Clique aqui

Qualquer pessoa em sua sã consciência prefere tomar um bom banho quente. No entanto, a literatura vem mostrando cada vez mais que tomar um banho frio possui benefícios surpreendentes.

Primeiramente, fique tranquilo, adotar banhos frios não significa abandonar banhos quentes. Ambos possuem finalidades diferentes e têm um lugar em sua rotina.

Neste texto veremos porque incorporar o banho frio em seu dia a dia pode melhorar seu desenvolvimento pessoal e indiretamente seu corpo.

Mais foco

Tomar um banho frio pode fazer você se sentir mais alerta, em grande parte devido aos seus efeitos no corpo.

De acordo com uma meta-análise sobre pesquisas de imersão em água fria feitas pelo British Journal of Sports Medicine, banhos frios têm muitos efeitos fisiológicos no corpo que podem aumentar a vigília.

O que inclui:

  • aumento da frequência cardíaca.
  • pressão arterial mais alta (assim como a causada por exercícios e não por maus hábitos).
  • frequência respiratória elevada.

A água fria também pode gerar um discreto aumento na velocidade do metabolismo do corpo que precisa trabalhar mais para manter uma temperatura estável.

No entanto, como a duração típica de um banho frio é de apenas 5 a 10 minutos, uma pessoa não deve depender disso como única maneira para perder peso (a dieta sempre vem primeiro).

Dito isto, os banhos frios criam uma sensação de revigoramento e atenção, o que pode levar uma pessoa a ser mais ativa fisicamente.

Sistema imunológico mais forte

Um estudo da revista PLoS One (um revista científica) constatou que as pessoas que tomam banho frio têm 29% menos probabilidade de faltarem ao trabalho por estarem doentes.

O estudo registrou 3.018 pessoas que tomaram banho quente normal e banho frio por 30 a 90 segundos.

Embora aqueles que tomavam banho frios tivessem menos probabilidade de faltarem ao trabalho por motivo de doença, isso não significa que eles não estavam mais sujeitos a contraírem algo.

Mas sim que os efeitos da doença dificilmente impediam eles de continuar normalmente com sua rotina e não ficassem “de cama”.

Eles não encontraram diferença entre as pessoas que tomaram banho frio por 30, 60 ou 90 segundos.

Isso os levou a concluir que a água fria pode influenciar o sistema imunológico do corpo, independentemente da duração.

Melhor humor

Alguns pesquisadores sugerem que banhos frios podem melhorar o humor e diminuir os sintomas de desânimo.

Um artigo da revista Medical Hypotheses sugere que, como tomar banho frio ativa o sistema nervoso simpático e aumentando a disponibilidade de neurotransmissores como noradrenalina e endorfina, isto pode gerar um efeito anti depressivo aumentando os níveis de ânimo e felicidade.

No entanto, é importante observar que tomar um banho frio pode melhorar como você enxerga o seu dia, assim como uma xícara de café e não é um substituto para tratamento psicológico adequado.

Cool down aprimorado após exercícios

A terapia de imersão em água fria (submergir o corpo em gelo ou banho frio) é uma prática comum em muitas atividades físicas.

Fisioterapeutas especializados em esportes sugeriram que as temperaturas baixas podem aliviar rapidamente o esforço gerado pelo calor da atividade e reduzir inflamação.

Um estudo do Journal of Athletic Training descobriu que tomar banho frio pode aliviar a hipertermia de esforço, quando comparado a simplesmente deixar seu corpo resfriar da forma tradicional.

No entanto, os pesquisadores observaram que banhos frios não eram tão eficazes quanto a terapia de imersão em gelo para o alívio das altas temperaturas corporais induzidas pelo exercício.

Basicamente, se você é um atleta “recreativo”, o banho frio pode ser o suficiente, mas se você é um atleta de ponta que treina várias horas por dia, então o banho de imersão tende a ser necessário.

Mais recuperação

Uma meta-análise de 23 artigos revisados ​​no Journal of Strength and Conditioning Research descobriu que a imersão em água fria e a terapia de contraste com água (primeiro usando água quente e depois fria) podem ajudar a melhorar a recuperação muscular e reduzir a sensação de fadiga.

Esta pesquisa pode ajudar os atletas a usar técnicas de água fria para reduzir a sensação de fadiga relacionada ao desempenho físico.

Menos dor

De acordo com um artigo do North American Journal of Medical Sciences, banhos usando água fria podem ter um efeito anestésico, assim como remédios para dor.

A exposição à água fria pode causar a contração dos vasos sanguíneos, o que pode ajudar a reduzir o inchaço e o edema que causam dor.

A água fria também pode diminuir a velocidade com que os sinais nervosos conduzem impulsos.

Isso pode reduzir a taxa na qual os nervos transmitem sinais de dor ao cérebro, o que pode diminuir a percepção de dor de uma pessoa.

Como incorporar o banho frio em sua rotina

É possível obter os benefícios do banho frio apenas com alguns minutos por dia.

Além disso, várias pesquisas sobre banhos frios sugerem que a água não precisa estar fria durante toda a duração do banho para que os benefícios possam ser obtidos.

Por exemplo: é possível começar tomando um banho quente para poder lavar o corpo e depois trocar para a água para fria por um breve período.

Comece com banhos frios com apenas 60 segundos e tenha como objetivo chegar a 5 minutos.

É válido salientar que banho “frio” significa tomar banho usando a água em sua temperatura natural, permitindo que ela caia em seu pescoço e tronco.

A eficácia da técnica está relacionada diretamente com a percepção de cada um sobre o que é banho frio.

Basicamente, se você não estiver sentindo desconforto e passando frio, você não está fazendo da forma correta.

Falando nisso, é totalmente natural tremer (as vezes violentamente) ao ponto de sentir que está doendo.

É justamente esse “choque” que provoca as mudanças fisiológicas que queremos, do contrário seria apenas mais um banho.

Mesmo assim, conforme o banho frio segue, o desconforto tende a diminuir e você acaba se acostumando.

Após o banho frio você será inundado por um sentimento de paz, além da sensação de recompensa por ter completado uma tarefa árdua.

Parece loucura ? Experimente antes de gerar ideias pre-concebidas.

Mas não adianta entrar na água gelada por apenas alguns poucos segundos. Isso só deixará você irritado e não trará nenhum dos benefícios citados no texto.

Os benefícios ocorrem justamente por forçar o corpo a enfrentar e se adaptar a uma situação “extrema”.

Bibliografia usada

  • The Effect of Cold Showering on Health and Work: A Randomized Controlled Trial. PLoS One. 2016; 11(9).
  • Adapted cold shower as a potential treatment for depression por Nikolai A.Shevchuk.
  • Physiologic and Perceptual Responses to Cold-Shower Cooling After Exercise-Induced Hyperthermia. Cory L. Butts, Brendon P. McDermott, Brian J. Buening, Jeffrey A. Bonacci, Matthew S. Ganio, J. D. Adams, Matthew A. Tucker, and Stavros A. Kavouras (2016) Physiologic and Perceptual Responses to Cold-Shower Cooling After Exercise-Induced Hyperthermia. Journal of Athletic Training: March 2016, Vol. 51, No. 3, pp. 252-257.
  • Effects of Cold Water Immersion and Contrast Water Therapy for Recovery From Team Sport. A Systematic Review and Meta-analysis – Higgins, Trevor R.1,2; Greene, David A.1; Baker, Michael K.1
  • Scientific Evidence-Based Effects of Hydrotherapy on Various Systems of the Body. N Am J Med Sci. 2014 May; 6(5): 199–209.

Este texto ajudou você ?

1 Comentário

  1. Faltou comentar sobre o Wim Hof.

    É um fato que existem vários benefícios no banho gelado, mas particularmente falando sempre fico doente com esse protocolo. Febre de 40 graus, de derrubar mesmo. Já aconteceu umas 4 vezes, fui insistente. Aí volto ao banho quente e passa.

Escreva um comentário