Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Analgésicos E Como Eles Funcionam


Aless

Posts Recomendados

  • Supermoderador

Paracetamol e a analgesia

paracetamol-molecula-460.jpg

A caveira foi utilizada apenas como uma licença artística, e não como uma forma de amedrontar as pessoas sobre o uso do paracetamol como um medicamento. Claro, que como todo medicamento existem doses adequadas para uso diário. E ultrapassar as doses máximas pode significar algum risco para a saúde; principalmente para o fígado no qual pode ocorrer o aparecimento de um sub-produto do metabolismo do paracetamol, chamado de NAPQI (N-acetil-p-benzo-quinona imina). O NAPQI pode aparecer no metabolismo e rapidamente é neutralizado, mas em algumas situações isto pode não ocorrer, resultando em um insuficiência hepática.
Portanto, mesmo no uso de um medicamento tão corriqueiro como o paracetamol um médico deve ser consultado, e as doses diárias recomendadas para o caso em específico não devem ser ultrapassadas.
A popularidade do paracetamol deve-se em parte à não causar tanta irritação gástrica como ocorre no uso do ácido acetil salicílico (aspirina).
Vídeo do Professor Dave, da Universidade de York na Inglaterra, explicando a química relacionada com alguns analgésicos, e entre eles está o paracetamol.
O vídeo tem legendas em português. Ative as legendas no próprio vídeo (comandos no vídeo embutido).

Fonte: http://www.gluon.com.br/blog/2013/11/30/paracetamol-e-a-analgesia/

PS¹: Tem um gráfico bem interessante em 8:15

PS²: Vejam a observação dele sobre o paracetamol - se ele fosse descoberto hoje em dia, possivelmente seria proibido começar a vender ele, mas utilizar nas doses recomendadas, ele é seguro.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

Não sou químico, e consegui nomear as funções _o/\o/\o_

Acrescentando alguma coisa, uma vez eu vi uma entrevista de um médico que afirmou que para a dengue, seria pior se medicar com paracetamol do que com aspirina. Apesar da questão da hemorragia, a dengue debilita o fígado, sendo os resultados da toxidade piores.

Editado por Shapudo
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante usuario_deletado1423

Bem, como tenho pouco conhecimento em química não entendi certas partes do vídeo... Mesmo assim não deixa de ser bem esclarecedor.

A caveira foi utilizada apenas como uma licença artística, e não como uma forma de amedrontar as pessoas sobre o uso do paracetamol como um medicamento. Claro, que como todo medicamento existem doses adequadas para uso diário. E ultrapassar as doses máximas pode significar algum risco para a saúde; principalmente para o fígado no qual pode ocorrer o aparecimento de um sub-produto do metabolismo do paracetamol, chamado de NAPQI (N-acetil-p-benzo-quinona imina). O NAPQI pode aparecer no metabolismo e rapidamente é neutralizado, mas em algumas situações isto pode não ocorrer, resultando em um insuficiência hepática.

Uma solução para a hepatotoxicidade seria o uso dos medicamentos direto na corrente sanguínea?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.
×
×
  • Criar Novo...