Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Stanozololand + durateston (landerlan) colesterol ruim


De Lorenzi

Posts Recomendados

Fala jovens , tudo certo ?! 

Como sempre nós motivamos muito mais pela estética do que saúde, acabei iniciando um ciclo de Stanozolol conforme abaixo

Stanozololand: 30mg por dia - 8 h 

durateston 250mg: 1 vez por semana. 

 

Estou na terceira semana e ao fazer os exames o HDL esta em 16 e o LDL em 156. 

 

Já li relatos de que para o stano é "normal". Estou aguardando o médico para averiguar . Mas gostaria de saber se tem alguma forma de proteger ou tentar regulazirar o colesterol. Outra coisa, valeria a pena terminar a semana , fazer o tpc e ciclar com oxandrolona , ou até mesmo substituir o stano pela oxan? 

 

minha previsão é fazer mais 2 semanas de ciclo. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

  • Supermoderador

Eu poderia resumir a resposta em três palavras: "TÁ TUDO ERRADO".

 

Stanozolol é uma droga de uso, digamos, peculiar. Não é algo que você já sai ciclando logo de cara com ela. O contexto para seu uso deve ser mais específico, como, por exemplo, um atleta nas últimas semanas de preparação. Da mesma forma, usuários que não são atletas também podem utilizar, mas a chance é muito menor justamente porque não chegam ao nível de competição, não se fazendo necessário o uso dessa droga. Inclusive, também tem muito atleta que já alcança uma condição muito boa sem utilizar essa droga.

 

O que você deve ter certeza é de que realmente essa droga vai te prejudicar, então esse prejuízo deve valer muito a pena. Por isso que são poucas pessoas que realmente poderão fazer seu uso e ainda por pouco tempo (no final do processo e não no início como você fez).

 

Respondendo suas dúvidas agora...

 

Sim, essa bagunça no perfil lipídico e também no metabolismo hepático é mais do que esperado. Estranho seria se isso não ocorresse rs.

 

Sobre melhorar o perfil lipídico, tudo que melhora os números nos exames bioquímicos não melhora, de fato, o indivíduo. Todos os fármacos que fazem isso, não reduzem o risco de mortalidade. Acredito que o mais correto seria pensar nos seus hábitos alimentares, mantendo uma dieta limpa e adequada e também a prática de atividade aeróbica. Também pode ser interessante o uso de antioxidantes, visando o que chamam de "proteção de peroxidação lipídica". O uso de N-acetilcisteína (NAC) é usado nesse contexto, mas não lembro de ver real evidência sobre seu uso nesse sentido (pode ser falta de pesquisa da minha parte mesmo rs).

 

Quando eu vejo casos como esse, eu acredito que o mais prudente a se fazer é dar um "reset". Ou seja, fica em cruise por um a dois meses, readapta o teu metabolismo com uma ingestão calórica similar ao teu gasto enquanto isso e, então, recomeça o processo, mas da forma correta dessa vez. O uso de oxandrolona pode ser uma boa nesse caso.

 

Ah... e se tem pretensões de ciclar tão brevemente, é perda de tempo, dinheiro e saúde fazer TPC. Fique em cruise ou até mesmo faça uma TRT. 

Editado por cassioramos.cr
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 28/04/2022 em 09:11, cassioramos.cr disse:

Eu poderia resumir a resposta em três palavras: "TÁ TUDO ERRADO".

 

Stanozolol é uma droga de uso, digamos, peculiar. Não é algo que você já sai ciclando logo de cara com ela. O contexto para seu uso deve ser mais específico, como, por exemplo, uma atleta nas últimas semanas de preparação. Da mesma forma, usuários que não são atletas também podem utilizar, mas a chance é muito menor justamente porque não chegam ao nível de competição, não se fazendo necessário o uso dessa droga. Inclusive, também tem muito atleta que já alcança uma condição muito boa sem utilizar essa droga.

 

O que você deve ter certeza é de que realmente essa droga vai te prejudicar, então esse prejuízo deve valer muito a pena. Por isso que são poucas pessoas que realmente poderão fazer seu uso e ainda por pouco tempo (no final do processe e não no início como você fez).

 

Respondendo suas dúvidas agora...

 

Sim, essa bagunça no perfil lipídico e também no metabolismo hepático é mais do que esperado. Estranho seria se isso não ocorresse rs.

 

Sobre melhorar o perfil lipídico, tudo que melhora os números nos exames bioquímicos não melhora, de fato, o indivíduo. Todos os fármacos que fazem isso, não reduzem o risco de mortalidade. Acredito que o mais correto seria pensar nos seus hábitos alimentares, mantendo uma dieta limpa e adequada e também a prática de atividade aeróbica. Também pode ser interessante o uso de antioxidantes, visando o que chamam de "proteção de peroxidação lipídica". O uso de N-acetilcisteína (NAC) é usado nesse contexto, mas não lembro de ver real evidência sobre seu uso nesse sentido (pode ser falta de pesquisa da minha parte mesmo rs).

 

Quando eu vejo casos como esse, eu acredito que o mais prudente a se fazer é dar um "reset". Ou seja, fica em cruise por um a dois meses, readapta o teu metabolismo com ingestão calórica similar ao teu gasto enquanto isso e, então, recomeça o processo, mas da forma correta dessa vez. O uso de oxandrolona pode ser uma boa nesse caso.

 

Ah... e se tem pretensões de ciclar tão brevemente, é perda de tempo, dinheiro e saúde fazer TPC. Fique em cruise ou até mesmo faça uma TRT. 

Eu só passei de curioso, e ganhei uma aula grátis! Muito bom, e obrigado!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Supermoderador
Em 28/04/2022 em 09:16, Torv1 disse:

Eu só passei de curioso, e ganhei uma aula grátis! Muito bom, e obrigado!

Sempre bom poder agregar, irmão. Grato pelo feedback! TMJ!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 28/04/2022 em 09:11, cassioramos.cr disse:

Eu poderia resumir a resposta em três palavras: "TÁ TUDO ERRADO".

 

Stanozolol é uma droga de uso, digamos, peculiar. Não é algo que você já sai ciclando logo de cara com ela. O contexto para seu uso deve ser mais específico, como, por exemplo, um atleta nas últimas semanas de preparação. Da mesma forma, usuários que não são atletas também podem utilizar, mas a chance é muito menor justamente porque não chegam ao nível de competição, não se fazendo necessário o uso dessa droga. Inclusive, também tem muito atleta que já alcança uma condição muito boa sem utilizar essa droga.

 

O que você deve ter certeza é de que realmente essa droga vai te prejudicar, então esse prejuízo deve valer muito a pena. Por isso que são poucas pessoas que realmente poderão fazer seu uso e ainda por pouco tempo (no final do processo e não no início como você fez).

 

Respondendo suas dúvidas agora...

 

Sim, essa bagunça no perfil lipídico e também no metabolismo hepático é mais do que esperado. Estranho seria se isso não ocorresse rs.

 

Sobre melhorar o perfil lipídico, tudo que melhora os números nos exames bioquímicos não melhora, de fato, o indivíduo. Todos os fármacos que fazem isso, não reduzem o risco de mortalidade. Acredito que o mais correto seria pensar nos seus hábitos alimentares, mantendo uma dieta limpa e adequada e também a prática de atividade aeróbica. Também pode ser interessante o uso de antioxidantes, visando o que chamam de "proteção de peroxidação lipídica". O uso de N-acetilcisteína (NAC) é usado nesse contexto, mas não lembro de ver real evidência sobre seu uso nesse sentido (pode ser falta de pesquisa da minha parte mesmo rs).

 

Quando eu vejo casos como esse, eu acredito que o mais prudente a se fazer é dar um "reset". Ou seja, fica em cruise por um a dois meses, readapta o teu metabolismo com uma ingestão calórica similar ao teu gasto enquanto isso e, então, recomeça o processo, mas da forma correta dessa vez. O uso de oxandrolona pode ser uma boa nesse caso.

 

Ah... e se tem pretensões de ciclar tão brevemente, é perda de tempo, dinheiro e saúde fazer TPC. Fique em cruise ou até mesmo faça uma TRT. 

Valeu Cassiano, ótima explicação! Abriu bem os olhos. 

Conversei com o medico, paramos com o stano e Manteremos o TRT. 

 

A questão do colesterol, que me assustou muito, no meu caso, segundo ele é esperar que irá normalizar. O principal resultado abrupto foi contribuído devido a uma inflamação no joelho. 

 

Mas enfim agora é focar na dieta que o shape vem. 

 

Valeu abração e obrigado novamente.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 27/04/2022 em 22:04, De Lorenzi disse:

Estou na terceira semana e ao fazer os exames o HDL esta em 16 e o LDL em 156.

 

Eu me preocuparia mais com esse LDL na casa do caralho. 

A maioria dos esteroides só vai reduzir o HDL.

 

Só parar de tomar que regulariza. A curto prazo é dificil dar merda, colesterol ferra no longo prazo.

 

Em 28/04/2022 em 11:27, De Lorenzi disse:

O principal resultado abrupto foi contribuído devido a uma inflamação no joelho. 

 

Agradece que n tem hérnia de disco, stanozolol me deixou quase cadeirante e o joelho virou uma farofa

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 28/04/2022 em 09:11, cassioramos.cr disse:

Eu poderia resumir a resposta em três palavras: "TÁ TUDO ERRADO".

 

Stanozolol é uma droga de uso, digamos, peculiar. Não é algo que você já sai ciclando logo de cara com ela. O contexto para seu uso deve ser mais específico, como, por exemplo, um atleta nas últimas semanas de preparação. Da mesma forma, usuários que não são atletas também podem utilizar, mas a chance é muito menor justamente porque não chegam ao nível de competição, não se fazendo necessário o uso dessa droga. Inclusive, também tem muito atleta que já alcança uma condição muito boa sem utilizar essa droga.

 

O que você deve ter certeza é de que realmente essa droga vai te prejudicar, então esse prejuízo deve valer muito a pena. Por isso que são poucas pessoas que realmente poderão fazer seu uso e ainda por pouco tempo (no final do processo e não no início como você fez).

 

Respondendo suas dúvidas agora...

 

Sim, essa bagunça no perfil lipídico e também no metabolismo hepático é mais do que esperado. Estranho seria se isso não ocorresse rs.

 

Sobre melhorar o perfil lipídico, tudo que melhora os números nos exames bioquímicos não melhora, de fato, o indivíduo. Todos os fármacos que fazem isso, não reduzem o risco de mortalidade. Acredito que o mais correto seria pensar nos seus hábitos alimentares, mantendo uma dieta limpa e adequada e também a prática de atividade aeróbica. Também pode ser interessante o uso de antioxidantes, visando o que chamam de "proteção de peroxidação lipídica". O uso de N-acetilcisteína (NAC) é usado nesse contexto, mas não lembro de ver real evidência sobre seu uso nesse sentido (pode ser falta de pesquisa da minha parte mesmo rs).

 

Quando eu vejo casos como esse, eu acredito que o mais prudente a se fazer é dar um "reset". Ou seja, fica em cruise por um a dois meses, readapta o teu metabolismo com uma ingestão calórica similar ao teu gasto enquanto isso e, então, recomeça o processo, mas da forma correta dessa vez. O uso de oxandrolona pode ser uma boa nesse caso.

 

Ah... e se tem pretensões de ciclar tão brevemente, é perda de tempo, dinheiro e saúde fazer TPC. Fique em cruise ou até mesmo faça uma TRT. 

Grande aula! E ele não disse por quanto tempo pretende usar pra gnt saber o tamanho do estrago. Atletas se preparam com ox e só colocam o stano nas últimas semanas como vc msm falou! Eu usei stano na época do rwr com o gado no rótulo, velhos tempos de loucura kkkk

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Supermoderador
Em 28/04/2022 em 22:21, Antisshape disse:

Grande aula! E ele não disse por quanto tempo pretende usar pra gnt saber o tamanho do estrago. Atletas se preparam com ox e só colocam o stano nas últimas semanas como vc msm falou! Eu usei stano na época do rwr com o gado no rótulo, velhos tempos de loucura kkkk

Você também usou ciclo 6 ou era algo da GC? Espero que nao tenha usado testogar 🤣

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...