Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

OHP Behind The Neck - Causador de Lesões?


Minato Namikaze

Posts Recomendados

Olá pessoal,

 

Tenho sentido umas dores no ombro (mais especificamente na região que liga o acrômio e a clavícula) e desde então venho conjecturando quais são as possíveis causas para as dores. Via de regra, a dor, em especial em uma articulação como essa, é um sinal que nosso organismo nos fornece como indicador de que "algo está errado".

 

Minhas progressões de cargas foram extremamente cautelosas, executadas com muito cuidado até mesmo para evitar quaisquer lesões. A única dor que sinto é esta. Logo, fiz um levantamento dos exercícios que recrutam os deltóides. São eles:

  • Supino reto,
  • Paralelas,
  • Desenvolvimento militar por trás do pescoço.
  • Barra fixa,
  • Remada unilateral,
  • Agachamento livre low-bar.

 

A barra fixa, a remada e o agachamento focam os outros deltóides, lateral e posterior. A dor, embora não seja muscular, é mais na região do deltóide anterior. Isso me faz descartar estes exercícios como eventuais provocadores da minha possível lesão.

 

Restaram supino, paralelas e o OHP. Sinceramente, eu acho que as dores estão ocorrendo devido ao OHP por trás da nuca. Após pesquisar, realmente encontrei várias pessoas relatando eventuais lesões decorrentes do OHP por trás da nuca. Segue o vídeo abaixo:

 

 

Para quem não consegue escutar e entender muito bem o que ele diz, resumidamente, ele fala que, para os desenvolvimentos, temos de colocar os ombros em uma posição denominada de Plano Escapular, o que não acontece com o OHP behind the neck. Segundo ele, os ombros devem formar uma angulatura de 30º, o que não ocorre no OHP por trás da nuca, cuja angulatura seria 0º ou um número bem próximo de zero. Em 2:15 ele mostra o movimento natural dos ombros em 30º.

 

Novamente, em 2:45 até 3:10, ele mostra o movimento natural do ombro em um desenvolvimento militar clássico, enquanto, entre 3:12 e 3:52, ele mostra que há uma rotação exagerada do ombro, além de haver uma compressão enorme do tendão no acrômio. Como ele disse, a dor não é sentida na primeira vez, mas sim com a repetição do movimento prejudicial à articulação através dos anos.

 

Concordam? Têm algo a acrescentar? Ou discordam?

 

Creio que a solução seja trocar esse movimento por um desenvolvimento frontal comum.

 

Abraço! 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

Cara, o melhor exercicio que ja fiz na vida para ombros ( aquele que eu senti a cabeça medial e posterio meio que isoladas) foi o klocov press.

Sinto que pela pegada ser aberta o meu ombros falhavam antes do triceps, sentia um grande fadiga neles e nunca senti dor.

Mas também éra bem dificil de progredir nele. Nunca passei dos 50~60kgs.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Já zuei meus dois ombros, o esquerdo zuei no supino reto (tendinite) e o direito zuei nas paralelas (sindrome do impacto), nunca foi pelos desenvolvimentos. De qualquer forma, por precaução eu faço apenas o desenvolvimento frontal e também o Klokov as vezes (klokov é similar ao por trás, mas a pegada aberta diminui o ROM e foca mais nos deltoides lateral e anterior, nunca senti que poderia me lesionar). Não sou expert e nem gigante, mas conheço muita gente com ombro bola que só faz desenvolvimento frontal, não acho que você vai perder muito se mudar pra ele.

Mas recomendo ficar de olho nas paralelas também e checar se o movimento no supino está correto (escápulas retraidas, etc.)

Editado por Quântico
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 hours ago, Minato Namikaze said:

Concordam? Têm algo a acrescentar? Ou discordam?

O perigo depende da mobilidade dos ombros da pessoa e/ou de lesões preexistentes.

 

Se a pessoa n possui nenhum problema nas articulações do ombro.. e trabalhar em uma progressão lenta de cargas (entenda-se lenta como sem abusos), para dar o devido tempo de adaptação... Provavelmente n dará em nada...

Tem muito cara que faz isso a vida inteira sem lesões, mas tbm tem muito caboclo que vai se foder no primeiro mês fazendo esses exercícios..

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

29 minutos atrás, Quântico disse:

Já zuei meus dois ombros, o esquerdo zuei no supino reto (tendinite) e o direito zuei nas paralelas (sindrome do impacto), nunca foi pelos desenvolvimentos. De qualquer forma, por precaução eu faço apenas o desenvolvimento frontal e também o Klokov as vezes (klokov é similar ao por trás, mas a pegada aberta diminui o ROM e foca mais nos deltoides lateral e anterior, nunca senti que poderia me lesionar). Não sou expert e nem gigante, mas conheço muita gente com ombro bola que só faz desenvolvimento frontal, não acho que você vai perder muito se mudar pra ele.

Mas recomendo ficar de olho nas paralelas também e checar se o movimento no supino está correto (escápulas retraidas, etc.)

 

A minha execução no supino segue bem o que você disse. Faço a curvatura na lombar, retraio as escápulas, conforme a "regra" manda. Por outro lado, pensando bem, talvez as paralelas também estejam contribuindo para as dores. Sinceramente, pensando em como executo o exercício, vejo que, possivelmente, eu ultrapasso a "zona de ativação do tríceps", isto é, desço mais do que o necessário, de modo que os ombros deixam de ser sinergistas e passam a agir como agonistas, em uma posição um tanto quanto anatomicamente desfavorável para a articulação.

 

Vou rever e tentar melhorar esta execução também.

 

Agradeço pela contribuição.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 minutos atrás, John Reaper disse:

O perigo depende da mobilidade dos ombros da pessoa e/ou de lesões preexistentes.

 

Se a pessoa n possui nenhum problema nas articulações do ombro.. e trabalhar em uma progressão lenta de cargas (entenda-se lenta como sem abusos), para dar o devido tempo de adaptação... Provavelmente n dará em nada...

Tem muito cara que faz isso a vida inteira sem lesões, mas tbm tem muito caboclo que vai se foder no primeiro mês fazendo esses exercícios..

 

 

Concordo plenamente com o que você disse. Minhas progressões foram de 1kg por lado a cada treino e, até 0,5kg por lado a cada treino. Progredi de maneira bem cautelosa.

 

Qual sua posição diante do autor do vídeo? Concorda que o OHP por trás da nuca causa compressão do tendão em contato com o acrômio? 

 

Muito obrigado pelo post.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

6 minutes ago, Minato Namikaze said:

Qual sua posição diante do autor do vídeo? Concorda que o OHP por trás da nuca causa compressão do tendão em contato com o acrômio? 

N abre vídeo aqui...
Mas imagino que no mínimo o subescapular vai estar sendo estirado ao limite... Colocando uma carga para ser sustentada nessa posição, o risco de lesão aumenta...

 

Eu, não trabalho nem com carga muito alta e poucas reps, nem carga muito baixa e muitas reps nessa posição... Desenvolvimento por trás do pescoço eu trabalho no range de 8~12... E se alguma vez senti dor onde não devia, parava imediatamente..

 

Ganho por ganho, acredito que não há nenhuma vantagem relevante, portanto pra muitos seria um risco completamente desnecessário..

 

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só um dica, eu também ja senti dor no ombro bem aonde você disse, fazendo supino.

Tente focar também na depressão da escapulas, não apenas na retração.

Retração, depois depressão, depois gira o úmeros para dentro ( rotação interna) e assim você consegue uma ativação melhor das costas, fica mais estável e fica impossível de se lesionar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.
×
×
  • Criar Novo...