Clique aqui

Para alguns, hipercalóricos são um meio eficiente de ingerir uma grande quantidade de calorias, proteínas e carboidratos com a conveniência de um shake. Para outros, este gênero de suplemento não passa de uma fonte de calorias vazias, cheias de carboidratos “ruins” e proteínas de qualidade duvidosa. E então, ainda vale a pena investir em hipercalóricos ?

hipercaloricosAntes de qualquer coisa, é necessário verificar que assim como whey protein, caseína, creatina e outros suplementos, os hipercalóricos não são feitos iguais. Enquanto algumas empresas ainda se aproveitam da inocência de uma parcela dos consumidores e conseguem empurrar hipercalóricos que mais poderiam ser chamados de “açúcar de luxo”, outras já abandonaram esta ideia antiquada de que todo hipercalórico deve ser composto de maltodextrina e proteína de soja, e estão fazendo produtos que realmente podem ser úteis para quem não consegue ingerir todas as calorias apenas com dieta, e de quebra ainda fornecem proteínas boas, gorduras, fibras e vitaminas e minerais.

Mas como saber se um hipercalórico “presta” ?

1 – Quantidade de calorias

A “boa” lógica faz com que a maioria das pessoas pensem que o melhor hipercalórico é aquele que fornece mais calorias, faz sentido na teoria. Contudo, na prática, quanto mais calorias, maiores serão as chances de um hipercalórico conter fontes pobres de carboidratos para “bombar” o produto ou simplesmente fazer com que a dose seja maior, fazendo com que você tenha que tomar mais hipercalórico (e fazendo com que ele acabe mais rápido e você tenha que comprar outro).

Trocando em miúdos, não é possível basear a qualidade de um hipercalórico cegamente pela quantidade de calorias, e sim pelo “tipo” de caloria que ele fornece e seus outro componentes. Um hipercalórico que forneça menos calorias que o comum, mas que os carboidratos venham de outras fontes que não sejam açúcares e ainda contenha um mix de whey protein, caseína e albumina, é infinitamente superior do que outro hipercalórico que contenha três vezes mais calorias, mas que venham apenas de dextrose ou maltodextrina.

2 – Preço

Não existe “almoço de graça”. Quanto mais barato for o hipercalórico, maiores serão as chances dos ingredientes serem de baixa qualidade, em proporções incorretas ou sequer sejam o que esteja no rótulo. Portanto, fique atento a marcas que forneçam produtos baratos e que prometem mundos e fundos, pois as chances – especialmente no caso do hipercalórico – de você estar comprando açúcar no lugar de suplementos, são bem grandes.

3 – Marca

Assim como a questão do preço, a marca também vai definir a qualidade do hipercalórico. Empresas de renome como Optimum Nutrition, MusclePharm, BSN e outras que produzem hipercalóricos, não arriscariam suas reputações colocando um produto mentiroso no mercado. Ao mesmo tempo que marca não é garantia absoluta de qualidade, optar por marcas renomadas e conhecidas é uma garantia a mais que você terá de estar pagando por um produto que vai cumprir o que promete.

Quem deve tomar hipercalóricos ?

Qualquer pessoa com qualquer biotipo/ genética pode fazer uso de hipercalóricos. Mas é necessário frisar que esta categoria de suplemento não passa de uma forma mais conveniente para ingerir calorias, ou seja, não se trata de um produto milagroso que vai gerar ganhos por si só. Ele será responsável apenas por fornecer a quantidade necessária de calorias que você precise, principalmente se você não tem tempo suficiente para ingerir todo o necessário com a dieta ou tem sérios problemas com falta de apetite.

Este texto ajudou você ?

22 Comentários

  1. Parabéns pelo artigo. Gostaria que fosse publicado mais em relação aos hipercalóricos de qualidade. Também, citem as marcas de grandes empresas.

  2. Vinicius Fortuna Responda

    O lance é fazer o seu hipercalórico. Peguei este a muito tempo no forum hipertrofia.

    Ingredientes:
    2kg de farinha de aveia (se não tiver, pode transformar a Aveia em Flocos em farinha no liquidificador)
    1kg de achocolatado (qualquer um de sua preferência Nescau tem proteinal, Toddy não tem)
    500g de Whey Protein (se não tiver, pode usar Albumina)
    500g de Amendoim torrado e batido(sem casca)

    Misture tudo e seja feliz.

    Porção de 6 colheres de sopa (140g)contém:
    Calorias: 555kcal
    Carboidratos: 76g (baixo índice glicêmico do amendoim).
    Proteinas: 30g (amendoim, aveia e whey)
    Gorduras: 15g

    Eu faço, fica gostoso e não pesa no estômago. Ele não mata a fome, logo, é ideal pra tomar 1h antes das refeições.

    • Já li no fórum essa receita de hipercalórico, tô afim de fazer, pode me dizer se dissolve bem no leite essa mistura?

      • Eu costumo fazer esse hiper… Fica gostoso com leite em pó (caso coloque em uma coqueteleira para misturar com água no trabalho, faculdade, na rua…)A aveia, leite em pó, whey, albumina e nescau misturam bem… Agora o amendoim ficam alguns pedaços crocantes…

        • Amigo, eu faço o meu hiper aqui em casa sempre. Para evitar que o amendoim fique no fundo, basta passar no processador de alimentos e se ainda quiser mais(eu sempre faço) bater no liquidificador.

      • Eu faço a partir desse ai para ficar bom o ideal e bater no liquidificador e não há mão, além de tudo ele tem ótimo gosto

      • EDUARDO RODRIGO PEREIRA Responda

        Sensacional a receita, mas…carboidratos de baixo indice glicemico??
        O achocolatdo (nescau) é puro açucar refinado (Açúcar, cacau em pó, minerais, maltodextrína) retirado do site do fabricante.
        Ha dois tipos de carboidratos nesta receita. Isto é só uma observação, sem criticas, até prq a receitar é um espetáculo. Abraço

        • Vinicius Fortuna Responda

          Entendo Eduardo, mas são apenas 76g e uma parte dela é de baixo índice glicêmico. Acho que dá pra fazer sem nescau, mas não sei se ficaria tomável.

          • EDUARDO RODRIGO PEREIRA

            Perfeito, vou fazer no próximo findi, vou comprar o amendoim moído, 01 kgs sai por R$10,00. Só valeu. Abraço

      • Vinicius Fortuna Responda

        Dissolve perfeitamente cara.
        Não fica aquelas pelotas boiando que te obrigam a comer de colher, só fica ligueiro quando bater o amendoim, ele é mais úmido que os outros ingredientes e tende grudar um pouco durante a mistura, mas nada anormal.
        Quanto melhor o amendoim estiver batido melhor, meu liquidificador é um lixo e deixa alguns pedacinhos, mas também nada que atrapalhe.
        O gosto é bom, eu coloco umas gotas de adoçante, mas é gosto pessoal.

        Vai com fé. O bagulho é bom. Qq coisa entra em contato nesse e-mail ai.

    • No meu caso, tenho uma proteína com sabor (cookies n creams), como fica em relação ao gosto com o achocolatado? Dá pra tomar? Alguém sabe se dá pra tomar de boa?

    • Tomo este hipercalorico caseiro ja tem 1 ano e 3 meses. Ganhei neste periodo todo 20kg (associando com algo p abrir apetite e fazendo academia). Faço da seguinte maneira:
      2kg de farinha de aveia (ou em flocos triturada no liquidificador);
      500gr de chocolate em po (daqueles usados p bolos Fleischmann ou Nestle);
      1kg de amendoim moido no liquidificador (pode ser 500gr);
      500gr de albumina;
      e p tomar, utilizo 6 colheres e mais 2 de leite em po em agua gelada de 2 a 3 vezes ao dia (de preferencia pela manha e quando for dormir).

      E ela sacia bem a fome.

    • Nessa receita, a maior parte das calorias está vindo do amendoim? Se for, então a receita do Kaio Cordeiro (com 1kg de amendoim) vai gerar um pouco mais em calorias e um pouco menos de proteína por porção, certo? (em razão dos 500g de Whey serem dissolvidos em mais mistura de amendoim)

      *** sempre bom falar que não tou dizendo que uma ou outra receita é melhor hahah é mais pra conhecer bem o papel de cada produto na receita.

  3. Se a pessoa tem alguma noção de alimentação e suplementos e melhor ela comprar os ingredientes e fazer um hipercalórico em casa dai ela vai saber exatamente o que esta tomando.

  4. Uma coisa é certa, apelar para os produtos importados, pois empresas como a MP, ON, MHP, Muscle Meds, BSN, Dymatize patrocinam culturistas IFBB em fase pre-contest (e todos sabemos que nesta fase cada porcentagem de gordura conta e muito)e tenho certeza de que essas empresas não fazem lotes específicos para o atleta tal, fornecem o que tem em estoque, já no Brasil nada tenho a declarar pois a base de qualquer suplemento aqui e malto ruim com proteína de soja, sei que os valores são altos mas acho que todos deviam comprar produtos importados para boicotar as empresas brasileiras deixando de comprar seus produtos a fim de força-las a distribuir algo de qualidade.

  5. Sou mulher, treino a 5 anos e na minha opnião o resultado da suplementação com hipercalóricos depende muito do organismo de cada pessoa, eu particularmente faço uso quando sinto que estou estagnada, e em 1 mês ganho centímetros e peso, e o melhor, não aparenta ser gordura e sim massa muscular, acho uma boa opção para quem não consegue consumir kcal necessárias ou tem um físico ectomorfo.

  6. Pessoal, alguem aqui usa pasta de amendoim? Ja vi varias pessoas falando que a pasta ajuda na fase de bulking. Mito ou verdade? Eu comprei uma que era um composto de gorduras e carbos.

  7. Douglas Miranda Responda

    Felix Bonfim gargalhou nessa parte: “Empresas de renome (…) não arriscariam suas reputações colocando um produto mentiroso no mercado”.

  8. Alguém me ajuda por favor??? Sou nova aqui e estou um pouco perdida. Alguém já tomou a massa mega weight 50.000 ??? Sabem se ela é boa?? Como toma-la?

Escreva um comentário