Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Diário de Um fundista (Canela Seca/Queniano Albino)


Fernandoomi

Posts Recomendados

Hoje tirei o dia de folga. Glúteo bem dolorido.

Saíram os resultados dos exames de sangue, passei com a cardiologista. Disse que está tudo em ordem, apenas o colesterol que está meio alto.

Ela pediu para eu diminuir manteiga e ovo por conta disso para ver se melhora... Provavelmente não irá melhorar, pois achei um exame que fiz em 2004, época que nadava e o valor já era alto, eu evitava comer ovo frito, manteiga e gemas. Depois perguntei dos parâmetros do exame de urina e comentei que fazia uso de suplementos protéticos, então ela me pediu um exame extra: Urina - Albuminúria. Aguardem cenas dos próximos capítulos.

Editado por Fernandoomi
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Publicidade

2 horas atrás, Born4Run disse:

Fernando já fez algum exame de baropodometria computadorizada?

 

Nao, mas sei que na loja da Velocittá de Moema (SP) tem. Só que rola uma "BIAS" porque é uma máquina da Mizuno, e parece que ela só analisa o carra trotando. Obviamente a máquina vai indicar produtos da marca. Vejo muito no Instagram o Rodrigo Roehniss fazendo as consultorias dele lá.

Parece que o da Adidas Runbase está funcionando. Também sei que tem nessas clínicas de saúde esportiva.

 

Você está querendo fazer para comprar tênis?

Editado por Fernandoomi
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Spoiler
4 minutos atrás, Born4Run disse:

Comprei já aquele que colei acima.

Eu fiz por causa que estou forçando muito dois tendões e saiu umas coisas interessantes.

Quando fui na Velocittá, nem prestei atenção em fazer, porém vale a pena.

 

 

 

Sim eu lembro de vc comentando do Boost...

 

O ruim que nunca nosso pé é "modelado" para os tênis de 100-200 contos dos outlets da vida :lol::lol::lol::lol:. Nao lembro se comentei, mas o tênis mais caro que já comprei foi 270 reais. Meu valor máximo é 350 num pisante, mais que isso, fico com a impressão que estou sutentando blogueiro fit, marketing, designer e formadores de opinião kkkk

 

Mudando o assunto, que vc achou do livro Born to Run... imagino que vc tenha lido certo?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Competições/Lesão

Bom conforme falei quarta, na terça feira tive um estiramento no posterior da coxa (um dos adutores ou o grácil, não tenho certeza). Tirei o resto da semana de descanso.

Agora dia 27 eu tinha feito a inscrição para a Jacareí Night Run (prova barata: R$30 reais), e também tinha conseguido para a corrida gratuita do aniversário da cidade (Correr e Caminhar Mogi das Cruzes).

Meu grande erro foi após o intervalado de velocidade de domingo passado (aquele 10x100m do domingo chuvoso) que apesar de ter me sentido menos cansado, ter forçado no treino de terça feira com a musculatura sensível.

Naquela segunda eu consegui treinar sem dor, mas fiz 12km num ritmo de rodagem, quando eu deveria ter feito só um regenerativo. Quarenta e oito horas depois (na terça), que é geralmente o dia que mais sinto a dor muscular tardia, por estar sem planilha fui fazer o treino do pessoal que incluía subidas. Confesso que sou abaixo da média em aclives/declives. Além de me cansar bastante (faltar pulmão) ainda me falta perna pra fazer força. O resultado foi o estiramento.

Achei que iria me recuperar mais rápido, pois geralmente em 3 dias já está normal. Quando foi sexta feira, ainda estava doendo, e tive a infeliz idéia de ir pesquisar academias para ver treinos de fortalecimento. Nessas de visitar... cheguei numa academia de bacana e vi uma esteira top lá: Life Fitness... pedi para experimentar pq queria ver até onde era a velocidade dela. Tolo, subi e coloquei velocidade máxima, 18,2 km/h, sem aquecer, alongar nem nada. Não preciso dizer que voltei para o carro mancando.

Sábado dia da competição e perna bem dolorida, fiz de um tudo, gelo, rolo de liberação, massagem, Cataflan gel, Ibuprofeno, vitamina D, E e complexo B, BCAA em dose cavalar, Omega 3, oração e tudo mais rs. Chegou a hora da competição ainda estava com esperança de só doer correndo devagar pois as vezes dói trotando mas não dói sprintando.

Fiz aquecimento, e fui para as cabeças. Larguei bem, consegui colocar um ritmo bom sem fazer força, passando para 3:43 no primeiro km. Como sabia que estava 10 segundos mais forte do que o ritmo alvo, dei uma soltada. Meu GPS não tem muita exatidão, estava mostrando 3:31 sendo que estava a 3:43. Segundo e terceiro km fluíram, apesar de já estar acima de 4'. No 3,5km rolou uma subida aí o bicho pegou :(, doeu pra caramba. Daí pra frente só conseguia caminhar e assim foi. Caminhada de soldadinho uns 4km. No finalzinho que era meio plano, consegui controlar a dor e deu para dar uma trotada pra 7 minutos/km. Terminei a prova em 1:09... Estava esperando fazer na casa dos sub-40, mas infelizmente não foi desta vez.

Pelo meu GPS ficou faltando 700 metros na prova.

Hoje teria a segunda prova (a de Mogi), mas não haveria condições de correr. Estou mancando um pouco, vou tirar uma semana off para ver se regenero.

 

Lição aprendida: Um dia forte e no mínimo um dia fraco para o corpo se restabelecer. Jamais force se já estiver com dor ou incômodo.

 

Strava da Corrida:

 

Jacareí Night Race

Editado por Fernandoomi
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Desculpa Fernando.

Tinha digitado aqui a resposta, pensei que mandei e não tinha mandado.

Não li todo o livro, mas gostei.

Ponto principal(ou um dos pontos) do livro é sobre correr e como correr (no caso, descalço).

Corri descalço e uso minimalistas, gosto da sensação e tudo mais.

Porém, hoje vejo com ressalvas, por mais que seja natural, a minha pisada pelo menos, é bem torta, não uso os dedos, ,meu corpo inclina pra frente, pode ser prejudicial...

Fernando.

Não apressa a volta dessa vez, lesões são bem ruins. mas importantes para corrigir os erros e "aprender"  a treinar seguindo nosso corpo e não só nossas vontades..

Melhoras e paciência.

 

Editado por Born4Run
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ontem sexta de noite consegui finalmente dar uma trotada leve. Fiz 8km num ritmo bem confortável, mas ainda assim percebi que não está curado. A dor diminuiu uns 75%, mas ainda está presente quando corro. Decidi descansar hoje e ver se amanha me sinto melhor. Se o dia estiver bom vou tentar dar uma volta de bicicleta amanhã. Acho que esta foi a vez que mais demorou a curar, sendo praticamente 15 dias.

 

Strava: 

Voltando

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 23/08/2016 at 21:25, RobertoKudsi disse:

Sigo acompanhando suas postagens, muito show! Parabéns!

Segui suas dicas no longão, de correr solto os oito primeiro e depois impor o ritmo de meia, deu certo! Abaixei 10s de pace! B) 

Falando de dores, surgiu uma dorzinha chata no tornozelo mais precisamente no tal do calcâneo, ela só aparece quando estou frio, quando inicio os treinos ela some. Não sei se foi decorrente do tênis que usava (Asics Noosa Tri - que não tem tanta absorção para meu peso - ou justamente a troca dele por um Nike Pegasus 32) ou se é natural dos últimos longões que venho fazendo. Dei 3 dias de folga na corrida pra ver se melhora e vou caprichar melhor no alongamento. Tens alguma dica? :unsure:

 

Dei uma pesquisada sobre essa lesão, achei essa matéria:

http://globoesporte.globo.com/atletismo/corrida-de-rua/noticia/2012/02/dor-no-calcanhar-pode-ser-serio-ortopedista-da-dicas-para-evitar-lesao.html

Tanto que que me preveni contra canelite, dores na panturrilha, etc... aí me aparece essa :wacko:

 

 

 

Quando eu era bem mais novo e gordinho eu inflamei o tendão do calcâneo do pé esquerdo por fazer muito esforço, n conseguia pisar no chão e tive q engessar. Tome cuidado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Hoje fiz mais uma rodagem objetivando não fazer força, sem fazer arrancadas nem subidas.

Para andar estou mancando bastante, acredito que perdi a memória muscular, somando-se a isto o fato de que tenho encurtamento ósseo de quase 3cm na perna direita  (passo direto baixo, passo esquerdo alto). Por outro lado, correndo consigo estabilizar a passada com a pelve e extensão de joelho/calcanhar e não sinto dor, apenas um leve incomodo e a cadência de passadas que caiu 10 pontos (180 antes agora está 170). Por hora vou continuar nesta cadência pois sinto que quando tento mudar, acabo com a sensação que estou aplicando mais força do que o normal e já que estou em fase de recuperação, creio que isto não é bom.

 

Realmente estou achando muito estranho o fato da dor ter melhorado bastante e o incomodo permanecer meio que estável, mesmo fazendo repouso (fiz sábado, domingo e só fui correr segunda pela noite). Normalmente esse tipo de dorzinha some com um dia de descanso.

 

Strava:

11km recuperando

Editado por Fernandoomi
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...