Aparelhos são tão ruins assim ?

Todo cara que treina pesado sabe da importância do treinamento com o bom e velho peso livre. Porém, com isso criamos um certo preconceito contra as pobres máquinas “causadoras de lesões”, mas elas são tão malvadas mesmo ? Dave Tate tem uma visão nova e diferente sobre os aparelhos que vale a pena ser levada em consideração.

“Todas as pessoas tem sua lista de negativos contra as máquinas, mas ninguém está disposto a lê-las de trás para frente. As pessoas têm que se afastar desse dogma de que tudo é peso livre ou máquinas. Elas podem fazer sexo. Você pode fazer ambos.

Falando nisso, qual foi a última vez que você viu alguém rompendo os músculos do peitoral em uma máquina de supino ? Simplesmente não acontece!

Dave Tate
Dave Tate

Então vamos fazer uma lista rápida do que as pessoas consideram ser os negativos das máquinas:”

1. Os músculos estabilizadores não são recrutados nos aparelhos. Ok, e se eu tiver com o ombro zoado ? Talvez eu não queira usar os músculos estabilizadores. Agora eu posso fazer supino em uma máquina e não preciso me preocupar com os tendões do meu ombro e ainda posso fazer o tríceps e o peitoral trabalharem. A máquina está se encarregando da estabilização. Isso é um positivo.

2. Amplitude de movimento limitada. Isso é asneira logo de cara. Pegue um cara que pesa 130kg com um barrigão e olhe ele fazendo supino. Isso sim é amplitude limitada. Agora coloque o gordão em uma máquina de supino e ele terá 5 vezes mais amplitude. Além disso, qual é o problema da amplitude limitada ? As repetições parciais e outras técnicas que usam uma amplitude limitada são inúteis também ?

3. Você só está trabalhando um grupo muscular. E se eu quiser trabalhar somente um grupo muscular ? Digamos que o meu tríceps é fraco e quero dar atenção somente a ele. Claro, eu posso fazer isso com o supino fechado, mas eu não quero fatigar o meu sistema nervoso central e fazer movimentos que dificultarão a recuperação. Então eu vou procurar algo que aumente o trabalho no músculo, mas sem uma grande demanda de recuperação. Bingo, tríceps no pulley!

4. Aparelhos não estimulam o sistema nervoso central. Eu não sei como as pessoas podem provar ou desaprovar quais exercícios afetam mais o SNC. Isto vai depender da demanda imposta no corpo. Agora vamos imaginar que uma máquina pode exigir menos do SNC. Não existe um tempo no treino onde isto pode ser bom? Como em uma fase de descarga.  Não seria melhor fazer alguns exercícios nas máquinas para fazer o sangue bombear sem a necessidade de parar por uma semana para que o SNC descanse ?

5. Não tem como treinar pesado com aparelhos. Esta é a coisa mais burra que existe. Pesado é diretamente relativo à pessoa que levanta o peso. Eu amo quando chega um cara e diz que treinou pesado e faz supino com 80kg. Isso é pesado ? Para quem ? E já viu quando as pessoas entopem o legpress de peso. Isso é pesado, hein cara!(Ironia)

6. Máquina é uma abordagem preguiçosa ao treino. Abordagem preguiçosa é ficar uma semana longe da academia.

Conclusão

Treinar com peso livre pode ser muito vantajoso para ganhar massa muscular, porém as máquinas também tem o seu lugar na academia e também deverão ter o seu devido espaço no seu treino. Você pode ter ganhos superiores usando ambos.

Por Dave Tate

Este texto ajudou você ?

20 comentários em “Aparelhos são tão ruins assim ?”

  1. gostei cara, vou seguir a sua opinião
    malhar com peso livre e nas maquinas
    ambos são realmente bons…desde que a pessoa malhe certo,
    com disposição e um peso adequado.
    valeu, vou seguir a sua idéia!

    Responder
    • Corretíssima a sua opinião! Aumentei muito o tônus muscular trabalhando com o peso primeiro e finalizando na máquina. Exemplo: ao final das séries de rosca bíceps, eu finalizava com o banco para bíceps e supino idem.

      Responder
  2. poise, concordo com o Tate, em uma epoca que o cara ta cansadao e quer isolar mais o musculo ou estando com algum musculo sinergista ferrado/recuperando, as maquinas ajudam pacas ou mesmo estando em plenitude fazendo como ultimo exercicio um isolado eh mto melhor

    Responder
  3. Uma fórmula que funciona bem comigo é um treino BHM:
    Barra, Halteres e Máquina.
    Dessa forma, sempre termino o treino fadigando os músculos até onde aguento na máquina, onde posso chegar até a falha, com o máximo do peso, sem risco de lesão ao músculo ou de o peso voltar em mim.

    Responder
  4. Já começou errando no título, negativizando os exercícios em aparelho.

    Os exercicios em aparelho são tão essenciais quanto os livres, e ambos trazem resultados satisfatórios, o título do artigo induz a uma visão negativa e pessimista em relação aos aparelhos o que é uma afirmação errada a respeito.

    Além disso não citou aspectos como que os exercícios livres trazem um desenvolvimento secundário e inibem o rendimento cem por cento do localizado.

    Se por exemplo eu trabalho a rosca livre eu trabalharei músculos secundários ( ombro e punho) diminuindo a eficiência do músculo principal ( bíceps).

    Responder
  5. supino com 80 quilos nao é um peso ruim nao, isso vai muito do cara se ele suplementa ou nao, tem algumas coisa que saem escritas aqui que nao passam de asneiras de bombados que colocam 150 quilos no supino mas vivem cheios de bomba no corpo ou tomam 10 suplementos por dia

    Responder
  6. Treino pesado… Eu posso falar um treino pesado, fiz um treino de perna sexta-feira e fiquei sentindo os musculos até segunda, e ñ usei muitos pesos só precisei de um treino um pouco complexo e feito corretamente

    Responder
  7. Se bem usado, pode ser bom, mas, obrigatórias mesmo não são. Existe treino sem máquina, mas não existe treino sem peso livre.

    Responder
  8. Interessante esse tópico. Obviamente eu prefiro os exercícios com pesos livres. Mas a máquina mais relativamente interessante que existe é o puxador (dorsais). Imagine só, um cidadão de 100Kg, que não consegue fazer 1 repetição se quer na barra fixa. Ele não consegue porque seu corpo pesa 100Kg. Mas a máquina de puxar permite ele usar de 5Kg… até 100Kg (dependendo da máquina podemos obter até 120kg ou 140kg). Nada contra as nossas máquinas que nos ajudaram tanto a chegar nos pesos livres.

    Responder
  9. Porra cara, até que em fim uma abordagem bm fundamentada e embalada sobre os pobres aparelhos. ENDOçA á teoria do GP 15. Eu mesmo sempre tive grande restriçao ás máquinas, mas depois desse post, estou revendo os conceitos. Muito boa a colocação desse cara.

    Responder

Deixe um comentário

Hipertrofia.org Newsletter

Receba o melhor conteúdo do site direto em seu email (no máximo 2 por semana).