Clique aqui

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''lgdd 4033''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Hipertrofia
    • Siga o Hipertrofia no Instagram!
    • Guia do Jejum Intermitente
    • Venda de Suplementos
    • Nutrição e Suplementação
    • Treinamento
    • Esteróides Anabolizantes
    • Geral
    • Diário de Treino
    • Saúde e Qualidade de Vida
    • Academia em Casa
    • Área Feminina
    • Assuntos Acadêmicos
    • Entrevistas
  • Assuntos gerais
    • Off-Topic
    • Mixed Martial Arts
    • Fisiculturismo, Powerlifting e Outros
  • Fisiculturismo
  • Multimídia
    • Vídeos de Fisiculturismo e Strongman
    • Fotos Fisiculturismo
    • Fotos de Usuários
  • Fórum
    • Críticas, Sugestões e Suporte ao Fórum
    • Lixeira
  • Off-Topic
  • PowerLifting's Tópicos
  • PowerLifting's Artigos Sobre Treino
  • Hipertrofia Portugal's Eventos em Portugal - 2017/2018
  • Hipertrofia Portugal's Atleta do Mês

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Localização


Peso


Altura


Idade

Encontrado 1 registro

  1. Bom pensei em postar na area de EAs mas como os sarms não são nem EAs nem suplementos vou postar aqui um estudo legal que acabei de ler, só para adiantar um pouco e te fazer ler o artigo todo rs o grupo que usou 1mg por 21 dias teve ganho de 1,21kg de massa magra, bem interessante pra um sarms Deixar um resumo só traduzido e tbm o link do artigo em si. Abstrato Fundo. Preocupações sobre potenciais efeitos adversos da testosterona sobre a próstata têm motivado o desenvolvimento de moduladores de receptor de andrógeno seletivo que exibem seletivo tecido-ativação da sinalização androgênica. O LGD-4033, um novo modulador de receptores de andrógeno selectivo oral, nonsteroidal, liga receptor de androgénio com elevada afinidade e selectividade. Objetivos. Avaliar a segurança, a tolerabilidade, a farmacocinética e os efeitos das doses ascendentes de LGD-4033 administradas diariamente durante 21 dias sobre a massa corporal magra, a força muscular, o poder de escalada e as hormonas sexuais. Métodos. Neste estudo controlado com placebo, 76 homens saudáveis (21-50 anos) foram randomizados para placebo ou 0,1, 0,3 ou 1,0 mg LGD-4033 diariamente durante 21 dias. As contagens sanguíneas, as químicas, os lípidos, o antigénio específico da próstata, o electrocardiograma, as hormonas, a massa magra e gorda e a força muscular foram medidos durante e durante 5 semanas após a intervenção. Resultados. A LGD-4033 foi bem tolerada. Não houve efeitos adversos graves relacionados com a droga. A frequência de eventos adversos foi semelhante entre os grupos activo e placebo. A hemoglobina, o antígeno prostático específico, a aspartato aminotransferase, a alanina aminotransferase, ou os intervalos QT não se alteraram significativamente em qualquer dose. A LGD-4033 apresentou uma meia-vida de eliminação longa e uma acumulação proporcional à dose em doses múltiplas. A administração de LGD-4033 foi associada com a supressão dependente da dose de testosterona total, globulina de ligação a hormonas sexuais, colesterol de lipoproteína de alta densidade e níveis de triglicéridos. Hormônio folículo-estimulante e testosterona livre mostraram supressão significativa apenas com dose de 1,0 mg. A massa corporal magra aumentou dependente da dose, mas a massa gorda não mudou significativamente. Os níveis hormonais e os lípidos voltaram ao valor basal após a descontinuação do tratamento. Conclusões. A LGD-4033 era segura, tinha um perfil farmacocinético favorável e aumentava a massa corporal magra mesmo durante este curto período sem alteração no antigénio específico da próstata. Ensaios randomizados mais longos devem avaliar a sua eficácia na melhoria da função física e dos resultados de saúde em populações seleccionadas. Link: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4111291/ Link com tradução do Google: https://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=2&nv=1&rurl=translate.google.com&sl=auto&sp=nmt4&tl=pt-BR&u=https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4111291/ Quase não sabemos sobre os sarms aq no Brasil, espero contribuir um pouco