Tudo sobre os Esteroides Anabolizantes

O que são esteróides ou anabolizantes como são mais conhecidos?

Esteróides Anabolizantes são drogas fabricadas para substituirem o hormônio masculino Testosterona, fabricado pelos testículos. Eles ajudam no crescimento dos músculos (efeito anabólico) e no desenvolvimento das características sexuais masculinas como: pelos, barba, voz grossa etc. (efeito androgênico).

São usados como medicamentos para tratamento de pacientes que não produzem quantidade suficientes de Testosterona.
msn Tudo sobre os Esteroides Anabolizantes

Como os anabolizantes são utilizados?

Podem ser usados na forma de comprimidos, cápsulas, ou como injeção intramuscular.

Por que as pessoas usam os anabolizantes?

Os que utilizam essas drogas sem ser por problemas médicos, fazem esse uso para melhorar o desempenho nos esportes, aumentar a massa muscular e reduzir a gordura do corpo.

Quem são as pessoas que mais usam os anabolizantes?

Os principais usuários dessas drogas são os atletas, porém o uso também está espalhando-se entre os não?atletas que buscam um corpo “sarado” (forte, desenvolvido). Os homens são ainda os maiores usuários, mas esse uso vem crescendo entre as mulheres.

O que acontece se uma pessoa for surpreendida usando anabolizantes?

Essas drogas são medicamentos, portanto, não são ilícitas no Brasil. Para utilizá-las é necessário existir uma receita médica. Os que fazem uso delas para fins estéticos, ou seja, sem indicação médica, se forem pegos utilizando podem sofrer conseq?ências por isso.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) proíbe o uso dessas drogas por atletas. Realizam testes anti-doping e caso seja detectado que o atleta está fazendo uso dessas drogas o mesmo poderá sofrer duras penas.

O que acontece se uma pessoa for surpreendida levando um anabolizante para junto dos amigos ou vendendo para amigos?

Nos dois casos a pessoa estará infringindo os seguintes artigos do nosso código penal: artigo 278 (venda de substâncias nocivas ? saúde) e artigo 282 (falso exercício da medicina).

Efeitos Colaterais ( TEXTO RETIRADO DO LIVRO MUSCULAÇÃO ANABOLISMO TOTAL POR WALDEMAR MARQUES GUIMARAES NETO )

É, normalmente, atribuído pela mídia e profissionais mal informados poderes altamente deletérios
e até mortais aos esteróides anabólicos, muitas colocações não confirmadas, como por exemplo,
de pessoas que teriam morrido pelo uso de esteróides anabólicos recheiam os nossos noticiários
e a boca dos mais alarmistas. Porém, deveríamos nos preocupar inicialmente em fazer algumas
perguntas a esses alarmistas, tais como:

1. Onde está o laudo médico que comprova que tal pessoa teria falecido em função do uso de
esteróides anabólicos?
2. Quem pode afirmar que outras substâncias farmacológicas não estavam sendo utilizadas no
caso do óbito de alguém que aparentemente, também, fazia utilização de esteróides
anabólicos?
3. Qual a dosagem de cada substância?
4. Em um determinado artigo de um jornal de circulação nacional é narrada a triste história de
um possível usuário de esteróides anabólicos, artigo este denominado de ?Sobrevivente?. Se o
indivíduo em questão é um sobrevivente onde estão todos os outros corpos?
Vejam, não me interpretem mal, mas não podemos tomar a parte pelo todo, não podemos
assumir uma situação sem uma visão clara, apenas nos deixando levar pela parte emocional. No
livro ?Musculação Anabolismo Total? menciono que um assunto passa a ser emocional quando a
emoção ultrapassa a razão. Apesar de terem passado alguns anos do lançamento deste livro,
parece que a opinião pública regrediu quando o assunto é esteróides anabólicos.
Não restam dúvidas que o abuso de qualquer substância pode ser letal para a saúde. O excesso
de água também pode matar, por isso muitas pessoas morrem afogadas. Sempre digo que a
diferença entre o remédio e o veneno é a dosagem.
Vejam, esteróides anabólicos vêm sendo muito úteis para muitas pessoas, desde aquelas que
sofrem de depressão a pacientes aidéticos, mas também vem colaborando para aqueles que
querem manter ou aumentar a massa muscular desde que devidamente prescrito e controlado
por médico especialista. Repito, mesmo atletas que tendem a utilizar doses mais elevadas dessa
droga, talvez encontrem nos esteróides anabólicos uma das drogas menos arriscadas que um
atleta pode utilizar se comparado a outras potencialmente mais letais.
Por que ninguém comenta sobre os diuréticos e a insulina? O que essas pessoas tem contra
pessoas mais musculosas?
Existem poucas evidências sobre os supostos efeitos nocivos dos esteróides anabólicos se
comparado com outros medicamentos consagrados. Nos EUA os esteróides anabólicos são
classificados como drogas categoria classe A, sendo colocados na mesma categoria de drogas
como cocaína e LSD, o que para os mais sensatos é um absurdo porque os esteróides
anabólicos de forma nenhuma produzem dependência química.
Pessoas no mundo inteiro drogam-se em bases regulares. Qualquer substância química colocada
em nosso organismo deve ser feita de forma criteriosa. Pessoas que se enchem de álcool todos
os dias podem acabar morrendo de cirrose hepática. Morar em São Paulo é o mesmo que fumar
de 5 a 10 cigarros por dia, quem duvida é só olhar para o céu que dá para ver a poluição. Porque
os danos para os que abusam dos esteróides seriam mais ou menos malignos? É lógico que vale
alertar, mas não fazer escândalo.
De novo, será que massa muscular incomoda tanto os mais fraquinhos que não tiveram peito de
encarar um treino mais intenso na academia, e se sentem menos homens por isso? Esse é um
comportamento bem primitivo, pois no meio natural o macho mais forte é o que cobre a fêmea.
Nos dias modernos o macho mais forte é o que tem mais dinheiro. No subconsciente de alguns
desses enriquecidos fica guardado a hipótese de sua fêmea traí-lo com o macho fisicamente mais
forte, porque entre elas, também, pode haver o desejo de reproduzir crias mais fortes e
saudáveis, o que não estaria intitulado ao magrelo ao barrigudo ricaço. Agora imaginem um
sujeito gordo, pobre e sem valores ao mesmo tempo, para esse infeliz, só resta afirmar que cara
forte é veado; sempre pelas costas obviamente.
Porque não se critica, também, os triatletas e maratonistas com sua magreza cadavérica. Eu não
consigo no momento pensar em algo mais agressivo ao corpo humano do que esses esportes,
sem contar as catabolíticas horas diárias que esses dedicados atletas reservam ao seu
treinamento. Será que ao final do dias eles têm mais energia do que os fisiculturistas para transar
com suas namoradas?
A diferença é que o fisiculturista carrega o esporte no corpo. Muitos atletas de longa duração
podem passar por anorexos, famintos da seca ou possuidores de alguma doença degenerativa,
mas se declaram ser maratonistas, normalmente passam a ser respeitados. E quem treina com
pesos: taxados de bombados e possuidores de um pau pequeno.
É engraçado, parece que falta um pouco de respeito, já escrevi sobre isso, mas continuo perplexo
neste país. Aqui não é permitido ter preconceito contra cor, religião, credo ou classe social, mas
sim quanto ao volume dos músculos.
Se uma pessoa comprovadamente tivesse morrido pelo uso dessas substâncias, valeria qualquer
alerta, mas não alarde sentimental e exacerbado. Aliás, desse tipo de terrorismo a moda do
terceiro mundo, nós da musculação levada a sério já estamos de saco cheio.
É bom frisar que muitas drogas são consideradas ilegais e se você for um atleta competitivo dos
esportes onde se realizam testes antidoping e for pego poderá, além, de possíveis danos a
saúde sofrer, também, danos na sua reputação.
Também é verdade que atletas de elite do fisiculturismo ao redor do mundo já experimentaram
todos os hormônios disponíveis, bem como qualquer outra droga que possa ter efeito ergogênico
e outras drogas que possam minimizar os efeitos colaterais das consideradas ergogênicas. Incluo
nessa lista drogas como os próprios esteróides anabólicos, insulina, hormônios da tireóide, IGF-1,
clembuterol, efedrina, diuréticos, estimulantes e até narcóticos, como a nubaína, só para
enriquecer esse maligno cocktail. Realmente, um preparado para que algo muito ruim venha a
acontecer, imediatamente ou lá pelo final do túnel, quem sabe?
Garanto a vocês que o sangue de muitos atletas de elite é uma verdadeira bomba química.
De fato, eu mesmo não sei como alguns ainda estão vivos.
Agora sabem o porque dessa situação?
Ignorância, ambição de alguns atletas e total descontrole e incapacidade dos organismos legais
em controlar a utilização de drogas, algumas totalmente indetectáveis nos exames antidoping.
Como não desejo ser ?politicamente correto? porque não vou me candidatar a nada, porque sou
dono do meu nariz e não tenho que assinar o ponto em nenhuma universidade, porque não
preciso estar do lado da maioria para ter aprovação social e nem quero ser pastor ou
canonizado, livremente posso dar o meu testemunho, nem que tenha que fazer alguns inimigos.
Sei muito bem que os tenho, mas também tenho a consciência que os amigos que possuo são
verdadeiros e não andam com uma espiga de milho enfiada no ?busogulho? se fazendo de santo
e fingindo ser o que não são.
Também conheço muitas histórias de pessoas que cometeram absurdos para terem um físico
mais volumoso e passaram muito mal, também conheço pessoas que já se foram, provavelmente
pelo abuso de várias drogas. Muitas dessas histórias já contamos, mas assumir que alguém
tenha morrido apenas pela ação dos esteróides anabólicos; eu acho um pouco impreciso.
Muitos efeitos colaterais de longo e curto prazo são relacionados com o uso de esteróides
anabólicos. Efeitos colaterais, como calvície e acne, não são ameaças ? vida, mas podem ser
psicologicamente preocupantes, ao passo que a hipertrofia da próstata é uma conseq?ência que
não pode ser ignorada.
1. CALVÍCE
A Dihidrotestosterona (DHT)faz com que o folículo capilar pare exercer sua função: crescer
cabelo. Homens com tendência ? calvície têm mais concentração de DHT e afinidade a
androgênicos no folículo do cabelo. Como medida paliativa, algumas pessoas utilizam
androgênicos tópicos como minoxidil e polysorbate 80, mas com pouco ou nenhum resultado para
a maioria. No entanto pareça que a persistência no uso dessas substâncias seja a melhor opção,
pois o resultado se torna mais consistente após meses de aplicação contínua.
2. HIPERTROFIA PROSTÁTICA
Também se observa que DHT tem importante papel no mecanismo de aumento prostático. Esse
problema acontece com homens de mais idade, nos quais naturalmente a quantidade de DHT é
maior. Só nos Estados Unidos ocorrem aproximadamente 400.000 prostatectomias anuais, isso é
um problema sério para muitos homens. Cuja solução é uma classe de medicamento denominado
inibidor de alpha-redutase. Como o nome já diz, esse medicamento inibe a enzima que converte
a testosterona em DHT. Uma dessas drogas, comercialmente disponível, denomina-se Proscar.
Esse medicamento pode ocasionar efeitos colaterais, como impotência, perda de interesse sexual
e dores de cabeça em um número pequeno de pessoas. Você arrisca?
3. ACNE
A DHT também se relaciona com a formação de acne por fazer com que a glândula sebácea
produza mais óleo, combinando isso com bactérias do ar, pele seca e outros fatores, forma-se a
acne. Como medida paliativa, pode-se utilizar remédios tópicos como retin-A, mas com a
desvantagem de ocasionar vermelhidão na pele.
Os esteróides variam quanto a sua tendência em se converter em DHT. Drogas ricas em
andrógenos, tais como metandrostenolone (Dianabol) e oximetolona (Hemogenim), tendem a se
converter rapidamente em DHT enquanto drogas, como oxandrolone (Anavar) e decanoato de
nandrolona (Deca-Durabolim), não se convertem em DHT facilmente, não tendo dessa forma
efeito pronunciado em relação ? perda de cabelo, ? acne e ao aumento da próstata.
Outros efeitos colaterais não necessariamente vinculados ? produção de DHT podem também
ocorrer.
5. AGRESSIVIDADE
Comportamento agressivo, ao meu entender, pode ser o pior efeito colateral do uso de
esteróides. Homens são, normalmente, mais agressivos do que as mulheres, desde que não
estejam em fase pré-mestrual, devido a presença em maior quantidade da testosterona no
organismo feminino. Apesar da agressividade ter um lado positivo na academia durante o
treinamento, pode ocasionar sérios problemas sociais, como perda de controle no trato com
problemas triviais diários que fazem parte da vida de todos nós, podendo também ocasionar
alienação e distanciamento daqueles que nos deveriam ser caros, os familiares, os amigos e os
colegas de trabalho. Novamente são os esteróides mais androgênicos que causam esse efeito
mais acentuado. Se um atleta é mais maduro emocionalmente, terá meio caminho andado para
controlar esses efeitos ou para decidir por uma droga menos androgênica.
5. HIPERTENSÃO
Ocorre que alguns esteróides tendem a reter água em várias partes do organismo, inclusive no
sangue, fazendo com que este aumente de volume e, em conseq?ência, de pressão. Os sintomas
mais comuns da hipertensão são dores de cabeça, insônia e dificuldade respiratória. Essa pode
também ser uma doença silenciosa, sem manifestações evidentes, o que a torna ainda mais
perigosa. Dessa forma, o atleta sob o uso de esteróides deve medir a sua pressão arterial
regularmente. Normalmente, a pressão limite é de 130/90 sistólica e diastólica, respectivamente,
mas são necessários algumas correções, dependendo da idade, sexo, diâmetro do braço, etc; por
isso só deve ser medida e interpretada por um médico. O sódio é elemento agravante, de forma
que deve ser limitado na dieta por usuários de esteróides. Drogas como Dyaside, Catapres e
Lasix são utilizadas no tratamento da hipertensão, mas são administradas exclusivamente com
controle médico.
6. LIMITAÇÃO DO CRESCIMENTO
Alguns esteróides, se utilizados por longo período ou em grande quantidade, têm como efeito
colateral o fechamento prematuro dos discos de crescimento localizados nas epífises ósseas.
Certamente este não é um problema para usuários maduros, mas uma preocupação para os mais
jovens ainda em crescimento. Para esse problema, a única solução é acompanhar a
administração de esteróides com estudos radiográficos periódicos para verificar se está havendo
interferência no crescimento linea .
7. AUMENTO DO COLESTEROL
Os esteróides muito freq?entemente têm como efeito o aumento de LDL (mau colesterol) e a
diminuição de HDL (bom colesterol). O aumento de LDL ocasiona o depósito de gordura nas
artérias, aumentando o risco de enfarte e derrame. O aumento de colesterol plasmático
normalmente retorna ao normal após ter cessado o ciclo de esteróides. Limitar o consumo de
gorduras saturadas e aumentar as atividades aeróbias são recomendações úteis para esse caso.
8. VIRILIZAÇÃO EM MULHERES
Podem ocorrer efeitos como crescimento de pêlos na face, engrossamento da voz, hipertrofia do
clitóris e amenorréia. Para esse caso a escolha de esteróides com baixo componente
androgênico é o melhor, muito embora esses efeitos são reduzidos ou desaparecem com o fim do
ciclo de esteróides.
9. GINECOMASTIA
Este é um efeito colateral tão comum que escrevemos um capítulo só sobre ele. Leiam seus tetas
de cadela!
10. DOR DE CABEÇA
Também ocasionada pelos esteróides mais androgênicos é um dos efeitos da elevação da
pressão arterial. Limitar o uso de esteróides altamente androgênicos e controlar a pressão arterial
é a principal medida. O uso de HCG (gonadotrofina coriônica humana, ver em dicionário de
drogas), também pode ocasionar ligeira enxaqueca.
11. IMPOTÊNCIA E ESTERILIDADE
No início de um ciclo de esteróide, normalmente o homem passa por um período de excitação
sexual com aumento na freq?ência de ereções. Porém, esse efeito tem duração de algumas
semanas, revertendo-se gradualmente para a perda de interesse sexual. Essa redução de libido é
resultado do cessamento ou diminuição na produção natural de testosterona devido ? elevação
excessiva de testosterona no corpo, proveniente da administração de esteróides anabólicos.
Qualquer sintoma de impotência é temporário e cessa ? medida que o esteróide deixa de ser
administrado.
Atletas que fazem ciclos de esteróides muito longos, periodicamente administram HCG
(gonadotrofina coriônica humana) em intervalos regulares, normalmente a cada seis semanas.
Nesse caso, a HCG estimula os testículos a produzir testosterona natural, evitando assim os
sintomas mencionados.
O HCG também é utilizado no final do ciclo de esteróides para acelerar a volta da produção
natural de testosterona e muitas vezes para reduzir o intervalo entre ciclos de esteróides.
12. INSÔNIA
Os esteróides têm efeito estimulante no sistema nervoso central, o que pode provocar insônia.
Para evitar o problema, os esteróides orais só devem ser administrados seis horas antes de ir
dormir e os injetáveis logo ao acordar. O efeito também desaparece com a interrupção da
administração.
13. HEPATOTOXICIDADE
Quase todos os esteróides causam lesão no fígado, sendo que os 17 alpha-alquelados são os
mais tóxicos pela dificuldade de processamento. A maior parte das lesões promovidas no fígado
são reversíveis tão logo que o uso do medicamento seja interrompido. Porém, efeitos mais sérios
como icterícia somatizada pelo amarelamento da pele, das unhas e branco dos olhos é um sinal
para imediata interrupção do medicamento e procura de orientação médica para monitoração das
funções hepáticas. Acredita-se que o uso de evening primrose oil reduz a lesão hepática por
repor no fígado ácidos graxos depletados pelos 17 alpha-alquelados. Os outros hepatoprotetores
têm eficiência ainda duvidosa.
14. PROBLEMAS DE TENDÕES E LIGAMENTOS
Sob o efeito de esteróides anabólicos o músculo se torna mais forte pelo aumento no tamanho
das fibras musculares e pela maior retenção de fluídos. Ocorre que muitas vezes esse aumento
de força é desproporcional ? capacidade de adaptação dos tendões e ligamentos (terminações
que conectam o músculo ao osso) que têm esse processo mais lento. Em decorrência disso,
muitos atletas experimentam inflamações, inchaço e até ruptura de tendões e ligamentos. A única
forma de evitar esse problema, que pode retirá-lo do cenário por semanas ou meses, é obter
ganhos progressivos e incluir periodicamente exercícios de alta repetição em seu treinamento
com o objetivo de fortalecer os tendões.
15. CÂNCER
A mídia gosta de coisas fortes e emocionantes, sempre que podem associam o uso de esteróides
anabólicos com o desenvolvimento de tumores cancerígenos. Na verdade, esse parece ser um
problema bastante raro e mais associado com as drogas orais que são metabolizadas no fígado
com mais dificuldade. A oximetolona e a fluoximesterona estão entre as mais tóxicas. De fato, a
única maneira de ficar menos exposto a doença é evitar as drogas orais e fazer exames
periódicos em seu médico.
Pessoas mais analíticas quanto mais vivem, mais se certificam do comportamento social como
previsível. Toda vez que fico doente, o que é raro, morro. Sei que o meu resfriado vai se tornar
câncer e acabará me matando. Se desapareço por 2 ou 3 dias ou perco uns 5 quilos logo surge o
comentário que estou muito doente por abusar de esteróides, e que meu pai, que é médico, está
cuidando de mim. Alguns idiotas, incluindo uma professora da Universidade local, falam que é por
causa dos ?asteróides? tamanha a ignorância, para estes talvez seja possível injetar a Lua no
sangue ou comer um pedaço de Saturno. Se for computar já tive vários cânceres e já fui a óbito
várias vezes. Sei que muitos de vocês já sofreram com esse tipo de calúnia que só tem como
objetivo causar alarde e nos degradar. Normalmente, lá estamos nós de novo em alguns dias
incomodando os babacas e recalcados de plantão.
Estudamos alguns efeitos colaterais mais comuns, mas não pensamos nos possíveis efeitos em
longo prazo. Na realidade, várias enquetes já concluíram que verdadeiros atletas não se
incomodariam em viver alguns anos a menos em troca de algumas medalhas. Creio que várias
garotas, também, optariam viver alguns anos a menos em troca de beleza e juventude. Nem
precisamos projetar em longo prazo. Já imaginaram os riscos de cirurgias e tratamentos extremos
de beleza, ou coisas que parecem tão simples como bronzeamento artificial, mas que pode
desencadear câncer de pele?
De qualquer forma é preciso mencionar que o uso prolongado de esteróides anabólicos pode
reduzir a expectativa de vida, mesmo em pequenas dosagens pode ocasionar sérias
conseq?ências e afetar a longevidade mesmo após ter cessado a utilização da droga. Essa
afirmação é séria e foi feita por Bronson e Matherne em estudo publicado no Medicine, Science in
Sports Exercise 29.5 ( 1997 ): 615-619.
Esse é um importante estudo, já que é o primeiro tentando medir o efeito de diferentes dosagens
em longo período. O estudo foi realizado em ratos, obviamente, devido ? similaridade de seu
sistema fisiológico com o nosso. Em um grupo de ratos foi administrado alta dose de esteróides
(20 vezes o nível fisiológico) a outro grupo dosagem média (5 vezes o nível fisiológico) e ao
terceiro grupo não foi administrado droga alguma. Foram utilizados metandrostenolona,
testosterona e cipionato de testosterona nos ratos pelo período de 6 meses consecutivos. Um ano
após o início das dosagens 52% dos ratos aos quais foi administrado doses elevadas de
esteróides estavam mortos, 35% haviam morrido do grupo de dosagem baixa e apenas 12% do
grupo controle (aos quais não foi administrado droga alguma). Ainda, a autopsia nos ratos
anabolizados revelaram tumores no fígado e rins e distrofia do miocárdio.
Bem, alguns companheiros podem alegar que o estudo foi feito em ratos e não em homens e que
outras coisas como treino e alimentação não foram controlados, e nem as drogas que combatem
os efeitos colaterais. De fato, em homens, ainda, não sabemos as conseq?ências em longo
prazo, mesmo porque o uso abusivo iniciou-se na década de 1980 assim, teremos que esperar
mais 10 ou 20 anos para melhores conclusões, até que usuários cheguem aos 50 e 60 anos de
idade. Mesmo assim o alerta está dado.
Esses são alguns dos efeitos colaterais mais comuns. De novo, a melhor forma de evitálos
é não utilizar esteróides anabólicos.

Fonte: http://www.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/quest_drogas/esteroides_anabolizantes.htm

Livro: Musculação Anabolismo Total por professor Waldemar Marques Guimaraes Neto

 

 

 

 

 

 

Redação Hipertrofia.org

Os artigos enviados pela redação foram escritos pelos mais diversos profissionais da área e entusiastas, sempre baseados em estudos científicos recentes em conjunto de evidências empíricas.

Outros artigos interessantes...

Clique aqui!

55 Respostas

  1. diego junqueira disse:

    qual melhor anabolizante pra minha namorada tomar pra engrossar pernas???

    • soseique disse:

      Ir p uma academia e parar de ser preguisoca

    • nenhum todos fazem mal a saúde!

    • ane disse:

      nenhum o melhor e ela malhar e e toma massa natura entendeu ela va ter o mesmo rezutado e e so ela da uma malhada q vai ser rapido

    • Gh15 disse:

      Oxandrolona, baixos efeitos colaterais e principalmente virilizantes

    • na disse:

      ela pode fazer meio ciclo usando duas drogas que no caso seria ox e primobolan.pode ficar ranquilo que sua namorada nao vai ficar com a voz grossa e nem cheia de pelos uma unica vez que usar anabolizantes e mto menos fazendo meio ciclo.o risco existe sim mais para quem usa constantemente anabolizantes.mas os resultados vao depender mto do receptor dela e da forma com q ela treina e se alimenta.

    • wdhdgdehvmvbhjcvbjh, disse:

      elatem que fazer academia anabolizantes servem para engrossar o tronco nao existe anabolizante para mulheres se ela tomar pode ate criar barba e ficar com a voz mais gossa se duvida ate mais que asua nao seja burro pague academia e nao pérca sua namorada para o cancer nao seja burro TROUXA

    • TAINAH MIRANDA disse:

      SE QUISER MATAR SUA NAMORADA PODE DAR QUALQUER UM !

    • Fábio disse:

      Mulheres costumam usar oxandrolona.

    • jardel disse:

      o mais usado para as muheres sao o GAH muito bom .ou istrol depot.

  2. jeilson sales disse:

    já tomei anabolizante mas não dou insentivo pra ninguem tomar cada um sabe o que faz

  3. weliton disse:

    com e o melhor h drol ou anavar

  4. ana jéssica disse:

    isso alem de ser desnecessário é ilusorio….o q adianta ter um corpo bonito q ñ é saudavel e alem disso é falso?vão procurar malhar bando de PRAGUIÇOSOS!!!!

  5. cicamerico disse:

    famintos da seca é a vovosinha. São pessoas, humildes sim, porem orvalhadas, da fé, do positivismo e da determinação…abraçs

  6. raquel andre disse:

    éee usem bastante mais depois nao reclamem das consequencias qidios

  7. raquel andre disse:

    nao usem gente é so ilusao

  8. soseique disse:

    Voces msm que vao ficar com tetas d vaca entao problema e de voces

  9. Danielly disse:

    agera isso é só ilusão, não percam a sua vida fazendo isso!!!!

  10. aline disse:

    a guria ta certa

  11. bomba mem disse:

    todos podem tomar mas com consiencia e com responsabilidade pq eu uso a 3 anos e to forte q nem um touro e nao tem esse papo de q quando ficar velho vai ser pior pq quando nois ficramos velhos nois ja vivemos tomando remédio entao é bom irmos mos acostumando kkkkkkk

    • gra disse:

      o anbolizante foi pro sélebro é,o anabolizante sim faz mal a saúde,mas quem quer prejudicar a saúde fique avontade pois foi avisado

      • budamaromba disse:

        Eu axo q vc é q tm pronlema pq é cerebro n selebro ….eu pesava 100 kg e tinha 1’70 hoje tenhu 1’80 e peso 86 graças a alguns ciclos de primobolan e winstrol …vc deve ser um frango mirrado pa ta falanu merda desse jeito ………

  12. aleson disse:

    tem outra tem q ter R$, que injetar coisa barrata injeta coldo de feijao

  13. rute freire andrade oliveira disse:

    eu estou fazendo um trabalho sobre esteroides e anabolizantes queria que me respondecem com urjencias : porque as pessoas se veem dependentes dessa draga desde a primeira vez que tomam sao drogas se sao deveriam ser presos as pesoas que toman iguais os marginais!! me respondam bjs e obrigada

  14. JMalones disse:

    com a companhamento da pra tomar, eu não tomo porque não encontro um endocrinologista esportista que conhece do assunto e possa me acompanhar no tcp.

  15. araujo villa disse:

    so que um esteroide pra fica bem

  16. tainara disse:

    pra mim quem usa anabolizantes, é um(a) sem oq fazer pq só um burro(a) usa isso, tem guente q msm sabendo o risco q ele traz continua a usar essa droga,pq p quem ñ sabe o anabolizante e uma droga q so pessoas q ñ produzem ormonios podem usa.
    fica aq meu comentário, ñ usem nem um tipo de anabolizantes pq eles são prejudicial a sua saúde.

  17. Felipe Tcx disse:

    me ajudou muito no trabalho da escola vlw

  18. Diego Ferreira disse:

    ANABOLIZANTES…E BOM DE MAIS

  19. NADIA FERREIRA SANTOS disse:

    isso esso doidise

  20. anabolizantes e para os fracos os fortes não tomam anabolizantes curtiu

  21. po valeu me ajudou no trabalho mais nunca vou usar isso
    :)

  22. kelly disse:

    Já perdi um amigo por causa dessa drogas ele morreu por causa de vaidade… quer perder sua vid ou alguem que ama, faz isso então usa essas merdas ai fika bonitim por dois meses e depois vamo ve oque acontece quado os vermes estiverem comendo sua carne…

  23. lindomar disse:

    este artigo parece mais uma ameaça ,deveria seruma aviso ou conselho mas logo no inicio nota-se o tom de ameaça e quanto mais voce ameaça uma pessoa mais ela faz o contrario.

  24. Valdemir disse:

    Pura e simples ignorância, falam o que ouvem e comentam o que não entendem. Os primeiros fisiculturistas e atletas, ainda estão vivos, a prova está nas telas dos cinemas e televisão, caras com mais de 50, esbanjando saúde. Toma quem quer e, quem não toma devia se calar. A verdade é: Ninguém é imortal, ainda não existe a formula, tudo que tem vida hoje, um dia morre. Então parabéns pra quem tem iniciativa e coragem de usar EAA de forma consciente e segura sem exageros, fazendo a TPC adequada. Só é fraco quem quer e, forte quem pode!

  25. Mr Bacassauro disse:

    anabolizante faz parte da musculação e sempre fez, saiba usar,conheça o produto, quando eu digo treina musculação é passar do limite do seu corpo,isso no meu caso! e apenas suplementos e rígida alimentação não vai suprir a necessidade do meu corpo, entao quando forem falar de Ae’s, se informe mais.

  26. edu disse:

    tenho 30 anos de idade , 55kg e 1,73m. gostaria de saber como fazer para ganhar mais 10kg sem tomar esteroides pois so treinando esta muito dificil

  27. Samuel disse:

    queria saber o que eu poderia fazer para fazer meu braço voltar ao normal , alguns meses atrás eu andei aplicando anabolizantes adtor+potenay ,ou seja anabolizante de cavalo , e tipo agora meu braço esta empedrado ,isso já faz mais ou menos 5 meses que meu braço esta assim, uma vez ate voltou ao normal , ai eu voltei a malhar ai ele empedrou novamente, o que eu posso fazer para meu braço ficar melhor?????????
    ME AJUDEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>