Clique aqui

Não importa qual o seu objetivo, a musculação é uma das atividades que vai trazer mais benefícios para o seu corpo (e mente).

Não é raro entrar em uma academia e ver que a maioria das mulheres passam longe dos pesos e criam raízes nas máquinas de aeróbico. Muitas continuam ignorando o fato de que os benefícios da musculação para mulheres esmagam, atropelam e chutam os benefícios dos aeróbicos no que diz respeito a construir um corpo bonito e harmonioso. Aeróbicos têm o seu lugar na musculação, mas sozinhos ou sendo o principal foco do seu treino, jamais construirão o corpo que você quer.

Com isto fora do caminho, nós construimos uma lista com várias razões para você mulher deixar o elíptico de lado e invadir sem medo a área dos pesos.

Benefícios da musculação para mulheres

1 –Acelera a queima de gordura quando combinada com aeróbicos

Aeróbicos sozinhos são péssimos para queima de gordura, pois o corpo tende a se adaptar muito rápido e logo você para de ver os efeitos esperados. Por isso, ano após ano, vemos as mesmas pessoas (com a mesma quantidade de gordura) correndo nas esteiras.

Contudo, um estudo publicado no Jornal de Fisiologia Aplicada dos Estados Unidos mostrou que um trabalho simultâneo usando aeróbicos e treino com pesos, ampliou os efeitos metabólicos de ambos. Em suma, musculação com aeróbicos queimam mais gordura.

2 – Maior queima de gordura (24h por dia)

Musculação (pesada) aumenta a velocidade do metabolismo e o efeito não se limita apenas ao horário do treino. Isto acontece devido ao aumento de mitocôndrias nas células. Sem entrar em detalhes técnicos, quanto mais isto acontecer, mais você queima gordura diariamente.

Vários estudos mostram que o treino pesado é capaz de fazer isto, enquanto aeróbicos em excesso fazem o contrário – quanto menos conteúdo mitocondrial nas células, menos queima de gordura. Na dúvida, escolha o treino pesado e não os aeróbicos.

3 – Vai desenhar o seu corpo

bomdia perfeito

A maioria das mulheres acham que a forma mais eficiente para desenhar o corpo é, novamente, através dos aeróbicos. Na verdade, a melhor maneira de “desenhar” o corpo é ganhando massa muscular.

Quanto mais massa muscular, mais o seu corpo vai ganhar a forma que você deseja, enquanto fazer aeróbicos em excesso farão o contrário.Quanto mais aeróbicos, mais massa muscular você pode perder e não necessariamente perder gordura na mesma proporção, restando um corpo flácido e sem forma.

Mais uma vez, o treino pesado sai ganhando.

4 – Mais energia

Treinar pesado estimula a liberação de químicos no cérebro que farão você se sentir bem, alterando seu humor durante o restante do dia. Musculação é como se fosse uma terapia natural.

5 – Mais saúde cardíaca

Musculação auxilia na redução do colesterol ruim (LDL) enquanto eleva o colesterol bom (HDL), que são fatores que podem influenciar positivamente a saúde cardíaca. O treino com pesos também aumenta a sensibilidade do corpo ao hormônio insulina, isto significa que o corpo é mais eficiente em usar carboidratos como energia e na hipertrofia, em vez de acumular gordura no corpo e sangue.

6 – Mais saúde mental

Junto com os benefícios descritos no item 4, em estudos, a musculação se mostrou capaz de reduzir sintomas de depressão e ansiedade. Somado ao fato que o treino com pesos vai inevitavelmente melhorar o seu corpo, isto impactará de forma positiva em sua autoestima.

7 – Mais saúde óssea

Osteoporose é um problema cada vez mais comum entre mulheres, principalmente pela falta de exercícios que sobrecarregam o corpo. Ao fazer musculação pesada, você estimula o corpo a aumentar a densidade óssea para se adaptar às cargas impostas pelo treino.

8 – Mais apetite sexual

Mulheres produzem uma pequena quantidade de testosterona; este hormônio é capaz de influenciar o apetite sexual e o sentimento de bem estar. Treinamento com pesos é uma das maneiras mais efetivas para aumentar a testosterona naturalmente e amplificar estes efeitos.

E fique tranquila, este aumento natural de testosterona só serve para gerar benefícios, você não vai ganhar características masculinas só porque está treinando pesado.

9 – Sono com mais qualidade

Inúmeros estudos mostram que exercícios vigorosos como a musculação pode melhorar a qualidade e duração do sono, até mesmo podendo substituir alternativas químicas como drogas tarja-preta.

10 – Você vai viver mais

Enquanto a maioria dos exercícios pode aumentar a expectativa de vida, a musculação é um dos exercícios que mais faz isto.  Isto acontece porque conforme envelhecemos, quanto mais massa muscular temos, menores são as chances de morrermos de forma prematura.

11 – Resultados rápidos

Você pode fazer zumba, corrida, crossfit, o que seja. Se o objetivo for mudar o corpo, a musculação é a atividade que vai trazer os resultados mais rápidos se comparado com outras que prometem a mesma coisa.

12 – Há grandes chances de você “viciar” na musculação

A maioria das pessoas sabem que exercício podem melhorar o corpo e a saúde, mas tornam a atividade física em uma espécie de obrigação e nada próximo de algo que realmente gostam de fazer.

Como a musculação traz resultados que você pode ver diretamente no espelho em pouco tempo, muitas pessoas se animam com as mudanças e começam a gostar cada vez mais de treinar. No final, isto gera um “circulo vicioso” saudável que só vai trazer benefícios para você.

13 – Maior tolerância a estresse

Quanto mais pesado você treinar (dentro do saudável), mais o seu corpo se adapta e fica mais tolerante ao estresse gerado pelo treinamento. Isto se converte para o seu dia a dia também, aumentando sua capacidade para lidar com situações estressantes.

14 – Mesmo que você treine MUITO pesado, você ainda não ficará musculosa como um homem

Um dos mitos mais chatos sobre musculação para mulheres é a ideia de que treinar pesado vai transformar uma moça delicada no Incrível Hulk! Mulheres não tem o aporte hormonal para isto, fazendo com que o resultado dos treinos pesados apenas realce suas curvas naturais, com aumento sutil na massa muscular. Isto se resume em mulheres com a parte superior tonificada, com bumbum e pernas maiores.

bom dia 11

A razão para que algumas mulheres ganhem massa muscular ao ponto de ultrapassarem homens é apenas uma: esteroides anabolizantes. Somente através deles é possível que as limitações genéticas sejam ultrapassadas e mulheres possam, de fato, ficarem musculosas – e somente em caso de abuso.

Mas digamos que você tenha hormônios naturais suficientes para ganhar massa muscular como um homem (novamente, algo impossível), isto não ocorre da noite para a dia e você poderia perceber que isto está acontecendo com grande antecipação,

Em suma, ficar musculosa sequer deve ser uma preocupação de uma mulher na musculação. Isto é quase impossível sem o uso de esteroides anabolizantes.

Referências:

  1. Wang, L., Mascher, H., Psilander, N., Blomstrand, E., & Sahlin, K. (2011). Resistance exercise enhances the molecular signaling of mitochondrial biogenesis induced by endurance exercise in human skeletal muscle. Journal of applied physiology, 111(5), 1335-1344.
  2. Yan, Z., Okutsu, M., Akhtar, Y. N., & Lira, V. A. (2011). Regulation of exercise-induced fiber type transformation, mitochondrial biogenesis, and angiogenesis in skeletal muscle. Journal of Applied Physiology, 110(1), 264-274.
  3. Goldfarb, A. H., & Jamurtas, A. Z. (1997). ?-Endorphin response to exercise.Sports Medicine, 24(1), 8-16.
  4. Kraemer, W. J., Dziados, J. E., Marchitelli, L. J., Gordon, S. E., Harman, E. A., Mello, R., … & Triplett, N. T. (1993). Effects of different heavy-resistance exercise protocols on plasma beta-endorphin concentrations. Journal of Applied Physiology, 74(1), 450-459.
  5. Tambalis, K. D., Panagiotakos, D. B., Kavouras, S. A., & Sidossis, L. S. (2008). Responses of blood lipids to aerobic, resistance, and combined aerobic with resistance exercise training: a systematic review of current evidence.Angiology.
  6. Henriksen, E. J. (2002). Invited review: Effects of acute exercise and exercise training on insulin resistance. Journal of Applied Physiology, 93(2), 788-796.
  7. Dunn, A. L., Trivedi, M. H., & O’Neal, H. A. (2001). Physical activity dose–response effects on outcomes of depression and anxiety. Medicine & Science in Sports & Exercise.
  8. Kelley, G. A., Kelley, K. S., & Tran, Z. V. (2001). Resistance training and bone mineral density in women: a meta-analysis of controlled trials. American journal of physical medicine & rehabilitation, 80(1), 65-77.
  9. Layne, J. E., & Nelson, M. E. (1999). The effects of progressive resistance training on bone density: a review. Medicine and science in sports and exercise, 31(1), 25-30.
  10. Davis, S. R., & Tran, J. (2001). Testosterone influences libido and well being in women. Trends in Endocrinology & Metabolism, 12(1), 33-37.
  11. Yang, P. Y., Ho, K. H., Chen, H. C., & Chien, M. Y. (2012). Exercise training improves sleep quality in middle-aged and older adults with sleep problems: a systematic review. Journal of physiotherapy, 58(3), 157-163.
  12. Passos, G. S., Poyares, D. L. R., Santana, M. G., Tufik, S., & Mello, M. T. D. (2012). Is exercise an alternative treatment for chronic insomnia?. Clinics,67(6), 653-660.

Este texto ajudou você ?

Avatar
Autor

Textos escritos pela redação do Hipertrofia.org são escritos e revisados por profissionais de várias áreas que circundam o universo da musculação para que você tenha acesso às melhores informações, com respaldo científico e empírico. Dúvidas ? Entre em contato conosco pelo email [email protected]