Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Estou com 23 anos e me sinto sem rumo. O que fazer para recuperar autoestima e vontade de viver ?


GuileBR

Posts Recomendados

Acompanho o forum um tempo já, mas só agora resolvi criar a conta e pedir ajuda ao pessoal que já postaram em tópicos parecido e acredito que esses membros podem me ajudar.

 

Em resumo, estou com 23 anos e estou perdido. não tenho praticamente experiencia com carteira assinada ( 2 meses apenas como operador de caixa), e infelizmente não tenho poupança. Meus pais tem condições aceitáveis, mas não são ricos. Me incomoda o fator de nessa idade ser totalmente dependente.

 

não sei o que faço, vou logo para facul com meu pai disposto a pagar ? ou trabalho e faço poupança ? "aaah pq não os dois" isso com certeza vai depender do emprego certo ? e pra uma pessoa que não tem quase nada de experiencia, é bem provavel que pegue algo que pode afetar os estudos.. estou com psicológico abatido e essa situação me corrói a cada dia. vejo amigos que era da minha infancia progredindo seja no trabalho e facul eu aqui na mesma. isso me faz forçadamente isolar o contato com eles por pura vergonha..mas não era isso que queria.  por favor, me ajudem! =(
serei grato para vida toda por me ajudarem a sair do meu pior momento!

 

Historia completa aqui abaixo: :(

 

Galera minha situação é a seguinte:

 


estou com 23 anos e estou muito mal. Me sinto mal pois não me imaginava em chegar nessa situação em que me encontro, sempre fui um cara que caguei para o futuro.. acredito que eu tinha medo de pensar sobre o meu futuro e acabava tirando foco para me divertir, me entreter, aproveitar as amizades que eu tinha (mudei de estado, sabia disso e queria ao máximo aproveitar aqueles momentos). essa minha imaturidade está me custando caro e sei os frutos que estou colhendo hoje.

acontece que hoje estou pagando caro por não fazer pelo menos um planejamento minimo. até hoje tenho dificuldade para dizer que faculdade fazer (será que preciso nesse momento ?) , mas ao que tudo indica minha vocação está voltada para Educação física, e dependendo do que acontecer, posso começar próximo ano..

 

Mas essa é minha duvida, a facul será financiada pelo meu coroa ( que vergonha  :sad02: ) .. hoje com mais cabeça, me passa em minha mente se é melhor eu trabalhar em algo ( trabalhei apenas como operador de caixa 2 meses na carteira, em 2014) sei que será um subemprego, mas o que vcs indicam para mim nesse momento ?? eu não tenho reserva nenhuma de grana, sou totalmente dependente do meu coroa..


Alguns podem me dizer, pq não trabalhar e facul ao mesmo tempo ? confesso que fico com insegurança ao pensar sobre isso, pois muitas das pessoas que eu vejo sempre acabam desistindo de um dos dois, seja pelo cansaço, questão de logistica, ou outros motivos.. porém, caso eu esteja na facul, é logico que tentarei fazer pelo um menos um teste. logico que vai depender muito do subemprego/emprego..

 

Basicamente deu uma resumida para não ficar tão grande. Fico triste de pensar em passar 4/5 anos estudando e não ter reserva financeira para os meus gastos pessoais.. assim, me passa na cabeça tambem de fazer curso tecnico de algo apenas para entrar no mercado mais rapido e não será um emprego tão dificil como um subemprego por exemplo e com isso fazer reserva e só depois financiar minha faculdade.. Mas se eu terminar um curso tecnico por exemplo e não arranjar nada ?!   :( :(

 

Não sei o que faço galera. Faço a facul com meu coroa financiando ? faço um curso tecnico para eu tentar conquistar minha independência financeira e assim financiar uma facul depois ? ou trabalho em um subemprego mesmo (já que não tem experiencia de nada, vai ser osso arranjar algo bom) ??

 

Hoje acredito que estou com depressão por tudo isso (tento esconder isso com meus pais e amigos que moram longe, fingindo que tá tudo bem), por essa pressão toda. sinto que não sou mais o mesmo até antes de chegar nessa nova cidade em que era uma pessoa bem extrovertido, tenho pouquíssimos contatos tbm..Fiz o enem ano passado e tentei estudar, mas confesso que foi muito difícil manter a concentração e foco sozinho..e com uma nota abaixo do esperado, fiquei com mais vergonha ainda perante aos meus pais..mas ainda sim é uma nota suficiente para entrar na facul proximo ano caso eu queira mesmo..enfim, é uma situação em que preciso muito de ajudar por onde dar o primeiro passo. sozinho infelizmente estou com muita dificuldade..

abraços e sucesso a todos!

 

 

Cronologia da minha idade 18 anos até 23 (hoje)

 

 


18 anos - Meu ultimo ano no estado no RJ, só queria aproveitar a vida, um animal completo em relação as perspectivas de futuro e etc. incrivel como eu escrevia mal nesse tempo, não sei como eu fui aprovado no colégio..enfim nada de produtivo, apenas uma despedida e aproveitar ao maximo grandes pessoas que até hoje nunca mais vi e que tenho vergonha de voltar a falar diante dessa situação.

 

19 anos - chegando nesse novo lugar, sem amigo e sem ninguem, fiz um curso de Montagem e Manutenção de informatica para tentar arranjar um emprego. Na minha cabeça funcionava que era só fazer o curso e automaticamente ja iria arrumar emprego. mero engano, mais uma vez meu mundo de fantasia me enganando..não pensava em superior nem curso tecnico aqui, achava que era besteira.

 

20 anos - Com dificuldade de arranjar emprego na area de montagem e manutenção, fui fazer um curso de balconista de farmácia para ingressar na area de comercio mais rapido. além disso, estava começando a estudar mais sobre musculação, suplementação e já aproveitei o embalo para cursar algo rapido no ramo da saude e assim trabalhar. terminei o curso e a mesma coisa, foi bem dificil não arranjei nada. cabeça zero ainda para faculdade e curso tecnicos.. e nisso me isolava mais, pois tinha vergonha de 20 anos e até agora não ter conseguido arranjar um emprego.

 

21 anos - Praticamente foi a continuação de 2013..procurava empregos na area de comercio e tal, fazia alguns processos seletivos e nada.. até que me veio uma opção para fazer bico na copa do mundo (foi muito maneiro) e nisso ja foi uma pequena experiencia que usei pro curriculum. mais tarde quando eu achava que nao ia vim mais nada, foi aprovado para trabalhar como operador de caixa em uma farmácia. Infelizmente só fiquei dois meses pois houve um problema com uma funcionaria que era da antiga lá e também os problemas psicológicos nesse período já tinha chegado. Confesso que muito mole nesse perido, se eu tivesse a maturidade de hoje eu não pediria para sair.

 

22 anos - A experiencia da farmácia me tocou. Precisava voltar a estudar para tentar pegar algo melhor e também dar uma resposta aos meus pais passando em uma federal. Acontece que senti muito o ano de estudos e me incomodava do fato da maioria da turma ser bem nova..eu sentia vergonha de fazer novas amizades e contar minha verdadeira historia. A verdade era q eu so queria entrar na Federal, nem sabia o curso que eu queria fazer direito, só para mostrar para os outros que eu era capaz. um abestalhado completo.
Mas o que tiro de bom do cursinho é que eu aprendi muita coisa que não aprendi no ensino médio. me pergunto como completei o terceiro ano daquela forma..Meu Deus. No final das contas, com uma pressão gigantesca por tudo já, não consegui tirar uma média boa pra nenhum cursos que pensava até o ano passado (estatistica e administração). Fiz alguns amigos lá apesar de eles serem mais novos, mas a vergonha era sempre presente.

 

23 anos (hoje) - Muito triste que aconteceu ano passado, queria dar uma resposta novamente mas evitei que pai pagasse o cursinho novamente. Meu pai ficou me esnobando ano passado e tal, dizendo que não tenho capacidade e tudo mais, isso me fazia me sentir mais mal ainda e por isso que não quis. assim, resolvi estudar por conta própria mas confesso que foi uma bela burrada. Estou sentido que vou pior preparado que o ano passado. Apesar do meu pais me esnobar e tal, ele queria pagar o cursinho novamente..era pra eu ter aceito e de preferencia a noite pois talvez eu encontrasse pessoas da minha idade. Vou fazer o ENEM este ano, mas confesso para vc que estou desanimado, varios pico de depressão e ansiedade foram visto durante a rotina de estudo..estava bem, mas tudo desandou no meio do ano infelizmente, me sinto tão velho com essa de vestibular ainda, isso que me faz muito mal.. se eu tivesse uma poupança talvez minha cabeça estivesse mais tranquila para isso.

Assim, estou pensando logo em entrar em uma Facul particular mesmo, pois para Federal infelizmente as minhas condições psicológicas e idade estão me atrapalhando muito a fazer um estudo de qualidade.. mas ai vem a duvida que me fez criar o topico.
 

 

Editado por GuileBR
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

História muito parecida com a minha,acho que todo mundo fica perdido em certos momentos da vida,sei saber o que fazer.

Você tem refleti o que você realmente quer( independência financeira,estudo,shape,mulher......)e i atrás,não aguenta mais seus pais enchendo saco,arruma um emprego e sai da assa deles se for o caso.

 

Livros que eu recomendo você ler para ajudar no seu dilema:

Logoterapia e Análise Existencial por Viktor E.Frankl

Em Busca De Sentido por Viktor E.Frankl

A Busca de Deus e Questionamentos Sobre o Sentido por Viktor E.Frankl

 

espero ter ajudado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que a primeira coisa que você tem que fazer é parar de se vitimizar.. Leia seu texto com olhar crítico, seu jeito de escrever é triste,sem perspectivas. Na minha opinião, antes de mais nada você deve estar bem consigo mesmo pra depois tomar alguma atitude.  Você está na mesma situação que meu irmão.. e vou te dar o mesmo conselho que dou pra ele. Não tenha medo de tomar atitude, a vida é uma só e  enquanto você perde tempo por medo, receio sua vida vai passando. Pare de achar que não é capaz, você nem fez o ENEM e já está achando que vai mal, trabalhe duro e faça seu melhor sempre. Não sei te aconselhar quanto ao curso ( até porque me parece que nem você sabe ainda), mas independente do que for fazer, faça com garra e vontade.. E mesmo que não consiga, a sensação não será de perda e sim de aprendizado. Eu também tinha muito medo de sair da zona de conforto ( E confesso que não é fácil sair dela, mas se quiser evoluir terá que aprender a vencer seus medos). Já pensou em seguir carreira militar? Acho que seria uma boa pra você, te traria uma visão mais ampla.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

5 horas atrás, GuileBR disse:

não sei o que faço, vou logo para facul com meu pai disposto a pagar ? ou trabalho e faço poupança ? "aaah pq não os dois" isso com certeza vai depender do emprego certo ? e pra uma pessoa que não tem quase nada de experiencia, é bem provavel que pegue algo que pode afetar os estudos.. estou com psicológico abatido e essa situação me corrói a cada dia. vejo amigos que era da minha infancia progredindo seja no trabalho e facul eu aqui na mesma. isso me faz forçadamente isolar o contato com eles por pura vergonha..mas não era isso que queria.  por favor, me ajudem! =(
serei grato para vida toda por me ajudarem a sair do meu pior momento!

 

 


Tá amigo, vamos por partes ok?

 

Você ja deu o primeiro passo de reconhecer sua situação e desejar uma melhora, isso é algo fundamental para você sair da lama.

Eu destaquei na citação acima, uma frase que demonstra exatamente como você se afunda ainda mais sem necessidade, veja, por qual motivo você esta se comparando a outros? E dai que eles estão fazendo algo a mais e você não? Ninguém é superior a ninguém cara, eles podem estar com um psicológico mais fudido que o seu e simplesmente não demonstram, ou você acha que o cara que é rico ou tem tudo do bom e do melhor é extremamente feliz? 


Se você pensa em estudar então pressuponho que goste de algo e se veja fazendo isso no futuro certo? Se tu for estudar pra ocupar seu tempo e mostrar pro seu ego ferido que esta tentando fazer algo legal... não cara, não faça isso, mentir para si mesmo é a pior merda que você vai fazer e te garanto, a bola de neve vai vir potente e destruir ainda mais o que você é.

Vamos a outros detalhes, estudo e conhecimento são as maneiras mais eficientes que te libertam das algemas da ignorância cara, aceite isso e procure começar a ler mais, ocupar sua mente com assuntos diversos ou porque não daquilo que você já gosta? É essencial você aumentar seu conhecimento começando pelo que gosta, isso te trará prazer e consequentemente, ira expandir para outros assuntos. 

Não se vitimize porra!, Voce ta se achando um bosta? fracassado? Não cara, oportunidades a vida irá te dar mas, 90% serão conquistadas com trabalho pesado.

Depois de ler isso você ainda ta pra baixo? Bom, palavras são so palavras certo? Mas vou compartilhar com você uma experiencia pessoal, exemplos são as melhores fontes de inspiração, se quiser ler deixarei no spoiler

 

Spoiler

Quando eu frequentava o ensino médio fraturei meu ante-braço, tive uma fratura exposta e ele literalmente entortou... depois de 3 dias com o braço apenas com uma tala mal feita, consegui uma operação na santa casa de emergência, os médicos diziam que eu poderia perder o braço devido ao tempo que ele se encontrava assim, sabe o o que eu pensei na hora? Não foi na bronha não... eu simplesmente pensei: FODA-SE, eu tenho outro !

Resolvido isso, fiquei um ano parado sem esforço físico - jogava vólei, futebol, basquete diariamente -. Até ai tudo bem, o problema foram as consequências, eu tive uma reação alérgica a medicação que explodiu no meu peitoral, parecia um câncer de pele, fazia bolhas, sangrava, saia pus... enfim um inferno, agora tu imagina usar camiseta branca e essa merda sangrando? e a vergonha da galera comentando e te zuando? E você ter que falar que caiu ketchup sem nem ter comido nada no intervalo!!!!!! kkkk foda.... Agora imagina essa alergia atacar seus pés e você acordar com eles trincados e sangrando? delicia ne? Acha que fiquei reclamando e chorando imaginando que podia ter uma vida melhor, que o meu amigo tava feliz comendo as guria da escola? Não perdi tempo com isso, simplesmente tolerei e segui em frente, desenvolvi um caráter mais forte por suportar coisas que os outros não imaginavam e me fortaleci com isso. Hoje tenho uma convicção mais forte e uma teimosia em acreditar que sou capaz de fazer coisas impossíveis e até estupidas, lapidei isso por passar por muito "bullyng" queto, sem revidar, apenas ouvindo e tolerando dia apos dia. 
Na época estudei, fiz curso tecnico na area de informatica, cheguei a dar aulas particular de webdesing no senai e larguei tudo pra trabalhar com pessoas,  da pra acreditar? não né, pois é, você achou alguem mais estupido que você.! Fui pro amaldiçoado callcenter, trabalhei por longos 7 anos nisso, ajudei milhares de pessoas, fui exemplo de dedicação e esforço para muitos, tinha o prazer de ajudar e ainda o tenho, descobri naquilo que odiava o caminho para minha própria felicidade, socializar e ajudar outras pessoas. E como você consegue tudo isso? Porra cara, ta na hora de você abrir os olhos para si mesmo não para a grama do vizinho, entra na sua mente e procure entender o que aconteça, reflita, auto-critique e pesquisa, procure entender tudo que te cerca. 
Na minha epoca não havia internet como hoje, eu passava 7 horas andando no quarto ouvindo musica e refletindo sobre sobre tudo, sobre o que eu tinha feito, como fazer diferente, quais reações isso daria, o que ouvia na radio, porque disso e daquilo... enfim, foi uma longa jornada, hoje estou desempregado... 7 meses quase, estou estudando e achei algo que me agrada nos estudos, não vejo a hora de me capacitar para motivar outras pessoas, abrir a mente e fazer com quem elas saiam dessa matrix alienadora que existe hoje. 
Outra coisa... lembre-se disso:

Não deixe que a opinião de outros sobre você, se torna sua realidade
 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

14 horas atrás, GuileBR disse:

Mas essa é minha duvida, a facul será financiada pelo meu coroa ( que vergonha 

Vergonha do que amigo? Quando tu tiver um filho, vai querer pagar facul, viagem e até mulher pra ele. Tem certas coisas que a gente consegue sozinho, mas não é pq seu pai vai pagar sua facul que vai tirar seu mérito não pelo contrário, é um comprometimento a mais pra vc se dedicar!

 

Primeira coisa e sair da zona de conforto e além disso, você não precisa de motivação precisa de DISCIPLINA. Por isso a carreira militar e tão boa como a Fabi comentou acima. Mas você pode se disciplinar de vários jeitos, procure uma arte marcial onde a academia seja séria, você terá que respeitar os graus de faixas e graduações, respeitar o tatame e tudo mais. Faça as coisas no início por obrigação e depois torne-as lazer.

 

Você é o seu maior inimigo, você se sabota. Antes de fazer algo vc já está pensando que não vai dar certo poxa, mete a cara e vai e seja o que for. Não deu certo? Tenta outra coisa. Aliás, ninguém gosta de fazer algo que não sabe, pra você gostar de fazer algo vc tem q saber fazer e pra isso é necessário dedicação e mais disciplina. Quando você encontrar uma maneira de estudar que te agrade, vc vai passar a gostar.

 

Vergonha de contar sua história? Eu teria vergonha se eu já tivesse roubado alguém, traído a confiança de alguém, fosse desonesto, mentiroso entre outras coisas, agora, vergonha de ser quem eu sou, desde que eu seja honesto, simples e humilde eu não tenho. Tem um monte de gente com história de vida linda por ai, mas não contam na cabeça de quantos pisaram e quantos prejudicaram pra estar onde estão.

 

Esqueça a auto-ajuda que é comercializada, comece a ter pensamento crítico sobre as coisas, aprenda de tudo um pouco, saiba ficar calado e quando for preciso falar, fale, mesmo que machuque a outra pessoa, penso que é melhor tomar um tapa da verdade que um abraço da mentira.

 

Trabalhar e estudar? Você já está se limitando e tomando os OUTROS COMO EXEMPLO? Você só não vai fazer pq os outros não conseguiram?

 

A única ajuda médica que eu aconselho você a procurar é um psiquiatra para falar a respeito da ANSIEDADE, que ela pode ser sim MUITO prejudicial pra você, agora, quanto a depressão o primeiro passo é você querer sair.

 

Spoiler

Invictus

Dentro da noite que me rodeia

Negra como um poço de lado a lado

Agradeço aos deuses que existem

por minha alma indomável

 

Sob as garras cruéis das circunstâncias

eu não tremo e nem me desespero

Sob os duros golpes do acaso

Minha cabeça sangra, mas continua erguida

 

Mais além deste lugar de lágrimas e ira,

Jazem os horrores da sombra.

Mas a ameaça dos anos,

Me encontra e me encontrará, sem medo.

 

Não importa quão estreito o portão

Quão repletade castigo a sentença,

Eu sou o senhor de meu destino

Eu sou o capitão de minha alma.

http://www.nowmaste.com.br/invictus-o-poema-que-inspirou-nelson-mandela/

Poema do William Ernest Henley

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei se tu curte quadrinhos ou se conhece o Zen Pencil mas o trabalho dele é muito bom, da uma olhada. No final da pagina tem a seta > para ir para próxima história/poema : http://outrosquadrinhos.com.br/hq/lapis-zen/william-ernest-henley-invictus/

 

+1: http://outrosquadrinhos.com.br/hq/lapis-zen/theodore-roosevelt-o-homem-na-arena/

Editado por Paulinzor
+1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.
×
×
  • Criar Novo...