Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

1º Ciclo [FOTOS-EDITADO] - Durateston, Oxandrolona e Anastrozol.


Aleeex Mour

Posts Recomendados

PROTOCOLO DE UM INICIANTE

 

ALTERADO:
 

Spoiler

 

Antes de qualquer coisa, deixo registrado que NÃO indico a qualquer pessoa que seja o uso de esteróides anabolizantes, e que os relatos que irei abordar a seguir serão acompanhados por profissional de medicina, Nutrologista/Endocrinologista. *(Procurem orientação médica, sempre!).

Tenho uma consulta marcada essa semana com um profissional da área (Endócrino) e possuo todos os exames hormonais realizados, bem como avaliação física.

Pratico musculação, fielmente, faz 10 meses, porém já praticava musculação desde 2012, no entanto foi esporádico.

Idade 24 anos – Peso 67,4Kg – Altura 1.78m – Body Fat (BF): 15,9%.

 

Dobras Cutâneas (MM) – Setembro 2016.

Peitoral 8 -  Axilar 10 – Tricipital 7 – Bicipital 5 – Suprailiaca 12 – Subescapular 15 – Abdominal 17 – Coxa 14 – Panturrilha 15 – Soma Total 103.

Ombros 114 – Tórax – Msc 88 – Braço Esq 28 – Braço Dir 29 – Cintura 74,5 – Abdomen 81 – Quadril 92 – Coxa Esq 51,5 – Coxa Dir 50,5 – Braço Contr Esq 31 – Braço Contr Dir 32 – Panturrilha 33,5 – Panturrilha Dir 33,5.

 

 

 

 

Exames – Material: Soro - SET.2016 (ALTERADO)

 

Spoiler

 

Hemograma Completo:

Séries Vermelhas: Hemácia 5.07, Hemoglobina 15,4, Hematócrito 45,9, V. C. M. 90,5, Hemoglo. C. M. 30,4, Conc Hemoglob C. M. 33,6 e RDW 11,5 - Séries Brancas: LG 7,2, Segmentados 63,9% (4601), Bastoes 0%, Linfócitos 23,8% (1714), Monócitos 8,0% (576), Eosinófilos 3,4% (245), Basófilos 0,9% (65), Linfócitos Atípicos 0%, Metamielócitos 0%, Mielócitos 0%, Promielócitos 0% e Blastos 0% - Série Plaquetária: Cont. Plaquetas 197 mil/mm³ - Vol. Médio Plaquetário 8,27 fl.

 

Sistema Endócrino:

Glicose: 82 mg/Dl - Hgb A1c: 4,9% - Ureia: 25 mg/dL - Creatinina: 0,7 mg/Dl - Ácido Úrico: 2,4 mg/dL - AST/TGO: 22 Ul/L - ALT/TGP: 18 UI/L - Bilirrubinas Totais e Frações: Total – 1,0 mg/dL – Direta 0,2 mg/dL – Indireta 0,8 mg/dL – GAMA – GT: 15 U/L – Colesterol: 166 mg/dL – Colesterol HDL: 61 mg/Dl – Triglicerídeos: 83 mg/dL – Colesterol NÃO HDL: 105 mg/dL – C.P.K – Creatina cianase: 111 U/L – Proteína C Reativa: 0,80 mg/dL – T3 Total: 1,22 ng/Ml – T4 Livre: 0,91 ng/Dl – TSH: 1,50 mcUI/Ml – Anticorpo Anti-Peroxidase Tireoideana: 28,9 UI/Ml – Estradiol (E2): 67,25 pg/Ml (Está alto, rs) – Testosterona Total: 726,88 ng/Dl – Vitamina B12: 321 pg/Ml – Ácido Fólico: 11,44 ng/Ml – Ferritina: 30,4 ng/Ml – Insulina Basal: 6,80 mU/L – Homa-Beta (Homesotatic Model Assessment): 129,4 – Homa-IR (Homesotatic Model Assessment): 1,38 – Hidroxi Vitamina D: 24,7 ng/Ml. Fibrinogênio: 243,00 mg/Dl; Homocisteina: 4,65 micromol/L; Diidrotestosterona: 609,0 pg/Ml; IGF-1 – Somatomedina C: 246 ng/mL; Sulfato de Dehidroepiandrosterona: 302 mcg/Dl; Globulina Ligadora de Hormônios Sexuais – SHBG: 54,5 nmol/L; Testosterona Livre Calculada: 11,67 ng/dL.

 

 

 

 

RELATO ALTERADO:

 

Spoiler

 

Durante os últimos meses estudei sobre os diversos tipos de ésteres existentes no mercado, a forma como eles atuam no organismo e as conseqüências do mau uso. Notei que a grande maioria dos esteróides anabolizantes age no organismo inibindo o eixo HTP (Hipotálamo, Testicular e Pituitário), estimulando uma alta síntese protéica devido à inibição de produção natural de LH (hormônio luteinizante) e FSH (hormônio folículo estimulante), em consonância com a inserção, no organismo, de ésteres que promoverão o rápido desenvolvimento dos músculos devido à administração alta e sintética de LH (hormônios luteinizantes), que por sua vez serão estimuladas pelas células de leydig, nos testículos, a produzir acentuados níveis de Testosterona, Androstediona e DHEA. Já o FSH (hormônio folículo estimulante) será estimulado com a Testosterona secretada, promovendo a espermatogênese. Note que a função do LH é apenas estimular as células de leydig, localizadas no testículo, a secretarem hormônios andrógenos: Testosterona, Androstediona e DHEA. E quando os níveis de hormônios endógenos estão no pico, à síntese protéica no nosso organismo estará em alta, ou seja, nosso corpo irá aproveitar muito melhor toda proteína ingerida. Logo, nossos músculos irão aproveitar melhor a proteína o mais rápido possível e se regenerará muito mais rápido. É claro, num ciclo de esteróides exige-se muito mais atenção, não é tão simples assim. Cuidados especiais devem ser seguidos: Ingestão de alimentos com baixo índice glicêmico, ingestão de muita água durante o dia, tendo em vista a retenção hídrica ocasionada pelo uso da droga, redução do sódio, sal, glúten (eles sobrecarregam o fígado que é o órgão responsável por filtrar sangue e toda toxina, armazenar glicogênio e liberar glicose, produção proteína, fibrinogênio, converter proteína em aminoácido, transformar lactose em glicose). A proteína que ingerimos possui toxina, logo se ingerimos muito sal, muito sódio e muito glúten, nosso fígado ficará sobrecarregado e a carga de toxina em um ciclo é bastante alta, pense nisso.

 

A escolha pelo Decanoato de Nandrolona e Enantato de Testosterona deu-se por ser um ciclo universalmente aceito para iniciantes. O nosso organismo já produz tais hormônios, porém a função dessa produção natural não tem a finalidade de anabolizar, mas apenas de manter o sistema endócrino em condições normais de funcionamento. O Decanoato de Nandrolona (popularmente conhecido como deca durabolin) é um Éster de meia vida que tem como função: aumentar a fabricação de colágeno, aumento da produção de células sanguíneas série vermelha (maior oxigenação), retenção de nitrogênio no meio muscular, síntese protéica e liberação de IGF-1 no fígado cuja função é o desenvolvimento dos ossos, cartilagem e células nervosas e também a multiplicação das células musculares. Cabe ressaltar que este Éster tem a função de redução de gordura, gerando, assim, maior definição, tendo em vista que ele utiliza os lipídios como fonte de energia (redução do estoque de gordura). Já o Enantato de Testosterona servirá para “segurar” a meia vida do Decanoato, uma vez que o mesmo tem meia vida aproximadamente de 15 dias e o mesmo é implacável com a produção endógena de testosterona.

Protetores: Tamoxifeno e talvez HCg (consultarei o médico).

Alimentação será baseada em: arroz integral com pouco sal, brócolis, batata doce cozida, ovo cozido, aipim cozido, feijão com pouco sal, peito frango grelhado s/ óleo e s/ sal, somente com páprica, atum no azeite s/ sal e com páprica, tapioca com queijo minas e leite, multivitaminico, whey/BCAA pós treino, ZMA antes dormir, 4 a 5 L água/dia.

Descanso será em média 7 h dia, o máximo que consigo.

Treino irei mudar a série para exaustão com máximo de carga, série A: Peito, Ombro e Triceps; B: Costas, Biceps e Trapézio, C: membros inferiores.

Preciso conversar com o meu médico alguns detalhes e caso ocorram mudanças, os informarei.

 

 

 

 

 

Editado por Aleeex Mour
EDIÇÃO DE PROTOCOLO
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

  • Respostas 24
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

MUDANÇA DE PROTOCOLO

 

Depois de passar pelo médico decidi seguir outro protocolo. Meu eixo HTP ainda está virgem e iremos começar a testar alguns ésteres, dentro do universo autorizado no Brasil, a fim de averiguarmos qual destas drogas irão se adaptar melhor aos meus receptores. Partindo do pressuposto que meus exames hormonais estão parcialmente normais, a exceção do meu Estradiol, que está elevado, e minha Hidroxi Vitamina D, que está insuficiente, nós iremos utilizar o protocolo a seguir:

 

Duração do Ciclo: 8 semanas;

Ésteres: 8 ampolas de Durateston 1 ml (1 ampola por semana) e 120 cápsulas de Oxandrolona de 20 mg
(2 comprimidos ao dia, às 6h e às 18h); e 

Protetor: Intra-ciclo - 16 comprimidos de Anastrozol 1 mg (1 comprimido na segunda e o outro na sexta, durante o café da manhã).


CUSTOS INICIAIS DO CICLO:

Spoiler

 

Consulta médica: R$ 300,00; Exames: R$ ASD; 7 ampolas de Durateston R$ 10,60 und; 1 ampola de Durateston: R$ 30,00; Oxandrolona 120 cap 20 mg R$ 668,00; Anastrozol 16 comprimidos 1mg: R$ 30,00; Seringa/Agulha: R$ 1,50 cada; Alcool 70% R$ 2,99; Alimentação: R$ ASD; Whey Gold Standard 909G + BCAA ON 60: R$ 189,00; Academia: R$ 70,00; Personal Trainne: R$ 200,00/mês e Tempo: Custo de oportunidade.

 

Montante Inicial: 1.579,19.

 

 

 

BIOIMPEDÂNCIA:

Spoiler

Idade: 24 anos; Biotipo: Ectomorfo; Peso: 65,8 kg; Altura: 1.78m; Tempo de Treino: 11 meses (mas ja treinava antes entre idas e vindas); Massa Muscular Esquelética: 31,8 kg; Água Corporal Total: 40.5 kg; Massa Livre de Gordura: 55,2 kg; IMC: 20.8; BF: 16%; Taxa Metabólica Basal: 1563; Dieta a manter durante ciclo: 2413 kcal dia; Massa magra segmentar: Tronco 25,5 kg (Normal); Quadrante Superior Direito 3,1 kg (Normal); Quadrante Superior Esquerdo 3,1 kg (Normal); Quadrante Inferior Direito 8,9 kg (Normal) e Quadrante Inferior Esquerdo 8,9 kg (Normal); Gordura segmentar: Tronco 16,2% - 5,2 kg (Normal); Quadrante Superior Direito 12.3% - 0,5 kg (Abaixo), Quadrante Superior Esquerdo 11.9% - 0,4 kg (Abaixo), Quadrante Inferior Direito 15.1% - 1,7 kg (Normal) e Quadrante Inferior Esquerdo 15.1% - 1,7 kg (Normal). *a gordura segmentar é estimada.


FOTOS INICIAIS:

Spoiler

 

58158813c7f50_WhatsAppImage2016-10-30at00.07.27.jpeg.f9c646d682273043304520126776a8d8.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

Spoiler

 

 

 

 

 

 

HEMOGRAMA:

Spoiler

 

Séries Vermelhas: Hemácia 5.07, Hemoglobina 15,4, Hematócrito 45,9, V. C. M. 90,5, Hemoglo. C. M. 30,4, Conc Hemoglob C. M. 33,6 e RDW 11,5 ;

Séries Brancas: LG 7,2, Segmentados 63,9% (4601), Bastoes 0%, Linfócitos 23,8% (1714), Monócitos 8,0% (576), Eosinófilos 3,4% (245), Basófilos 0,9% (65), Linfócitos Atípicos 0%, Metamielócitos 0%, Mielócitos 0%, Promielócitos 0% e Blastos 0% ;

Série Plaquetária: Cont. Plaquetas 197 mil/mm³ - Vol. Médio Plaquetário 8,27 fl.

 

 

ÍNDICES HORMONAIS:

Spoiler

 

Glicose: 82 mg/Dl - Hgb A1c: 4,9% - Ureia: 25 mg/dL - Creatinina: 0,7 mg/Dl - Ácido Úrico: 2,4 mg/dL - AST/TGO: 22 Ul/L - ALT/TGP: 18 UI/L - Bilirrubinas Totais e Frações: Total – 1,0 mg/dL – Direta 0,2 mg/dL – Indireta 0,8 mg/dL – GAMA – GT: 15 U/L – Colesterol: 166 mg/dL – Colesterol HDL: 61 mg/Dl – Triglicerídeos: 83 mg/dL – Colesterol NÃO HDL: 105 mg/dL – C.P.K – Creatina cianase: 111 U/L – Proteína C Reativa: 0,80 mg/dL – T3 Total: 1,22 ng/Ml – T4 Livre: 0,91 ng/Dl – TSH: 1,50 mcUI/Ml – Anticorpo Anti-Peroxidase Tireoideana: 28,9 UI/Ml – Estradiol (E2): 67,25 pg/Ml (Está alto, rs) – Testosterona Total: 726,88 ng/Dl – Vitamina B12: 321 pg/Ml – Ácido Fólico: 11,44 ng/Ml – Ferritina: 30,4 ng/Ml – Insulina Basal: 6,80 mU/L – Homa-Beta (Homesotatic Model Assessment): 129,4 – Homa-IR (Homesotatic Model Assessment): 1,38 – Hidroxi Vitamina D: 24,7 ng/Ml - Fibrinogênio: 243,00 mg/Dl; Homocisteina: 4,65 micromol/L; Diidrotestosterona: 609,0 pg/Ml; IGF-1 – Somatomedina C: 246 ng/mL; Sulfato de Dehidroepiandrosterona: 302 mcg/Dl; Globulina Ligadora de Hormônios Sexuais – SHBG: 54,5 nmol/L; Testosterona Livre Calculada: 11,67 ng/dL.

 

 

 

 

COMPOSIÇÃO DO CICLO DE DURATESTON E OXANDROLONA

 

PRIMEIRA SEMANA (14/11/2016 à 20/11/2016)

Spoiler

14/11/2016 : 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

15/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

16/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

17/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

18/11/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

19/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

20/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

SEGUNDA SEMANA (21/11/2016 à 27/11/2016)

Spoiler

21/11/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml, 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

22/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

23/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

24/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

25/11/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

26/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

27/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

TERCEIRA SEMANA (28/11/2016 à 04/12/2016)

Spoiler

28/11/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

29/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

30/11/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

01/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

02/12/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

03/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

04/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

QUARTA SEMANA (05/12/2016 à 11/12/2016)

Spoiler

05/12/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

06/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

07/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

08/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

09/12/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

10/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

11/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

QUINTA SEMANA (12/12/2016 à 18/12/2016)

Spoiler

12/12/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

13/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

14/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

15/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

16/12/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

17/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

18/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

SEXTA SEMANA (19/12/2016 à 25/12/2016)

Spoiler

19/12/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

20/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

21/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

22/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

23/12/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

24/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

25/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

SÉTIMA SEMANA (26/12/2016 à 01/01/2017)

Spoiler

26/12/2016: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

27/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

28/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

29/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

30/12/2016: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

31/12/2016: 2 Oxandrolona 20 mg;

01/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

 

OITAVA SEMANA (02/01/2017 à 08/01/2017)

Spoiler

02/01/2017: 1 ampola de Durateston 1 ml; 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20 mg;

03/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

04/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

05/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

06/01/2017: 1 Anastrozol 1 mg e 2 Oxandrolona 20mg;

07/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

08/01/2017: 2 Oxandrolona 20 mg;

 


EM ANEXO A DIETA, FORMATO PDF: (EDITADO)

Spoiler

DESEJUM ÀS 5:30H: 200ML LEITE INTEGRAL, 1 BANANA E 3 COLHERES DE AVEIA + 1 OVO COZIDO 3 OVOS (CLARA);

COLAÇÃO ÀS 9H: 1 TAPIOCA COM 8 FATIAS DE BLANQUET + 2 COLHERES DE LEITE DE COCO E 75G BATATA DOCE;

ALMOCO ÀS 12H: 2 1/2 COLHERES ARROZ INT, 240G PEITO FRANGO OU 240G PATINHO MOIDO, 2 COLHERES AZEITE, BROCOLIS, SALADA DE LEGUMES (BATATA, BETERRABA), BRÓCOLIS E 1 BANANA.

LANCHE ÁS 16:30: 2 TAPIOCAS, 2 UND CAST PARÁ OU CAST CAJU, 1 OVO INTEIRO 2 OVOS CLARA;

JANTA ÀS 19H: 2 TAPIOCAS, 240G PEITO FRANGO OU 240G PATINHO MOIDO, 2 COLHERES AZEITE, BROCOLIS, SALADA DE LEGUMES (BATATA, BETERRABA, CENOURA) E BRÓCOLIS;

PRÉ-TREINO ÀS 20:30H: BCAA ON;

PÓS-TREINO ÀS 22H: WHEY GOLD STANTARD 100%;

CEIA ÀS 23H: PAO INT, QUEIJO COTTAGE E 2 CAST CAJU OU CAST PARÁ;

 

 

 

 

 

Editado por Aleeex Mour
RETIFICAÇÃO
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em domingo, 30 de outubro de 2016 at 19:19, MBD disse:

Falou falou e não disse o mais importante: qual a dose semanal utilizada das drogas?

@MBD acima as informações iniciais.

Em segunda-feira, 31 de outubro de 2016 at 09:02, Eduardo Zeni disse:

Vou acompanhar, apesar de ter capacidade de evoluir muito naturalmente!

 

vlw bro!

Em domingo, 30 de outubro de 2016 at 22:28, Junior_Maromba disse:

Pela altura, peso e medidas, dava pra treinar mto mais tempo natural. Vc ainda ta longe do seu limite natural.

 

Mas pelo jeito vc tá decidido. Então, boa sorte aí e bons ganhos.

vlw bro!

Em domingo, 30 de outubro de 2016 at 10:56, Insp disse:

Espero poder acompanhar o relato até o fim.

Boa sorte

Enviado de meu XT1068 usando Tapatalk

vlw bro!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em ‎06‎/‎11‎/‎2016 at 11:02, Aleeex Mour disse:

 

Ésteres: 8 ampolas de Durateston 1 ml (1 ampola por semana) e 120 cápsulas de Oxandrolona de 20 mg
(2 comprimidos ao dia, intervalo de 6 horas); e

Protetor: Intra-ciclo - 16 comprimidos de Anastrozol 1 mg (1 comprimido na segunda e o outro na sexta, durante o café da manhã).

 

Mano, 02 comprimidos de ox de 06 em 06hrs? Não seria 12 em 12? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

11 minutos atrás, Br0w disse:

Mano, 02 comprimidos de ox de 06 em 06hrs? Não seria 12 em 12? 

Consumo de 20mg de OXA às 10:00h e 20mg OXA às 16:00h, todos os dias, durante 60 dias.

Editado por Aleeex Mour
edicao
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 horas atrás, Aleeex Mour disse:

Consumo de 20mg de OXA às 10:00h e 20mg OXA às 16:00h, todos os dias, durante 60 dias.

Humm.....Meia Vida da Oxan é de 09 horas......não irá respeitar a MV da droga!!!

Era melhor vc ter pego comprimidos de 10mg e toma-las de 06 em 06 horas totalizando as 40mg.

Editado por Br0w
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...