Clique aqui

Testosterona é um hormônio extremamente anabólico que encoraja o ganho de massa muscular; cortisol é um hormônio extremamente catabólico que encoraja a quebra da massa muscular. O cortisol compete com a testosterona dentro das células musculares usando os receptores e assim limitando a ação da testosterona.

A resistência à insulina também é um efeito negativo do cortisol, altos níveis de cortisol fazem com que os músculos fiquem menos sensitivos à insulina. A insulina é importante para permitir a entrada de carboidratos, aminoácidos e outros nutrientes importantes(como a creatina), dentro da célula muscular. Este hormônio também tem um papel chave no processo da síntese protéica.

A insulina se liga aos receptores que ficam nas células musculares e o cortisol faz com que justamente este receptores se tornem menos receptivos à insulina, em outras palavras, ele previne que várias substâncias essenciais para a hipertrofia entrem no músculo de forma adequada e ainda prejudica a síntese protéica. Resumindo: a ação do cortisol limita o crescimento muscular e estimula a quebra de massa muscular. Como se não fosse suficiente, o cortisol ainda faz o corpo produzir uma quantidade maior(e desnecessária) de insulina, o que pode levar ao acúmulo de gordura.

Por sorte, existe uma maneira simples para ajudar a controlar o cortisol: fazer o uso adequado do cromo. O cromo é um mineral essencial que é mais conhecido pela sua habilidade de encorajar a perda de gordura e ajudar os tecidos do corpo a extrair os nutrientes da corrente sanguínea com mais facilidade, ajudando os efeitos da insulina. Existe evidências de que o cromo pode diminuir os níveis de cortisol e obviamente diminuir os efeitos negativos deste hormônio.

Aumentar a sensibilidade à insulina é outra função importante do cromo. Ele interage diretamente com os receptores de insulina nos músculos, permitindo-os responderem melhor ao hormônio. Isto resulta em um maior ganho de massa muscular, devido ao aumento de nutrientes importantes como proteína, carboidratos entrando nos músculos com maior facilidade.

Um grupo de pesquisadores britânicos conduziram um estudo onde as pessoas envolvidas suplementaram com cromo ou placebo por 7 a 9 dias. Antes e após a pesquisa, cada pessoa fez um teste que elevava os níveis de cortisol. Os resultados mostraram que as pessoas que tomaram o cromo, produziram menos cortisol comparado com as pessoas que usaram o placebo. Como sabemos, treinar eleva os níveis de cortisol e o cromo pode ser usado neste caso.

Fontes Naturais de Cromo

Brócolis, uva, tomate, queijo, pimenta, alguns cogumelos, grãos integrais, levedura de cerveja e alguns tipos de carne. O cromo também pode ser suplementado através do picolinato de cromo.

Texto por: Jim Stoppani, PhD
Retirado do site: http://www.flexonline.com
Traduzido e adaptado por Hipertrofia.org

Este texto ajudou você ?

33 Comentários

  1. Outra substancia importante pra diminuir o cortisol é a vitamina C, mas ótima dica! No Brain, No Gain!

  2. Uma quantidade mais ou menos que eu ouvi falar, é 200mcg por dia, ao acordar e refeição pós treino seriam os melhores horários.

  3. Então pra quem for tomar o Halovar ( Ph de insulina ) tomar paralelo ao cromo pode ajudar a aumentar os ganhos?

  4. KRA NEGOCIO EH CICLA BEM DIREITNHO E VITAMINA DIRETO POLIVITAMINICO PREENCHE E N TEM ERRO DIETA BALANCEADA EM OFF OU ON SOH LIGA NO CASO DE CADA UM E JA EH VAMO CRESCE CAMBADA!

    • Me desculpe pela sinceridade mas bomba dá câncer de fígado e de próstata. Não acredita? Então pergunte a um oncologista.

  5. Hélio Mothci Pereira Responda

    muito bom o artigo, e acho que oque falta para o pessoal em geral hoje em dia é exatamente isso, estudo, pesquisa, BRAIN!! acredito que tomando um bom multi-vitamínico já suprimos a necessidade diária, correto?
    e que outros alimentos existem que sejam anti-cortisol?

  6. Faltou especificar qual o melhor horário para suplementar, e qual a dosagem correta.
    Alguém?
    No mais ótima explicação.

  7. Tudo bem…o cortisol ferra a vida dos fisiculturistas, mas em outro post aqui no blog alguém disse que ele (cortisol) combate alguns tipos de câncer, então se abaixarmos muito o nível do cortisol em prol do aumento da testosterona para crescermos (eu ainda to no cutting) não pode ser prejudicial a saúde?

    • Tudo na vida tem uma função com o cortisol nao e diferente ele nao tah lah pra causar so o mal ele tem suas funçoes como proteger o organismo como um mecanismo de defesa entao tudo tem que ser equilibrado nao podemos sacrificar muito um para obtermos o outro precisamos de um equilibrio.

  8. Cara, é muito difícil você ter alguma deficiência em cromo. Muito dificil ser necessário a suplementação do mesmo. Digo pois ja fiz exames e fui atrás disso :)

  9. Boa noite pessoal,

    essa dose de 35mg é a recomendaçao diaria que para nós bbuilders é pouco. meu coach, que é canadense, me passou 150mg ao acordar e outra dose desta apos o treino. Peso 90kgs com 10&bf. abs

  10. o ZMA da milly tem cromo na fórmula,e é um produto barato pra comprar!
    Tomo antes de dormir(1 capsula por noite e meia hora antes do treino).

  11. Anônimo qualquer Responda

    só uma duvida: um polivitaminico supriria as necessidades de cromo para o treino(considerando que a pessoa, no caso eu, também coma tomate, uva, pimenta e outras fontes de cromo praticamente todo dia)? eu tomo um gerovytal, que vem com panax ginseng.

  12. O dia que 10% da galera aqui tiver a necessidade de acertar um micronutriente desses, é porque já acertaram perfeitamente todos os outros macronutrientes.

  13. eu tomo uma capsula de 200mcg quando acordo e otra ao meio dia, nunca me deu nada mt pelo contrario so ajudou a diminuir o bf com o passar do tempo… hj em dia nao fico sem ainda mais depois deste artigo

  14. O cromo é um suplemento largamente vendido nos EUA, ficando atrás apenas do cálcio, e a forma mais procurada é o Picolinato de Cromo. Sua utilização por atletas, de competição ou não, se dá pelo fato destes desejarem evitar a Resistência à Insulina, um fator negativo ao crescimento muscular do atleta, pois os músculos se tornam menos sensitivos aos efeitos do hormônio insulina e também mais resistentes ao mesmo. A insulina é de grande importância para drenar aminoácidos, carboidratos e substâncias como creatina para dentro da célula muscular. Este hormônio liga-se a receptores localizados na superfície das células musculares . Por outro lado, um hormônio — inimigo dos atletas — o cortisol, alta mente catabólico, atua nestes receptores tornando-os menos responsivos a ligação da insulina com estes. O resultado disso é uma tragédia para o atleta que busca otimização máxima de ganhos musculares com o mínimo de gordura corporal.

  15. o cromo dietético excessivo inibe a absorção do zinco e do ferro. Numa situação extrema, isso poderia induzir um estado de anemia por deficiência de ferro, minorar a capacidade de treinar intensamente e afetar negativamente o desempenho nos exercícios que exigem um alto nível de metabolismo aeróbio.

Escreva um comentário