Ir para conteúdo
Fórum Hipertrofia
  • Cadastre-se
Clique aqui
Entre para seguir isso  
cone

Bolsonaro Candidato À Presidencia

Avalie este tópico:

  

751 votos

Esta votação está fechada para novos votos
  1. 1.

    • Sim
      501
    • Não
      169
    • Talvez
      64
    • Não sei quem é ele
      17
  2. 2.

    • Jair Bolsonaro
      504
    • Filha Dilma Mae
      64
    • Aecio Neves
      84
    • Marina Silva
      48
    • Eduardo Campos
      51


Posts Recomendados

Conteúdo continua após a publicidade.

Em 20/04/2016 at 09:28, Wango Renovado disse:

Sensacional esse vídeo.

 

 

 Bem que o Frango disse uma vez há dois tipos de pessoas que apoiam o PT: as que não entendem o que está acontecendo, e quem está ganhando dinheiro mesmo com esse governo.

 

 Quem dera o futuro do brasil fosse 2018-2026 Jair Bolsonaro, 2026-2034 Eduardo Bolsonaro hehe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
40 minutos atrás, Danilo Z disse:

 


LUIZ HIRATA: Membro da OS, morreu atropelado por um ônibus em 16/12/1971, quando empreendia fuga, à pé, de agentes do DOPS. 
 

 

Dôssie
290/96
Procedimento administrativo CEMDP
00005.200698/2016-97
Nome
Luiz Hirata
Data de Nascimento
23/11/1944
Municipio de Nascimento
Guaiçara (SP)
Status
Desaparecido
Biografia

 

Filho de imigrantes japoneses e agricultores, paulista de Guaiçara, na região de Lins, Luiz Hirata estudava Agronomia na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, em Piracicaba. Em 1969 precisou abandonar os estudos, no quarto ano, por perseguição política: era militante da Ação Popular. Em 1971, antes de ser preso e assassinado sob torturas, era um dos cinco coordenadores do movimento de oposição sindical metalúrgica de São Paulo, ao lado de Waldemar Rossi, Cleodon Silva, Vito Gianotti e Raimundo Moreira.

 

Foi preso pela equipe do delegado Sérgio Paranhos Fleury, do DOPS-SP, em 26/11/1971. Morreu em 20/12/1971 como consequência das torturas a que foi submetido ao longo de três semanas. Heládio José de Campos Leme, preso político no DOPS/SP, conviveu ali com Luiz Hirata cerca de duas semanas. Ficaram na mesma cela. Acompanhou, dia a dia, o agravamento do seu estado de saúde, testemunhando que ele voltava dos interrogatórios carregado pelos policiais. Era Heládio quem carregava Luiz até o sanitário da cela. “Seu rosto ficou tão inchado que ele não podia abrir os olhos. Chegou um momento em que ele não mais urinava nem comia: foi quando o levaram, quase inconsciente”.

 

Em 16 de dezembro, quatro dias antes da morte, Fleury tentou justificar as lesões provocadas pelas torturas. Para isso, chamou ao DOPS o legista Harry Shibata, que se tornaria tristemente célebre a partir de 1975 por assinar o laudo que tentou legitimar a farsa do pretenso suicídio de Vladimir Herzog no DOI-CODI/SP. Prontamente, Shibata atendeu ao pedido e produziu um laudo de corpo de delito onde sustenta a estapafúrdia versão que lhe foi ditada pelo delegado torturador: Luiz Hirata havia colidido com a traseira de um ônibus quando tentava a fuga, em alta velocidade, correndo a pé. O legista considerou, então, “de bom alvitre remoção ao Hospital das Clínicas para socorro e providências médicas

 

Pode-se imaginar o estado físico em que se encontrava Luiz Hirata, a ponto de suscitar uma justificativa tão inverossímil como essa: Luiz Hirata teria simplesmente atropelado um ônibus ao tentar fugir. O laudo com as recomendações do legista Harry Shibata foi elaborado às 9h15, mas Fleury levou o preso ao Hospital das Clínicas somente 11 horas depois. De acordo com a documentação oficial, Luiz Hirata morreu nesse hospital no dia 20. A requisição de exame ao IML, assinada por Jair Romeu, estava marcada com o “T” característico utilizado para identificar os presos políticos. Registra que teria morrido por morte natural, sendo diagnosticada insuficiência renal crônica. Os legistas Onildo B. Rogano e Abeylard de Queiroz Orsini confirmaram a versão oficial, embora façam referência à presença de “lesões não recentes” no corpo.

 

Esse segundo médico legista, Abeylard de Queiroz Orsini, teve cassado o exercício da profissão pelo Conselho Federal de Medicina, em 10/04/2002, confirmando decisão anterior do Conselho Regional de Medicina de São Paulo, que havia proferido igual sentença em 29/04/2000, por violação da ética médica, fraude e conivência com a tortura ao assinar aproximadamente 15 laudos de presos políticos executados nos porões dos órgãos de segurança do regime militar.

 

No voto aprovado por unanimidade na CEMDP, o relator do caso, general Oswaldo Pereira Gomes, destacou que “as peças do processo dão a plena convicção de que Luiz Hirata estava preso na polícia paulista e que foi conduzido ao Hospital das Clínicas em estado terminal irre-versível. Do processo consta declaração do professor Universitário Heládio Jose de Campos Leme, companheiro de prisão de Luiz Hirata que testemunharia a progressiva deterioração do estado físico dele em conseqüência de maus-tratos; depois das sessões de ‘interrogatório’, era trazido carregado pela polícia; que apresentava grandes hematomas pelo corpo, principalmente na região dos rins, diz essa testemunha que Hirata precisava ser carregado para fazer uso de vaso sanitário; após alguns dias foi retirado da cela semi-inconsciente para ser encaminhado a um Hospital”. E, categoricamente, afirmou: “Isto não coincide com a versão da fuga velocíssima da vitima que em velocidade chocou-se com a traseira de um ônibus”.

Local de morte/desaparecimento
São Paulo (SP)
Organização política ou atividade
AP
Data do Recolhimento da documentação física para o Arquivo Nacional
06/08/2009
Notação Arquivo Nacional
Publicação no DOU: 17/05/1996.
Referências
Brasil. Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos.Direito à verdade e à memória: Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos. 1ª Edição.Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2007.

http://cemdp.sdh.gov.br/modules/desaparecidos/acervo/ficha/cid/320

Parece que sua fonte está MUITO errada né rsrsrs

 

Fique a vontade para pesquisar as outras mortes,a lista se encontra nesse link:

http://cemdp.sdh.gov.br/modules/wfchannel/index.php?pagenum=11

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Governo está bestializando as pessoas, através das musicas, novelas, vloggers e outros lixos que eles financiam, empurram a merda na cabeça dos Brasileiros, pois quanto mais idiota for o cidadão, mais ele estará nas mãos do governo.

O Nando Moura gravou um vídeo sobre isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, MonsterFreak disse:

Governo está bestializando as pessoas, através das musicas, novelas, vloggers e outros lixos que eles financiam, empurram a merda na cabeça dos Brasileiros, pois quanto mais idiota for o cidadão, mais ele estará nas mãos do governo.

O Nando Moura gravou um vídeo sobre isso.

Posta o link por favor, eu quero assistir

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Antes eu achava que o Bolsonaro era meio burro politicamente, mas depois do discurso do impeachment de domingo, eu tenha que admitir que estava errado. Na verdade o Bolsonaro é um gênio da politica.

Com uma fala ele conseguiu gerar todo um debate. Ele pautou a mídia e no meio de toda essa confusão, se fez ser lembrado. Impagável.

Aos que acharam ser uma péssima estratégia, fica o recado, que diferente de vocês que sofrem de desvios patológicos devido ao politicamente correto do marxismo cultural. O cidadão comum ainda carrega em si certa lucides, ele ainda é capaz de diferenciar o correto do errado, e o bom do mau. Não subestime as pessoas simples.

Sobre apoio no congresso, basta observar o discurso da maioria dos deputados (mesmo estes sendo uma corja de hipócritas e cretinos) para saber o que mais vai pesar no voto do cidadão nas próximas eleições: Família e Deus acima de tudo. É Isso que o povo clama. E é justamente isso que esta esquerda revolucionaria vem tentando destruir a todos esses anos.

Pode ser que em 2018 o Bolsonaro não ganhe as eleições, de fato é pouco provável a sua vitória. No entanto, enquanto ele mantiver este discurso de: Família e Deus acima de tudo. Certamente ele estará fazendo a parte dele, de plantar a semente para que surja uma verdadeira e forte militância conservadora em nosso país. Para que talvez daqui vinte ou trinta anos seja possível a retomada da verdadeira Cultura e dos Valores esquecidos pelo no povo.

E é por isso que eu apoio mais do que nunca Jair Messias Bolsonaro pra presidente. E digo mais, o finado Coronel Brilhante Ustra foi um herói nacional, que Deus o guarde.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
1 hora atrás, Phinx disse:

Cada dia que o Faabs posta algo aqui, eu sinto mais vontade de votar no Bolsonaro kkkkkkkkkkkkkkkk. Muito obrigado Faabs

 

Claro, do mesmo grupo ideológico que Stalin, Pol Pot, Mao Tse Tung, grandes socialistas democráticos que só fizeram bem a suas nações, veja o resultado do governo do "PT" cambojano: 

 

[img/]20071104elpepiint_3.jpg

 

 

Se não acordarmos será o futuro de quem é de centro ou direita, comunistas e socialistas odeiam a democracia e vão as ultimas consequências para manter a sua tirania.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...