Ir para conteúdo
Clique aqui

iago.pereira

Membro
  • Total de itens

    119
  • Registro em

  • Última visita

Histórico de Reputação

  1. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Irmao, eu tava usando Deca, com intuito de manter a força no cutting. Mas deu merda, a PA subiu demais.

    O motivo de usar stano é devido ao fato de ela nao reter, alguns, dizem inclusive que ajuda a reduzir o liquido no subcutaneo.
     
    Nao espero grandes resultados dela no quesito perda de gordura. Quero eliminar a retençao, estabilizar a pressao e ao mesmo tempo deixar um anabolico agindo para segurar a massa magra diante das poucas kcal. Sei que stano nao é mais adequada, poderia fazer com oxan, mas ja tenho stano aqui, e vai ser só 30 dias.
     
    Poderia aumentar a testosterona e nao botar stano, mas se aumentar a testo a PA as vezes nao estabilizaria tambem. Entao optei por tirar deca, manter testo baixo, anastro alto e botei stano pra segurar a massa, dose baixa 50mg ao dia...
     
    O ideal seria baixar mais ainda o BF só na TRH,mas ja se foram 22kg de gordura em TRH e eu estagnei, nao queria fazer um deload, entao baixei mais ainda as kcal e joguei stano pra segurar
     
    Com o BF mais baixo, o segundo mesociclo é com trembo, ai um ciclo de verdade, por 8 semanas.
  2. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Agradeço a paciencia da leitura.
    Conto com a opiniao de voces sobre protocolos, treinos, dietas, estrategias, grande abraço!
     
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
     
    Dia 5 - Fase 1
     
    Acordei, 1cp losartana, 1cp complexo b
     
    Pressao arterial 11h: 140x90 FC 95
    Pressao arterial 15h: 140x90 FC 97
     
    50mg Stanozolol Deltoide Direito, Suave) - Meio dia
     
    Ref 1: 120 a 150gr de frango (to sem balança, tenho que comprar, sei q tem mais de 100gr, mas nao sei se chega a 150), 100mg AAS
    Ref 2 (agora): 120 a 150gr de Frango
    Ref 3 (pos treino as 19h): 400ml leite integral, 4 colheres cheias de leite ninho integral, 4 colheres de whey, meia colher de nescau, 3cp multivitaminico da growth
    Ref 4 20h: 150 a 200gr de frango
     
    600ml de café fraco ao longo da manha no trampo
    200ml de café fraco ao longo da tarde no trampo
     
    Ta sem brocolis hoje aqui, patroa foi as compras agora... O frango a esposa prepara sempre 1kg dele (perde umas 300gr de agua), ela come umas 100, 150gr e eu como o resto, entao eu acho que to comendo mais de 500gr por dia, mas sempre conto por baixo
     
    Hoje nao tem glifage nao, nao vai dar nem 50gr de carbo, no quero ter sintomas de hipoglicemia
     
    36 pacientes atendidos hoje, loucura total, segunda feira é o dia internacional da dor, da tontura, da dor de estomago, saber identificar quem realmente esta impossibilitado de trabalhar por conta da sua condiçao é uma arte que exige tempo de pratica, tem pacientes que mentem bem, mas to pegando o jeito nesses 3 anos de profissao. Obvio que tem gente que vem com dor e realmente, nao tem condiçoes de trabalhar, nesses casos dou atestado tranquilamente, agora tem uns que tu percebe que é migué ou ta se fazendo, aí é medicaçao e declaraçao de comparecimento, sem choro. Nenhum caso fora do comum hoje, o mais raro que apareceu foi um linfogranuloma venereo, algumas dispepsias, duas labirintites, varias gastroenterites (viroses), alguns pacientes sem queixas, apenas para consulta de rotina, algumas crises hipertensivas, lombalgias, algumas velhinhas com todas as queixas possiveis, algumas depressoes, ansiedade, dia tranquilo. Segue o baile.
     
    To comendo meu frango seco aqui, e bolando o treino de hoje, vou mandar peito, ombro, tríceps e abdome, sempre na minha filosofia de baixo volume e media intensidade (afinal, vai ser um AB3x, pra aumentar o GDC). O treino vai ser assim:
     
     
    Fiquei feliz com a PA, semana passada nao baixava de 160x100 mesmo com losartana, a tendencia é diminuir com a retençao. Se essa semana estabilizar em 120x80, eu vou cortar no meio a losartana e tomar 25mg de 12 em 12h até o final desse mesociclo de stanozolol.

    Grande abraço a todos
  3. Gostei
    iago.pereira deu reputação a MBD em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Fala meu velho, li o primeiro post, vou acompanhar aqui. Abraço!
  4. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Dia 4 - Fase 1
     
    50mg Stanozolol no reto femoral da coxa direita, suave
    AAS, Losartana, Glifage, fitoterapicos, anastrozol, tudo ok
     
    Almoço: 150gr carne de porco, 250gr carne de gado, 150gr arroz, 150gr macarrao, 1 fatia de bolo de brigadeiro
    18h: Shake com 40gr whey, 60gr leite ninho em po, 400ml leite integral, 10gr nescau, 300ml suco de uva integral
    22h: 2 hamburguer de 180gr com cheddar, 100gr de batata assada com maionese
     
    Dei uma exagerada no FDS mas tava merecendo. A semana foi punk e a dieta foi impecavel, fiquei em deficit diario de 700 a 1000kcal de segunda a sexta, e mantive um superavit de 500kcal no sabado e domingo. Fechando um deficit de 2500-3500kcal semanal, satisfatorio. Nao vou me pesar amanha porque devido ao glicogenio e agua, vou estar mais pesado, vou me pesar apenas na sexta feira, mais depletado, espero manter os 98,5 ou baixar ate 98, pois a concentraçao serica da nandrolona a vai caindo tambem e a retençao vai diminuindo...
     
    Vamos ver como a pressao arterial vai se comportar essa semana.
     
    Otima semana a todos, bons treinos, trabalho e estudos, fiquem com Deus.
  5. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Dia 3 -  Fase 1
     
    - Acordei, 1cp de complexo B manipulado, 1cp de Anastrozol, 1cp de Losartana
    - 50mg Stanozolol no Reto Femoral da Coxa esquerda
    - 125mg Durateston no Vasto Lateral da Coxa esquerda
     
    Sem treinos hoje, fiz fullbody ontem, tipo HIT. Essa semana fiz 3 FullBody (seg-qua-sex), mas semana que vem quero aumentar o GDC e vou treinar todos os dias, provavelmente vou fazer um AB 3x, 9 a 12 sets por treino, seguidos de aerobicos. Segue o treino de ontem
     
     
     
    Dieta hoje vai ser CARNE. Churrasco no almoço com a familia as 13h, e a noite, umas 20h, 400-500gr (depende de quanto aguentar) de peito de frango picado e frito duma lanchonete aqui (patroa ta viajando, nao quero sujar panelas, prato, talheres...), entao hoje vai ser zero carb pelo visto e mais de 250gr de proteinas e gordura das carnes.
     
    Edit pos almoço: As coisas fugira cm um pouco do controle, foi umas 700gr de carne, e a mae veio com chocolates da pascoa, devo ter comido umas 150gr, e uns 300ml de coca. Ja garanti um file de 500gr assado para a janta, nao vou precisar ir pro frango. De certa forma o carb up foi bom, essa semana nao passei de 100gr de carbo por dia, entao nada preocupante
  6. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em Diario do Glasgow - Fat to Fit e outras paradas   
    Meus, amigos, resolvi abrir um diario para ter uma maior interaçao com voces, falando abertamente sobre, treino, dieta, medicaçoes, anabols e estratégicas.
     
    Quero contar um pouco da minha história na musculaçao e de vida. Iniciei a musculaçao aos 16 anos (11 anos atras), no intuito de ganhar massa muscular, meus primeiros meses, treinando diariamente e comendo o que tinha em casa, ganhei 200gr de massa magra e 400gr de gordura nos dois primeiros meses. Naquela época, encontrei umas comunidades no orkut,a do Heavy Duty, e a do High Intensity Training, e baseado nas opinioes dos usuarios mais experientes elaborei meu primeiro plano de treino, 2 vezes por semana, 6  7 exercicios, cadencia lenta com 1 serie até a falha. Nos proximos dois meses, ganhei 2kg de massa muscular, a partir dai, fui elaborando treinos de baixa frequencia e sempre tendo resultados modestos mais consistentes. 
     
    Aos 17 anos resolvi que queria medicina, sempre estudei em colegio publico, de familia pobre, resolvi entao procurar um emprego para poder bancar um cursinho, e foi isso que fiz por 1 ano, até passar pelo PROUNI com bolsa integral, numa faculdade aqui de Santa Catarina.  Meu interesse pela musculaçao crescia na mesma intensidade que pela medicina, entao sempre estudei treinos, dietas paralelamente a faculdade. Treinando no ginasio da facul, conheci alguns atletas, que faziam educaçao fisica, e comecei a me interessar por hormonios (apos ja ter passado pelas cadeiras de bioquimica e fisiologia), entao comecei a pegar as opinioes desses colegas, e prourar embasamento cientifico, sobre as drogas, seus metodos de açao, colaterais, doses, protocololos. Aí eu conheci o forum hipertrofia, e passei a acompanhar os relatos de ciclos feitos por aqui, e cada vez mais inserido no mundo do fisiculturismo da cidade em que morava.
     
    Resolvi ciclar aos 21 anos, com 90kg e 14% de BF, queria uma coisa simples, peguei 4 receitas de durateston e comprei 20 ampolas, apliquei uma a cada 3 dias (na epoca ainda nao tinha conhecimento sobre anastrozol, só tamoxifeno, entao usei 20mg de tamoxifeno continuo durante o ciclo). Resultado, pressao alta, libido MUITO ALTA, a ponto de prejudicar a vida social, podem muita vitalidade e disposiçao. Ganhei uns 5kg de massa magra, perdi um pouco de gordura fui para 93kg com 11-12% de gordura para 1,83cm. Nao fiz TPC, apenas mandei creatina, aumentei aporte de gordura, e fiz mais aerobicos, recuperei de boa, nao perdi muita coisa. Fiquei um tempo sem ciclar, nao tinha grana. Passando pelas outras cadeiras da faculdade, como endocrinologia, cardiologia, vascular, nefrologia, fui me interessano cada vez mais pela parte da medicina relacionada aos hormonios, metabolismo e relaçao entre eles. 
     
    Nesse meio tempo, fui apresentado pelos amigos a maconha, e comecei a fazer uso diario da mesma, como sempre fui ansioso, no inicio era uma beleza, bom sono, acordava bem, estudava bem, com o passar do tempo, provavelmente a dopamina foi caindo e fui perdendo a vontade de fazer as coisas, inclusive treinar. Foi onde passei por um periodo dificil de depressao, procurei psiquiatra, recebi medicamentos, mas nao parava de fumar, entao foi so piorando. Dos meus 93kg fui para 63, Consegui concluir a faculdade com facilidade, sempre tive facilidade em aprender coisas novas, e como os dois anos finais eram só estagios, nao precisava estudar todo dia, pois aprendiamos na pratica e estudavamos na hora, vivia no hospital.
     
    Ao sair da faculdade, visando lucro comecei a dar plantoes atrás de plantoes, minha carga horaria semanal era de 96 a 108h de trabalho. Foi onde cometi o pior erro da minha vida: as anfetaminas e a cocaina, no começo era de leve, melhorou meu humor, parei medicacoes, inclusive fiz dois ou tres ciclos na epoca, testo sozinha, testo com deca, testo com oxan, consegui um shape legal, 100kg para uns 12-13%bf. Mas a coisa desandou em 2016 tive um acidente sério voltando de um plantao de 96kh seguida, meio que dormi no volante, quebrei tibia, fibula e ligamento cruzado posterior, como nao era fichado, tinha que trabalharpra me sustentar entao passei a usar drogas com mais frequencia ainda, a cocaina para quem nao sabe, é usada tambem como anestesico, 2 dias depois de quebrar a perna ja estava dando plantao atras deplantao e muita droga.Chegou um ponto que vi que nao ia conseguia sair sozinho. Pedi ajuda, parei de trabalhar por 2 meses, larguei todas as drogas, voltei ao medico,recebi medicacoes PESADAS, 6 tipos diferentes e tive que optar por um outro lado da profissao, mais calmo, mais estavel e sem adrenalina, a MEDICINA DE FAMILIA.
     
    Venho ha mais ou menos 1 ano e meio tirando todas as medicaçoes que tomava, e nesse meio periodo estudei MUITO, mas MUITO, a neuroquimica e neurofisiologia cerebral para encontrar soluçao mais viavel para meu caso, que nao fosse esse coquetel de medicaçoes. Iniciei terapia, 2 vezes por mes, alimentaao saudavel, fitoterapia, tecnicas de respira;çao, e, um a um, fui retirando ao pouco todos os medicamentos: carbamazepina, clorpromazina, litio, depakote, desvenlafaxina e rivotril.
     
    A terapia ajudou muito, a espiritualidade tambem. Hoje sou curado da ansiedade, nao tenho vicios, nao tenho depressao, nao tenho compulsao, nao bebo, nao fumo. Acordo todos os dias agradecendo a Deus pela oportunidade de vida que ele me deu, pois poderia ter morrido nas duas overdoses que tive. Amo de paixao o que faço, eu vou feliz para o trabalho,saio feliz. Ta na constituiçao que a saude é um direito de todos e um dever do estadoentao trabalho com muita paixao, aderi ao SUS e dele nao saio, pois todas as pessoas, com dinheiro ou nao, tem direito a ter um tratamento medico digno. Entao hoje ganho 4x menos que ganhava em plantao, mas sou completamente realizado e reconhecido pelo que faço.
     
    Diante da estabilidade do quadro, ano passado pensei em voltar ao sonho antigo que tinha, de trabalhar na area de metabologia. Entao la por agosto, voltei a treinar, 125kg com 33% de bf (abstinencia engorda amigos), e dediquei todo o meu tempo livre o estudo de medicina anti envelhecimento, treinos, manipulaçao hormonal. De agosto a novembro, perdi apenas 10kg, sem dieta regrada. 
     
    Em novembro entrei em TRH com 200mg de Cipionato ou 250mg de Durateston, depende da disponibilidade nas farmacias da cidade. De novembro até inicio de março, fiz dieta normocalorica nos 3 dias de treino e hipocalorica nos 4 dias sem treino, uma refeiçao do lixo na sexta feira (hamburguer de 200gr triplo com bakon cheddar). Sai dos 125kg para 102kg com 18% de BF. Perdi 22kg de gordura em 5 meses e 1kg de massa magra (santa memória muscular!!!). 
     
    Emd dezembro, conversando com o dono da minha academia, trocando ideias, ele viu que eu tenho certo conhecimento  sobre o assunto e iniciamos uma parceria, poderia usar uma sala da academia dele para consultar quem frequenta. Adorei a ideia de poder botar em pratica o que tanto estudo. Entao desde la, venho manejando alguns casos de hipogonadismo, falta de libido, acompanho alguns usuarios recreativos em ciclos, acompanhei 2 atletas, porem so na parte de exames, fitoterapicos, medicacoes. Nao me meto em protocolo, finalizacao nem nada. Atendo apenas aos sabados, cerca de 8 a 10 pacientes (devo ter em acompanhamento uns 60 pacientes atletas, ou frequentadores de academia)...claro que ele ganha uma boa comissao...
     
    Janeiro iniciei minha pós em nutrologia.
     
    Foi quando voltei a acompanhar o forum, pois achar informaçoes pertinentes, seguras a respeito de trembolona, boldenona, etc, é MUITO dificil, visto que nao sao usadas na pratica medica! Entao tenho que adquirir um conhecimento mais underground mesmo, tentativa e erro dos usuarios, absorver o maximo de conhecimento aqui, unir com a parte cientifica e ser um melhor profissional. Estou longe de ser um entendedor de hormonios, treinos, dieta, mas estou me dedicando a isso, preciso ter varios relatos de usuarios que usam trembolona, por exemplo - dose, colaterais, resultados, medicamentos usados, para poder orientar e medicar melhor meus pacientes para mante-los o mais saudavel possivel e o mesmo com outras drogas.
     
    Lembrando que por etica, só prescrevo testosterona para andropausa e hipogonadismo, nao prescrevo oxan, deca, stano, nem nada, apenas acompanho, sem opinar e faço minha parte como medico
     
    Voltando ao ciclo...
     
    Em março, resolvi tentar um protocolo diferente, aumentei a testoterona para mais ou menos 300mg por semana e iniciei nandrolona em 500mg por semana, apertando mais ainda a dieta, e estava nesse protocolo até essa semana. Porém, admito que errei. Usar Deca com BF alto é pedir para fazer cagada, minha PA na ultima semana nao baixou de 160x100. Fiz exame de estradiol, achei que era o anastro que era farinha, mas nao, até que estava controlado, entao era a Deca mesmo que subiu muito a PA. Diante disso, suspendi a deca tem dois dias. Nao sei como esta meu BF agora devido a retenção, mas estou com 98,5kg, visivelmente mais magro, devo ter perdido um pouco de gordura e mantido a massamagra.
     
    Como estou gostando de atuar na area de estetica estou vendo a necessidade de modificar meu corpo, estilo bodybuilder classico, ou mensphysique, esse é o objetivo para os proximos meses, anos. Quem sabe assim, conseguirei mais clientes, poderei abrir clinica, ter mais estabilidade financeira.
     
    Protocolo atual (Maio e Junho)
     
     
  7. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a Minato Namikaze em A Fase De Transição Entre Cutting E Bulking   
    A Fase De Transição Entre Cutting E Bulking
    Por Lyle McDonald
     
    Recebi uma questão, no meu e-mail, relacionada à manipulação de calorias e macronutrientes para transição de bulking para cutting e vice-versa, e isso me pareceu um ímpeto excelente para escrever sobre este tópico com certo detalhe. Porque enquanto muitas pessoas tendem a pular de uma dieta para outra, adotar um objetivo a longo prazo, uma periodização nutricional, pode ser benéfica ao lidar com a fisiologia inerente ao corpo.
     
    Fase De Transição De Bulking Para Cutting: A Fase Pré-Dieta
     
    Voltando para os primeiros dias do fisiculturismo, você ouviria os atletas dizerem sobre "fase de consolidação", a qual se referia à transição do bulking off-season para a dieta de competição. Hoje em dia, isso provavelmente mudou muito devido à substituição de drogas derivadas de andrógenos pesados por mais compostos anabólicos capazes de reduzir a retenção de água, sendo basicamente denominada de "dieta de limpeza" para preparação oficial. Na verdade, isso sempre foi muito mal definido, mas provavelmente tem a ver com a escolha dos alimentos, retirando junk food da sua dieta e comendo "mais limpo". O pessoal dizia que perdia um pouco de gordura enquanto ganhavam um pouco de musculatura e, assim, consolidavam os ganhos.
     
    Particularmente, eu acho que há muito mérito nessa ideia, valendo a pena revisitá-la. Eu até mesmo escrevi, de maneira extensa, sobre isso no Livro das Mulheres, embora eu tenha chamado de Fase Pré-Dieta lá. A ideia era ocasionar uma margem de 2-4 semanas, em que as calorias eram trazidas para a manutenção e o treinamento era ajustado para a fase de cutting.
     
    Ao menos dentro do contexto feminino, é fundamental manter as mulheres distantes do que sempre fazem: cortar muitas calorias de uma vez e adicionar muito cárdio, medidas as quais causam todos os tipos de problemas. As mulheres podem, até, causar problemas com ciclos menstruais e disfunção da tireoide com apenas 5-7 dias de cárdio excessivo e restrição calórica. A Fase Pré-Dieta é estruturada para evitar tais problemas, apenas permitindo a alteração de um ou de outro fator por vez.
     
    Mas o mesmo conceito se aplica aos homens (os homens não tem ciclo menstrual, muito embora alguns agem como se o tivessem). As pessoas sempre esquecem que o crescimento e a recuperação são processos que demandam tempo e, pular de uma dieta para outra, como de bulking para cutting, não permite o crescimento máximo que ocorreu durante a primeira fase. Uma transição de duas semanas, ao menos, faz sentido.
     
    Alterações na dieta na Fase de Transição
     
    As mudanças que ocorrerão dependem de como a dieta anterior era. Obviamente calorias devem ser trazidas à manutenção. Uma boa estimativa é de 31-35 kcal/kg do peso corporal atual, mas isso pode variar de acordo com a atividade. Mulheres geralmente utilizam os valores menores, enquanto os homens, os maiores. A proteína deve permanecer igual ou aumentar ligeiramente, uma vez que a necessidade de proteína é aumentada durante a fase de cutting. Quanta proteína depende da porcentagem de gordura corporal do indivíduo. No entanto, para um homem com menos de 15% de BF, eu recomendaria, talvez, 2.6g de proteína por quilograma de massa magra (NÃO do total do peso). Mulheres ou homens com valores de percentual de gordura diferentes, utilizam valores ligeiramente diferentes.
     
    Isto nos traz à manipulação de carboidrato e lipídeos e, quanto cada macronutriente deve ser reduzido, depende da dieta anterior. Alguém com uma dieta com high-carb/low-fat deverá reduzir os carboidratos. Alguém que come toneladas de gordura, irá reduzi-la. Muitos farão de metade em metade. Fisiculturistas, por muito tempo, utilizaram a ingestão de carboidratos de ~2.2-3.3g/kg para propostas de perda de peso e é um bom começo de partida. Gordura deverá ser estabelecida em cerca de 25-35% do total das calorias ou 0.91-1.33g/kg.
     
    Alterações no treinamento durante a Fase de Transição
     
    Bem, se o treinamento para a fase de cutting será ajustado, por exemplo, adicionando trabalho metabólico ou reduzindo o volume do trabalho pesado, essa é a hora de fazer isso. Pular direto para um treinamento de high-heps quando você não tem o hábito de fazê-lo é um crime e você pode usar a  fase de transição para gradualmente inseri-lo na sua rotina de treino. Reduzir o volume proporciona ao corpo um pouco de deload, de modo que o indivíduo conseguirá se recuperar. Sobre a intensidade, e aqui eu quero me referir à carga na barra, é mantida, volume e frequência de treinamento podem ser cortados por cerca de 2/3 sem perda de massa muscular. Alguém fazendo 6 séries pesadas por grupo muscular poderia fazer apenas 2 para manutenção.
     
    Se o cárdio não estava sendo feito, essa é a hora de trazê-lo gradualmente. Comece com 20 minutos em baixa intensidade, de 3 a 4 vezes por semana na primeira semana e aumente para 30 minutos na segunda semana. Eu sou um rígido crente de que a besteira "cárdio queima músculo" é apenas verdade para aquelas pessoas que pulam da faixa de zero cárdio para horas, de uma vez. O corpo perderá a habilidade de efetivamente utilizar gordura como combustível quando calorias e carboidratos são altos e a atividade aeróbica é baixa e levam algumas semanas até que o corpo reaprenda a utilizar gordura como combustível de uma maneira eficaz.
     
    Reduzir os carboidratos enquanto se adiciona um pouco de trabalho de depleção trará o glicogênio do músculo para baixo, e isso, somado ao aumento gradual de cárdio, ajuda a "reciclar" (por falta de uma palavra melhor) os caminhos da queima de gordura. Assim, a dieta terminará sendo alta em proteínas com quantidades moderadas de carboidratos e níveis baixos ou moderados de gorduras (entre 25-35% das calorias). De duas a quatro semanas fazendo isso, seu corpo estará em uma posição sólida para perda efetiva de gordura. O próximo passo será reduzir as calorias para colocar a pessoa em um déficit, a fim de começar a verdadeira fase de cutting, após esta fase de transição ter acabado.
     
    Resumindo a fase de transição de bulking para cutting
    Trazer as calorias à manutenção (31-35 kcal/kg) Aumentar ligeiramente a ingestão de proteínas (~2.6 g/kg de massa magra para homens com menos de 15% de gordura corporal) Reduzir carboidratos a níveis moderados (~2.2-3.3 g/kg) Reduzir a ingestão de gorduras para níveis baixos ou moderados (25-35% do total de calorias) Trazer à rotina atividades aeróbicas gradualmente Reduzir o volume de treinamento à manutenção Adicionar treinamento metabólica é desejado  
    Exemplo de dieta para fase de transição
    Vamos supor que temos um levantador de 81,6kg com 15% de gordura corporal. Ele possui 69,3kg de massa magra e o restante de gordura.
    Sua manutenção é estimada em 33cal/kg ou 2700 kcal/dia. Proteína será 69,3kg * 2.6g/kg = 180g/dia. Sendo 4 kcal/g seriam 720 calorias. Carboidratos são 3.3 g/kg * 81,6kg = 270 g/dia. Sendo 4kcal/g seriam 1080 calorias. 2700 calorias por dia com 180g de proteína, 270g de carboidratos e 93g de gordura, ficando 27% proteínas, 40% carboidratos e 32% gorduras. Se desejado, proteínas podem ser elevadas ligeiramente e, as gorduras, reduzidas até atingir a proporção mágica de 30/40/30.  
    Fase De Transição De Cutting Para Bulking: A Completa Quebra Da Dieta
     
    Então, essa é a transição para o cutting (e claro, se alguém está sob alguma agenda para ficar em forma, o exposto acima deve ser fatorado para o tempo de quando começar a dieta), mas e sobre a transição do cutting para o bulking? Aqui, o problema é que, ao seguir uma dieta, o corpo é instruído para recuperar a gordura. Há infinitas adaptações metabólicas a partir de um gasto reduzido de energia para aumentar o potencial de armazenamento de gordura a fim de diminuir a sua oxidação. Já escrevi bastante sobre isso.
     
    Lembro que há uma afirmação muito veiculada de que dieta com déficit muito alto aumenta a quantidade de massa magra ganha em um excedente, mas isso não é correto. Indivíduos naturalmente magros ganham uma proporção maior de massa corporal magra quando ganham peso, mas aquela afirmação é falsa devido às alterações na fisiologia.
     
    Uma afirmação similar também é muito feita pelos fisiculturistas após os campeonatos, noticiando um efeito anabólico extraordinário após a dieta de competição. Eles aparentam ganhar massa corporal magra e quase nenhuma gordura. Isto é verdade, com exceção de que tudo o que estão fazendo é apenas readquirir qualquer músculo perdido, glicogênio, etc. Eles nunca terminam maiores do que estavam e esse anabolismo não é verdadeiro se você simplesmente está readquirindo o que perdeu (praticamente glicogênio e IMTG).
     
    Alterações na dieta na Fase de Transição
     
    Em qualquer caso, pular direto de uma dieta de cutting para um excedente calórico é um erro enorme e somente resultará em ganho de gordura excessivo. O método seguro é primeiro trazer as calorias de volta para a manutenção; isto é apenas meu conceito de Completa Quebra da Dieta, mas aplicado à transição para bulking, ao invés de cutting. Aqui, eu recomendo o uso de 31-35 kcal/kg do peso atual com uma redução de 10% como válvula de segurança.
     
    Aqui, há um decréscimo adaptativo no gasto de energia, o qual ocorre durante o cutting, que torna a estimativa da manutenção muito alta. Então, se nosso levantador perdeu 4,5kg de gordura (e nenhuma massa magra, desde que tenha feito uma boa dieta) e está com 77,1kg, sua nova manutenção seria de 77,1kg * 33kcal/kg = 2545 kcal. No entanto, eu ajustaria um decréscimo de 10% ou 250kcal, levando em conta a taxa adaptativa de diminuição do metabolismo. Assim, 2300kcal seria um melhor alvo, ao menos para o começo.
     
    Seria ideal atingir isso o quanto antes, como trazer as calorias a este nível imediatamente após o cutting ter acabado e manter a manutenção por 2 semanas. Isso pode causar, para muitas pessoas, estresse mental e uma enorme retenção de água. Para bitolados, aumentem as calorias a cada dia, mas não demorem mais de 2 semanas para atingir a estimativa de manutenção. Seria ainda melhor permanecer nesse nível de calorias por mais 2 semanas, a fim de proporcionar às adaptações metabólicas tempo para dissipar mais (pode levar uma semana inteira para T3 exercer seus totais efeitos genômicos, por exemplo), mas nem todo mundo é tão paciente.
     
    Em relação aos macros, muito embora a necessidade de proteínas tecnicamente diminua conforme as calorias aumentam, eu recomendaria manter a ingestão protéica no mesmo nível que estava no cutting. Isso é primariamente para o controle das calorias. A fome pode ser enorme depois que a dieta tenha acabado e manter as proteínas em níveis altos ajuda a controlá-la. Também, manter a ingestão de proteína alta quando o ganho de peso ocorre logo após o cutting, não só limita o ganho total de peso como garante que a maior parte desse ganho será de massa corporal magra. Este efeito será ainda mais pronunciado se o treinamento com pesos for bem realizado.
     
    No tocante aos outros macronutrientes, um aspecto crítico é que a ingestão de carboidratos deve ser trazida à faixa de 120-150 gramas por dia como um mínimo (2.2-3.3 g/kg seria uma boa estimativa). Isto tem a ver com os efeitos hormonais na leptina e, especialmente, no eixo da tireóide. Manter os carboidratos muito baixos não permitirá a melhor recuperação da conversão de T4 para T3 no fígado. Não cometa erros, os carboidratos podem ser maiores, mas não menores.
     
    Quanta gordura será aumentada dependerá do total de ingestão calórica conforme os carboidratos são aumentados. Dada a tendência da gordura ser estocada após a fase de cutting, manter a ingestão de lipídeos um pouco menor (talvez 20-25% do total das calorias) faz algum bom sentido. Conforme o ganho de gordura não ocorre no ajuste de estimativa da manutenção, as calorias podem ser gradualmente aumentadas.
     
    Alterações no treinamento durante a Fase de Transição
     
    Sobre o treinamento, seria uma boa hora para eliminar o HIIT caso ele esteja sendo feito ou, ao menos, reduzir o trabalho aeróbico para recuperação. Manter algum cárdio pode ajudar a queimar algumas calorias para compensar qualquer perda do controle de ingestão de comida e manter aeróbico durante a fase de bulking pode ter seus próprios benefícios. Treinamento metabólico/depletivo também pode ser eliminado e substituído com um aumento gradual de volume de trabalho pesado. A intensidade aqui pode ser reduzida; uma vez que as calorias estão na manutenção, o músculo não será perdido e isso funciona como um ótimo deload/rampa para começar a fase de bulking. A intensidade do treinamento aumentará paulatinamente durante essa fase, quando a transição tiver acabado (novamente, de 2-4 semanas) e as calorias forem aumentadas ligeiramente acima da manutenção (não mais do que 10-20% acima da manutenção).
     
    Resumindo a fase de transição de cutting para bulking
    Trazer as calorias para a manutenção e diminuir 10% (31-35 kcal/kg - 10%) Manter a ingestão de proteínas em 2.6 g/kg de massa corporal magra Aumentar os carboidratos para um mínimo de 150g/dia Manter as gorduras baixas Reduzir os exercício aeróbicos Eliminar o treinamento metabólico Aumentar o volume de trabalho pesado, mas com pesos submáximos  
    Exemplo de dieta para a fase de transição
    Vamos imaginar que nosso levantador terminou seu cutting com uma perda de 4,5kg. Ele agora tem 77,1kg, com 69,3kg de massa corporal magra e o restante de gordura.
    77,1kg * 33cal/kg = 2545 kcal -10% = 2300 kcal. Proteínas serão 69,3kg * 2,6g/kg = 180 g/dia. Sendo 4 kcal/g, serão 720 calorias. Carboidratos serão considerados como 3.3 g/kg ou 255 gramas/dia. Sendo 4 kcal/g, serão 1020 calorias. 2300 calorias - 720 calorias - 1020 calorias = 560 calorias de gordura. Sendo 9 kcal/g, serão 62 gramas de gordura. Então, a quebra da dieta será com 2300 calorias, 180 gramas de proteína, 255 gramas de carboidratos e 62 gramas de gordura, o que signifca 30% de proteínas, 45% carboidratos e 23% de gorduras.  
    Comentários Finais Sobre A Fase De Transição
     
    Para muitos leitores, o exposto acima não somente soará como muito trabalho, mas eles se rebelarão contra qualquer fato que intefira em suas impaciências a fim de atingir seus objetivos. Quando as pessoas querem emagrecer, elas querem emagrecer AGORA. Gastar de 2-4 semanas em uma fáse de pré-dieta (onde pequenas quantidades de gordura podem ser perdidas) é tempo gasto sem emagrecer. Mas isso ainda é uma ideia melhor do que ficar pulando de dieta em dieta (pequenos cuttings seriam uma exceção). Permita que os ganhos do ciclo de treinamento anterior estabilizem e retreine seu corpo para usar a gordura de forma mais eficaz e a dietá funcionará melhor.
     
    O mesmo é dito para a transição de cutting para bulking. Enquanto todo mundo quer voltar a comer após a dieta ter acabado, o resultado será ganho de gordura rápido, a menos que algumas adaptações metabólicas tenham permitido a dissipação. A parte mais difícil da transição é, na verdade, fazê-la. Quando a dieta acaba, frequentemente há uma mudança psicológica que torna mais difícil restringir calorias do que durante a própria fase de dieta; isso é somado com as adaptações metabólicas. Mas, se a pessoa quiser evitar o ganho rápido de gordura novamente, é crítico que ela faça o exposto para a garantia dos melhores resultados.
     
    Fonte: bodyrecomposition.com
  8. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Borb's em Diário do Borba - Cutting 2016   
    Atualizando
     
    braço: 43cm
    ante: 36cm
    cintura: 94cm
    pernas: 63
    panturra: 44
     
    Foto de hoje: 12/04

  9. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a Glasgow 15 em 1 ciclo - cipionato + oxan *cutting*   
    sevvoce perder 500gr de gordura por semana (deficit de 600-700kcal ao dia), em 10 semanas voce bate 82kg e 11%bf, um otimo resultado, que pode ser amplificado pelos ergogenicos. Entao 10% bf é dificil mas nao impossivel, Se for entrar em tpc sugestao minha de fazer a ponte da ultima aplicacao de testo ate a tpc com masteron ou stano 50mg tsd, iniciar a tpc 5 semanas dps do ultimo shot(3 semanas sua testo nao vai ta menor que 400 ainda, ideal iniciar tpc abaixo de 200), deixar cair bem a testo p tpc ser efetiva... ai stano ou mast seguraria teus ganhos ate entrar na tpc
    ou entra em cruise e facilita as coisas
     
    sugestao so
  10. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a Hannibal Lecter em Passei mal com ioimbina, o que aconteceu?   
    Os receptores alfa 2 adrenérgicos localizados nas células beta do pâncreas, quando estimulados, diminuem a secreção de insulina, deixando níveis mais altos de glicose no plasma. Sendo a ioimbina um bloqueador destes receptores, quando você faz o uso dela, o contrário acontece e você então passar ter secreção de insulina e, consequentemente, níveis mais baixos de glicemia que podem te levar a ter tal hipoglicemia e então ter tais sintomas relatados.
    Os receptores alfa 2 adrenérgicos são considerados importantes reguladores da homeostase glicêmica.
  11. Gostei
    iago.pereira recebeu reputação de mouraozinha em Ciclo com BF alto: fiz cagada   
    @mouraozinha, cativou mais um! Vou ser seu seguidor nessa jornada! Força!
     
    Olha, tudo tem o seu tempo certo e isso inclui treino e dieta. 

    Só o fato de você não ser sedentária já é motivo para comemoração!
     
    Faz  o seguinte:  fica uns 15 dias sem contar macros, alimente-se bem! Continue treinando regulamente. Priorize na regulação do seu sono com fitoterápicos ou com ajuda médica, se for necessário. Após isso volte aqui e recomesse!
     
    Sem pressa, sem cobranças e com sorriso no rosto!
  12. Gostei
    iago.pereira deu reputação a MBD em Ciclo de proviron feminino   
    Não espere grandes resultados do proviron. Ele serve mais pra abaixar seu shbg e com isso deixar mais testo disponível. Agora isso na prática, é uma diferença mínima em questão de resultados.
  13. Obrigado
    iago.pereira recebeu reputação de lucasbeker88 em Relato Clembuterol + fotos   
    Excelente! Em 2017 você nasceu novamente! Não pelo uso do clenbuterol, mas por ter saído do sedentarismo!
     
     
  14. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a Muriloxu em Relato Clembuterol + fotos   
    Caralhooo !! Bem demais irmao!! Parabéns por tudo mesmo e também por motivar geral. Agora é nao perder o foco e só evoluir!!
  15. Gostei
    iago.pereira deu reputação a victorgodinho em Apenas Proviron em Cutting, valeria a pena???   
    Indo direto ao ponto:
    "Apenas proviron em cutting valeria a pena?" Não.
    "queria saber se posso usar Proviron em cutting e se ele me ajudaria nisso?" Usar pode sim, e vai ajudar sim ("vai ajudar" é diferente de "vale a pena" né, rsrs). Ao contrário do que o maninho disse ali em cima, Proviron não vai alterar seu eixo HTP.
     
    Não é o merito do seu post, mas,: então, o que eu acho que valeria a pena?

    Se você está procurando essa sinergia entre "melhora na recuperação, libido, queimar uma gordurinha", eu diria: Faz um ciclo!
    Se você tá mais interessado em continuar diminuindo o BF e o lance da libido e "melhora na recuperação" era apenas um PLUS e não necessariamente seu objetivo primario: Toma um estimulante! Eu iria de efedrina ou clembuterol (tal como nosso amigo já mencionou).
     
    Agora, se tudo lhe interessa... Então manda as duas coisas ao mesmo tempo, hahaha, cicla, toma um estimulante, e corre pro abraço. rssss.
     
    Claro, to falando em estimulantes tendo como pré-entendimento de que você JÁ ESTÁ fazendo uma dieta, do contrário, começe daí (dieta)!
     
     
    Abraços mano!
  16. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Eu tomo muita cafeína. Muita mesmo. Então não dá para sentir tanto o possível rebote da efedrina.
     
    Ontem não treinei. Tinha um prazo para cumprir e também teve bloquinho na rua. Eu e minha namorada só tomamos água, comemos uma pizza brotinho de frango e na volta comemos dois BK Double Cheddar (kkkk ?).
     
    Mas tudo contabilizado nos macros.
     
    Hoje fiz o treino “B” com 4 round de 15 reps de agachamento e os demais auxiliares de costa e bíceps intercalados com bicicleta ergométrica. Foi 1h20 de treino aprox. sendo 40min de bike.
  17. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Vamos lá, atualizar a semana.
     
    Segunda-feira:
     
    Treino "A", passei o dia resolvendo a venda do meu carro então acabei andando bastante e no fim da noite ainda consegui treinar tranquilamente.
     
    Terça-feira:
     
    Viajei para casa dos meus pais para pegar meu novo carro. Acabou que não treinei, mas fui para o sítio e dei uma boa esticada nas pernas. Comi churrasco a noite e passei da média, comi cerca de 3.300 kcal na terça-feira.
     
    Quarta-feira:
     
    Cheguei em casa meio-dia e fui atualizar tudo que estava pendente. Mandei um treino "B".
     
    Quinta-feira:
     
    Treino "C" com bastante ênfase também nos aeróbicos e abdômen.
     
    Sexta-feira:
     
    Treino "A" novamente.
     
    Média de consumo nos demais dias foi algo em torno de 2.200 kcal de 2.500 kcal previstas. Hoje fiz pesagem, estou com 95,8 kgs. Dia 06/01 estava com 96,5 kgs. Está "ok", mas dá para puxar mais. Ainda estou off franol. Depois do carnaval devo ficar on novamente, talvez um pouco depois, quero dar tempo para o SNC dar uma recuperada. Acredito que se conseguir introduzir com consistência o AEJ na rotina 3x por semana e aumentar a intensidade do treino eu consiga melhorar esse resultado.
     
    Paz!
  18. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Em qualquer boa rede de farmácias (PagueMenos, Drogasil, etc.) você acha com certa facilidade.
     
    Além disso tem a sugestão de comprar online, conforme o @antigoargos já mandou ai.
     
    Sábado não treinei por motivos pessoais. Formatura de um grande amigo. Ontem treinei pela manhã, fiz o treino "C" dando bastante ênfase aos aeróbicos. A tarde fui a um bloquinho de carnaval com a namorada e a noite dei uma jacada comendo um hamburguer caprichado com bastante bacon (hueheuehueuh) e coca-cola.
     
    Apesar disso a dieta está bem ajustada, estou tentando balancear os macros. Vou mandar o treino mais tarde. Judiciário voltou de vez hoje, meus prazos começaram a correr e vamos nessa!
  19. Haha
    iago.pereira deu reputação a Shameless em Anabolizante   
    UMA NÓTICIA: 
    uk pharma fechou, aparentemente a uk estava caindo, agora vão investir tudo na premium pharma.
    Não sei como tem gente que ainda compra dessas labs dentro do Brasil, morando no lado do lugar que é tudo liberado, vai entender! 
  20. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Quarta e quinta foram treinos "A" e "B". Ontem não treinei por conta de um compromisso e dia muito corrido (sexta-feira é quando atendemos clientes).
    Estou off franol, até agora sem muitos colaterais.
  21. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Terça-feira foi descanso. Tive um compromisso de ordem pessoal.
     
    Quarta-feira (ontem) fiz o treino "C" e aeróbico de descanso ativo. Também andei bastante durante o dia, então foi um dia bem ativo. Em nenhum dia eu passei da faixa de 2.500 kcal, o que significa que estou no foco. Completou 15 dias on de franol, vou suspendê-lo por 15 dias, pelo menos.
     
     
  22. Gostei
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Ontem fiz treino "A", consegui fazer mais tempo de aeróbico/descanso ativo. Hoje fiz treino "B", mesmo esquema.
     
    Disposição está boa, apesar da restrição na dieta. Está foda bater as proteínas. Estou suplementando com um whey, mas ele é meia boca. Estou avaliando comprar da growth na próxima leva, sempre gostei do whey deles, apesar do gosto não ser dos melhores. Estou atualmente com 3 caps/dia de franol. Tudo normal, sentindo o corpo um pouco dolorido o que é bom sinal. Já dá para ver algumas mudanças, o shape está um pouco mais limpo, mas ainda pouco. Acho que só devo ter mudanças substanciais daqui a um mês ou dois.
     
    Estou me envolvendo em muitas coisas ultimamente e voltando o ritmo de trabalho. Judiciário volta dia 20/01 e deve começar a me consumir com prazos. Mas, vou manter o foco e os treinos.
  23. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Sim!

     
     
    Como o @MBD citou na minha visão o grande colateral do franol, especificamente da efedrina, é o esgotamento do Sistema Nervoso Central. Ele vai dando um crash.
    O desmame é importante, principalmente se nunca houve contato com termogênicos. O rebote, em verdade, eu atribuo não ao uso de droga A ou B, mas a falta de disciplina. Essa combinação de cafeína + efedrina você tem um leve efeito de saciedade. Logo, é mais fácil fazer uma dieta restritiva. Quando se retira essa combinação é preciso ter disciplina para manter a dieta naquela faixa de kcal, por isso o fatsecret e a consistência/disciplina são os grandes diferenciais quando em déficit/cutting.
     
    Espero que tenha respondido, se não... só falar! @iago.pereira
     
  24. Obrigado
    iago.pereira deu reputação a T. Wall em T. Wall ® [2018] back to basics.   
    Saudações!

    Após um 2017 totalmente inconsistente com os treinos e fora da academia (tenho treinado na academia do meu prédio, em breve trago fotos) e de ter batido fuckings 98,9 kgs pós Natal na casa dos meus pais em dezembro tomei vergonha na cara para voltar aos treinos e à dieta.
     
    Pois bem, na última pesagem, esta semana estou com 96,5 kgs, o que atribui a diminuição da retenção pós-comilança de fim de ano e também ao fato de ter passado o ano novo na praia, onde fiz muito exercício em trilhas, mas comi e bebi pra caralho.

    Breve resumo para quem não me conhece, tenho 28 anos, moro no Nordeste, moro só (atualmente tenho dividido meu apê com minha namorada) e sou advogado. Passo muito tempo sentado, lendo, escrevendo, trabalhando e os impactos disso foi quase um ano estagnado e com perdas significativas. Ah, também não sou "natural" há uns 3 anos, administrando pequenas doses semanais de testosterona (atualmente cipionato), cerca de 100mg/sem.

    Estou treinando todos os dias, num sistema A/B basicamente em pequenos circuitos com o que tem na academia.

    3~5 rounds

    A

    5~10 Clean 'n Press
    10~15 Supino reto com halteres (ou alternado, normalmente faço 3 round de um e 2 do outro)
    10~20 PeckDeck
    10~15 Triceps no cabo
    10~15 Triceps francês

    B
     
    5~10 Agachamento
    10~15 Puxada por trás
    10~15 Puxada pela frente
    5~10 Remada unilateral
    5~10 Rosca direta
    5~10 Rosca martelo ou Polia

    Ontem fiz um treino alternativo "C" com 5 rounds de:
     
    C
     
    5~10 Terra
    5~10 Clean 'n Press
    5~10 Agachamento
     
    O descanso ativo entre os rounds são feitos na bicicleta ergométrica, algo em torno de 2 a 3 minutos. Os treinos tem duração de 40 a 1h30 minutos. A aparelhagem é limitada e tenho  dois pares de anilhas de 1 a 5 kgs o que me dá um total de 60kgs disponíveis, dois barras curtas para fazer halteres e uma barra pequena para fazer os demais exercícios.
    Estou usando o aplicativo FatSecret para controlar os macros e a kcal da dieta, usando sempre que possível uma balança de precisão para medir os alimentos.
     
    O plano é chegar até os 86~85kgs em maio. Comecei a 3 dias o uso de franol (efedrina) aliado á cafeína (café passado mesmo). Ah vantagem é que a academia do prédio fica a disposição todos os dias, logo, não preciso de dias de descanso forçado. Mas hoje, por exemplo, vou fazer uma caminhada/corrida com minha namorada num parque.
     
    Acredito que isso é o que há de mais recente. Ainda não me decidi se vou atualizar aqui todos os dias, uma vez por semana ou sei lá. Mas pretendo postar aqui. Vou até atualizar o primeiro post com as informações daqui. Em breve tiro as medidas e posto.
     
    Paz!
  25. Gostei
    iago.pereira deu reputação a Henrique Cwb em Diário - Cutting/Queimando as hellmann's - fotos   
    vlw mano! noix
×
×
  • Criar Novo...