Home / Dieta e Nutrição / 7 alimentos baratos para incluir na dieta (e como usá-los)

7 alimentos baratos para incluir na dieta (e como usá-los)

Veja uma lista objetiva com 7 alimentos baratos para incluir na dieta e que ainda fornecem todos os nutrientes que o corpo precisa para sustentar o crescimento muscular.

Clique aqui

Fazer uma dieta para hipertrofia parece ser uma tarefa difícil, especialmente se você tem um orçamento apertado.

Felizmente, não é necessário gastar rios de dinheiro com a alimentação para conseguir ver algum progresso.

Com um pouco de planejamento e inteligencia, é possível obter todos os nutrientes necessários para crescer através de fontes de nutrientes mais baratas.

A primeira coisa que precisamos entender para tornar isso possível, é abandonar a ideia de que existem alimentos “obrigatórios”.

Como assim ?

Muitas pessoas ainda pensam que para obter hipertrofia é necessário comer o alimento X ou Y todos os dias.

Quando na verdade, precisamos ingerir a quantidade adequada de macronutrientes.

Deste que estes macronutrientes (carboidraitos, proteínas e gorduras) estejam vindo de boas fontes, não importa se é de um alimento caro ou barato.

Em outras palavras, você não precisa ficar preso a determinados alimentos, especialmente se não gosta deles (ou não tem poder aquisitivo para comprá-los).

E nesta lista listaremos os alimentos baratos para incluir na dieta que mais poderão amplificar seus resultados ao mesmo tempo que não vão levá-lo a falência.

Apenas tenha em mente que você não vai encontrar alimentos que nunca tinha ouvido falar na vida.

Clique aqui

Na verdade, os alimentos baratos são os mais comuns que todos têm acesso.

A questão é como e porque usá-los na dieta.

Por exemplo: ovos são baratos, mas a partir do momento que você joga a gema fora (e desperdiça metade), existem outras opções melhores e com custo-benefício melhor.

Enfim, vamos ao que interessa.

7 alimentos baratos para incluir na dieta e amplificar os resultados

1 – Peito de frango

Não importa quais preços são praticados na sua região, quando comparado com outras frontes proteicas, o peito de frango é sempre uma das mais baratas.

Não é a toa que praticamente todos os fisiculturistas do mundo tornam o peito de frango sua principal fonte de proteína da dieta.

Texto continua após a propaganda.

Leia também -> Lista com os 7 alimentos proteicos mais baratos

A cada 100g da carne crua de peito de frango temos cerca de 20g de proteína completa contendo todos os aminoácidos essenciais (que o corpo não consegue produzir por si próprio).

E além do seu conteúdo nutricional e preço atrativo, o frango é extremamente versátil, podendo ser incluído em inúmeros tipos de receitas.

Na realidade, vai ser muito difícil encontrar uma fonte de proteína tão barata quanto ao frango (considerando os seus benefícios).

2 – Ovos inteiros

Ovos inteiros são fonte de proteína com altíssima biodisponibilidade.

Também fornecem uma gama enorme de micronutrientes úteis para a saúde e que, indiretamente, auxiliam na hipertrofia.

Tudo isso por um preço “saudável” para o bolso da maioria das pessoas.

Apenas tenha em mente que estamos falando de ovos inteiros.

A partir do momento que você compra ovos e joga metade deles fora (leia-se, joga as gemas fora) você está prejudicando o custo-benefício.

Portanto se for utilizar ovos na dieta, utilize-os inteiros para amplificar seu custo benefício (e seus resultados) ou use outro alimento.

Afinal, o mito de que o colesterol do ovo vai afetar a saúde de pessoas saudáveis, já caiu por terra há muito tempo.

3 – Leite

Tomar leite, de forma simplista, é como se você estivesse tomando caseína e whey protein direto da fonte.

É um alimento rico em proteína de alta qualidade e que definitivamente pode amplificar a hipertrofia muscular.

Com o benefício que o leite é muito mais barato do que comprar whey e caseína de forma isolada.

E mesmo que forneça estas duas proteínas em menor quantidade, ainda continua sendo uma fonte rica em proteína e de consumo simples.

Além disso é possível misturar leite nos mais variados shakes para complementar a quantidade de proteína e ainda melhorar (e muito) o gosto.

E não se prenda à polêmicas.

Se você não tem intolerância ou alergias, utilizar o leite de forma moderada na dieta (para complementar as proteínas) jamais vai causar qualquer problema.

Como a data de validade dos leites atuais são extensas, procure comprar leite em grande quantidade quando estiver em promoção.

4 – Arroz branco

Carboidratos também são extremamente úteis para a hipertrofia.

Eles são responsáveis por gerar energia rápida para realizarmos as atividades do dia a dia e garantir que a proteína ingerida esteja sendo usada para o seu real propósito.

E uma das fontes de carboidratos mais baratas é o bom e velho arroz branco.

lista com alimentos baratos para incluir na dieta - arroz branco

Entre o arroz branco e integral, escolha aquele que esteja de acordo com o seu orçamento (geralmente o mais barato e/ou em promoção).

Enquanto o arroz integral possui um pouco mais de nutrientes, é possível ficar com o arroz branco, que é mais barato, e aprimorar os nutrientes da refeição de outras formas (também baratas).

5 – Aveia

Aveia é uma fonte de carboidratos com fibras, vitaminas, minerais e que fornece até proteínas em uma proporção interessante.

É um alimento extremamente fácil para misturar em shakes e receitas, o que aumenta sua versatilidade.

Apenas lembre-se de comprar aveia de casas de cereais e/ou produtos naturais.

Do contrário, comprando em mercados, você vai acabar pagando muito mais caro por um alimento que, na prática, é barato.

6 – Batatas

Batatas são extremamente úteis (e deliciosas) para fornecerem carboidratos na dieta.

A dica econômica aqui é que você não precisa comprar apenas batata doce e, em alguns casos, pagar mais caro.

Entre batata inglesa e doce, compre a mais barata ou que no final do dia seja mais conveniente para você.

A batata doce costuma ter um pouco mais de nutrientes que a inglesa, mas, nem de longe, existe um oceano de diferença entre as duas.

É inerente ao ser humano taxar algo como bom e alternativa mais próxima como algo ruim – sempre em uma visão 8 ou 80.

Porém, neste caso, ambos os tipos de batata possuem lugar na sua dieta e irão amplificar os seus resultados.

7 – Macarrão

Macarrão é uma fonte de carboidratos extremamente barata e com densidade calórica alta.

É perfeito para aqueles que estão em bulking e precisam ingerir muitas calorias diariamente.

Caso você opte por macarrão integral, além dos carbos, você ainda estará ingerindo uma boa quantidade fibras e proteína.

Apenas lembre-se que macarrão instantâneo (vulgo miojo), não se enquadra neste item.

Macarrões instantâneos fornecem nutrientes adicionais que nem sempre estão de acordo com a nossa dieta.

Além disso, a maioria deles, são extremamente industrializados. Em suma, evite-os.

Palavras finais

 

Esta lista com alimentos baratos para incluir na dieta pode não ser nenhuma novidade para você.

Mas saiba que a grande maioria dos fisiculturistas do mundo se alimentam com eles e isto ocorre justamente por eles serem os mais fáceis e baratos de encontrar.

A questão é saber usá-los de forma inteligente na dieta e usar receitas variadas para que haja variedade constante, diminuindo o risco de enjoar.

Este texto ajudou você de alguma forma ? Avalie!
[Total de votos: 13 Média: 3.6]


MÁXIMA CONCENTRAÇÃO. MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO

Sobre Redação Hipertrofia.org

O maior site sobre musculação em língua portuguesa da internet. Desde 2007 trazendo o melhor conteúdo sobre musculação, sempre baseado nos últimos estudos científicos, autores renomados e experiência prática.

16
Deixe um comentário

9 Comment threads
7 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
  Subscribe  
mais novos mais velhos mais votados
Me notificar
Alexander

Só uma observação sobre língua portuguesa: usamos QUANTIA para dinheiro apenas. Para todos os outros casos usamos a palavra QUANTIDADE.

Abraços

Lula

Ótima lista.

Jade

O melhor seria leite integral ou desnatado?

Camila

Oi! Fiquei em dúvida em relação ao leite. Qual o melhor? Integral, semidesnatado eu ou desnatado?

Treteiro

o melhor leite é dando uma mamada direto da teta da vaca.

Júlio Gabriel

Desnatado, sendo livre de gorduras e assim diminuindo a quantidade de calorias de acordo com uma dieta, mas isso também é questão de gosto, talvez um semi desnatado caso não goste do sabor do desnatado e esteja em uma dieta um tanto mais livre

L.felipe pimentel

OBRIGADÃO, sempre bom termos uma orientação segura, que não subestima a nosso bom senso.
SUCESSO PARA NÓS !!!!!!!
🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️☠🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️☠🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️☠🏋️‍♂️🏋️‍♀️☠🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️🏋️‍♂️🏋️‍♀️👼

Olha todos esses alimentos que vc citou, tem substâncias altamente tóxicas, o arroz branco, o ovo de granja,
o peito de frango cheio de hormônios que causa doenças degenerativas, os carboidratos são responsáveis por 90% de todas as doenças no organismo. Eu disse todas, exceto as de cunho genético.
Eu sei que o ovo é o segundo alimento mais nutritivo do mundo, se fosse ovo galado, sem uso de rações com agrotóxicos. Hoje vc ou qualquer pessoa jovem o corpo ainda consegue eliminar um pouco as toxinas, porém com o passar dos anos todas essa força se transformas em doenças, porque o organismo não consegue mais eliminar, torna-se um rio poluído, sem condições de reversão daí vem a morte. Ou seja vc aparenta ser sadio,
mas é um doente. O leite é um veneno e seus derivados.
A única solução é voltar para os tempos antigos. Tudo processados são alimentos altamente venenosos,
a pizza é um veneno se vc não sabe. Não haveria espaço e nem tempo de falar sobre isso. Mas acho que isso, já é o começo para enetnder

Joa´re

São esses alimentos que 99% dos atletas usam na dieta. Se quiser ter saúde plena e resultados, só morando isolado da sociedade e plantando a própria comida.

Douglas

Espero que o pessoal entre na discussão sobre o que o Gerard postou.. ou tudo que foi inscrito está exagerado?

Fabiani

Meu caro amigo se tds esses alimentos são poluídos de agrotóxicos, oque vocês faz pra se manter vivo? pq garanto q vc não come nada disso né

Felipe

Olha a sequela aí!! Kkkk

Bruno Noronha

Vivemos na escravidão industrial, não temos muitas opções baratas e saudáveis, então fica fácil um pessoas que não tem muitos recursos financeiros, seguir a risca tudo que é saudável, mas é sempre bom ler e se informar e saber o que menos faz mal e morrer um pouco mais tarde !hahaha

Lula na cadeia

É irmão então você vai morrer de fome!!!!!!!!!!!

HENRIQUE CARVALHO DO BONFIM

Excelente texto. A cada dia que leio informações sobre nutrição, tenho mais consciência de que o importante é a manutenção dos macros, atentado sempre pêra que sejam de boa qualidade (alimentos de verdade). Confesso que já caí na receita de cortar cargo, comer salada e carne, e não via resultados. Quando passei a me alimentar melhor, incluindo arroz, feijão, e outras fontes de carbo, is resultados começaram a aparecer.

Ana maria pedroso

Adorei..

Simple Share Buttons