Como evitar o ganho de gordura ao tentar ganhar massa muscular

Como evitar o ganho de gordura ao tentar ganhar massa muscular ? Sabemos que é perfeitamente normal ganhar um pouco de gordura durante o bulking (fase de ganho de massa muscular), mas se o ganho de gordura é predominante, ou seja, você percebe que está ganhando mais gordura do que massa muscular, algo está errado.

bulking sujo

Depois do primeiro ano de treino, onde você consegue ganhar massa muscular com relativa facilidade, as coisas começam a complicar e você será uma pessoa muito feliz se estiver ganhando de 500 gramas a 1kg de massa muscular por mês. Se você está ganhando mais do que isto, tem grandes chances de estar ganhando mais gordura do que massa muscular.

Como evitar o ganho de gordura ao tentar ganhar massa muscular

Para evitar que isto aconteça é necessário lembrar que o conceito de “comer tudo o que ver pela frente” para ganhar massa se tornou ultrapassado. O excedente de calorias ingerido se transformará em gordura e não em “mais” massa muscular, gordura que você passará maus bocados tentando queimar ao custo da sua preciosa massa muscular. Portanto, é muito mais inteligente consumir apenas a quantidade necessária de calorias do que ter que fazer uma fase de definição maior e que gerará mais perda de massa magra.

Na teoria, a ideia de comer tudo o que vê pela frente para ganhar o máximo possível de massa muscular e depois queimar o excesso parece ser perfeita, mas na prática ocorre o contrário: a pessoa consegue ganhar mais gordura do que massa muscular e perde o que ganhou durante o cutting.

O que fazer para evitar que isto aconteça ?

Ora, usando o nosso velho amigo o espelho! Através do espelho, e até mesmo com a ajuda da fita métrica, você poderá analisar semana após semana se está ganhando mais massa muscular do que gordura ou vice-versa. Caso esteja ganhando gordura demais, o número de calorias da dieta deverá ser diminuído, preferencialmente através dos carboidratos. Caso não ocorra mudanças visíveis, o número de calorias poderá ser aumentado.

Caso você não tenha nem ideia de quantas calorias deve ingerir ou está perdido no assunto, recomendamos as seguintes leituras:

  1. Quantas calorias são necessárias para ganhar massa muscular ou perder gordura
  2. O grande erro de tentar ganhar massa muscular e perder gordura ao mesmo tempo
  3. Quatro razões para você nunca fazer um bulking sujo

Outros artigos interessantes...

6 Respostas

  1. Pedro Bowen disse:

    Eu tinha 55kg e 169cm… no meu caso eu era “só o pó”.. mas comecei a treinar e comer tudo mesmo… de 1-2 em 1-2 horas…talvez até mais carboidrato do que proteina… e até agora deu resultado.. to com 64kg 171cm (7 meses de academia)… Conclusão: acho que isso é de fases.. com 1 ano de academia nao poderei mais continuar comendo que nem louco.

  2. Bruno Ribeiro de Souza disse:

    Sobre o tema do artigo, a minha dica é não suplementar o pré e pós treino com malto ou dextrose, carboidratos, pois o nível de insulina necessário à hipertrofia pode ser facilmente alcançado com as refeições pré e pós, balanceadas. Excesso de carboidrato gerará muita glicose no corpo, o qual produzirá muita insulina (hormônio responsável pelo acúmulo de gordura).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>