Clique aqui

Garcinia cambogia é uma planta usada na forma de suplemento com o objetivo de auxiliar na queima de gordura e perda de peso em geral.

É derivado de uma fruta do mesmo nome, também conhecida como Garcinia gummi-gutta ou tamarindo malabar.

A casca da fruta contém altas quantidades de ácido hidroxicítrico (HCA), que é o ingrediente ativo que se acredita ser responsável pela maioria dos seus benefícios de perda de peso (1).

Este artigo veremos se garcinia cambogia pode ajudar na perda peso e gordura da barriga.

O que é a Garcinia Cambogia

Garcinia cambogia é uma fruta pequena em forma de abóbora, amarela ou esverdeada.

O fruto é tão azedo que geralmente não é comido fresco, mas sim usado na culinária (2).

garcinia

Suplementos derivados da Garcinia cambogia são feitos a partir de extratos da casca da fruta.

A casca da fruta contém altas quantidades de ácido hidroxicítrico (HCA), uma substância ativa que demonstrou ter algumas propriedades de perda de peso (3, 4, 5).

Os suplementos geralmente contêm 20 a 60% de HCA.

No entanto, estudos mostram que aqueles com 50-60% de HCA podem fornecer o maior efeito (2).

RESUMO

Suplementação com Garcinia cambogia é feita a partir de extratos da casca da fruta Garcinia gummi-gutta. Eles contêm quantidades elevadas de HCA, uma substância que está ligada a perda de peso.

Garcinia e perda de peso

Muitos de alta qualidade  em humanos testaram os efeitos da perda de peso atribuídos a garcinia cambogia.

A maioria deles indica que o suplemento pode causar uma pequena perda de peso (3, 6).

Em média, a garcinia demonstrou causar perda de peso de cerca de 0,88 kg a mais do que os envolvidos que usaram placebo, durante um período de 2 a 12 semanas (3, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15).

Em contrapartida, vários outros estudos, que também tentaram testar os benefícios da garcinia na perda de peso, não encontraram nenhuma vantagem (9, 11, 16).

Por exemplo, o maior estudo – usando 135 pessoas – não encontrou diferença em termos de perda de peso entre aqueles que tomavam garcinia cambogia e aqueles que tomaram placebo (9).

Como você pode ver, as evidências são mistas.

Suplementos de garcinia cambogia podem produzir perda de peso modesta em algumas pessoas – mas sua eficácia não pode ser garantida.

RESUMO

Alguns estudos mostraram que a garcinia cambogia causa perda de peso modesta, enquanto outros estudos não relatam efeitos perceptíveis.

Outros benefícios

1. Pode reduzir apetite

Estudos em ratos mostram que os animais que receberam um suplemento de garcinia cambogia tendem a comer menos (17, 18).

Da mesma forma, alguns estudos em humanos descobriram que a garcinia cambogia suprime o apetite e faz você se sentir satisfeito comendo menos comida (5, 13, 14, 19, 20).

Seu mecanismo não é totalmente conhecido, mas estudos com ratos sugerem que o ingrediente ativo da garcinia cambogia pode aumentar a serotonina no cérebro (5, 21).

Como a serotonina é um inibidor de apetite natural, níveis sanguíneos mais altos de serotonina podem reduzir o apetite (22).

No entanto, esses resultados precisam ser levados com uma dose de ceticismo.

Outros estudos feitos não observaram diferença no apetite entre aqueles que tomavam este suplemento e aqueles que usaram placebo (10, 11, 12, 23).

Em resumo, os efeitos da garcinia podem depender de cada indivíduo.

2. Pode bloquear a produção de gordura e reduzir gordura abdominal

A garcinia cambogia tem a capacidade de afetar os níveis de colesterol no sangue e a capacidade do corpo em armazenar gordura.

Estudos em humanos e em animais mostram que ela pode reduzir colesterol alto e reduzir o estresse oxidativo em seu corpo (24, 25, 26, 27, 28).

Um estudo também sugere que isso pode ser efetivo na redução do acúmulo de gordura da barriga em pessoas obesas (8).

Em um estudo, pessoas obesas tomaram 2.800 mg de garcinia cambogia diariamente por oito semanas e melhoraram drasticamente vários marcadores de saúde que podem apontar doenças sérias relacionadas aos lipídios no sangue (14).

A principal razão para esses efeitos pode ser que garcinia cambogia inibe uma enzima chamada citrato liase, que desempenha um papel importante na produção de gordura (2, 29, 30, 31, 32).

Ao inibir a citrato liase, especula-se que a garcinia cambogia reduza ou bloqueie a produção de gordura no corpo.

Isso pode reduzir as gorduras do próprio sangue e diminuir o risco de ganho de peso – dois fatores que influenciam os risco de adquirir doenças (33).

Efeitos colaterais

A maioria dos estudos conclui que a garcinia cambogia é segura para pessoas saudáveis ​​nas doses recomendadas, ou até 2.800 mg de HCA por dia (37, 38, 39, 40).

Dito isto, os suplementos não são regulados por nenhum órgão competente (nem mesmo o FDA dos Estados Unidos).

Isso significa que não há garantia de que os suplementos de garcinia realmente entreguem a dosagem que dizem.

Portanto, se for comprar, tenha certeza de comprar de uma loja e marca de confiança.

Com isso fora do caminho, os efeitos colaterais da garcinia cambogia são (3, 9):

  • Sintomas digestivos como dor de estômago
  • Dores de cabeça
  • Erupções cutâneas

No entanto, alguns estudos indicaram efeitos colaterais mais graves.

Estudos em animais mostram que uma ingestão muito alta de garcinia cambogia pode causar atrofia testicular, ou encolhimento dos testículos.

Estudos em ratos mostram que também pode afetar a produção de espermatozoides (38, 41, 42).

Há um relato de uma mulher que sofreu uma síndrome serotoninérgica ao misturar garcinia cambogia com antidepressivos (43).

Além disso, vários estudos sugerem que suplementos de garcinia cambogia podem causar danos no fígado ou até mesmo insuficiência hepática em certos indivíduos (44).

Se você tem uma condição médica ou está tomando algum medicamento, consulte seu médico antes de tomar este suplemento.

Lembrando que efeitos colaterais mais séries (como os últimos citados), são causados quando uma dose acima do comum é usada.

Dosagem

Muitas empresas e farmácias de manipulação oferecem dosagens variadas de garcinia cambogia.

E a dosagem vai variar de acordo com a concentração de HCA.

Primeiro, procure por uma marca confiável que contenha 50 a 60% de HCA.

Nesta porcentagem, recomenda-se tomar 500 mg, três vezes ao dia, 30 a 60 minutos antes das refeições.

Mas no final do dia, é sempre melhor seguir as instruções de dosagem no rótulo que você está tomando e a dosagem sugerida pelo seu médico.

Estudos só testaram esses suplementos por  no máximo 12 semanas.

Portanto, pode ser uma boa ideia “ciclar” o suplemento e não usar por mais de 3 meses. Dando um descanso depois disso.

Conclusão

Garcinia cambogia é um suplemento derivado da fruta usado para acelerar a perda de peso, embora os estudos sejam mistos sobre sua eficácia.

Algumas pesquisas mostram que pode causar um pouco mais de perda de peso.

Este efeito não é confirmado, mas é promissor.

Os impactos positivos da garcinia sobre as gorduras do sangue podem ser o seu benefício mais marcante.

Dito isto, se você realmente quer perder peso, você pode ter mais sorte fazendo dieta e mudando hábitos.

Referências

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3748738/
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25732350
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21197150
  4. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S003194220086224X
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12349913
  6. https://www.researchgate.net/publication/279675194_Clinical_evaluation_of_garcinia_cambogia_and_phaseolus_vulgaris_extract_for_obese_adults_in_taiwan
  7. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17215177
  8. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24944404/
  9. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9820262
  10. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0031938401005947
  11. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11443511
  12. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0031938400003218
  13. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16366421
  14. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0271531703002215
  15. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12037659

Este texto ajudou você ?

Avatar
Autor

Textos escritos pela redação do Hipertrofia.org são escritos e revisados por profissionais de várias áreas que circundam o universo da musculação para que você tenha acesso às melhores informações, com respaldo científico e empírico. Dúvidas ? Entre em contato conosco pelo email [email protected]