou precisar pegar um aqui no site.

  4. Aqui é 40 reais mais 99 de manutenção. 149 pilas, encontra academias boas sem lotação pela metade do preço.

  5. Vou começar a treinar na unidade de Blumenau, já sei que la não tem agachamento livre e nem leg 45°. Acho que isso é oque mais vau fazer falta.

    • Na Smart podem personais externos, mas são mais escassos, a maioria que tá lá também fica no salão. Onde eu malho tem uns 3 ou 4 que são só personal.

  6. Parei de ler quando o escritor disse que os gastrocnêmios só são recrutados com joelhos dobrados. Joelhos dobrados são os sóleos recrutados. Gastrocnêmios são bem recrutados exatamente com joelhos estendidos.

  7. Salientando que há uma taxa anual de manutenção no valor de R$ 99,00 a ser paga por todos os alunos. Treinava numa academia de bairro que só possuia halteres coloridos e barras pra você montar (um saco ter que montar halteres todas as vezes), além de ser cara pra estrutura oferecida. Migrei pra smart há dois anos e o único ponto negativo que vejo é a lotação. Tirando isso, nada a reclamar. Vejo que há muito preconceito dos ”marombas” em treinar na smart, não havendo motivos pra isso.

  8. Aqui em Brasilia ha cerca de umas 14 unidades. Ha variaçao de aparelhos de uma unidade para outra, a exemplo rack para agachamento e panturrilha sentado q tem em algumas unidades e outras nao. Só de poder variar e nao ficar preso a uma unica unidade ja vale o plano black p mim. Sem falar q viajo muito a trabalho, e tb nao paro de malhar se tiro ferias dentro do brasil e há smart para onde viajo (quase sempre tem). Qto a lotaçao varia de acordo com as unidades. Costumo ir em horario de picos e p mim é ok, o mesmo q outras academias. No maximo vc tem q alternar com alguem ou aguardar um pouco. Acho os funcionarios muito bem treinado. A galera da recepção é sempre simpática e os professores sempre me auxiliaram de forma bem competente qdo solicitei orientaçao ou tirei duvidas. Tbm costumam dar um toc se verem com má postura. Nunca vi os professores da smart fuçando em smartphones na area de treino, como vejo em outras academias (bem mais caras) q as vezes vou convidado por amigos.
    Eu nao troco, acho um custo x beneficio excelente! Supre todas as minhas necessidades e acho extremamente em conta.

  9. Rapaz será que eu sou o único que treina na praça aqui?AHuaehauehaueahuaehea
    Eu tô falando daquelas academias de praça. coisa improvisada, feita com restos da construção civil.

  10. Christophe Macedo Responda

    Fui convidado a treinar com um amigo na unidade do metro da carioca no Centro do RJ, e até que foi uma experiência boa e ruim ao mesmo tempo. Tem uma boa variedade de aparelhagens, os aparelhos realmente é bem tecnológicos, e os Dumbells chega a 40 kg. Treinamos costas e bíceps. Uma vasta quantidade de aparelhos de cardio, e bastante armários para você poder guardar ás suas coisas. O banheiro também não deixa a desejar, bem limpo e com chuveiros com água quente ou fria.
    Porém o clima/ambiente não favorecem a um treino intensivo/árduo. Ás pessoas parecem que só vão para mostrar os seus pertences, mostrar que tem um telefone caro, um tênis de 1000,00 no pé, etc.. Não que isso seja errado, não desmereço quem conquiste os seus bens. Só que o treino de verdade fica a desejar. Lá parece que todo mundo treina em (modo avião) haha.. Pra quem gosta de treinar e está acostumado ir em academias de bairro, famosa (caverna) creio que não vai curtir muito.

    • Cara na praça num tem isso, é só humildade, mermo porque é um bando de pobre que nem eu, nós vamos mostrar o que?? O atestado de pobreza? a chinela de dedo cum prego embaixo pra segurar a tira embaixo que arrebentou? O celular que cum vidro todo trincado? o lugar num tem cobertura, banheiro, sombra nem água fresca ( e nem as gatinha…) heuhauheauhaeu

  11. Legal, malho nessa também, mas somente fins de semana, durante a semana prefiro a unidade do Hauer “linha verde” por ser maior e conter uma gama maior de equipamentos. Mas muito bom mesmo o texto, não tenho do que reclamar da Smart, ambiente agradável e não me sinto um peixe fora da água justamente por encontrar la pessoas de todos os níveis de treinamento. Acho que você só precisar verificar essa questão de personal, atualmente tenho acompanhamento de um personal da Smart e em conversa com ele acho que comentamos uma vez sobre personal que não seja funcionário da Smart. Acho que e possível sim, mas o mesmo tem que pagar uma taxa que digamos que seja bem salgada… rs rs rs

Escreva um comentário