Clique aqui

Veja uma lista objetiva com 7 alimentos baratos para incluir na dieta e que ainda fornecem todos os nutrientes que o corpo precisa para sustentar o crescimento muscular.

Fazer uma dieta para hipertrofia parece ser uma tarefa difícil, especialmente se você tem um orçamento apertado.

Felizmente, não é necessário gastar rios de dinheiro com a alimentação para conseguir ver algum progresso.

Com um pouco de planejamento e inteligencia, é possível obter todos os nutrientes necessários para crescer através de fontes de nutrientes mais baratas.

A primeira coisa que precisamos entender para tornar isso possível, é abandonar a ideia de que existem alimentos “obrigatórios”.

Como assim ?

Muitas pessoas ainda pensam que para obter hipertrofia é necessário comer o alimento X ou Y todos os dias.

Quando na verdade, precisamos ingerir a quantidade adequada de macronutrientes.

Deste que estes macronutrientes (carboidraitos, proteínas e gorduras) estejam vindo de boas fontes, não importa se é de um alimento caro ou barato.

Em outras palavras, você não precisa ficar preso a determinados alimentos, especialmente se não gosta deles (ou não tem poder aquisitivo para comprá-los).

E nesta lista listaremos os alimentos baratos para incluir na dieta que mais poderão amplificar seus resultados ao mesmo tempo que não vão levá-lo a falência.

Apenas tenha em mente que você não vai encontrar alimentos que nunca tinha ouvido falar na vida.

Na verdade, os alimentos baratos são os mais comuns que todos têm acesso.

A questão é como e porque usá-los na dieta.

Por exemplo: ovos são baratos, mas a partir do momento que você joga a gema fora (e desperdiça metade), existem outras opções melhores e com custo-benefício melhor.

Enfim, vamos ao que interessa.

7 alimentos baratos para incluir na dieta e amplificar os resultados

1 – Peito de frango

Não importa quais preços são praticados na sua região, quando comparado com outras frontes proteicas, o peito de frango é sempre uma das mais baratas.

Não é a toa que praticamente todos os fisiculturistas do mundo tornam o peito de frango sua principal fonte de proteína da dieta.

Leia também -> Lista com os 7 alimentos proteicos mais baratos

A cada 100g da carne crua de peito de frango temos cerca de 20g de proteína completa contendo todos os aminoácidos essenciais (que o corpo não consegue produzir por si próprio).

E além do seu conteúdo nutricional e preço atrativo, o frango é extremamente versátil, podendo ser incluído em inúmeros tipos de receitas.

Na realidade, vai ser muito difícil encontrar uma fonte de proteína tão barata quanto ao frango (considerando os seus benefícios).

2 – Ovos inteiros

Ovos inteiros são fonte de proteína com altíssima biodisponibilidade.

Também fornecem uma gama enorme de micronutrientes úteis para a saúde e que, indiretamente, auxiliam na hipertrofia.

Tudo isso por um preço “saudável” para o bolso da maioria das pessoas.

Apenas tenha em mente que estamos falando de ovos inteiros.

A partir do momento que você compra ovos e joga metade deles fora (leia-se, joga as gemas fora) você está prejudicando o custo-benefício.

Portanto se for utilizar ovos na dieta, utilize-os inteiros para amplificar seu custo benefício (e seus resultados) ou use outro alimento.

Afinal, o mito de que o colesterol do ovo vai afetar a saúde de pessoas saudáveis, já caiu por terra há muito tempo.

3 – Leite

Tomar leite, de forma simplista, é como se você estivesse tomando caseína e whey protein direto da fonte.

É um alimento rico em proteína de alta qualidade e que definitivamente pode amplificar a hipertrofia muscular.

Com o benefício que o leite é muito mais barato do que comprar whey e caseína de forma isolada.

E mesmo que forneça estas duas proteínas em menor quantidade, ainda continua sendo uma fonte rica em proteína e de consumo simples.

Além disso é possível misturar leite nos mais variados shakes para complementar a quantidade de proteína e ainda melhorar (e muito) o gosto.

E não se prenda à polêmicas.

Se você não tem intolerância ou alergias, utilizar o leite de forma moderada na dieta (para complementar as proteínas) jamais vai causar qualquer problema.

Como a data de validade dos leites atuais são extensas, procure comprar leite em grande quantidade quando estiver em promoção.

4 – Arroz branco

Carboidratos também são extremamente úteis para a hipertrofia.

Eles são responsáveis por gerar energia rápida para realizarmos as atividades do dia a dia e garantir que a proteína ingerida esteja sendo usada para o seu real propósito.

E uma das fontes de carboidratos mais baratas é o bom e velho arroz branco.

lista com alimentos baratos para incluir na dieta - arroz branco

Entre o arroz branco e integral, escolha aquele que esteja de acordo com o seu orçamento (geralmente o mais barato e/ou em promoção).

Enquanto o arroz integral possui um pouco mais de nutrientes, é possível ficar com o arroz branco, que é mais barato, e aprimorar os nutrientes da refeição de outras formas (também baratas).

5 – Aveia

Aveia é uma fonte de carboidratos com fibras, vitaminas, minerais e que fornece até proteínas em uma proporção interessante.

É um alimento extremamente fácil para misturar em shakes e receitas, o que aumenta sua versatilidade.

Apenas lembre-se de comprar aveia de casas de cereais e/ou produtos naturais.

Do contrário, comprando em mercados, você vai acabar pagando muito mais caro por um alimento que, na prática, é barato.

6 – Batatas

Batatas são extremamente úteis (e deliciosas) para fornecerem carboidratos na dieta.

A dica econômica aqui é que você não precisa comprar apenas batata doce e, em alguns casos, pagar mais caro.

Entre batata inglesa e doce, compre a mais barata ou que no final do dia seja mais conveniente para você.

A batata doce costuma ter um pouco mais de nutrientes que a inglesa, mas, nem de longe, existe um oceano de diferença entre as duas.

É inerente ao ser humano taxar algo como bom e alternativa mais próxima como algo ruim – sempre em uma visão 8 ou 80.

Porém, neste caso, ambos os tipos de batata possuem lugar na sua dieta e irão amplificar os seus resultados.

7 – Macarrão

Macarrão é uma fonte de carboidratos extremamente barata e com densidade calórica alta.

É perfeito para aqueles que estão em bulking e precisam ingerir muitas calorias diariamente.

Caso você opte por macarrão integral, além dos carbos, você ainda estará ingerindo uma boa quantidade fibras e proteína.

Apenas lembre-se que macarrão instantâneo (vulgo miojo), não se enquadra neste item.

Macarrões instantâneos fornecem nutrientes adicionais que nem sempre estão de acordo com a nossa dieta.

Além disso, a maioria deles, são extremamente industrializados. Em suma, evite-os.

Palavras finais

 

Esta lista com alimentos baratos para incluir na dieta pode não ser nenhuma novidade para você.

Mas saiba que a grande maioria dos fisiculturistas do mundo se alimentam com eles e isto ocorre justamente por eles serem os mais fáceis e baratos de encontrar.

A questão é saber usá-los de forma inteligente na dieta e usar receitas variadas para que haja variedade constante, diminuindo o risco de enjoar.

Este texto ajudou você ?

19 Comentários

    • Se possível o leite direto da vaca, pois mantém os lactobacilos que ajudam a digerir o leite que você vai tomar futuramente. Falo por mim, antes tinha problemas ao tomar leite, ficava com muitos gazes, depois de ir num sítio e tomar o leite no curral, o problema passou. O leite pasteurizado, integral ou desnatado é bom quando você já ingeriu alguma quantia de leite “puro” (do curral).

  1. Só uma observação sobre língua portuguesa: usamos QUANTIA para dinheiro apenas. Para todos os outros casos usamos a palavra QUANTIDADE.

    Abraços

  2. Oi! Fiquei em dúvida em relação ao leite. Qual o melhor? Integral, semidesnatado eu ou desnatado?

    • Júlio Gabriel Responda

      Desnatado, sendo livre de gorduras e assim diminuindo a quantidade de calorias de acordo com uma dieta, mas isso também é questão de gosto, talvez um semi desnatado caso não goste do sabor do desnatado e esteja em uma dieta um tanto mais livre

  3. L.felipe pimentel Responda

    OBRIGADÃO, sempre bom termos uma orientação segura, que não subestima a nosso bom senso.
    SUCESSO PARA NÓS !!!!!!!
    🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️☠🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️☠🏋️‍♂️🏋️‍♀️☠🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️👼

  4. Olha todos esses alimentos que vc citou, tem substâncias altamente tóxicas, o arroz branco, o ovo de granja,
    o peito de frango cheio de hormônios que causa doenças degenerativas, os carboidratos são responsáveis por 90% de todas as doenças no organismo. Eu disse todas, exceto as de cunho genético.
    Eu sei que o ovo é o segundo alimento mais nutritivo do mundo, se fosse ovo galado, sem uso de rações com agrotóxicos. Hoje vc ou qualquer pessoa jovem o corpo ainda consegue eliminar um pouco as toxinas, porém com o passar dos anos todas essa força se transformas em doenças, porque o organismo não consegue mais eliminar, torna-se um rio poluído, sem condições de reversão daí vem a morte. Ou seja vc aparenta ser sadio,
    mas é um doente. O leite é um veneno e seus derivados.
    A única solução é voltar para os tempos antigos. Tudo processados são alimentos altamente venenosos,
    a pizza é um veneno se vc não sabe. Não haveria espaço e nem tempo de falar sobre isso. Mas acho que isso, já é o começo para enetnder

    • Bruno Noronha Responda

      Vivemos na escravidão industrial, não temos muitas opções baratas e saudáveis, então fica fácil um pessoas que não tem muitos recursos financeiros, seguir a risca tudo que é saudável, mas é sempre bom ler e se informar e saber o que menos faz mal e morrer um pouco mais tarde !hahaha

    • Meu caro amigo se tds esses alimentos são poluídos de agrotóxicos, oque vocês faz pra se manter vivo? pq garanto q vc não come nada disso né

    • Espero que o pessoal entre na discussão sobre o que o Gerard postou.. ou tudo que foi inscrito está exagerado?

    • São esses alimentos que 99% dos atletas usam na dieta. Se quiser ter saúde plena e resultados, só morando isolado da sociedade e plantando a própria comida.

  5. HENRIQUE CARVALHO DO BONFIM Responda

    Excelente texto. A cada dia que leio informações sobre nutrição, tenho mais consciência de que o importante é a manutenção dos macros, atentado sempre pêra que sejam de boa qualidade (alimentos de verdade). Confesso que já caí na receita de cortar cargo, comer salada e carne, e não via resultados. Quando passei a me alimentar melhor, incluindo arroz, feijão, e outras fontes de carbo, is resultados começaram a aparecer.

  6. Eu me alimento de tudo e ainda tomo uma cervejinha aos finais de semana, afinal, não sobrevivo da aparência como fisiculturistas e modelos. E estou em forma com meus 56 anos. O segredo é não exagerar porque comida tambem mata e se exercitar sempre.

Escreva um comentário