Ir para




Olá, anônimo!


Entrar  Logar com o Facebook Logar com o Twitter

Cadastre-se
Seja bem vindo ao Hipertrofia.org. Que tal se registrar para poder participar das discussões e ainda ter acesso às áreas que somente usuários registrados podem ver ?
 
Para registrar-se, basta clicar ali do lado. É fácil, não demora nem 10 segundos e sequer pedimos confirmação por e-mail! Está esperando o que ?
 
Guest Message by DevFuse

Foto

O Mito Da Pele Flácida


  • Please log in to reply
111 respostas para este tópico

#1 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 04:09:02 em 17/08/2011

*
POST POPULAR!

O mito da pele flácida

por Ron Brown, candidate a Ph.D., autor de The Body Fat Guide

Uma mulher pediu o meu conselho sobre a sua pele flácida, que permaneceu com ela mesmo depois de perder uma grande quantidade de peso corporal após ela estar grávida. Eu recomendei que ela continuasse a perder gordura corporal até que a pele afinasse. Aqui está parte da resposta sua resposta zangada para a minha dica:
“Eu estou aborrecida com a forma que você resposdeu a minha pergunta... Não apenas não fez nenhum sentido, e o que você está dizendo é ridículo, absurdo, e fisicamente impossível.”
“...após dar a luz a um bebê oito meses atrás, e após deixar o meu corpo se recuperar de 39,5Kg ganhados durante a gravidez... você pensaria que o meu corpo teve algumas mudanças. Depois de engordar 49Kg o corpo se estica para quase o dobro do seu tamanho, você deve esperar que o seu corpo terá um pouco de pele esticada.”
“E sendo o ‘expert’ que você diz ser, você já deveria saber disso... Se alguém ganha uma grande quantidade de peso em um curto período de tempo, ou perde uma grande quantidade de peso em um tempo ainda menor, haverá uma pele extra por que não há mais gordura embaixo dela para fazer a pele expandir para onde ela estava antes.”

“A pele não pode voltar para onde ela estava apenas com dieta, por que não há mais ‘gordura’ embaixo dela para ser eliminada, e ela não tem mais as várias camadas de gordura para cobrir, então ela fica balançando lá, deixada como uma lembrança de quão gordo você foi uma vez, e quanto o seu corpo foi forçado a esticar para acomodar uma grande quantidade de gordura. Por exercícios, a pele se junta um pouco aos músculos, mas haverá um excesso de pele deixada no corpo que não pode ser eliminada.
Espessura da pele e elasticidade
Muitas pessoas concordariam que os argumentos dessa mulher parecem fazer sentido. Em muitos casos, cirurgias plásticas normalmente são oferecidas como a melhor solução para eliminar os excessos de pele flácida, especialmente se estiver associado a problemas de pele. Mas, uma investigação mais profunda mostra que a lógica está errada. A pele flácida realmente é inevitável depois de perder uma grande quantidade de peso? Eu acredito que a resposta seja não!
O sistema tegumentar humano (pele) não é uma camada inativa de tecido que permanece estivada como uma bolsa plástica depois de perder uma grande quantidade de peso corporal. O argumento dessa mulher sobre a causa da pele flácida é um mito. Ao invés disso, a pele é um organismo vivo, ativamente adaptando-se aos ambientes internos e externos. Pessoas em jejuns extremos consumindo nada mais do que água demonstraram que a pele pode reduzir 20% ou mais do seu tamanho.
A pele normalmente é mais espessa nas solas dos pés, e mais fina nas palpebras. Como um exemplo típico da espessura da sua pele, belisque a pele das costas da dua mão. Se fosse verdade, como essa mulher afirma, que as dobras de pele flácida não tivesse absolutamente nenhuma gordura para que pudesse ser consumida, cada polegada de pele ficaria pendurada como finas folhas de papel dobrado.
No entanto, observações dessa pele pendurada nesses exemplos mostram que este normalmente não é o caso. Medindo-se a espessura dessas camadas de pele, fica evidente que ainda há uma camada substancial de gordura abaixo da pele. A pele não está tão “solta” como flácida devido ao excesso de gordura. Mesmo que algumas áreas tenham afinado completamente, excessos de gordura provavelmente serão guardados em áreas que contribuem com a flacidez.
A idade é afirmada ser fator que reduz a elasticidade da pele e portanto reduz a abilidade da pele de se ajustar com a perda de peso. No entanto, muitos casos de pele flácida são encontrados em pessoas relativamente jovens que perderam peso, então o efeito da idade na elasticidade não um fator em todos os casos, se for em algum.
A mudança no formato do corpo da mulher antes e após uma gravidez normal é outro exemplo de flexibilidade da pele em voltar ao seu tamanho normal. Para uma gravidez normal, no entanto, eu quero dizer sem um grande acúmulo de gordura, o que não parece ser o caso da mulher acima.
A causa da “pele flácida”
Por que a pele fica às vezes com a aparência de que estivesse pendurada depois de perder uma grande quantidade de peso? Por que nem todos que perdem peso tem esse problema? Por que vemos pele flácida mesmo em pessoas que perderam muito menos peso? Qual é a diferença entre essas pessoas que faz com que algumas sofram com a flacidez da pele, e aqueles que perderam peso peso e completamente, or parcialmente, evitaram esse problema?
Na minha opinião, a pele caída é provavelmente causada por dietas drásticas que sacrificam grandes quantidades de suporte muscular, ou massa magra. Até mesmo dietas menos severas e perda de peso de cirurgia bariátrica podem resultar em uma grande quantidade de perda de músculo. Talvez futuras pesquisas mostrem uma relação entre perda de massa magra e dieta com o desenvolvimento de pele redundante.
Por enquanto, aqui vai um exemplo para ilustrar como a perda de músculo dirante a dieta pode causar a pele caída, solta, ou flácida. Vamos dizer que você comece com um peso corporal de 52Kg, com um corpo em forma, mas você gradualmente ganha 45Kg de gordura. Você então faz um dieta drástica e faz uma cirurgia de estômago e rapidamente perde 45Kg.
No entanto, vamos dizer que nem tudo que você perdeu era gordura. Talvez 20% do total do peso foi múscular. Isso não é incomum em uma dieta drástica, e muitas pessoas perdem muito mais músculo do que isso durante essas dietas. De fato, se você ficar em jejum de apenas água, 60% do peso perdido seria de músculos.
E, por que músculos podem rapidamente ficar desidratados e sacrificar proteína para fornecer energia adicional para o corpo, a perda muscular aumenta se você é mais ativo durante uma dieta muita severa. Mas vamos nos ater aos modestos 20% de perda de massa, por exemplo.
Agora, depois da dieta severa, você retornou ao peso inicial de 52Kg, mas a composição interna do seu corpo foi alterada. Você tem 9Kg a menos de músculos, e 9Kg a mais de gordura, mesmo que você pese o mesmo que antes! O percentual do seu peso que é gordura agora está maior do que anteriormente.
Você esperaria que o seu corpo ficasse em forma e firme nessas circunstâncias, como um percentual a mais de gordura? NÃO! Com 52Kg, partes do corpo que continham apenas músculo agora estão com uma grande quantidade de gordura e pele solta. Kilo por kilo, gordura tem mais volume do que músculo, esticando ainda mais a pele que começa a ficar solta. Continuar com a dieta apenas aumentará o problema já que reduzirá a massa muscular. Até pior, se o seu peso baixar do ponto saudável inicial, você estará fino e coberto por pele flácida!
Agora, imagine o efeito de perder vários kilos de peso corporal, e a sua perda de massa muscular for algo em torno de 40-50% da perda. A pele flácida será mais volumosa e começará a ser um problema enorme.
Remoção da “Pele Flácida” por meios não cirurgicos
Para eliminar e previr a aparência flácida que fica do excesso de gordura corporal decorrente da perda de peso, sem apelar para métodos cirurgicos, você deve mudar a sua composição corporal, não apenas perder peso. Isso significa prestar atenção para o seu percentual de gordura e músculo. Evitar a perda de massa magra enquanto estiver na dieta para perder gordura irá melhorar a sua aparência drasticamente.
“Eu perdi 4,5Kg em uma semana!” Quantas vezes vemos tais propagandas de perda de peso? Todo mundo quer resultados rápidos. Mas mesmo que você consiga perder 4,5Kg em uma semana, a verdadeira pergunta é qual tipo de peso você perdeu? Músculo? Gordura? Imagine descobrir que você perdeu 4Kg de músculo e apenas 0,5Kg de gordura em uma semana! Esse é o pequeno segredo da perda rápida de gordura. Agora imagine o choque psicológico de descobrir que após perder 45Kg durante um ano, você precisa recuperar 34Kg deles dos músculos perdidos. A solução rápida de perda de peso não é o método que vale mais a pena.
Quase todo mundo que faz dieta teve um rápido aumento de peso após terminar a dieta. Esquecendo o ganho de gordura por voltar aos hábitos antigos, muitas pessoas não percebem que recuperaram peso para reabastacer os músculos perdidos durante a dieta. Eles na verdade parecem e senten-se melhor – menos desfigurados e com menos pele flácida – depois de recuperar esse peso em massa muscular. Então, como ocorre a perda muscular durante a dieta?
Durante a dieta, um processo chamado gliconeogênese (que significa nova fonte de glicose) utiliza músculo e gordura corporal para fornecer a energia que não é fornecida pela comida. Para cada kilo queimado durante a gliconeogênese, 60% é proveniente de músculos e 40% de gordura. Vince cinco porcento de peso corporal reduzido numa dieta de muito poucas calorias (400-800 calorias) é na verdade músculo e tecidos de suporte (Saris, "Very-low-calorie diets and sustained weight loss," Obesity Research, 2001). Na minha opinião, a melhor forma de evitar a perda de músculos em uma dieta é fornecendo uma quantidade de calorias diárias igual à taxa de manutenção metabólica, que é mais ou menos 1200 a 1800 calorias para a maioria das pessoas. A ingestão de calorias se manterá e irá reabastecer os músculos enquanto a gordura é consumida durante exercícios de atividade física, assim como um atleta perde gordura enquanto mantém massa muscular. Você nunca vê atletas treinando e comendo 400-800 calorias! Eles ficam magros por usarem os exercícios enquanto comem o necessário para manter a massa muscular. Veja The Body Fat Guide para calcular a sua taxa metabólica em repouso. Noventa minutos ou mais de caminhadas diárias combinadas com ingestão calórica baseada na taxa metabólica podem reduzir 0,5Kg a 1Kg por semana, sem qualquer perda muscular.
Pele flácida não causada pela dieta não tem relação com a velocidade que você perde peso – o que importa é se você fornece a quantidade de calorias necessária para evitar ou reabastecer os músculos consumidos. Reabastecer a massa magra de forma periódica e controlada, por ingestão de poucas quantidades de calorias irão evitar uma perda muscular durante ou após a dieta.
Como o volume muscular é compost de 70% de água, os músculos começam a se recuperar rapidamente assim que você começa a aumentar a quantidade de calorias fornecidas. Essa recuperação ajuda a firmeza e volume para o músculo que estava faltando na pele flácida. No entanto, você deve ter muita atenção para não fornecer calorias acima dos valores de manutenção, pois isso aumentará a sua gordura de novo! Na verdade, a sua dieta não está pronta enquanto você não recuperar todos os músculos perdidos durante o processo de perda de gordura.
A recuperação de massa magra pode ocorrer em pequenas quantidades diárias durante a dieta. Por exemplo, em uma dieta moderada de aproximadamente 1200-1800 calorias, apenas alguns momentos do dia você estará em gliconeogênese, ao contrário de quando você pratica atividade física. A massa muscular é recuperada durante as porções do dia em que a ingestão de calorias é maior que o gasto, por exemplo, durante uma refeição.
Diga-se de passagem, não faz a menor diferença quando você come as duas refeições ou faz atividade física durante uma dieta, por que o total da diferença entre as calorias consumidas e gastas, conhecido como balanço de energia, ainda será o mesmo no final do dia. Para monitorar e modificar o seu balanço de energia, veja The Body Fat Guide.
Por outro lado, a recuperação da massa muscular também pode ocorrer durante vários dias nos períodos de dieta muito severa, jejum, ou jejum de dias alternados. Por exemplo, uma pessoa que faz jejum por vários dias seguidos está em processo contínuo de gliconeogênese, e frequentemente após o período de jejum consegue recuperar a massa magra com uma alimentação controlada. Curiosamente, eu acredito que a razão de mulheres desenvolverem anorexia é por que elas omitem essa recuperação de massa muscular pela dieta, que elas não consideram importante em seu desejo de emagrecer. Homens são menos propensos a ignorar a recuperação de massa muscular. Veja Never Thin Enough.
Monitorar os níveis de composição corporal irá ajudar a determinar a quantidade correta de consumo e gasto de calorias, que irá perminir você recuperar e manter os níveis de massa magra queimados durante a dieta. Veja The Body Fat Guide para monitorar as trocas na sua massa magra e níveis de gordura. Pessoas que têm experiência em dietas normalmente tem um “dia do lixo” da dieta, por saber que isso os recupera. Não importa se a recuperação ocorre diariamente, a cada vários dias, uma vez por semana ou mais, a não recuperação da massa magra é a causa número um da pele flácida.
É possível que a pessoa esteja com o peso ideal de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC), mas ainda assim ter muita gordura e pouca massa magra. Por exemplo, uma mulher jovem com mais ou menos 20 anos apareceu em um popular programa de auditório com “pele flácida”. Ela tinha perdido quase 90Kg em um ano, e ainda assim o abdomem dela estava coberto por aquele pele solta.
Eu aposto que ela ainda tem pelo menos outros 9 kilos de gordura guardados nas camadas de pele dela. No entanto, se ela perdesse outros 9 kilos de peso corporal, ela pareceria como uma vara solta! Mas isso não é por que ela tem pouca gordura... é por que ela não tem massa muscular suficiente!
Minha sugestão para essa mulher seria para recuperar a massa magra com uma dieta saudável e balanceada, e aumentar os músculos através de treinos com peso (veja Muscle Mass Myths). Depois de aumentar o peso corporal em 9Kg com massa magra, pela pode perder o resto do exesso de gordura, sem sacrificar nenhuma massa magra. Então ela teria um peso normal E uma composição corporal normal.
O que deve ser feito para evitar perda de massa muscular numa dieta, e ganhar depois os músculos perdidos, é um método fácil de medir a composição corporal (níveis de músculo e gordura), e um método de monitorar o balanço de energia, que é o balanço de calorias ingeridas e gastas. Este método está disponível em The Body Fat Guide.
Manter registrado as trocas na composição corporal usando The Body Fat Guide permite que você veja quanto de músculo você está perdendo através da dieta, e mais importante, permite que você mude a quantidade de calorias para previnir ou recuperar essa perda. Usando apenas a balança, muitas pessoas não sabem das suas trocas na composição corporal. Por exemplo, se você começar a sua dieta com 100Kg e 34% de gordura e terminar com 60Kg e 18% de gordura, você talvez espere parecer definido e trincado depois de perder 40Kg de peso e reduzir o percentual de gordura pela metade, mas The Body Fat Guide mostrará que você também perdeu 16Kg de massa magra no processo, e você terá um monte de pele flácida! Se você não quer que isso aconteça com você, use The Body Fat Guide regularmente para medir as trocas no seu corpo e ajustar a dieta até que você tenha resultados perfeitos!

** Tem um email que o artigo publica no final que eu não traduzi, pois ele apenas responde a uma pergunta com o que ele já havia escrito.

Fonte: http://www.bodyfatgu...m/LooseSkin.htm
Traduzido e adaptado por: Aless
Se gostou da matéria, aperta o "Curtir" ali do lado ;)


  • Jean_CdZ, Bruno Chester, Metadron e 62 outros curtiram isso

#2 Ricard

Ricard
  • Membro
  • 298 posts

Postado as 04:53:40 em 17/08/2011

Muito bom tópico. Será que tem onde baixar esse livro? hehe
Já to googleando, se axar posto o link aki e se alguem tiver ficaria grato.

"Se não tivesse tentado, nunca saberia o que sou capaz de fazer"

Imagem

"Get Big or Die Training"

Diário do Rikk - Acompanhe =D

Relato 2º ciclo EC

Relato Dieta Metabólica


#3 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 04:57:36 em 17/08/2011

Tem o livro "The Body Fat Guide" em imagens aqui: http://www.bodyfatgu...eDemoCover.html

#4 Galeno

Galeno
  • Membro
  • 431 posts

Postado as 05:17:47 em 17/08/2011

Concordo com muitas partes do artigo, porem por experiencia propria(leia minha assinatura), conversa com dermatologista e oq apreendi na faculdade, perante a isto eu creio q a flacidez da pele ainda tenha alguma parte devido ao tamanho q ela teve um dia.
Seria mais ou menos assim: 90% a 95% da flacidez seria devido a dietas hipocaloricas igual o artigo menciona e o restante seria devido a aumento no tamanho q um dia existiu.

150kg de pura gordura nesta foto do perfil, atualmente 90kg.
No pain, no gain. 

 

carl-sagan-youre-awesome.gif


#5 Damn

Damn
  • Membro
  • 73 posts

Postado as 09:54:25 em 23/08/2011

Se você emagrece sem músculos CLARO que você vai ficar flácido, basta pegar qualquer magrelo por ai e dar aquela ''cutucada'' na barriga, nos braços deles, vai ver que tudo é muito flácido.
Emagrecer sem músculos é uma coisa, emagrecer tendo massa muscular é outra TOTALMENTE diferente.

#6 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 06:23:25 em 24/08/2011

O que o autor discute é que as pessoas normalmente fazem uma dieta hipocalórica exagerada, e perdem muita massa no processo. Ele na verdade defende que qualquer dieta hipo causa a perda de massa muscular, defende uma dieta 'de manutenção' onde os exercícios com pesos vão fazer com que você ganhe massa magra e perca gordura. É o ponto de vista dele, mas tem muitos estudos que dizem que até 500Kcal diários abaixo da TMB não causa perda de massa magra.
  • NoMAD404 curtiu isso

#7 rodrigo_boy

rodrigo_boy
  • Banido
  • 13 posts

Postado as 08:57:42 em 24/08/2011

Muito bom o tópico mesmo! Sempre tive curiosidade de saber a respeito e constatei exatamente o q eu já imaginava em relação ao assunto.
Valeu mesmo brother!

#8 Rafael.TI

Rafael.TI
  • Membro
  • 321 posts

Postado as 04:33:33 em 24/08/2011

Esse texto não disse nenhuma novidade que nós marombeiros já sabemos há anos:
"Quando fizer dietas para cutting manter o máximo de massa magra para evitar a flacidez";

Eu ainda defendo que os métodos mais eficazes e rápidos pra pele é cirurgia plastica mesmo, por não afeta a massa muscular do individuo e causa uma perda direta e rápida de fato na composição corporal, sendo que não existe dieta até hoje que faça as duas coisas, o jeito é vc modelar e ir testando conforme os resultados, mas pra quem que não gosta de esperar muito eu acho melhor entrar na faca.

Este post foi editado por Rafael.TI: 04:35:47 em 24/08/2011

http://www.youtube.com/watch?v=wOlTdkYXuzE

" Are you going to finish strong?" - Nick Vujicic


#9 rodrigo_boy

rodrigo_boy
  • Banido
  • 13 posts

Postado as 09:30:49 em 25/08/2011

Esse texto não disse nenhuma novidade que nós marombeiros já sabemos há anos:
"Quando fizer dietas para cutting manter o máximo de massa magra para evitar a flacidez";

Eu ainda defendo que os métodos mais eficazes e rápidos pra pele é cirurgia plastica mesmo, por não afeta a massa muscular do individuo e causa uma perda direta e rápida de fato na composição corporal, sendo que não existe dieta até hoje que faça as duas coisas, o jeito é vc modelar e ir testando conforme os resultados, mas pra quem que não gosta de esperar muito eu acho melhor entrar na faca.

Concordo, eu particularmente faria se tivesse grana, e precisasse o q felizmente não é o caso ainda eu acho :ph34r_anim: . Más ciurgia plástica custa caro, esse luxo não é pra todos

#10 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 09:43:32 em 25/08/2011

Antes de fazer plástica eu compraria muito Whey e outros suplementos. Pelo menos para o meu corpo. Agora, se tem dinheiro sobrando mesmo, cada um é cada um.

#11 Rafael.TI

Rafael.TI
  • Membro
  • 321 posts

Postado as 09:37:08 em 25/08/2011

Concordo, eu particularmente faria se tivesse grana, e precisasse o q felizmente não é o caso ainda eu acho :ph34r_anim: . Más ciurgia plástica custa caro, esse luxo não é pra todos


No meu caso que sou ex-obeso sempre fica aquela pele no abdômen indesejada - a pele fica mais no inferior, o músculo até seca mas fica aquela sensação nas fotos de que a pele está fora do lugar, chega até ficar feio mesmo, isso sem contar das varizes né =// se Deus quiser estarei fazendo a minha abdominoplastia em breve hehe,

Hoje dependendo da plastica dá pra parcelar e tals, a gente ve 'qualquer pessoa' fazendo plastica até pq se tornou algo acessível e 'mais barato'.. senão o Brasil não estaria como o 2º pais que faz cirurgia plastica no mundo né.
  • Vavossauro Forasteiro curtiu isso

http://www.youtube.com/watch?v=wOlTdkYXuzE

" Are you going to finish strong?" - Nick Vujicic


#12 abrahao1988

abrahao1988
  • Membro
  • 2.103 posts

Postado as 10:13:48 em 29/09/2011

^^^^^^
Também sou ex-obeso, você falou tudo, aquela sensação que os musculos estão secos e rasgados, porém, aquela PELE não cola fica estranho.
  • Vavossauro Forasteiro curtiu isso

#13 Nika

Nika
  • Membro
  • 438 posts

Postado as 10:38:39 em 29/09/2011

Não axo q seja soh porcausa da perca dos musculos não.

Exemplo : Em uma mulher gravida os peitos aumentam porcausa do leite, dps da gravidez o leite seca e a pele nao volta a ficar como ela era antes, e olha q esse aumento nem é tão grande.

Ou seja, aqui teoricamente não há perca de musculos, nem dieta, nem nada, é simplesmente pq nao tem mais leite. Se a pele eh tao flexivel pq os peitos nao voltam ao normal ?

* Não tenho filhos é só um exemplo. *
My heart and my mind
Will care my body
When my limbs are too weak

#14 Vasthor

Vasthor
  • Membro
  • 865 posts

Postado as 10:58:54 em 29/09/2011

bom texto,
só não apertei em "curtir" pq vc pediu
choramingar pra que aumentem o seu "e-pênis" é lastimável.

#15 rodrigogmp

rodrigogmp
  • Membro
  • 41 posts

Postado as 09:26:05 em 07/10/2011

Olá Aless, td bem? Sou ex-obeso, perdi 35.5kg em pouco mais de 1 ano, porém, desses 35.5kg, cerca de 14kg foram de massa magra! =\.
Dei muita bobeira e acabei seguindo uma dieta por contra propria, dieta hipocalórica.

Agora estou com bastante sobra de pele no abdomen, estou com 77kg, tenho 1.76 de altura, e meu bf é 17%, ainda tem concerto essa pele sobrando? o que vc recomenda? um bulk para recuperar a massa que perdi, e depois fazer um cutting visando só a perca de gordura e preservando massa magra?
Aguardando resposta..
  • Sickcunt96 curtiu isso

#16 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 05:58:58 em 10/10/2011

Oi Rodrigo, o artigo não é meu, apenas traduzi. Mas pelo que o autor defende, quem tem alguma pele sobrando deve primeiro recuperar a massa magra que perdeu, e então continuar perdendo gordura. Ele tem uma ideia diferente do que o pessoal do forum defende (bulk/cutting) já que ele considera que a única forma que tem como se ganhar massa e perder gordura sem prejudicar o outro é mantendo a ingestão de calorias igual a TMB e fazer com que os exercícios físicos ditem se você vai ganhar massa ou perder gordura. Mas isso fica a seu critério - você tem que ganhar massa magra, e depois perder o resto da gordura.

#17 Ballerboy

Ballerboy
  • Membro
  • 323 posts

Postado as 08:47:05 em 10/10/2011

Muito bom!
Assim São Feitos Os Vencedores:
http://www.youtube.com/watch?v=wbO-7wA6Yn8&feature=channel_video_title

#18 Maatt

Maatt
  • Membro
  • 289 posts

Postado as 09:41:50 em 10/10/2011

Estou na mesma situaçaõ. Sequei 20kgs e sobrou aquela pele..
To metendo um bulk agora.. pra depois secar de novo..

#19 Aless

Aless
  • Supermoderador
  • 3.463 posts

Postado as 09:48:30 em 10/10/2011

Maatt e Rodrigo, tentem esse bulk e depois secar sem perder massa, e nos avisem se deu certo daki a uns 10 meses :D

#20 Maatt

Maatt
  • Membro
  • 289 posts

Postado as 10:04:33 em 10/10/2011

Certo ^^ estou montando diário =)






Termos de Uso: As mensagens contidas no site Hipertrofia.org não possuem o objetivo de substituir orientação de um profissional(independente da sua área de atuação), sendo da responsabilidade de quem as redigiu e não necessariamente refletem a opinião do proprietário do site.

Utilizando o site www.Hipertrofia.org você estará concordando com estes termos.