Os melhores tênis masculinos para fazer musculação (simples e baratos)

Avatar photo
Por Equipe Hipertrofia

Textos escritos pela redação do Hipertrofia.org são escritos e revisados por profissionais de várias áreas que circundam o universo da musculação para que você tenha acesso às melhores informações, com respaldo científico e empírico.

Pode parecer algo trivial, mas assim como existem tênis para corrida, também existem tênis para fazer musculação, e em ambas as modalidades eles podem afetar os resultados e a segurança do seu treino.

E, não, isso não significa que você precisará comprar um par de tênis especial para poder obter uma vantagem única.

Na verdade, se o investimento mais alto do seu projeto de musculação for o tênis, é bem provável que há um furo enorme em outra área (como a alimentação).

Além disso, usar um bom tênis de treino é mais uma questão de evitar os horríveis e que realmente possam causar algum problema.

Por isso iremos listar opções, sem frescura e baratas, de tênis para fazer musculação que oferecem segurança e estabilidade para você resolver essa questão e focar sua energia em outras coisas.

Tênis de corrida não é o mesmo que tênis de musculação

Ir treinar com seu tênis de corrida, velho de guerra, mas extremamente confortável, ​​pode parecer uma ótima ideia.

De fato, a maioria das pessoas fazem isso. E nem sempre é o “velho de guerra”, mas um daqueles tênis de corrida novos e extremamente caros.

Afinal, tênis de corrida é um tênis para “fazer atividade física”, não é ?

Infelizmente, não.

Apesar da maioria das pessoas tratarem este tipo de calçado para este fim e, de fato, eles se saírem bem na maioria das atividades, eles definitivamente não foram feitos para musculação.

Os tênis de corrida foram fabricados com itens específicos para corrida, o que pode incluir amortecimento extra, mais suporte para o arco do pé e elevação discreta no dedo para facilitar a mobilidade durante a corrida.

Tudo isso é ótimo para evitar problemas causados pelo impacto repetitivo da corrida, gerando amortecimento e dissipação de energia.

Contudo, quando vamos treinar pesado, não queremos dissipar a energia, mas sim concentrar ela para gerar maior estabilidade, vantagem mecânica e produzir força (com segurança).

Como um tênis de musculação deve ser

Um tênis adequado para treinar precisa oferecer uniformidade na sola (sola reta), firmeza ao alocar seu pé e rigidez suficiente para que você fique estável no chão, como se o tênis e seus pés fossem um só.

Desta forma você poderá transferir a maior quantidade de força em movimentos que dependem diretamente da sua base no chão (levantamento terra, agachamento, desenvolvimento em pé e outros).

Ao mesmo tempo que mantém as articulações do tornozelo seguras durante todo o movimento.

Um exemplo simples de um tênis que atende esses requisitos seria o bom e velho All Star.

Mas, calma, isso não significa que ele é único, por isso pesquisamos quais tênis no mercado oferecem características semelhantes ou até melhores, para que você possa extrair o máximo do treino.

Os tênis para treinar mais baratos

1- Everlast Range

O Range é a tentativa da Everlast em fazer um tênis especificamente para musculação, e eles conseguiram.

O tênis possui solado uniforme, sem amortecimento extra para corrida (o que é esperado) e estável.

Por se tratar de um tênis Everlast, seu preço é bastante atrativo.

A única ressalva, ao meu ver e isso é uma questão pessoal, é o seu peso (cerca de 400g) e isso pode ser percebido até pelas fotos: definitivamente não se trata de um tênis de corrida, com boa ventilação e flexibilidade.

Mas se você busca um tênis para TREINAR, o Range cumpre o que promete e, novamente, o seu preço espanta.

Ver preço na Amazon

2 – Chuck Taylor All Star Cano baixo

Não, você não leu errado. Estamos falando do bom e velho All Stars.

O irônico aqui é que os seus desenvolvedores jamais imaginaram que seu tênis – com nenhuma prioridade em ser “esportivo” – seria (quase) perfeito para fazer musculação.

A sola é uniforme e rígida, oferecendo boa estabilidade, sem nenhuma futilidade extra e, dependendo de como você cuida, pode durar por bastante tempo.

Ele também é vendido por um preço muito semelhante ao Range (relativamente barato).

Mas repare que colocamos cano baixo no título. Para algumas pessoas, esta versão oferece mais mobilidade no tornozelo ao fazer exercícios como agachamento livre.

Portanto, talvez você encontre o cano alto por um preço mais tentador ou seja uma preferência pessoal sua, em todo caso agora você sabe que ele pode oferecer certas limitações.

Ver preço na Amazon

3 – Everlast Monster

Apesar da sua finalidade original ser a prática de boxe, as “botinhas”, como são chamadas, têm uma fama gigante entre praticantes de musculação.

E enquanto isso pode passar uma falsa sensação de utilidade (fama não significa profeciência), se você souber escolher a bota correta, ela pode ser muito útil.

É o caso da Monster. Repare que, ao contrário da maioria das botas para boxe, seu cano é baixo, tão baixo quanto um tênis.

Além disso, ela oferece solado uniforme com boa estabilidade para treinar.

Uma dica importante: esta descrição serviria para praticamente qualquer outra bota da Everlast com essa proposta, porém estamos falando das que possuem cano curto. Cano longo traz o mesmo problema do All Star cano alto (risco de afetar sua mobilidade em certos exercícios).

Ver preço na Amazon

4 – Rainha Mont Car III

O Mont Car III é um tênis casual da Rainha.

Ele tem a mesma proposta do All Star. Sem querer acaba oferecendo uma boa opção para quem busca um tênis de treino barato.

Neste caso, em termos de preço, creio que não será possível encontrar mais barato que esta.

A raínha é uma marca nacional e você não terá dificuldade em encontrar o Mont Car por menos de R$100.

Seu solado é perfeito para treino. A única ressalva é a falta de rigidez que as outras opções nesta lista oferecem.

Ver preço na Amazon

5 – Under Armour Tribase Reign 3

Logo de cara, saiba que esta é a opção mais cara da lista, mas preferi mantê-la por conta da sua utilidade.

O tênis conta com sola uniforme, estável, rígido e toda as características que buscamos em um tênis para fazer musculação.

Mas, ao meu ver, as principais diferenças do Reign 3 em relação aos outros é sua estrutura mais leve e versatilidade.

Ele é muito leve (cerca de 250g) e oferece flexibilidade de sola suficiente para treinar com segurança, mas sem sabotar outras atividades físicas.

Por exemplo: o All Star ou Rainha são ótimos para fazer agachamento pesado, mas fazer aeróbico na esteira ou praticar outros esportes? Dificilmente.

Não se engane, o Reign 3 não foi projetado pra correr uma maratona, mas você provavelmente não teria problemas em fazer qualquer atividade física moderada com ele, além de treinar.

Todavia para ter essa vantagem, você acabará pagando mais caro. Ele pode custar várias vezes mais que os outros da lista (mas ainda é mais barato que tênis de correr).

Ver preço na Amazon

Palavras finais

Durante o treino, no que tange seu calçado, precisamos de estabilidade para suportar cargas, o que requer principalmente rigidez e uniformidade do solado.

Para isso, gastar muito dinheiro é opcional.  Estas recomendações baratas poderão ser mais do que suficientes para treinar com segurança.

Mas é válido reforçar MAIS UMA vez que tênis de corrida e treino são coisas diferentes.

Corrida gera impacto repetitivo nas articulações, o que exige mais amortecimento e flexibilidade do solado.

Portanto não confunda as coisas: da mesma forma que treinar musculação com um tênis de corrida mole demais é perigoso, tentar correr com, por exemplo, um All Stars muito rígido pode ser ainda mais perigoso em termos de lesões.

Este texto ajudou você ?

Ainda está com dúvidas sobre alguma questão? Visite nosso fórum de discussões e compartilhe suas dúvidas com mais de 270 mil pessoas cadastradas.