Ir para




Olá, anônimo!


Entrar  Logar com o Facebook Logar com o Twitter

Cadastre-se
Seja bem vindo ao Hipertrofia.org. Que tal se registrar para poder participar das discussões e ainda ter acesso às áreas que somente usuários registrados podem ver ?
 
Para registrar-se, basta clicar ali do lado. É fácil, não demora nem 10 segundos e sequer pedimos confirmação por e-mail! Está esperando o que ?
 
Guest Message by DevFuse

Foto

Tuf Brasil Wand Vs Belfort - Tópico Oficial


  • Please log in to reply
406 respostas para este tópico

#1 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 01:00:25 em 12/03/2012

Senhores, como iremos falar muito de TUF a partir de semana que vem, vamos postar tudo relacionado neste tópico aqui ok?

Lembrando que TEREMOS SPOILERS E COMENTARIOS SOBRE AS LUTAS QUE PASSAREM.

Imagem



Um dos principais responsáveis pela popularização do MMA nos Estados Unidos na década passada, o TUF chega à TV brasileira a partir do próximo dia 25 de março, com transmissão da TV Globo. Com o nome "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões", o reality show do UFC dará ao campeão de cada categoria um contrato com a organização e a chance de integrar o principal plantel de lutadores do planeta.


Os participantes, todos eles brasileiros, são divididos em dois times: um comandado e treinado por Vitor Belfort e outro por Wanderlei Silva. O programa começa com 32 lutadores, sendo 16 pesos-médios (até 83,9kg) e 16 pesos-pena (até 65,8kg). A metade sai logo no primeiro episódio, que tem combates eliminatórios - cada vencedor garante vaga na casa.

Passado o episódio de abertura, sobram oito lutadores médios e oito penas. Com quatro atletas de cada categoria nos dois times, eles se enfrentam em sistema eliminatório até restarem os finalistas. Em cada episódio, uma luta será exibida. Os perdedores são eliminados, mas permanecem na casa e podem voltar à disputa em caso de contusão de algum outro participante.


O programa final será realizado no dia 23 de junho e terá transmissão ao vivo. Além das duas finais, o evento contará também com uma superluta entre os treinadores, Vitor Belfort e Wanderlei Silva. O UFC vai preencher o card com outras lutas, e a expectativa é de que Anderson Silva enfrente Chael Sonnen na mesma noite na disputa pelo cinturão dos médios do Ultimate. Lutadores eliminados no programa também podem participar.


História do programa


"The Ultimate Fighter" é um reality show do UFC que concede automaticamente ao vencedor de cada categoria um contrato com o evento. Todos os episódios anteriores foram gravados nos Estados Unidos, e apenas quatro brasileiros marcaram presença: Jorge Gurgel (TUF 2), Thales Leites (TUF 4), Vinny Magalhães (TUF 8) e Diego Brandão (TUF 14). Deles, o mais bem-sucedido foi este último, campeão no peso-pena ao superar Dennis Bermudez na final.



Ícones nacionais como Rodrigo "Minotauro" Nogueira e Júnior Cigano já foram treinadores em edições anteriores. Minotauro apareceu na oitava temporada, que foi ao ar em 2008, e teve o ex-campeão dos pesos-pesados Frank Mir como técnico rival. Os dois vencedores daquela edição, o meio-pesado Ryan Bader e o peso leve Efrain Escudero, eram membros do "Time Nogueira". Já o time de Cigano competiu contra o que foi capitaneado pelo ex-campeão Brock Lesnar, na 13ª temporada. Os treinadores deveriam ter se enfrentado numa batalha final, mas Brock teve que sair da disputa devido a problemas de saúde.
A série "The Ultimate Fighter" têm revelado alguns dos lutadores mais talentosos do UFC. No ar desde 2005, o programa foi um dos grandes responsáveis por alavancar a popularidade da organização junto ao público americano. Principalmente no TUF 1, com a épica batalha na final meio-pesado entre Forrest Griffin e Stephan Bonnar e as polêmicas criadas na casa por Chris Leben e Josh Koscheck.



Imagem


OS LUTADORES

Os 32 atletas escolhidos para participar do reality show The Ultimate Fighter foram revelados, nesta segunda-feira. O atletas são divididos em duas categorias: a dos pesos médios e dos penas. Dentre os selecionados estão nomes conhecidos, como Serginho Moraes, Cezar Mutante, João Paulo Tuba, Francisco Massaranduba e Delson Pé de Chumbo.

Em meio aos pesos penas, destaque para Rony Jason, Rodrigo Damm, Anistávio Gasparzinho, Pedrinho Nobre e Dileno Lopes.

O programa, que terá Wanderlei Silva e Vitor Belfort como treinadores, será exibido a partir do dia 25 de março, pela TV Globo.

Confira a relação dos 32 selecionados:


Peso médio:

- Serginho Moraes
- Cezar Mutante
- Leonardo “Macarrão” Mafra
- Daniel Sarafin
- Gustavo “Labareda” Sampaio
- Richardson “Monstrão” Moreira
- Fabio Bolinho
- Renee Forte
- João Paulo Tuba
- Francisco Massaranduba
- Thiago Rela
- Charles Maicon
- Gilberto Galvão “Giba”
- Thiago “Bodão” Perpétuo
- Samuel Trindade
- Delson Pé de Chumbo

Peso pena:

- Alexandre “Sangue” Ramos
- Rony Jason
- Godofredo Pepey
- Marcos Vinicius “Vina”
- Anistávio Gasparzinho
- Johnny “Cabeça” Gonçalves
- Hugo “Wolverine” Viana
- Fernando Duarte Guerra
- Rodrigo Damm
- John Teixeira
- Rafael Bueno
- Wagner “Galeto” Campos
- Pedrinho Nobre
- Fabrício de Assis Costa da Silva “Guerreiro”
- Dileno Lopes
- Giovanni “Soldado”

Quem são os favoritos?

Peso médio:

- Sérgio Moraes: campeão mundial de Jiu-Jitsu, Serginho ganhou notoriedade nos tatames ao dar a primeira derrota da carreira do fenômeno Kron Gracie, filho da lenda Rickson Gracie. No MMA, possui um cartel de seis vitórias em sete lutas, tendo passado por eventos como MTL, Jungle Fight e Bellator.

- Cezar Mutante: o pupilo de Vitor Belfort em Las Vegas conquistou as maiores vitórias de sua carreira no Bitetti Combat e estreou internacionalmente com um nocaute em apenas 17 segundos, mas sofreu um revés igualmente rápido quarto dias mais tarde, perdendo em 25 segundos.

- Leonardo Macarrão: o atleta estreou em 2011 e venceu as cinco lutas que fez até então, todas em um período de seis meses. É uma das promessas da Chute Boxe, equipe que revelou ao mundo lutadores como Maurício Shogun, Wanderlei Silva e Anderson Silva.

- Daniel Sarafian: começou sua carreira de forma inconsistente, fazendo poucas lutas por ano, e embalou apenas em 2009. Chegou a competir no Bellator, mas perdeu em sua única participação. Já pegou pedreiras como Mike Whitehead, ex-lutador do UFC e Strikeforce. Venceu as ultimas quatro lutas que disputou, sendo três por finalização.

- Gustavo Labareda Sampaio: construiu parte de sua carreira em eventos internacionais, na Espanha, e tem um cartel de cinco vitórias em seis lutas. Agressivo, nunca deixou a luta na mão dos juízes, tendo conquistado três finalizações e dois nocautes.

- Richardson Moreira: pupilo dos irmãos Minotauro e Minotouro no Rio de Janeiro, o peso médio está invicto no MMA, com três lutas realizadas em Campinas, interior de São Paulo. Estreou em 2010 com uma finalização em apenas 36 segundos, e venceu as pelejas seguintes também no primeiro round.

- Fabio Bolinho: atleta da Kimura Nova União, equipe que revelou talentos como Renan Barão e Ronny Markes, Bolinho nunca perdeu em 10 lutas de MMA, sendo nove vitórias e um empate. Apesar de invicto, nunca conseguiu vencer por nocaute ou finalização, tendo todas as suas vitórias vindo por decisão dos juízes ou desistência. Sua última luta aconteceu em 2009, em Natal.

- Renee Forte: fera do Norte do país, ele treina na filial da Nova União na região, a Dragon Fight. O atleta estava acostumado a competir como meio-médio (77kg), mas decidiu subir de categoria para ter sua chance no TUF. Em oito lutas de MMA, venceu duas por nocaute e duas por finalização, além de três por pontos.

- João Paulo Tuba: atleta da Universidade da Luta, foi o principal sparring de Maurício Shogun nos treinamentos para o duelo com Jon Jones, em 2011. Não luta desde maio do mesmo ano, quando entrou pelo ringue pela 12ª vez (são oito vitórias e quatro derrotas).

- Francisco Massaranduba: um dos grandes nomes do peso leve no Brasil, subiu duas categorias para o TUF, uma diferença de 14kg. Ficou perto de assinar com o UFC, mas perdeu a final do GP do jungle Fight para Iuri Marajó, hoje uma das grandes novas estrelas da organização. Em sua carreira, tem 10 vitórias em 11 duelos, sendo quatro nocautes e três finalizações.

- Thiago Rela: construiu toda sua carreira no interior de São Paulo, onde conquistou três vitórias por finalização em quatro pelejas. Dono de um Jiu-Jitsu afiado, o representante da Checkmat tem um mata-leão afiado.

- Charles Maicon: estreou com derrota em 2008, e de lá para cá venceu tudo. Competiu em diversos eventos de São Paulo, vencendo por nocaute em suas últimas oito lutas.

- Gilberto Galvão: representante da RFT, é um dos mais experientes do reality show. Fez 24 lutas nos últimos seis anos, com 19 vitórias. Atleta da Luta Livre, 68% de suas vitórias vieram por finalização, com dois nocautes. Perdeu apenas uma das últimas 18 lutas que travou.

- Thiago Bodão: competia como meio-pesados nos eventos nacionais, mas fez dieta para descer para 84kg. Venceu oito dos 10 combates que travou, sendo seis pro nocaute, e já passou por eventos como Jungle Fight, Max Fight e Real Fight.

- Samuel Trindade: manteve-se invicto por seis lutas até 2011, quando foi superado por Ronys Torres, ex-lutador do UFC. Em seus triunfos, acumula três finalizações e um nocaute, todos em combates realizados na região norte do país.

- Delson Pé de Chumbo: é um dos favoritos ao título. Um dos grandes nomes da história do Jiu-Jitsu, Pé de Chumbo ganhou notoriedade no MMA no ringue da IFL. Pupilo de Roberto Gordo, tem cartel de 23 vitórias em 29 lutas, sendo metade delas por finalização.


Peso pena:

- Alex Sangue: outro pupilo de Maurício Shogun a entrar na casa do TUF. Invicto no MMA, tem cinco vitórias na carreira, com três finalizações e um nocaute, todas conquistadas em eventos do Paraná.

- Rony Jason: Bastante explosivo, demorou a se encaixar no esporte. Chegou a ter um cartel irregular de cinco vitórias e três derrotas, mas desde então não sabe o que é perder. Nas últimas cinco pelejas que travou, venceu uma por nocaute e quatro por finalização, conquistando o cinturão do Max Fight.

- Godofredo Pepey: está invicto nos ringues. O faixa-preta de Jiu-Jitsu usou a arte suave para conquistar seis de suas vitórias, além de dois nocautes. Nunca deixou a luta chegar à decisão.

- Marcos Vinicius Vina: o peso pena venceu 19 lutas desde 2008, com 13 finalizações e seis nocautes. Atleta da Strikers’ House, passou por eventos como WFE, BFL e Samurai FC. Em 2006, conquistou o GP da Champions Fight ao vencer três lutas na mesma noite, todas por finalização. Venceu outro GP em 2010, desta vez de dois combates.

- Anistávio Gasparzinho: natural do Rio Grande do Norte, o “fantasminha camarada” já enfrentou pedreiras como Wilalmy Chiquerim, Jurandir Sardinha e Jamil Silveira, e tem um cartel de 14 vitórias e sete derrotas. É atleta da equipe Kioto.

- Johnny Cabeça: especialista na trocação, venceu quatro vitórias no MMA, sendo duas por nocaute. Natural do interior de São Paulo, tem como base o Muay Thai.

- Hugo Wolverine: invicto em seis lutas de MMA (cinco profissionais e uma amadora), o atleta da Champion Team jamais nocauteou ou finalizou seus adversários, tendo conquistado seus triunfos na decisão dos jurados.

- Fernando Duarte Guerra: sofreu o único revés de sua carreira para Cyderlan Porco Loco, e acumula 10 vitórias no MMA. Mais um representante da Chute Boxe no programa, Fernando conquistou 40% vieram de seus triunfos por nocaute ou finalização.

- Rodrigo Damm: um dos mais experientes na casa, já passou por eventos como Sengoku e Strikeforce. Enfrentou alguns dos maiores nomes nestes eventos, como Gilbert Melendez, Eiji Mitsuoka, Maximo Blanco e Justin Wilcox. No Brasil, lutou em eventos como Jungle Fight e Shooto. Ao longo dos últimos oito anos, venceu nove lutas e perdeu cinco.

- John Teixeira: natural do Macapá, está invicto em 14 lutas, sendo 13 vitórias e um empate. Dono de um bom jogo de chão, venceu oito por finalização e duas por nocaute.

- Rafael Bueno: pupilo de Munil Adriano, competia como peso leve nos eventos nacionais. Suas sete vitórias em oito lutas vieram por finalização ou nocaute, a maioria no primeiro round.

- Wagner Galeto: atleta da Gile Ribeiro Team, subiu de peso para lutar no TUF Brasil. Chegou a enfrentar o duríssimo John Lineker, hoje atleta do UFC, que lhe impor a única derrota em suas primeiras 11 lutas. Na carreira, foram três vitórias por finalização e seis por nocaute.

- Pedrinho Nobre: aposta da Brazilian Top Team, tem um cartel invicto de 12 lutas profissionais, além de duas amadoras. Companheiro de treinos de nomes como Miltinho Vieira e Rousimar Toquinho, ambos do UFC, Pedrinho venceu todas antes do fim do último round.

- Fabrício Guerreiro: mais jovem da lista de candidatos do TUF Brasil, o lutador de 21 anos sofreu apenas uma derrota em 15 combates.

- Dileno Lopes: mais um atleta invicto a fazer parte do reality show, ganhou as oito lutas que disputou em eventos nacionais, a maioria na região norte do Brasil. Sete de suas vitórias vieram por finalização, quatro delas na guilhotina.

- Giovanni Soldado: representante da Hikari, subiu do peso galo para o peso pena em busca do sonho de lutar no UFC. Estreou com derrota em 2006, mas venceu as 10 lutas que disputou a seguir. Tem experiência em torneios: venceu dois GPs do Octagon Fight, nos anos de 2009 e 2010. Sua maior vitória veio sobre o experiente Renato Velame.











Paulista que venceu filho de Rickson é o principal nome do jiu-jítsu no TUF


Imagem

Com quatro títulos mundiais, Sérgio Moraes é o principal nome do jiu-jítsu entre os 32 participantes do programa The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões, que estreia na TV Globo no próximo dia 25 de março. O paulista de origem humilde, criado na Cohab, em São Paulo, começou a praticar a arte suave por causa de um dos maiores nomes da modalidade, Rickson Gracie. Em 2008, por obra do destino, teve que enfrentar Kron Gracie, o filho de sua fonte inspiradora, logo na primeira luta do Mundial de 2008. Ele venceu, e ali começou a caminhada rumo ao seu primeiro e único título na faixa-preta.
- Quando soube que iria lutar com o filho do Rickson, fiquei muito feliz e me foquei mais ainda. Ele é muito falado não só porque é filho do Rickson, e sim porque tem um recorde que ninguém tem. O cara tem 51 finalizações. Ninguém pode contestá-lo. Ele joga sempre para frente e luta muito - disse Moraes ao site da revista "Graciemag" na época.
O paulista, desde 2006, tenta conciliar o jiu-jítsu com o MMA. No mundo das artes marciais mistas, ele fez sete lutas, venceu seis e perdeu uma. Cinco de seus triunfos saíram de golpes da arte suave - dois triângulos, dois mata-leões e uma kimura. No TUF Brasil, ele vai disputar um contrato com o UFC no peso-médio.
A única derrota no MMA foi para o americano Brett Cooper, no Jungle Fight 15, em 2009. Moares já se recuperou ao bater o peruano Etoube Morales por kimura, em 2010, quando lutou pela última vez.
Além de Sérgio Moraes, outro campeão do mundo de jiu-jítsu presente no programa é Delson Pé de Chumbo, vencedor em 2002.



Pé de Chumbo já bateu um dos principais meio-médios do UFC


Imagem







O TUF é reconhecidamente um programa para revelar jovens talentos, mas a edição brasileira, The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões -, traz entre os participantes uma figura bem conhecida dos fãs de MMA: Delson Heleno, ou simplesmente Pé de Chumbo. O fluminense de Teresópolis tem 34 anos e já fez 29 lutas na carreira, sendo 23 vitórias e seis derrotas. Entre os triunfos está um por chave de braço diante de Jake Ellenberger, atualmente um dos principais nomes do peso-meio-médio do UFC.


O confronto foi em setembro de 2007, no evento americano IFL, em Hollywood. A vitória do brasileiro veio aos 3m45s do segundo round. Ellenberger (27-5) venceu dez de seus últimos 11 combates, vem de uma sequência de seis triunfos e é um dos fortes candidatos a disputar o título dos meio-médios ainda em 2012.


Pé de Chumbo ganhou destaque no cenário nacional no MMA no início da década passada, quando participou do Meca, evento responsável por revelar, por exemplo, Mauricio Shogun. Na nona edição, no dia primeiro de agosto de 2003, Delson Heleno e Shogun lutaram na mesma noite. O primeiro perdeu para Daniel Acacio, enquanto o segundo derrotou Evangelista Cyborg.


Delson Heleno já enfrentou outros três lutadores com passagem pelo UFC: venceu Jorge Patino Macaco, em 2004, na decisão dos jurados; perdeu para Jay Hieron após machucar a perna, em 2007; e foi desqualificado, em 2009, depois de aplicar um chute ilegal em Dennis Hallman, atleta que ainda é do Ultimate.



Para site gringo, caçula do TUF Brasil é promessa nº 1 do mundo nos leves


Imagem







Em todo início de ano, o site americano "BloodyElbow" divulga uma lista com dez nomes de cada categoria que têm tudo para brilhar na temporada. São as novas promessas do MMA, com direito a muitos brasileiros. Fabricio de Assis Costa da Silva, o Guerreiro, um dos participantes do TUF Brasil, foi apontado pelo veículo como a principal aposta do esporte no peso-leve para 2012. No programa, entretanto, ele está na disputa do peso-pena.


Fabricio tem apenas 21 anos e iniciou sua carreira com 18, em 2009. Natural de Santana, no Amapá, ele já fez 16 lutas. Disputou uma que teve resultado anulado ("no contest") e venceu outras 14, sendo dez por finalização, duas por nocaute e outras duas na decisão dos jurados.


Sua única derrota foi para Rafael Bastos, em julho do ano passado. O resultado foi controverso, pois muitos dos que acompanharam o combate consideraram que o árbitro parou a luta antes do necessário. Foi marcada a revanche no mês seguinte, e Guerreiro bateu o rival após uma chave de braço partindo do triângulo.


Fabricio Guerreiro treina no Clube de Judô Ronildo Nobre, de Santana. Como o próprio nome da academia diz, um espaço especializado em judô. Mas, segundo o sensei Ronildo Nobre, há espaço também para o MMA.


- Nosso trabalho é feito com responsabilidade. Outras academias têm professor de boxe, muay thai, jiu-jítsu, e aqui nós fechamos nosso grupo, temos nossa família e cada um passa um pouco do que sabe. Só que esse pouco é feito com o coração, com entusiasmo, e os resultados estão aparecendo - disse Nobre ao site "Clube da Faixa-Preta".


Guerreiro, é bem verdade, não teve ainda um grande teste. Construiu boa parte de seu cartel em eventos na capital do estado, Macapá. Mas enfrentou adversários experientes em suas últimas lutas. João Paulo de Melo, Marcinei Custódio e Rafael Bastos, os três últimos que foram derrotados por Fabricio, têm, juntos, 93 vitórias, 38 derrotas e quatro empates em suas carreiras.


A resposta sobre o real potencial do jovem Fabricio Guerreiro começa a ser dada no dia 25 de março, quando o The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões começa a ser exibido pela TV Globo.



Pupilo Cezar 'Mutante' é tratado como irmão por Vitor Belfort


Imagem







Se contar com uma grande admiração do treinador fosse sinônimo de boas performances, Cezar "Mutante" Ferreira seria o maior favorito do "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões". Um dos 32 participantes do programa que vai ao ar pela primeira vez na TV Globo no dia 25 de março, o peso-médio é pupilo de

Vitor Belfort

, que treina uma das equipes e o considera um "grande irmão" - o outro time é comandado por Wanderlei Silva.


No último dia 13 de dezembro, durante a entrevista coletiva que revelou quem seriam os técnicos do TUF Brasil, Belfort

brincou e pediu





para Wanderlei não escolher o pupilo que, segundo ele, lhe dá "muito trabalho". Mutante atualmente mora em Las Vegas, onde integra a equipe do ex-campeão do UFC, e também não esconde a admiração por ele:


- Vitor Belfort é meu parceiro, meu irmão, meu camarada. Por meio do Vitor tive a oportunidade de conhecer grandes atletas. Tenho um cartel de seis lutas, mas tenho essa experiência que ele já me proporcionou de treino, então isso conta muito nos combates. Eu me sinto um privilegiado, agradeço muito a ele - disse o lutador em vídeo que pode ser visto no site oficial de Vitor Belfort.



Aos 26 anos, Cezar Mutante é natural de Belo Horizonte e tem seis lutas na carreira: quatro vitórias e duas derrotas. Casado e pai de uma filha, o atleta oriundo da capoeira largou tudo para tentar realizar o sonho de ser campeão do UFC. Nele, Vitor Belfort vê semelhanças com ele próprio no início da carreira, quando foi o mais jovem lutador a vencer no Ultimate, com 19 anos, e recebeu o apelido de "Fenômeno".
- Conheci o Cezar há uns nove anos. Ele foi à academia, tinha um cabeção, longos dreadlocks, um cara da capoeira... Ele teve uma vida muito difícil, mas sempre foi íntegro e procurou por oportunidades. Ele me disse que uma vez pegou uma revista em que eu estava na capa e prometeu a si mesmo que iria me conhecer e treinar comigo. E virou realidade. Faz tudo o que digo para ele fazer, é um grande amigo meu. Quero o sucesso dele, nada além disso. Vejo talento nele, um bom coração, é como um irmão para mim. É um futuro campeão - disse Vitor em entrevista ao site "MMA Heat" em 2011.
Por meio do "irmão", Mutante já fez parte do camp de Randy Couture para a luta dele com Lyoto Machida, no UFC 129. E o mineiro até ganhou elogios de Georges St-Pierre quando o canadense foi a Las Vegas para fazer um intercâmbio de treinos com Belfort, meses atrás. A boa impressão causada logo de cara parece evidente. O TUF Brasil é quem poderá concretizar o sonho.

Do canavial para o octógono, Massaranduba busca seu sonho


Imagem







Uma história brasileira comovente está no reality show TUF Brasil. Como muitos atletas do país Francisco Drinaldo, conhecido como Massaranduba, trilhou caminhos difíceis antes de conseguir algum espaço no MMA. O lutador do Piauí começou a trabalhar aos oito anos como cortador de cana e encontrou dentro do octógono uma forma de mudar o rumo de sua vida. Dentro do Ultimate Fighter - Em busca de campeões, Massaranduba espera usar as mãos que carregavam facões pelos canaviais para buscar nocautes e, quem sabe, encontrar o grande final feliz de sua jornada: um contrato com o UFC


Natural da pequena cidade de Amarante, o atleta de 33 anos iniciou sua trajetória no esporte tarde, começando a treinar apenas aos 24 anos. Mesmo em desvantagem em relação aos lutadores que estão no esporte desde a adolescência, o peso-médio chegou ao MMA de forma convincente: com 11 lutas, dez vitórias e apenas uma derrota. Ele perdeu para Yuri Marajó, que hoje está no UFC, no Jungle Fight 22, em setembro de 2010. Campeão de kickboxing, Francisco é considerado perigoso e muito agressivo por seus treinadores.


Atualmente no Jungle Fight, Massaranduba ainda está longe de conseguir estabilidade financeira para focar 100% no esporte. Segundo o próprio lutador, treinos já foram perdidos por conta da falta de dinheiro para pagar a condução até a academia Constrictor Team, em Brasília, onde treina ao lado de lutadores como Paulo Thiago. O maior problema de Francisco é a falta de patrocinador.


- Às vezes, não consigo treinar porque não tenho dinheiro para pegar o ônibus e ir para a academia - disse o lutador, em seu site oficial.


A carreira profissional do atleta começou em 2006, no Fight Club Tournament, onde ganhou duas lutas, uma por decisão unânime e outra por nocaute. Depois de lutar pouco, Francisco Drinaldo engatou uma sequência de combates a partir de 2010, quando entrou no octógono do Bitetti Combat 6, onde finalizou o experiente Luiz Firmino com uma chave de joelho, ganhando pela primeira vez atenção.


Após a boa exibição no Bitteti, Massaranduba foi contratado pelo Jungle Fight, onde fez seis lutas e foi derrotado apenas uma vez. A última exibição foi em julho do ano passado quando derrotou Adriano Martins, por decisão unânime, pelo Jungle Fight 30.


Deixando o passado de lado, Franciso Drinaldo, o Massaranduba, tem a chance de ouro para ganhar visibilidade e, quem sabe, um contrato com a maior organização de MMA do mundo e, enfim, poder mudar sua vida e a de sua família. Se o conto de fadas vai se confirmar no octógono, só vamos saber a partir do dia 25 de março, quando vai ao ar o primeiro episódio do The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões.



Inspirado em vilão do cinema, 'Jason' conta com apoio dos irmãos Nogueira


Imagem









Na série de filmes Sexta-feira 13, Jason é o temido assassino que utiliza uma máscara de hóquei e já colocou muito medo nos telespectadores do mundo inteiro. Um dos participantes do TUF Brasil, Rony Bezerra adotou o personagem de terror para seus combates. Por entrar no octógono com conhecida máscara do filme, ele ganhou o apelido de Rony Jason. Com 13 lutas, dez vitórias e três derrotadas na carreira, o Jason do MMA tem aterrorizado seus últimos adversários: ganhou os cinco combates recentes, pelo Max Fight e High Fight Rock, por finalização (quatro vezes) e nocaute, todos ainda no primeiro round.


Natural de Quixadá, no Ceará, o peso-pena tem 27 anos e recebe o apoio de ninguém menos que os irmãos Nogueira em sua carreira. Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro o receberam de braços abertos na Team Nogueira, no Rio de Janeiro, onde ele teve a oportunidade de treinar regularmente ao lado de nomes experientes do UFC, como a superestrela Anderson Silva.


- Rony foi descoberto por Minotauro em uma competição de MMA no Rio de Janeiro, no início de 2011. Ele foi convidado pelo Rodrigo para fazer parte da equipe Team Nogueira e morar no Rio de Janeiro - disse Sara, irmã do lutador, em uma entrevista recente ao "Diário do Nordeste".


Jason começou a lutar jiu-jítsu com apenas oito anos, em uma academia de sua cidade natal. Ele deixou sua terra há dez anos e foi morar em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Lá, ingressou na universidade de direito e passou a dar aula da arte suave. Sem tempo para se dedicar aos estudos, Rony optou por focar apenas em seu ingresso no MMA, até ser chamado para treinar no Rio. Uma de suas três derrotas foi para o atual peso-galo do UFC, Renan Barão, em 2006. Na ocasião, Barão levou a melhor por decisão dos jurados no Cage Fight Nordeste.


A última luta de Rony Jason foi em novembro do ano passado, quando finalizou Reginaldo Vieira pelo Max Fight 10. Apoiado por nomes fortes do UFC, como os irmãos Nogueira, Jason vai em busca de um contrato com o maior evento de MMA do Mundo. O Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões estreia no dia 25 de março, na TV Globo.


PESOS MÉDIOS

Selecionados entre quase 300 atletas, os 16 pesos-médios que farão parte do reality show "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões" são alguns dos melhores representantes da categoria em atividade no Brasil. De jovens de 22 anos, como Thiago Rela e Leonardo Macarrão, a veteranos de 34 e 35 anos de idade, como Délson Pé de Chumbo e Gustavo Labareda, respectivamente, todos alimentam o sonho de conseguir um contrato com o UFC.
Conheça abaixo os perfis dos 16 eleitos, que disputarão uma vaga na maior organização de MMA do planeta.
Imagem
Nome: Sérgio Moraes
Apelido: Não tem
Idade: 29 anos
Cartel: Seis vitórias e uma derrota
Cidade: São Paulo (SP)
Característica: Solteiro e pai de dois filhos, Moraes foi quatro vezes campeão mundial de jiu-jítsu. Das seis vitórias na carreira, cinco foram por finalização, e uma por decisão dos juízes. Sua única derrota foi para Brett Cooper, por nocaute, no Jungle Fight 16, em 2009.
Imagem
Nome: Cézar Ferreira
Apelido: Mutante
Idade: 26 anos
Cartel: Quatro vitórias e duas derrotas
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Característica: Casado e pai de um filho, Mutante fez suas duas últimas lutas nos EUA, conseguindo uma vitória, sobre Chaun Sims, e uma derrota, diante de Elvis Mutapcic. Forte na luta em pé, tem três vitórias por nocaute das quatro que conquistou em sua carreira.
Imagem
Nome: Leonardo Mafra Teixeira
Apelido: Macarrão
Idade: 22 anos
Cartel: Cinco vitórias
Cidade: Balneário Camboriú (SC)
Característica: Com carreira no MMA do sul do Brasil, Macarrão possui três vitórias por nocaute - todas no primeiro round - e duas por decisão dos juízes. Agressivo no jogo em pé, o lutador da academia Chute Boxe aposta na força dos seus golpes para vencer no octógono.

Imagem
Nome: Daniel Sarafian
Apelido: Não tem
Idade: 29 anos
Cartel: Sete vitórias e duas derrotas
Cidade: São Paulo (SP)
Característica: Forte no jogo de chão, com seis de suas sete vitórias sendo conquistadas por finalização, Sarafian desfila uma grande variação de golpes, que inclui guilhotina, chave de braço, triângulo e mata-leão. De suas duas derrotas, uma foi por nocaute.
Imagem
Nome: Gustavo Sampaio
Apelido: Labareda
Idade: 35 anos
Cartel: Cinco vitórias e uma derrota
Cidade: Brasília (DF)
Característica: Especialista em kickboxing, Labareda também é forte na luta no chão, tendo conseguido três de suas cinco vitórias por finalização. Possui alguma experiência internacional, com duas vitórias em dois torneios disputados na Espanha.

Imagem
Nome: Richardson Moreira
Apelido: Monstrão
Idade: 27 anos
Cartel: Três vitórias
Cidade: Campinas (SP)
Característica: Com três vitórias em três lutas, Monstrão ainda não passou do primeiro round no MMA. Somando seus três combates, o atleta da Team Nogueira lutou somente 4m56s no total. Fora dos ringues, Mo lutador é formado em engenharia.
Imagem
Nome: Fábio Luiz Vital da Costa
Apelido: Bolinho
Idade: 28 anos
Cartel: Nove vitórias e um empate
Cidade: Natal (RN)
Característica: Invicto em dez lutas no MMA, Bolinho venceu oito dos seus dez combates por decisão dos juízes. Dessas, apenas uma foi decisão dividida. Conquistou ainda um nocaute técnico, contra Nilton dos Santos, no Platinum Fight, em 2009, quando lutou pela última vez.

http://s.glbimg.com/.../reneeforte.jpg
Nome: Renee Forte
Apelido: Não tem
Idade: 24 anos
Cartel: Sete vitórias e uma derrota
Cidade: Fortaleza (CE)
Característica: Com duas vitórias por nocaute, duas por finalização e três por decisão dos juízes, Forte tem uma boa carreira no MMA nacional. Sua única derrota foi por nocaute, contra Mario Sartori, no IFC, em agosto de 2011. Luta profissionalmente desde 2006.

http://s.glbimg.com/...aulodesouza.jpg
Nome: João Paulo de Souza
Apelido: Tuba
Idade: 28 anos
Cartel: Oito vitórias e quatro derrotas
Cidade: Curitiba (PR)
Característica: Com 12 lutas no currículo, incluindo uma no estádio de Wembley, em Londres, Tuba tem boa experiência no MMA. Suas cinco últimas lutas foram para a decisão dos juízes, e ele perdeu apenas a última, para Valentino Petrescu.

http://s.glbimg.com/...scodrinaldo.jpg
Nome: Francisco Drinaldo
Apelido: Massaranduba
Idade: 33 anos
Cartel: Dez vitórias e uma derrota
Cidade: Brasília (DF)
Característica: Lutador contratado pelo Jungle Fight, Massaranduba está invicto há quatro lutas. Com quatro nocautes, três finalizações e três vitórias por decisão dos juízes, o brasiliense só perdeu para o experiente Iuri Marajó no JF 22, em setembro de 2010.

http://s.glbimg.com/.../thiagorela.jpg
Nome: Thiago Rela
Apelido: Não tem
Idade: 22 anos
Cartel: Três vitórias e uma derrota
Cidade: Itatiba (SP)
Característica: Com suas três vitórias tendo sido obtidas por finalização, o paulista sofreu sua única derrota em 2010, quando foi finalizado por Álvaro Cabeça no Campinas Fight. Sua especialidade é o mata-leão, golpe com o qual conseguiu seus três triunfos.

http://s.glbimg.com/...arlesmaicon.jpg
Nome: Charles Maicon
Apelido: Não tem
Idade: 33 anos
Cartel: Oito vitórias e uma derrota
Cidade: Sorocaba (SP)
Característica: Invicto há oito lutas, o paulista só foi derrotado em seu combate de estreia, perdendo por nocaute para Sérgio Junior em 2007. Depois disso, foram oito nocautes seguidos, e todos no primeiro round. Suas nove lutas somam somente 6m26s no octógono.
http://s.glbimg.com/...bertogalvao.jpg
Nome: Gilberto Galvão
Apelido: Giba
Idade: 28 anos
Cartel: 19 vitórias, quatro derrotas e um empate
Cidade: Balneário Camboriú (SC)
Característica: Com 13 das suas 19 vitórias por finalização, Giba mostra que é um especialista na luta de chão. Forte, conta também com seu "ground and pound" para minar a resistência dos seus oponentes.
http://s.glbimg.com/...agoperpetuo.jpg
Nome: Thiago de Oliveira Perpétuo
Apelido: Bodão
Idade: 24 anos
Cartel: Oito vitórias, uma derrota e um empate
Cidade: Santo André (SP)
Característica: Vindo de quatro vitórias seguidas, Bodão obteve seis de suas oito vitórias por nocaute. Sua última - e única - derrota aconteceu em 2009, para Danilo Pereira, o Motoserra, no Full Fight 2, por finalização por mata-leão.

Nome: Samuel Trindade
Apelido: Não tem
Idade: 25 anos
Cartel: Seis vitórias e uma derrota
Cidade: Boa Vista (RR)
Característica: Com sua carreira construída no MMA do norte do Brasil, Trindade vinha invicto há seis lutas quando foi derrotado pela primeira vez, por Ronys Torres, em 2009. Venceu três lutas por finalização, uma por nocaute e duas por decisão unânime dos juízes.
http://s.glbimg.com/...elsonheleno.jpg
Nome: Délson Heleno
Apelido: Pé de Chumbo
Idade: 34 anos
Cartel: 23 vitórias e seis derrotas
Cidade: Teresópolis (RJ)
Característica: O veterano Pé de Chumbo é um especialista no jogo de chão, tendo vencido 12 de suas lutas por finalização. Campeão mundial de jiu-jítsu, fez sua última luta em novembro de 2011, no evento MMA contra a Dengue, no Rio de Janeiro.

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#2 rubinho157

rubinho157
  • Membro
  • 1.606 posts

Postado as 01:13:31 em 12/03/2012

Como estavam comentando antes a galera é bem experiente.

Será que vai passar no combate também ou a globo pegou de vez?

edit:
Episódio 1
Spoiler


edit2:
Episódio 2

Spoiler

Este post foi editado por rubinho157: 06:21:46 em 02/04/2012

PT               Pyrros Dimas                  Protein
 
33omzk4.jpg
 
Culpa, medo, ganância. Cuidado!


#3 Giganti

Giganti
  • Membro
  • 2.725 posts

Postado as 01:31:52 em 12/03/2012

verdade em, espero que passe no combate.
pensei que TUF era descobrir novo talentos, enfim BOA SORTE A TODOS!
esse Leonardo Mafra pelo que estão falando e pelo pouco que vi Parece ter um bom MT, só resta saber o chão.

Este post foi editado por Giganti: 01:38:06 em 12/03/2012

ljhw7.jpg

Você nunca sabe a força que tem, até que a sua única alternativa é ser forte.


#4 rodrigoxdmc

rodrigoxdmc
  • Membro
  • 418 posts

Postado as 01:33:52 em 12/03/2012

parabens pelo tópico dip! esse TUF vai ser LOUCOOOOO
PRIMEIRO CICLO FENILTEST/OXANDROLONA

GALERA AJUDEM O EMMANUEL A IR NO JÔ SOARES, ENVIEM SUGESTÃO DE PAUTA NO SITE DO PROGRAMA NÃO LEVA 1 MINUTO!!!!

#5 Megalondon

Megalondon
  • Membro
  • 213 posts

Postado as 05:22:59 em 12/03/2012

Torcendo pelo Massaranduba \o/ kkk
http://www.youtube.com/watch?v=XtcVM0HMhqg&feature=related

vo tomar nem destilado nem do outro ta duvidando da minha masculinidade? kkkkkkk

Este post foi editado por Megalondon: 05:26:21 em 12/03/2012

Faço da dificuldade minha motivação!

85025844.png

 

Contruindo minha armadura com aço e ferro, para um dia ter orgulho de vesti-la 


#6 Hollywood Dangerous

Hollywood Dangerous
  • Membro
  • 2 posts

Postado as 10:21:14 em 12/03/2012

To na torcida pelo Giba, o cara me ensinou a passar guarda quando eu treinei na RFT

#7 Leeo

Leeo
  • Membro
  • 2.008 posts

Postado as 10:30:46 em 12/03/2012

- Johnny “Cabeça” Gonçalves

Já assisti 3 lutas dele em eventos aqui (2 de mma e 1 de muay thai) ele perdeu as três.

Ele melhorou demais da primeira luta pras outras, parece ser bem humilde. Dipunker a equipe dele é da mesma cidade daquela da Kalindra e são "rivais".

No último evento que teve aqui de MMA na cidade, ele lutou contra um cara que é FODA, Paulo Patetinha (cartel dele no sherdog tá 5-1-0, mas no evento anunciou 7-0-0, 21 anos, faixa marrom do Otávio Peixotinho), conseguiu sair de 2 arm-locks, mas fudeu o cotovelo em um e depois foi finalizado com um mata-leão. Muay Thai dele é bom, mas o chão é fraco (já foi finalizado por um cara aqui da cidade que tem um jiu-jitsu não muito bom), mas vem melhorando, começou a treinar na Alliance se não me engano.

A equipe que ele dá aula de MT é cheia de graça nos eventos, fiquei do lado dela e torcendo pro Patetinha e eles cheio de graça, viraram as costas quando o outro lutador entrou e quando o Johnny perdeu também.

A foto do arm-lock que fudeu o braço dele:

Imagem

Mas boa sorte pro cara, tem que melhorar a parte de defesa de quedas e o solo.


Edit.: vídeo da luta dele com o Patetinha

Paulo Patetinha (calçao preto) x Johnny Kabeça (calção branco)

http://www.youtube.com/watch?v=RezwI27vkuA
(1º Round)

http://www.youtube.com/watch?v=dtYo725YD_I&feature=related
(2º round)

Este post foi editado por Leeo: 11:00:18 em 12/03/2012

"No jiu-jitsu ele pode ser melhor, mas no surf eu domino." - Royler falando sobre Rickson

 

"Quem tem limite é município!"


#8 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 03:26:14 em 13/03/2012

O presidente do UFC, Dana White, encerrou mais uma visita ao Brasil com um papo descontraído com

Vitor Belfort

e

Wanderlei Silva

, técnicos do "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões". Antes de partir para Las Vegas para acompanhar o TUF Live, que ocorre simultaneamente e tem Dominick Cruz e Urijah Faber como treinadores, o chefão do maior evento de MMA do mundo postou uma foto no Twitter com os brasileiros e enalteceu a forma física de ambos: "Olha como esses dois estão fortes agora".



Imagem



OBS: PELA ROUPA, ESSE DEVE TER SIDO O DESAFIO DOS TREINADORES, QUE COM CERTEZA FOI FUTEBOL

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#9 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 12:27:59 em 13/03/2012

C

apixaba Rodrigo Damm já disputou cinturão do Strikeforce


Imagem


Mais experiente peso-pena entre os 16 participantes da categoria no

"The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões"

, reality show que estreia na TV Globo no dia 25 de março, Rodrigo Damm não pode reclamar das oportunidades que a carreira lhe proporcionou. Em seu cartel de nove vitórias e cinco derrotas, consta uma disputa de cinturão interino do Strikeforce, a segunda organização de MMA mais badalada do mundo.


Na ocasião, em abril de 2009, ele ainda competia como peso-leve e foi derrotado pelo americano Gilbert Melendez por nocaute no segundo round. A luta foi o co-evento principal daquele card, que teve o duelo entre Nick Diaz e Frank Shamrock como maior atrativo. Melendez, por sinal, é atualmente campeão incontestável do Strikeforce e um dos grandes nomes da divisão até 70kg.


Natural de Vilha Velha, o atleta de 32 anos é casado e pai de três filhos. A irmã dele, Carina Damm, um ano mais velha, também é uma lutadora profissional de MMA. E o curioso é que foi justamente por meio dela que Rodrigo entrou nas artes marciais. Com 15 anos, Carina assistiu a uma competição de jiu-jítsu e se interessou tanto pelo esporte que levou consigo o irmão, hoje um faixa-preta na arte suave.


Após perder a primeira luta que fez na carreira, Rodrigo Damm conquistou uma sequência de oito triunfos seguidos: cinco por finalização, dois por nocaute e um por decisão dos jurados. No entanto, o capixaba venceu apenas um dos cinco combates de que participou depois disso. Em sua última aparição, também pelo Strikeforce, perdeu por nocaute técnico para o americano Justin Wilcox, em 2011. No TUF Brasil, ele terá a oportunidade de dar uma nova guinada na profissão.



Isso que eu bolo, pq que o cara que ja disputou cinturao de strikeforce ta no TUF ?

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#10 abrahao1988

abrahao1988
  • Membro
  • 2.129 posts

Postado as 02:42:41 em 13/03/2012

Isso que eu bolo, pq que o cara que ja disputou cinturao de strikeforce ta no TUF ?


Só por causa do contrato com o UFC

#11 le0z1n182

le0z1n182
  • Membro
  • 2.338 posts

Postado as 02:50:21 em 13/03/2012

SÓ SEI Q O RODRIGO TEM UMA COISA MTO BOA,A IRMÃ,CARINA DAMM
PQP LINDA!

#12 rubinho157

rubinho157
  • Membro
  • 1.606 posts

Postado as 02:51:30 em 13/03/2012

Acho que eles vão para o TUF mais para ficarem famosos mesmo. Acho que a metade ou mais de lutadores da primeira temporada do TUF continuam lutando no UFC e são bem populares. Aumenta bolsa e tals.
  • fred.roots curtiu isso

PT               Pyrros Dimas                  Protein
 
33omzk4.jpg
 
Culpa, medo, ganância. Cuidado!


#13 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 02:56:30 em 13/03/2012

Porra eu aj vi carina damm armar um barraco que depois dessa perdeu a graça pra mim odeio mulher maluca uhahuaahh

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#14 le0z1n182

le0z1n182
  • Membro
  • 2.338 posts

Postado as 02:57:59 em 13/03/2012

A QUESTÃO Q O PAGODEIRO FALOU NÃO É ESSA
A RAZÃO É Q PRIMORDIALMENTE O TUF SERVIRIA PRA LANÇAR NVOOS TALENTOS E N COLOCAR LUTADORES QUE JÁ ESTÃO NA ESTRADA À MTO TEMPO

Este post foi editado por Pengo: 05:40:38 em 18/03/2012
capslock


#15 abrahao1988

abrahao1988
  • Membro
  • 2.129 posts

Postado as 04:51:09 em 13/03/2012

A QUESTÃO Q O PAGODEIRO FALOU NÃO É ESSA
A RAZÃO É Q PRIMORDIALMENTE O TUF SERVIRIA PRA LANÇAR NVOOS TALENTOS E N COLOCAR LUTADORES QUE JÁ ESTÃO NA ESTRADA À MTO TEMPO


Sim, essa é a razão principal, o primeiro e segundo tuf são foda!

#16 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 10:46:03 em 13/03/2012

A razão principal teoricamente né..

E pagodeiro do teu cu é rola AUHHUAHUAUHAUH

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#17 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 11:41:43 em 13/03/2012

Charles Maicon venceu mais da metade de suas lutas antes dos 30s



Atenção para quem for assistir às lutas de Charles Maicon no TUF Brasil. O Sorocabano mostra na prática que é daqueles que gostam de resolver o problema - ou no caso vencer suas lutas - o mais rápido possível. Ele já realizou nove combates na carreira. Foram oito vitórias (todas por nocaute) e uma derrota. Dos triunfos, nada menos do que cinco terminaram antes mesmo dos 30 segundos.


Charles é treinado atualmente por Herman Gutierrez, da equipe AOA. O comandante revela que o pupilo trabalha habilidades de kung fu, boxe, muay thai e jiu-jítsu e aposta no sucesso do paulista para o reality show.


- É um lutador equilibrado, focado e muito rápido. Ele está pronto para participar de um programa como o TUF. No Jungle Fight, ele derrubou o adversário em apenas sete segundos. Em todos os eventos, a luta que termina mais rápido sempre é a dele - disse Herman, orgulhoso, ao site da "Rede Bom Dia".


Você vai poder acompanhar o desempenho de Charles Maicon, candidato do peso-médio, a partir do dia 25 de março, quando o The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões começa a ser exibido pela TV Globo.



Imagem


uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#18 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 12:11:03 em 14/03/2012

após 'quebra-quebra' em jogo
da Série A, lutador ganha 2ª chance



Imagem


Alexandre 'Sangue' invadiu o campo após rebaixamento do Coritiba. Ele foi expulso da UDL e reintegrado depois: 'Salvamos uma pessoa', diz Shogun



Se todo mundo merece uma segunda chance, Alexandre "Sangue" Ramos ganhou a sua e vai fazer de tudo para aproveitá-la durante o TUF Brasil, reality show do UFC que começa a ser exibido pela TV Globo no dia 25 de março. Em 2009, o Coritiba entrou na última rodada do Brasileirão precisando vencer o Fluminense para escapar do rebaixamento. Mas não conseguiu o resultado. O empate por 1 a 1 em casa consolidou a queda do time paranaense, o que gerou uma revolta de parte da torcida presente ao Couto Pereira. Alguns torcedores invadiram o campo para agredir o árbitro Leandro Vuaden, e a partir dali o que se viu foram cenas de vandalismo. Entre os invasores estava Alexandre Ramos.


Sangue, de 23 anos, é integrante da academia curitibana Universidade da Luta, comandada pelos irmãos Murilo Ninja e Mauricio Shogun. Na época, Shogun, atualmente uma das estrelas do UFC, reconheceu o próprio aluno nas imagens e optou por expulsar o lutador da UDL assim que soube do episódio.


- A academia tem regras e essa é a nossa regra: brigou na rua, está fora - disse Shogun ao Jornal da Globo na época



Em meados de 2010, entretanto, Alexandre Ramos foi reintegrado à UDL depois de muitos pedidos do lutador. O retorno foi aceito sob algumas condições. Em comunicado divulgado em junho daquele ano, a UDL informou que o lutador seria readmitido desde que se desligasse totalmente de torcidas organizadas e participasse ativamente como auxiliar nos trabalhos sociais da academia. Sangue ainda foi avisado que seria entregue às autoridades pela própria academia em caso de reincidência.

- Sangue é um rapaz que teve problemas judiciais, foi ligado a torcidas organizadas e teve aquele problema lá no Couto Pereira. Em um primeiro momento, eu o expulsei, mas meses depois, me reuni com ele e optei por reintegrá-lo, foi como uma segunda chance mesmo. Hoje ele é um rapaz comportado, mudado, está pensando melhor nas coisas e amadureceu. Acredito que salvamos uma pessoa - disse Shogun ao SPORTV.COM.

Desde o retorno à UDL, Alexandre Ramos deu sequência normalmente à sua carreira de lutador. Invicto, ele tem cinco vitórias em cinco combates. Foram três finalizações, um nocaute e um triunfo via decisão dos jurados. O desempenho e sua apresentação na seletiva do TUF renderam a ele uma chance de participar do programa.

Shogun acredita que o pupilo pode se dar bem no programa.

- Todos que estão na casa, se chegaram por lá, é porque têm chance. Pelo Alexandre, posso dizer que ele é um cara grande para a categoria, tem sangue frio e não fica nervoso nunca.

O programa The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões começa a ser exibido pela TV Globo a partir do dia 25 do março, sempre aos domingos.

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#19 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 05:08:56 em 18/03/2012

Imagem

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!


#20 Dipunker

Dipunker
  • Colaborador
  • 6.237 posts

Postado as 03:12:51 em 24/03/2012

Confira Imagens da casa do TUF Brasil

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

E A MELHOR PARTE!

Imagem

http://www.tatame.co...342993134.g.jpg
  • pereiraRJ and bruno augusto curtiram isso

uieletreina.jpg


foto1.gif1.gif

Daqui pra frente NOBODY STOP a gente!!!







Termos de Uso: As mensagens contidas no site Hipertrofia.org não possuem o objetivo de substituir orientação de um profissional(independente da sua área de atuação), sendo da responsabilidade de quem as redigiu e não necessariamente refletem a opinião do proprietário do site.

Utilizando o site www.Hipertrofia.org você estará concordando com estes termos.