Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Cloridrato de Paroxetina/ Fluoxetina - Sua interações, colaterais e meu Relato com o uso


Posts Recomendados

Algumas pessoas fazem uso de medicamentos anti-depressivos como o cloridrato de paroxetina ou a fluoxetina em que ambos são muito comuns e tem uma cadeia molecular bem próxima, gerando praticamente os mesmos efeitos mesmos colaterais e as mesmas interações.

Vou fazer um breve relato de meu uso e em seguida farei algumas perguntas a vocês

Estava numa depressão tão forte, muitas vezes questionava até me matar, não conversava com os familiares e não sentia basicamente prazer em nada que fazia.

Após uma consulta com a psiquiatra ela me receitou esse remédio milagroso, que de inicio me deu apenas um sono profundo e um cansaço intenso, e a libido caiu la em baixo,  nada melhorava.

Após a 3 semana de uso o cansaço sumiu, a leseira foi embora, minha libido voltou aos níveis normais, as cores ficaram mais intensas, eu sentia prazer novamente em interagir com as pessoas, jogar videogame, correr, treinar, até estudar. ESTAVA VIVENDO DE NOVO!

Por 2 anos eu me casei com esse remédio e nunca tive recaídas durante seu uso, nunca precisei aumentar as dosagens, como único efeito colateral tive uma perda de rigidez na ereção, o que me preocupava bastante, pois no momento aquilo ainda era bem tolerável, eu conseguia transar normalmente, e o sexo durava horas poís a sensibilidade da glande estava bem reduzida, mas eu sentia prazer.

Fui tomado por um medo tão grande desse efeito na ereção ser cumulativo e após alguns 10 anos usando não conseguisse mais ter ereções e ficasse potencialmente inativo, tendo que tomar outros remédios estimulantes para transar de novo.

Cessei o uso do medicamento.

Fiquei 4 meses vivendo minha vida normalmente, nesse tempo minhas ereções não voltaram a ser o que eram antes do uso, o efeito da sensibilidade permaneceu assim, digamos que minha ejaculação precoce não existe mais, pois agora levo no minimo meia hora para ejacular, com o uso do medicamento levava cerca de 1 hora transando.

Após esses quatro meses estava sentindo minha serotonina baixa de novo, já estava com pensamentos ruins e negativos da vida, estava perdendo de novo a motivação de viver.

Fui na psiquiatra de novo e pedi para voltar com o tratamento.

Fiquei mais 1 ano usando, vivendo minha vida normalmente, feliz, sorrindo. 

Numa dessas consultas com a psiquiatra ela me propôs a ideia de parar a medicação e observar os efeitos no meu psicológico, se tivesse recaídas voltaria o tratamento.

Atualmente estou 5 meses sem tomar, mas já sinto novamente meu psicológico baixo, meio triste, emotivo, infelizmente minha depressão é cronica, posso não estar deprimido como antes, mas eu ainda me sinto triste algumas partes do dia.

Penso em voltar com o tratamento ano que vem, mas tenho algumas dúvidas:

1- Alguns de vocês que fazem/ fizeram o uso, sentiram efeitos permanentes sobre a ereção/ sensibilidade

2- Pretendo fazer um ciclo no fim do ano que vem, existem drogas que interagem com esse medicamente, drogas que não posso usar?

3- Sentiram, ou sentem, presenciaram algum colateral além desses que citei?

 

Comente, relate, pergunte, sua opinião sera importante pra mim

Obrigado

Editado por Gorilla_Bencher
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

Já fiz uso por 3 anos de Pondera (Paroxetina), sendo que tive intervalo de 1 ano. O remédio realmente é milagroso para quem tem esses problemas de verdade.

 

1- Alguns de vocês que fazem/ fizeram o uso, sentiram efeitos permanentes sobre a ereção/ sensibilidade

Quanto a ereção, nunca percebi, ele pode ter diminuído a intensidade da ereção durante as épocas de baixíssima libido, mas bastava ficar algumas semanas sem transar ou me masturbar que ela vinha com força. A Sensibilidade durante era baixíssima, e ao descontinuar, ela foi aumentando, porém até hoje (aprox. 2 anos), tenho uma certa demora mas com controle, coisa que eu não tinha. Nesse sentido não me atrapalhou em nada. Não sei se ele pode causar impotência a longo prazo, mas reveja hábitos, pode não ser o seu caso, mas pornografia em excesso traz esse tipo de problema.

 

2- Pretendo fazer um ciclo no fim do ano que vem, existem drogas que interagem com esse medicamente, drogas que não posso usar?

Não sei te responder em relação a ciclo, mas drogas ilícitas e alcool além de interagirem com o efeito da medicação, atrapalha e muito a finalidade do uso.

 

3- Sentiram, ou sentem, presenciaram algum colateral além desses que citei?

Eu sentia muita fome.

 

A última vez que eu tomei, eu tive que parar porque estava num estágio que me dava MUITO sono e letargia, sendo impraticável continuar, apesar de todos benefícios, fui para o Wellbutrin XL que ajudava na depressão mas quase nada na ansiedade, para alguns ele até aumenta, mas foi bem aceito.

 

Aconselho você a voltar e tentar refletir sobre seus hábitos, sobre o que você considera problemas, o que te deixa nervoso e desanimado, pois sabendo trabalhar isso você vai conseguir levar uma vida normal sem ele. Lembre-se que ele é um dos antidepressivos mais potentes que existe, sendo que a maioria das pessoas reage bem, no geral é um remédio muito seguro, se os colaterais te pertubam você pode sugerir seu médico trocar como eu fiz. Se seu problema for mais depressão do que ansiedade, WellButrin XL pode ser uma boa. O Pondera para ansiedade é uma bala de canhão.

 

Força e boa sorte.

Editado por TVS
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

21 horas atrás, TVS disse:

Já fiz uso por 3 anos de Pondera (Paroxetina), sendo que tive intervalo de 1 ano. O remédio realmente é milagroso para quem tem esses problemas de verdade.

 

1- Alguns de vocês que fazem/ fizeram o uso, sentiram efeitos permanentes sobre a ereção/ sensibilidade

 

Quanto a ereção, nunca percebi, ele pode ter diminuído a intensidade da ereção durante as épocas de baixíssima libido, mas bastava ficar algumas semanas sem transar ou me masturbar que ela vinha com força. A Sensibilidade durante era baixíssima, e ao descontinuar, ela foi aumentando, porém até hoje (aprox. 2 anos), tenho uma certa demora mas com controle, coisa que eu não tinha. Nesse sentido não me atrapalhou em nada. Não sei se ele pode causar impotência a longo prazo, mas reveja hábitos, pode não ser o seu caso, mas pornografia em excesso traz esse tipo de problema.

 

2- Pretendo fazer um ciclo no fim do ano que vem, existem drogas que interagem com esse medicamente, drogas que não posso usar?

 

Não sei te responder em relação a ciclo, mas drogas ilícitas e alcool além de interagirem com o efeito da medicação, atrapalha e muito a finalidade do uso.

 

3- Sentiram, ou sentem, presenciaram algum colateral além desses que citei?

 

Eu sentia muita fome.

 

A última vez que eu tomei, eu tive que parar porque estava num estágio que me dava MUITO sono e letargia, sendo impraticável continuar, apesar de todos benefícios, fui para o Wellbutrin XL que ajudava na depressão mas quase nada na ansiedade, para alguns ele até aumenta, mas foi bem aceito.

 

Aconselho você a voltar e tentar refletir sobre seus hábitos, sobre o que você considera problemas, o que te deixa nervoso e desanimado, pois sabendo trabalhar isso você vai conseguir levar uma vida normal sem ele. Lembre-se que ele é um dos antidepressivos mais potentes que existe, sendo que a maioria das pessoas reage bem, no geral é um remédio muito seguro, se os colaterais te pertubam você pode sugerir seu médico trocar como eu fiz. Se seu problema for mais depressão do que ansiedade, WellButrin XL pode ser uma boa. O Pondera para ansiedade é uma bala de canhão.

 

Força e boa sorte.

 

1- Eu não tive uma queda tao forte na ereção, foi bem baixa, mas notável, nunca tive problemas para transar ou pelo contrario, minha libido ate aumentou com o tempo, meu medo mesmo era dele ser cumulativo, e apos um bom tempo de uso ir notando problemas maiores.

 

2- Eu tinha costume de interagir com alcool, mas nunca tive problemas maiores, não notáveis nessa parte.

Mas não sentia muita vontade de beber então nunca chegava a ficar realmente bebado, porque a serotonina já fazia me sentir bem.

Li algo sobre a interação com o tamoxifeno, o que explica que provavelmente durante o uso de AEs, e na tpc deva cessar o uso, consigo controlar tranquilo, acho que vai ser necessário.

 

3- Eu senti fome no inicio, depois minha fome se manteve como estava antes, nada anormal.

Nao cogito nesse momento ainda trocar totalmente de formula, talvez pense em trocar da parox. para a fluox. devido a quantidade maior de pesquisas sobre a segunda e pela facilidade de recorrer a algum problema quanto a ela.

 

Obrigado pelo feeling +1

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

acho que o pós ciclo pode agravar ainda mais essa tua depressão, eu não ciclaria se n fosse entrar em cruise ou usar algo muito sutil tipo oxandrolona + low test (ainda assim correndo o risco de um rebote quando terminar), vai ter que caprichar na tpc

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 17/12/2016 at 20:49, cosmic disse:

acho que o pós ciclo pode agravar ainda mais essa tua depressão, eu não ciclaria se n fosse entrar em cruise ou usar algo muito sutil tipo oxandrolona + low test (ainda assim correndo o risco de um rebote quando terminar), vai ter que caprichar na tpc

Vou mandar uma testo e uma diana junto.

Dou um intervalo e apos uma meia vida inteira volto com a paroxetina. Vou suspender durante o uso.

Acho que e o melhor a se fazer

 

Editado por Gorilla_Bencher
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...