Home / Anabolizantes e Ciclos / TPC – o que é, quando e como fazer a terapia pós ciclo

TPC – o que é, quando e como fazer a terapia pós ciclo

A terapia pós ciclo ou TPC é um termo muito comum, principalmente em fóruns de musculação, quando o assunto envolve ciclo de esteroides anabolizantes.

E neste texto veremos justamente como funciona a TPC e o que ela é (e não é) no mundo dos anabolizantes.

Clique aqui

Mas antes um aviso:

O intuito deste texto é meramente informativo e não tem a intenção de substituir a orientação de um profissional, tampouco fazer apologia a uso de esteroides anabolizantes e outras drogas. Jamais faça uso de substâncias controladas sem supervisão do seu médico.

O que é TPC ou terapia pós ciclo ?

Quando fazemos um ciclo com esteroides anabolizantes ou até mesmo pré-hormonais que imitam a ação de hormônios, os níveis naturais de testosterona serão alterados.

Basicamente, quando usamos um hormônio sintético (esteroide) a produção natural de testosterona vai ser suprimida.

O grau de supressão de testosterona vai depender de inúmeros fatores como droga usada, duração do ciclo e genética, mas, em algum grau, sempre vai ocorrer.

De forma extremamente simplista, quando o corpo percebe que há hormônios anabólicos acima do comum no organismo, a primeira resposta será tentar controlá-lo.

Clique aqui

A maneira que o corpo tem para “controlar” isso é inibindo a produção natural de testosterona.

Afinal, porque produzir mais testosterona, que é um hormônio anabólico, se já há hormônios demais na corrente sanguínea ?

Por conta disso não há como enganar o corpo e usar esteroides anabolizantes sem afetar a produção natural de testosterona.

O objetivo de um ciclo de anabolizantes é justamente ter hormônios acima do normal, para gerar o benefício que não temos com nossos níveis naturais.

Mas o que tudo isso tem a ver com TPC ?

Já deu para entender que quando usamos esteroides a produção natural de testosterona é inibida.

Bem, quando paramos de usar esteroides e o ciclo chega ao fim, a produção natural não retorna imediatamente.

Em outras palavras, quando terminamos o ciclo, dependendo das drogas usadas e genética, nós podemos ficar sem produção de testosterona.

E o corpo tende a demorar para voltar a produção natural de hormônio, fazendo com que as perdas dos ganhos obtidas com o ciclo sejam desastrosas.

A terapia pós ciclo é feita justamente para acelerar a recuperação dos níveis naturais de testosterona e fazer você voltar ao normal antes.

É válido ressaltar também que, dependendo de como foi o uso das drogas e genética do usuário, a produção natural pode nunca mais voltar ao que era antes do ciclo.

Isto é algo que todos devem estar cientes antes de usar esteroides anabolizantes.

Outro detalhe importante é que mesmo fazendo a devida TPC, não será possível manter todos os ganhos do ciclo.

Por quê ?

Veja bem.

Durante o ciclo, inúmeros processos do organismo como síntese de proteína, retenção de nitrogênio, oxigenação muscular e outros, são favorecidos para que você ganhe massa muscular.

Em suma, você está ganhando mais massa muscular por conta das drogas que estão sendo usadas (óbvio).

O que as pessoas não conseguem entender é que quando terminamos o ciclo, nós não temos mais o suporte na hipertrofia que os esteroides estavam dando.

Isto significa que todos aqueles processos que são otimizados para gerar massa muscular são perdidos quando paramos o ciclo.

Isto significa também que a maior parte dos ganhos que você fez com a ajuda dos esteroides anabolizantes serão perdidos depois do uso.

Pois é.

Pode demorar um, dois, três ou doze meses, mas o corpo voltará a quantidade de massa muscular que você consegue manter naturalmente.

O que estamos querendo dizer com tudo isso é que a função da TPC é apenas fazer você voltar a ter testosterona naturalmente mais rápido, e conseguir manter o máximo de ganhos que conseguiria naturalmente depois do ciclo.

Sem a devida TPC, o seu corpo demoraria muito tempo para voltar a produção natural ou até mesmo nunca voltaria.

Além disso, ficar com a testosterona abaixo do normal por muito tempo traz tantos efeitos colaterais como mantê-la acima do comum.

Por isso a TPC é  obrigatória depois de praticamente qualquer ciclo com esteroides anabolizantes.

Resumindo

A TPC (terapia pós ciclo) é fundamental para acelerar a recuperação da produção natural de testosterona depois de um ciclo.

Para que você continue tendo uma vida normal e evite os efeitos colaterais e sintomas de baixa testosterona.

Mas o propósito dela não é necessariamente segurar os ganhos do ciclo, já que só será possível segurar o que você naturalmente conseguiria.

Como fazer uma TPC (e quando fazer)

o que é e como fazer uma TPC

Agora que você já sabe o que é (e o que não é) uma TPC, você vai entender como e quando implementá-la.

Primeiramente, quais esteroides anabolizantes foram usados vão influenciar no momento que você inicia a TPC.

Afinal, se o esteroide ainda está agindo no seu organismo depois da última administração, o seu corpo continua inibindo a produção natural e a TPC será ineficaz.

Agora, considerando que a droga saiu do organismo, podemos iniciar a TPC e isto é feito através da administração de drogas da categoria SERMs.

SERMs é uma sigla, já traduzida em português, para moduladores seletivos de receptores de estrogênio.

Basicamente, a função dessas drogas na TPC é acelerar a taxa que os testículos voltam a produzir testosterona naturalmente.

Os dois SERMs mais famosos e usados na TPC são Tamoxifeno e Clomid.

É possível usar um ou outro (ou ambos) na TPC, o importante é iniciar o uso assim que todos os esteroides anabolizantes não estão mais agindo no organismo.

Por exemplo: se você está usando três esteroides anabolizantes no mesmo ciclo, a TPC só inicia depois que TODOS já saíram do organismo.

E como saber se a droga já saiu do organismo ?

Fazemos isto se baseando principalmente na meia vida de cada esteroide anabolizante.

Meia vida é basicamente o tempo que o corpo demora para eliminar metade da droga no organismo (por isso o nome MEIA vida).

Por exemplo, a meia vida do propionato de testosterona é de 2 dias. Se você injetar 100mg de propionato hoje, daqui a dois dias você ainda vai ter 50mg no organismo.

Daqui a quatro dias haverão 25mg no organismo, daqui 6 dias, 12,5mg e por ai vai.

Basicamente, a cada dois dias, temos metade a menos da droga no organismo, porque a meia vida é de 2 dias.

No geral, o esteroide anabolizante vai parar de fazer efeito só depois que três (no máximo quatro) meias-vidas se passem.

Com isto em mente, a TPC se inicia pelo menos depois que a terceira meia-vida da droga passou.

Está ficando confuso ?

Fique tranquilo.

A seguir veja uma lista da meia vida dos esteroides mais comuns elaborada pelo especialista em hormônios Dudu Haluch:

Esteroides injetáveis:

  • Propionato de testosterona – 2 dias;
  • Fenilpropionato de testosterona – 3 dias;
  • Fenilpropionato de nandrolona – 3 dias;
  • Isocaproato de testosterona – 4 dias;
  • Decanoato de testosterona – 7dias;
  • Decanoato de nandrolona – 6-7 dias;
  • Cipionato de testosterona – 6 dias;
  • Enantato de testosterona – 5 dias;
  • Propionado drostanolona – 2 dias;
  • Enantato de metenolona – 5 dias;
  • Undecilenato de Boldenona – 7 dias;
  • Acetato de Trenbolona – 2 dias;
  • Enantato de trenbolona – 5-6 dias.

Esteroides orais:

  • Estanozolol – 7-9 horas;
  • Oxandrolona – 4-6 horas;
  • Metandrostenolona – 4-6 horas;
  • Oximetolona – 5-6 horas.

Com esta lista em mãos, para descobrir quando começar a TPC, basta multiplicar a meia-vida da droga usada por três e você terá três meias-vidas e saberá quando a droga parou de fazer efeito.

Por exemplo: imagine que você estava fazendo um ciclo com cipionato de testosterona, que tem uma meia-vida de 6 dias.

Basta multiplicar 6 por 3 e teremos 18, ou seja, a TPC com tamoxifeno e clomid se inicia depois de 18 dias da última administração de cipionato.

Qual a dosagem de clomid e tamoxifeno para usar na TPC ?

A dosagem de clomid varia de 50 a 100mg por dia na terapia pós ciclo, enquanto tamoxifeno varia de 20 a 40mg.

Vale lembrar que estas dosagens são as relatadas por usuários. Não existe recomendação oficial de dosagem para TPC, pois TPC não existe na comunidade médica.

Além disso, clomid e tamoxifeno possuem seus próprios efeitos colaterais que podem ser até piores que os próprios esteroides anabolizantes em alguns casos.

Por exemplo: o clomid pode causar alterações na visão, e algumas pessoas relatam que perderam a qualidade da visão e não recuperaram mesmo depois de interromper o uso do Clomid.

Por isso é essencial fazer uso de esteroides anabolizantes sempre com acompanhamento de um profissional e saber exatamente onde você está pisando.

Se você acha este assunto complicado ou não tem paciência para isso, por favor, faça um favor a si mesmo e fique MUITO longe de qualquer esteroide anabolizante.

Por quanto tempo a TPC deve durar ?

A duração da TPC varia de acordo com as drogas utilizadas durante o ciclo:

  • Ciclos de esteroides orais requerem TPCs mais curtas de até 4 semanas;
  • Ciclos de esteroides injetáveis com meia-vida curta exigem TPC de até 8 semanas;
  • E ciclos de esteroides injetáveis com meia-vida longa exigem TPC de até 10-12 semanas.

O ideal é que a duração da TPC seja decidida através de exames.

Por exemplo: se você fez uma TPC de 10 semanas, mas a testosterona natural ainda está baixa nos exames, então a TPC continua.

Uso de inibidores de aromatase na TPC

Medicamentos como o Arimidex, que inibem a aromatase, ou seja, a conversão de testosterona em estrogênio, também são úteis na TPC.

Como dito, o inibir impede que sua testosterona seja convertida em estrogênio, logo você terá mais testosterona.

Isto é importante durante e depois do ciclo, para impedir que o excesso de testosterona seja convertido.

Mas mais importante ainda na TPC para impedir que sua testosterona natural, que já está baixa, ainda seja convertida em estrogênio.

Palavras finais sobre terapia pós ciclo

A terapia pós ciclo ou TPC é essencial para acelerar o retorno da produção natural de testosterona depois de qualquer ciclo com esteroides anabolizantes.

Não é essencial apenas para impedir perda excessiva de massa muscular pós ciclo, mas também por questões de saúde.

Já que sem TPC o corpo ficará com a testosterona baixa por um período mais longo, o que pode trazer uma série de problemas de saúde e sintomas.

No geral, fazer TPC é obrigatório para quem está pensando em fazer uso de esteroides anabolizante e não é um critério que pode ser deixado de lado.

E se o texto ajudou você de alguma forma, considere assinar nossa lista de emails, desta forma você será o primeiro a ser avisado quando um novo texto como este for lançado.

Basta clicar aqui e colocar o seu email principal.

Caso preferir, você também pode curtir nossa página no Facebook. Avisaremos por lá também e tudo o que você precisa fazer é clicar no "curtir" abaixo :).

MÁXIMA CONCENTRAÇÃO. MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO

Sobre Redação Hipertrofia.org

O maior site sobre musculação em língua portuguesa da internet. Desde 2007 trazendo o melhor conteúdo sobre musculação, sempre baseado nos últimos estudos científicos, autores renomados e experiência prática.
Clique aqui para saber mais

3 comentários

  1. O Texto foi bastante explicativo , e muito bom alias depois de ler ele ficarei bem longe dessas drogas ..bom agora vou contar a minha história , tomei 6 ampola de Durateston e ja tem 30 dias da última aplicação ,por enquanto não sinto sintomas de baixa testosterona mesmo assim devo fazer a TPC ?

  2. Realmente um texto excepcional

  3. Francisco dos anjos

    Se eu fizer TPC sem fazer o usode esteróides posso o ter algum resultado positivo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários agressivos, ofensivos, com propagandas ou que não adicionam algo a discussão, não serão aprovados.

Simple Share Buttons